FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

WP - Show de Fevereiro

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: WP - Show de Fevereiro

Mensagem por rDmT93 em Ter Fev 08 2011, 14:33

Resultados:

O Wrestling Portugal realizou Domingo o seu primeiro show de 2011, com o foco a ir para a Combate pelo Titulo de Campeão Nacional entre o Irlandês Danny “The Pain” Deans e o Campeão, Bruno “Bammer” Brito. Aqui ficam os resultados rápidos e em breve teremos mais informações assim como conteudos multimédia:

- Depois de um combate de Alunos, Seth e Irish Dragon venceram O Costa e João “Pégaso” Sena depois de Seth aplicar o Meteoro em Costa;

- Hugo Santos venceu Ricky num combate Sem Limites (Falls Count Anywhere) depois de aplicar o seu Santos Sacrificios no meio do ringue;

- David “Cougar” Batista venceu Luis Salvador após um Moonsault

- A equipa de Luis Salvador, Alice Marques de Almeida e o General Manager do WP, Bruno “Korvo” Almeida venceram Bernardo Barreiros, Kelly e o Zé de Manteigas;

- Campeão Nacional do WP Bruno “Bammer” Brito venceu Danny “The Pain” Deans após um Victory Roll

Ainda neste show, para além das habituais promos, ficamos a saber que no próximo show a realizar em Abril no Centro Shotokai de Queluz, o Combate principal será à melhor de 3, onde David “Cougar” Batista e João “Pégaso” Sena vão finalmene pôr fim à sua rivalidade. O vencedor recebe uma oportunidade pelo Título de Campeão do WP.

Fica atento porque vamo divulgar vários conteúdos multimédia deste show!
avatar
rDmT93
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 20873
Idade : 24
Localização : Almada
Emprego/lazer : Greve
Data de inscrição : 17/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: WP - Show de Fevereiro

Mensagem por MCZE em Ter Fev 08 2011, 19:04

O Salvas lutou duas vezes?
avatar
MCZE
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 22456
Idade : 25
Localização : Aqui
Emprego/lazer : Lazer
Data de inscrição : 27/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: WP - Show de Fevereiro

Mensagem por Don Jordan em Ter Fev 08 2011, 22:03

Parece que sim...

EDIT: Well, foi o Salvador a arrecadar a vitória no Tag Match, com assentamento sobre o Bernardo Barreiros
avatar
Don Jordan
NXT Superstar

Masculino Número de Mensagens : 2637
Idade : 23
Localização : Estudante
Emprego/lazer : .
Data de inscrição : 16/02/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: WP - Show de Fevereiro

Mensagem por Rafael Silva em Sab Fev 19 2011, 00:14

Óptima review:
E mais uma edição dos Tomos de Eternidade!

Este passado domingo tive a oportunidade de assistir a mais um show do Wrestling Portugal, o qual foi marcado pela presença de lutadores da promoção Dublin Championship Wrestling, e por isso está na altura de dar umas postas de pescada......

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


A viagem de Lisboa a Monte Abraão correu sem inconvenientes e trânsito, tendo precisado de apenas 15 minutos para percorrer a 2ª Circular, o IC 19 até Massamá, e daí até Monte Abraão, isto mais a facilidade em estacionar quando cheguei ao Centro Shotokai deixou-me logo de muito bom humor para o evento.



Este abriu de forma algo abrupta, sendo realizado um combate entre alunos do WP, António Fernandes e Rúben Branco, onde o segundo mostrou tiques de heel mais uma vez (já em Novembro o fizera), mas a vitória coube ao primeiro, apôs reverter um roll-up. Combate curto sem muito a dizer, mas os dois dão-se bem no ringue.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

De seguida tivemos o começo do Show propriamente dito, quando o GM Korvo trouxe ao ringue o seu equivalente da DCW, Dave Power, tendo este prometido que Danny “The Pain” Deans levaria o título nacional do WP para a Irlanda. O campeão do WP, Bammer veio então ao ringue dizer da sua conta, afirmando que embora “The Pain” fosse sem dúvida o maior adversário que até então enfrentara no WP (Danny Deans pesava 140/150 kg), ele não se encontrava intimidado e que conseguiria triunfar sobre Danny. Korvo distraiu Bammer, e Danny veio por detrás atacando Bammer, plantando-o com uma Sit-down Chokebomb, e prometendo que Bammer sentiria “The Pain”.



De seguida seguiu-se um combate de equipas onde o mascarado Seth, fez equipa com o mascarado Irlandês Irish Dragon (mostrando que o WP e a DCW estão também dispostos a cooperar), para enfrentarem a dupla de João “Pégaso” Cena e o mais recente membro do WP, Costa “O Azeiteiro”, o qual eu nunca tinha tido a oportunidade de ver ao vivo (participara no primeiro webshow, mas estivera ausente até ao show de Dezembro).


O combate foi entretido, com os faces a dominarem de início, mantendo o controlo sobre Pégaso, e impedindo-o de fazer o tag para Costa. O ritmo inicial do combate foi moderado, com Seth e Irish Dragon a usarem wristh-locks e arm-bars para controlarem Pégaso, e de vez em quando a fazerem algo mais “flashy”. Tendo em conta a tendência dos Mascarados para fazerem uns spots voadores, eventualmente tivemos mergulhos para fora do ringue, de modo a esquentar o público. Por fim os heels conseguiram o controlo da coisa, e Costa teve a oportunidade de entrar em acção, mostrando enormes qualidades enquanto stooge, um papel que de momento estava em falta no WP, mas que neste momento estará preenchido pelo dito que o realiza com grande qualidade.


O combate começou a aquecer, com os faces a fazerem uns comebacks, e embora houvesse alguns problemas (alguns botches, que provavelmente surgiram da falta de familiaridade entre o lutador Irlandês e os Portugueses) a coisa correu de bom modo. O Costa chegou perto de conseguir a vitória ao usar um “DDT à Moda do Porto”, mas a vitória eventualmente veio para os bons da fita, apôs o Irish Dragon atingir um 450 Splash no Pégaso, e o Seth arrumar o Costa com “O Meteoro”. Vitória para os mascarados, mas não seria a última vez nessa tarde que veríamos o Pégaso.



De seguida tivemos um dos grandes combates da tarde, Hugo Santos e o seu irmão Ricky lutariam num Combate Sem Limites, onde assentamentos e submissões contavam em qualquer local da arena. O feudo entre Hugo e Ricky é dos mais antigos do WP, vindo desde o terceiro Webshow onde ambos participaram na Batalha Real para coroar o primeiro Campeão Nacional do WP. A coisa começou a aquecer à grande no WP 7, e os dois eventualmente colidiram na final do Torneio Tarzan Taborda 2010, combate que Ricky ganhou apôs batotice. Hugo e Ricky combateram nos dois shows seguintes (Novembro e Dezembro), mas os combates acabaram sempre em dupla contagem, o que levou à estipulação deste combate.


O combate foi de longe o mais violento do WP, tendo os dois lutado pela arena e no meio do público. Armas formam usadas, incluindo um taco de basebol trazido por um espectador (mas quem é que se lembra de trazer um taco para um show de wrestling?!), um par de cadeiras, as quais levaram a umas cadeiradas bem sonoras (a primeira em particular), e até um carrinho de Supermercado! Hugo e Ricky trocaram o controlo durante o combate, com a violência a ser distribuída entre os dois, e o ódio a ser patente na sua duração. No final Hugo Santos prendeu o “Santos Sacrifícios” no meio do ringue, e Ricky não teve outra hipótese que não desistir, tendo Hugo por fim obtido a retribuição que merecia. Ambos saíram bastante machucados do combate, recebendo cada um uma salva de palmas, apôs participarem num espectáculo de violência que todo o público jamais presenciara até então.



Nesta altura veio o intervalo, altura em que tive oportunidade de trocar ideias com outro cronista da CWO, neste caso o Peter do Universo Wrestling.



A segunda parte abriu com um combate entre David “Cougar” Batista e o Luís Salvador. O combate estava a decorrer quando subitamente o Pégaso fez a sua aparição, e mais uma vez começou a fazer comentário do combate enquanto este decorria, atirando muitas alfinetadas ao Cougar. O combate em si teve uma psicologia interessante, nomeadamente em relação ao desejo do Cougar de utilizar o Moonsault, tendo-o tentado 3 vezes, mas com o Salvador a evitá-lo sempre, por vezes com o aviso do Pégaso. O combate também teve o melhor spot da tarde, quando o Salvador tentou usar o Log Off, tendo o Cougar contra-atacado com um back-craker. Durante o combate o Salvador também ficou a sangrar da boca apôs uma cotovelada do Cougar. O final viu o Cougar tentar o Moonsault uma quarta vez, com o Salvador a fazer possum para tentar apanhar o Cougar indefeso. O Salvador rebolou quando o Cougar saltou do topo, mas este aterrou em pé, e imediatamente usou um Standing Moonsault para conseguir a vitória sobre o Salvador.


O Pégaso estava desapontado como é óbvio, atendendo a que ele e o Cougar andam aos murros desde o Torneio Tarzan Taborda 2009, e visto o Salvador (que estava chocado por estar a sangrar) ter sido incapaz de fazer o seu trabalho, por isso atacou o Cougar e os dois engalfinharam-se no ringue, tendo de ser separados pelos árbitros e seguranças do WP.



Foi então que o Director Executivo do WP, Afonso Malheiro, tentou pôr ordem na confusão e decidiu então que o Cougar e o Pégaso acertariam as suas contas no próximo show do WP, num combate À Melhor de Três (ambos já têm uma vitória sobre o outro) para acabar de vez com este problema. Foi então que o GM Korvo fez a sua aparição, estando bastante chateado por Malheiro estar a ultrapassar a suas funções enquanto Director Executivo, e estar a marcar combates quando esta é a sua função. Uma guerra de palavras começou entre Korvo e Malheiro, e apôs umas voltas ficou decidido que o combate À Melhor de Três entre Cougar e Pégaso ocorreria no show seguinte, mas foi também acordado que numa data ainda por determinar haveria um combate, com participantes e estipulações ainda por determinar, onde seria decidido quem acumularia as funções de Director Executivo e General Manager do Wrestling Portugal!

Korvo ou Malheiro?!


De seguida Korvo, que estava vestido para competir, chamou a sua amiga Alice Marques “de” Almeida (que não tem qualquer relação com o GM Korvo, Bruno Almeida), e passou-lhe o microfone. Alice Marques “de” Almeida começou então a relembrar a sua rivalidade com Kelly, salientando que já tem 3 vitórias sobre esta, o que faz dela (nas suas palavras) 3 vezes melhor que Kelly. Mas na sua eterna solidariedade, Alice Marques “de” Almeida decidiu conceder outra oportunidade a Kelly, sendo realizado um combate de equipas misto, Korvo e Alice Marques “de” Almeida contra Kelly e o Zé de Manteigas, uma desforra do show de Novembro. Mas antes que o combate pudesse começar, Bernardo Barreiros apareceu e começou a meter conversa com o GM, tendo de seguida reaparecido Salvador que pedia uma nova oportunidade apôs 3 derrotas seguidas. Bernardo provocou então o GM a marcar um combate de equipas de 6 pessoas, e muito depressa este concordou (o que me leva a questionar quanto controlo o GM tem sobre o seu próprio show).


O combate foi curto mas entretido, com comédia á mistura como é apanágio do Zé, e durante este fizeram jus á expressão Inglesa “Knock your Socks Off”. O combate acabou em vitória para a equipa do GM, quando este interferiu quando Bernardo Barreiros ia para uma Vader Bomb, e o Salvador aproveitou para conseguir a vitória no seu segundo combate da tarde, acabando assim com a pequena onda de derrotas que vinha a sofrer.



Tivemos de seguida o Evento Principal da tarde, Bruno Bammer Brito defendia o Título Nacional do WP contra o Irlandês Danny “The Pain” Deans da DCW, no seu maior desafio até à altura.



Bammer via-se frente a frente a um adversário que não conseguia dominar por meio da sua força física, e por essa razão teve de usar uma estratégia mais de desgaste, usando sobretudo strikes para atacar Danny Deans. Bammer trouxe alguns golpes que não costuma usar, como sendo o caso do Missile Dropkick, ou a Diving Headbutt, e usando a Mapple Leaf para tentar conseguir uma submissão. Ainda assim Bammar viu-se no papel do underdog, tendo de resistir á força arrasadora, e grande peso de Danny Deans. Bammer também realizou o mergulho mais espectacular da noite, ao usar um incrível Topé com Giro, notável para alguém do seu tamanho. Deans parecia ter o combate ganho em várias situações, mas Bammer resistiu e conseguiu sempre sobreviver ao poder de Deans. No final Bammer saltou para as costas de Danny Deans, e prendeu um Sleeper, pôs-se às cavalitas numa Electric Chair, e daí executou um roll-up de forma a conseguir à rasca o assentamento de espátulas. Bammer triunfa mais uma vez, defendendo com sucesso o título do WP contra um adversário internacional, um marco do WP!


Apôs o combate, o GM Korvo veio ao ringue demonstrar o quão desapontado estava com Deans, e num momento que revela alguma falta de sabedoria deu uma bofetada a Deans. Danny não se ficou, e mostrou porque é chamado “The Pain” ao aplicar uma Sit-down Chokebomb no GM, recebendo uma salva de aplausos apôs ser apupado durante todo o combate.


Fazendo um resumo.


A rivalidade entre os irmãos Hugo e Ricky parece ter sido concluída neste evento, e quiçá em breve veremos um deles a desafiar o Bammer pelo cinto do WP, e talvez até derrotar o temível campeão. A rivalidade entre Cougar e Pégaso terá fim marcado para o próximo evento já em Abril, concluindo no primeiro combate À Melhor de Três do WP. A rivalidade entre Alice Marques “de” Almeida e Kelly ainda terá muito por onde andar, pelo menos enquanto o GM lá estiver para dar uma mãozinha à sua amiga. E por fim o feudo entre o Korvo e o Malheiro, que existe desde o primeiro show, onde o GM tentou ter o seu campeão de escolha, será concluído futuramente, e o mesmo trará grandes consequências para o WP.


A nível de ideias finais.


O público estava algo calado no início do show, mas com o passar dos combates foi aquecendo e entrando na onda, e no final estava muito mais animado. Contudo foi sem dúvida a menor assistência que o WP teve nos 3 shows a que fui assistir, ainda que conseguisse identificar umas caras familiares, o que indica que se está a criar lealdade com a promoção. Na conclusão do evento tive, como tem sido hábito, a hipótese de conversar com os wrestlers do WP, e inclusive com os Irlandeses da DCW, podendo afirmar que o Danny Deans, embora muito ameaçador, é um tipo simpático!


Eu diria que o melhor combate foi o entre os irmãos, muito pela brutalidade a que ambos se sujeitaram (e que certamente sentiram nos dias seguintes), e pelo ódio mostrado. A revelação teria sido o Costa, com quem não estava familiarizado, mas que mostrou ser um heel stooge de categoria (tendo até lhe dito isso), e a personalidade foi o Pégaso, que participou num combate muito entretido, e que depois ajudou a tornar mais agradável um outro combate com o seu comentário, farpas e pormenores como o selling que fazia dos duros pontapés que Cougar usava no Salvador.


Concluindo.


Se tiverem oportunidade eu digo que deviam experimentar um evento do WP. São duas horas bem passadas, muito entretidas, com um mix de acção de ringue, trabalho de promos e desenvolvimento de storylines muito equilibrado e que garante muita satisfação!


Até para a semana.

manjiimortal

“ Death is merciless. But let me tell you... Not being able to die is crueller still.”

Texto original em: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Rafael Silva
WSW Superstar

Masculino Número de Mensagens : 536
Idade : 24
Localização : Agualva,Sintra
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 26/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: WP - Show de Fevereiro

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum