FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

ATP Masters 1000 Xangai, China

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ATP Masters 1000 Xangai, China

Mensagem por DiogoAz em Seg Out 11 2010, 19:02


Masters 1000 de Xangai (China) - Sintético - US$ 3.240.000
11.10 | Tsonga segue em frente, Verdasco eliminado

Jogando sua segunda partida desde a eliminação em Wimbledon, o francês Jo-Wilfried Tsonga conquistou a sua primeira vitória ao derrotar o espanhol Feliciano López, na sua estreia no Masters 1000 de Xangai, por 2 sets a 0, parciais 7/6 (7-4) e 6/3. Em 1h e 23min de partida, o número 13 do mundo contou com o seu saque como principal arma contra López. Na partida, o francês anotou nove aces e teve 81% de aproveitamento com o primeiro serviço, salvando ainda dois break-points.

"Ainda preciso trabalhar em tudo, porque quando você volta, perde um monte de coisas", disse Tsonga, que ficou longe das quadras por causa de uma lesão na patela do joelho esquerdo. "Tenho que praticar o meu saque. É a minha melhor arma, mas a que está pior".

Na última semana, Tsonga fez o seu retorno oficial ao circuito, perdendo na estreia do ATP 500 de Tóquio, para o finlandês Jarkko Nieminem. Na próxima ronda, o francês enfrenta o vencedor do embate entre o americano Sam Querrey e o alemão Michael Berrer.

Quem também entrou em quadra em Xangai, nesta segunda-feira, foi o espanhol Fernando Verdasco, que não vem se dando muito bem na turnê asiática de piso duro. O número nove do ranking ATP decepcionou ao perder para o holandês Thiemo de Bakker, em dois sets, parciais 7/6 (7-4) e 7/5.

Ao contrário de Verdasco, o austríaco Jurgen Melzer não teve dificuldades em despachar o convidado Tsung-Hua Yang. Em uma hora e 48 minutos de partida, o cabeça de chave número 12 em Xangai venceu por 2 a 0, parciais 6/4 e 7/6 (7-5).

Resultados ~ Primeira Ronda
Thiemo de Bakker (HOL) v. (9)Fernando Verdasco (ESP), 7/6(4) 7/5
(12)Jo-Wilfried Tsonga (FRA) v. Feliciano López (ESP), 7/6(4) 6/3
(13)Jurgen Melzer (AUT) v. Tsung-Hua Yang (TWN), 6/4 7/6(5)
Guillermo Garcia-Lopez (ESP) v. Eduardo Schwank (ARG), 6/7(8) 6/2 6/4
Jeremy Chardy (FRA) v. Marcos Baghdatis (CHP), 7/6(4) 6/1
Gilles Simon (FRA) v. Stanislas Wawrinka (SUI), 6/4 6/1
Mischa Zverev (ALE) v. Sergiy Stakhovsky (UCR), 6/1 4/6 7/6(7)
Juan Monaco (ARG) v. Florent Serra (FRA), 6/4 7/6(3)

Obsv1: Vitória MUITO importante para o Tsonga.
Obsv2: Verdasco lol.


Última edição por DiogoAz em Dom Out 24 2010, 12:32, editado 1 vez(es)
avatar
DiogoAz
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 17420
Idade : 24
Localização : Maia, Porto
Emprego/lazer : Jornalismo & Comunicação
Data de inscrição : 27/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ATP Masters 1000 Xangai, China

Mensagem por DiogoAz em Ter Out 12 2010, 18:57


Masters 1000 de Xangai (China) - Sintético - US$ 3.240.000
12.10 | Chuva salva Thomaz Bellucci

A chuva pode ter sido providencial para o paulista Thomaz Bellucci na sua estreia no Masters 1000 de Xangai. O número 1 brasileiro perdia para o turco Marsel Ilhan, 103º do mundo, por 1/6, 6/2 e 2/0, quando o mau tempo interrompeu a partida. Outros dois jogos não terminaram e quatro foram adiados.

Este é o segundo torneio consecutivo que Bellucci disputa em courts sintéticos chinesas. Na semana passada, não passou da primeira ronda no ATP 500 de Pequim, batido pelo croata Marin Cilic. Ainda assim, subiu duas posições no ranking e apareceu no 25º posto.

Bellucci furou a qualificação e avançou uma ronda em Xangai no ano passado, defendendo assim 70 pontos nesta semana. Porém, mesmo que não avance contra Ilhan, deverá perder no máximo uma posição, já que adversários directos também já foram eliminados no torneio chinês. O brasileiro disputa o seu oitavo torneio de nível Masters 1000 da temporada. Até aqui, perdeu na estreia apenas duas vezes, na terra batida de Monte Carlo e no piso duro de Toronto. As melhores campanhas vieram com os oitavos em Miami e Roma.

Quem vencer o duelo já sabe que terá uma pedreira pela frente: o espanhol David Ferrer, cabeça 11 e finalista do ATP 500 de Pequim na segunda-feira, já foi para o court em Xangai e eliminou o francês Michael Llodra, por 7/6 (7/2) e 6/1.

Também foram suspensas as vitórias parciais de Sam Querrey contra Michael Berrer, por 6/3 e 5/5, e o começo do jogo entre Gael Monfils e Benjamin Becker, que jogaram apenas um jogo. Entre os duelos adiados pela chuva, estão Marin Cilic x Andreas Seppi (ITA) e Ernests Gulbis x Richard Gasquet.
avatar
DiogoAz
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 17420
Idade : 24
Localização : Maia, Porto
Emprego/lazer : Jornalismo & Comunicação
Data de inscrição : 27/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ATP Masters 1000 Xangai, China

Mensagem por DiogoAz em Qua Out 13 2010, 14:53


Masters 1000 de Xangai (China) - Sintético - US$ 3.240.000
13.10 | Bellucci recupera no terceiro set e reencontra Ferrer

A paragem forçada pela chuva da véspera parece ter feito bem ao paulista Thomaz Bellucci. O número 1 do Brasil, que perdia o terceiro set por 0/2 diante do turco Marsel Ilhan, conseguiu uma duríssima reacção e inverteu o score para 6/1, 2/6 e 7/6 (7/4).

Bellucci fez uma partida de altos e baixos nos dois primeiros sets, apesar de ter pela frente um adversário de pouca experiência em grandes torneios. Número 103 do ranking, Ilhan foi obrigado a disputar a qualificação em Xangai. No reinício da partida, o turco manteve a quebra de vantagem até o oitavo jogo, quando então Bellucci conseguiu empatar o terceiro set e forçar a decisão no tiebreak.

O brasileiro, que aparece no 25º lugar do ranking nesta semana, ainda saiu atrás no desempate decisivo, perdendo logo o primeiro ponto de serviço, e ficou em desvantagem no marcador até o nono ponto. Ao chegar ao 5 a 4, conseguiu impor-se e fechar a sua partida de estreia. O brasileiro repete assim a campanha de 2009, quando também chegou à segunda ronda do Masters chinês. Nesta temporada, em oito eventos disputados desse nível, apenas perdeu na estreia em Miami e Monte Carlo.

O desafio agora é muito mais complicado. David Ferrer, que tem vários resultados expressivos no piso sintético, acaba de ser vice-campeão no ATP 500 de Pequim, resultado que o levou de volta ao top 10. Esta será a terceira vez que Bellucci enfrentar o espanhol nesta temporada. Nos dois anteriores, sobre o saibro, o canhoto paulista não conseguiu fazer muito, perdendo de 6/4 e 6/1 em Acapulco e de 6/4 e 6/0 em Barcelona.

13.10 | Ferrer lidera, chuva cai e adia novamente Bellucci

Pelo segundo dia consecutivo, o paulista Thomaz Bellucci saiu do court em desvantagem no score e salvo pelo mau tempo. Duas horas depois de completar a sua partida de estreia contra o turco Marsel Ilhan, suspensa na véspera no terceiro set, o número 1 brasileiro voltou ao court para encarar o espanhol David Ferrer, 10º do mundo, e perdia um jogo equilibrado, por 7/6 e 4/1, quando novamente a chuva caiu forte e paralisou a ronda. O jogo será reiniciado na madrugada desta quinta-feira.

Ferrer acaba de retornar ao grupo dos 10 primeiros do ranking, depois da óptima campanha no ATP 500 de Pequim, em que foi vice-campeão. O espanhol também leva vantagem no confronto directo com o brasileiro, tendo vencido duas vezes nesta temporada, na terra batida de Acapulco e de Barcelona. O vencedor da partida enfrentará o sueco Robin Soderling, cabeça 5, nos oitavos de final.

Outros dois jogos estavam também a decorrer: o alemão Florian Mayer surpreendia o russo Mikhail Youhzny, 6/4 e 4/4, e o francês Jo-Wilfried Tsonga havia disputado apenas um jogo contra o norte-americano Sam Querrey, 1/0.

Pior ficaram outros quatro duelos, que nem sequer foram iniciados e obrigarão os vencedores a jogar duas vezes na quinta-feira: Nikolay Davydenko (RUS) vs. Mischa Zverev (ALE), Thiemo de Bakker (HOL) vs. Juan Monaco (ARG), Richard Gasquet (FRA) vs. (15)Gael Monfils (FRA) e Andreas Seppi (ITA) vs. Yen-Hsun Lu (TPE).

Com a madrugada, completando a primeira ronda, veio outra grande surpresa: o croata Marin Cilic, cabeça de série nº 14, foi arrasado pelo italiano Andreas Seppi, por duplo 6/2. Gael Monfils superou o alemão Benjamin Becker, 6/1 e 7/5.
avatar
DiogoAz
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 17420
Idade : 24
Localização : Maia, Porto
Emprego/lazer : Jornalismo & Comunicação
Data de inscrição : 27/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ATP Masters 1000 Xangai, China

Mensagem por DiogoAz em Qua Out 13 2010, 17:51


Masters 1000 de Xangai (China) - Sintético - US$ 3.240.000
13.10 | Resultados ~ 2ª Ronda

(1)Rafael Nadal (ESP) v. Stanislas Wawrinka (SUI), 6/4 6/4
(2)Novak Djokovic (SER) v. Ivan Ljubicic (CRO), 6/3 6/3
(4)Andy Murray (GBR) v. Yan Bai (CHN), 6/2 6/2
(5)Robin Soderling (SUE) v. Janko Tipsarevic (SER), 6/3 7/6(5)
Florian Mayer (ALE) v. (8)Mikhail Youzhny (RUS), 6/4 6/7(5) 6/1
Guillermo Garcia-Lopez (ESP) v. (10)Andy Roddick (EUA), 3/6 3/2 des.
(11)David Ferrer (ESP) v. Thomaz Bellucci (BRA), 7/6(7) 6/3
(12)Jo-Wilfried Tsonga (FRA) v. Sam Querrey (EUA), 7/6(7) 6/1
(13)Jurgen Melzer (AUT) v. Daniel Gimeno-Traver (ESP), 6/3 7/6(2)
Richard Gasquet (FRA) v. (15)Gael Monfils (FRA), 6/4 3/6 6/4
Jeremy Chardy (FRA) v. Aleksandr Dolgopolov (UCR), 6/1 5/7 6/2
Andreas Seppi (ITA) v. Yen-Hsun Lu (TPE), 7/6(4) 6/3
Thiemo de Bakker (HOL) perdeu com Juan Monaco (ARG), 6/2 3/6 4/6
(3)Roger Federer (SUI) v. John Isner (EUA), 6/3 6/4
(6)Nikolay Davydenko (RUS) perde com Mischa Zverev (ALE), 4/6 6/7(3)
avatar
DiogoAz
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 17420
Idade : 24
Localização : Maia, Porto
Emprego/lazer : Jornalismo & Comunicação
Data de inscrição : 27/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ATP Masters 1000 Xangai, China

Mensagem por DiogoAz em Qui Out 14 2010, 22:26


Masters 1000 de Xangai (China) - Sintético - US$ 3.240.000
14.10 | Super Melzer esmaga Nadal

Quando a sobrancelha de Rafael Nadal parece um acento circunflexo, o perigo não está longe. A sua mímica nunca engana porque passa-se qualquer coisa de estranho no central de Xangai. Jürgen Melzer bateu (6-1,3-6,6-3 em 1H59') o espanhol Rafael Nadal após quatro confrontos entre ambos. E o austríaco não poupou na sua qualidade de jogo (55% de primeiras bolas, 14 ases) e na parte mental. Rafael Nadal nunca conseguiu encontrar o seu ritmo (27 faltas directas), a velocidade tornou-se precipitação e a estrelinha não brilhou.

Aos 29 anos, o semi-finalista de Roland Garros, realiza a sua melhor temporada de sempre e sua confiança está no topo. Hoje, acreditou que se pode bater o Nº 1 mundial e encontrou o caminho : o ataque. Realizou um grande jogo, colocou Nadal permanentemente sob pressão, o seu serviço foi um recital e à mínima bola curta realizava um assalto ao meio court de Nadal. Nos quartos de final, Melzer desafiará o argentino Juan Monaco, que se encontra também em forma excepcional.

Djokovic e Murray vencem franceses e seguem em frente

O britânico Andy Murray e o sérvio Novak Djokovic venceram seus respectivos adversários e garantiram vaga nas quartas de finais do ATP 1000 de Xangai.

Murray superou o francês Jeremy Chardy por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/4 em partida que teve 1h21min de duração. Na próxima ronda, o britânico vai enfrentar o vencedor do confronto entre o francês Jo-Wilfried Tsonga e o alemão Florian Mayer, algoz do russo Nikolay Davydenko.

Já o sérvio Novak Djokovic atropelou o francês Richard Gasquet por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/1 em partida que teve apenas 0h58min de duração.

Na próxima fase, Djokovic vai enfrentar o vencedor do confronto entre o tcheco Tomas Berdych e o espanhol Guillermo Garcia-Lopez, que ontem venceu o norte-americano Andy Roddick.

Resultados ~ 3ª Ronda
(2)Novak Djokovic (SER) v. Richard Gasquet (FRA), 6/1 6/1
(4)Andy Murray (GBR) v. Jeremy Chardy (FRA), 6/3 6/4
(12)Jo-Wilfried Tsonga (FRA) v. Florian Mayer (ALE), 7/5 6/3
Guillermo Garcia-Lopez (ESP) v. (13)Tomas Berdych (TCH), 7/6(4) 6/3
(5)Robin Soderling (SUE) v. (11)David Ferrer (ESP), 7/5 6/4
Juan Monaco (ARG) v. Mischa Zverev (ALE), 6/0 6/2
(1)Rafael Nadal (ESP) perde com (13)Jurgen Melzer (AUT), 1/6 6/3 3/6
(3)Roger Federer (SUI) v. Andreas Seppi (ITA) 6/3 6/4
avatar
DiogoAz
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 17420
Idade : 24
Localização : Maia, Porto
Emprego/lazer : Jornalismo & Comunicação
Data de inscrição : 27/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ATP Masters 1000 Xangai, China

Mensagem por DiogoAz em Sex Out 15 2010, 18:33


Masters 1000 de Xangai (China) - Sintético - US$ 3.240.000
15.10 | Federer ultrapassa Soderling e revê Djokovic na Meia-Final

Sem dar hipóteses, o suíço Roger Federer passou como quis pelo sueco Robin Soderling, nos quartos de final do Masters 1000 de Xangai. Nesta sexta-feira, o ex-número 1 do mundo deu uma aula de tênis na vitória sobre o rival, precisando de apenas 53 minutos para triunfar em sets directos, com duplo 6/1.

Federer esteve muito eficiente durante toda a partida, distribuindo os mais variados golpes. Na rede, ele foi impecável e anotou o ponto nas sete subidas. Federer também beirou a perfeição nos break-points, efetuando a quebra em cinco das seis oportunidades que teve a seu favor, ao passo que não teve o serviço ameaçado em nenhum momento.

Além do excelente desempenho do tenista da Basileia, ele acabou contando com o fraquíssimo desempenho de Soderling. Apático, Soderling abusou dos erros, desperdiçou 21 bolas em erros não-forçados, sendo que conquistou apenas seis winners. Mesmo com os três ases, o sueco teve aproveitamento pífio com o serviço, vencendo apenas 38% das bolas disputadas.

Logo no começo do embate, Federer já demonstrou que estava com tudo e quebrou o serviço do sueco já no primeiro jogo, repetindo a dose mais duas vezes no set. Na segunda parcial, o suíço chegou a abrir 5/0, permitiu que Soderling fizesse o seu jogo, no sexto, antes de fechar o jogo.

Federer vai agora defrontar o sérvio Novak Djokovic que controlou o ímpeto do espanhol Guillermo Garcia-López e também garantiu vaga na semifinal do ATP 1000 de Xangai.

Em excelente forma física, utilizando da táctica de não deixar o adversário bater na bola posicionado e distribuindo winners, Djokovic impôs um ritmo frenético ao jogo. Garcia-López que recentemente surpreendeu o espanhol Rafael Nadal, não teve como acompanhar o sérvio e acabou sendo derrotado após 1h06min, por 2-0, parcias de 6/2 e 6/3.

Murray esmaga Tsonga e aguarda por Melzer ou Monaco

Foi um massacre. O britânico Andy Murray não tomou conhecimento do francês Jo-Wilfried Tsonga e garantiu com muita facilidade sua vaga na semifinal do ATP 1000 de Xangai.

Colocando pressão no adversário desde o primeiro ponto da partida, Murray minou a resistência do francês e em apenas 0h54min de jogo marcou tranquilos 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/2.

Este foi o quinto duelo entre eles e o britânico marcou a sua quarta vitória, sendo a segunda em 2010.

Na próxima ronda, Murray vai enfrentar o vencedor do confronto entre o austríaco Jürgen Melzer, algoz de Rafael Nadal e o argentino Juan Monaco.
avatar
DiogoAz
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 17420
Idade : 24
Localização : Maia, Porto
Emprego/lazer : Jornalismo & Comunicação
Data de inscrição : 27/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ATP Masters 1000 Xangai, China

Mensagem por DiogoAz em Sab Out 16 2010, 23:07


Masters 1000 de Xangai (China) - Sintético - US$ 3.240.000
16.10 | Federer vinga-se de Djokovic e está na final

Roger Federer qualificou-se para a final do torneio de Xangai após vencer Novak Djokovic (7-5,6-4), num encontro muito equilibrado e de ténis de elevadíssimo nível. O suíço vingou-se assim da derrota frente ao sérvio no US Open deste ano.

Estes encontros de ténis com Federer só vendo, porque para explicarmos necessitaríamos escrever com o mesmo talento que este tem para jogar, se não pareceremos insignificantes. Um dos maiores comentadores de ténis português referiu, durante o partido, que «este jogador tem que ser embalsamado», numa alusão à prodigiosa capacidade do suiço, jogando tão simples que faz a todos sonhar com o impossível.

Andy Murray bate Monaco e chega igualmente à final

A experiência e o físico, eis o que sem dúvida fizeram a diferença na vitória de Andy Murray (6-4,6-1) sobre o argentino Juan Monaco (Nº41) que foi fortemente dominado. Monaco acusou muito o jogo anterior de cerca de 3 horas com Melzer, e cometeu 27 faltas directas que no final foram contabilizadas no seu insucesso num encontro que durou 1H45'.

O britânico medirá forças com Federer na final do Masters 1000 de Xangai, marcada para as 9h30 (de Portugal), com transmissão em directo na SportTv.
avatar
DiogoAz
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 17420
Idade : 24
Localização : Maia, Porto
Emprego/lazer : Jornalismo & Comunicação
Data de inscrição : 27/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ATP Masters 1000 Xangai, China

Mensagem por DiogoAz em Dom Out 17 2010, 12:43


Masters 1000 de Xangai (China) - Sintético - US$ 3.240.000
17.10 | Perfeito Murray vence Federer e conquista Xangai

Somente uma actuação perfeita em todos os aspectos faria Andy Murray derrotar Roger Federer na final do Masters 1000 de Xangai. E foi exactamente o que o britânico fez para superar o suíço, que será o número 2 do mundo quando o ranking da ATP desta semana for divulgado. Com uma actuação impecável, Murray não deu a menor hipótese ao seu rival e fechou o jogo em 2 sets a 0 (6-3 e 6-2).

Federer, até então, vinha duma semana inspirada e muito positiva. Embalado, o suíço havia eliminado sem dificuldades John Isner, Andreas Seppi, Robin Soderling e Novak Djokovic. Em todos estes confrontos, o suíço não foi derrotado em nenhum set.

Neste domingo, porém, a história foi diferente. Murray conseguiu anular todas as armas apresentadas por Federer durante o torneio na China. Com categoria, dominou a decisão desde o início e garantiu dois breaks no primeiro set para fechar em 6-3.

Com o mesmo ritmo e sem deixar o adversário crescer no court, Murray garantiu mais duas quebras no segundo set para fechar o jogo em 6-2, diante de um Federer pouco inspirado e em alguns momentos nervoso. A partida terminou após apenas 1h25min.

Esta foi a terceira final entre os dois tenistas na temporada 2010. No Open da Austrália, Federer conseguiu a vitória em sets directos. A resposta veio no Masters 1000 do Canadá, em Agosto. Com a vitória em Xangai, Murray volta a dar o troco no suíço pela derrota no primeiro Grand Slam do ano.

Apesar do troféu na China, Murray irá continuar na quarta posição do ranking da ATP, atrás de Djokovic. O sérvio perdeu a vice-liderança para Federer, finalista neste ano e que não jogou a edição 2009 do torneio. O desempenho em 2010 foi suficiente para que o suíço deixe a terceira colocação e volte a ficar atrás somente de Rafael Nadal.

Federer perde mas deixa Murray de «olhos em bico»

Andy Murray ganhou em campo, mas Roger Federer teve aos pés o público de Xangai. Depois de elogiar o adversário que o derrotou (6-3 e 6-2), o suíço ainda disse umas palavras em chinês, elevando a fasquia a um nível a que o escocês não conseguiu chegar. Talvez por isso, a cara de birra.
avatar
DiogoAz
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 17420
Idade : 24
Localização : Maia, Porto
Emprego/lazer : Jornalismo & Comunicação
Data de inscrição : 27/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ATP Masters 1000 Xangai, China

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum