FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de sete anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

[Resposta] Booka o card do Money In The Bank - FaBiNhO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Resposta] Booka o card do Money In The Bank - FaBiNhO

Mensagem por FaBiNhO em Dom Jul 17 2011, 21:39



WWE Money In The Bank 2011

Meu card:

Divas Championship Match
Brie Bella (c/ Nikki Bella) © vs Beth Phoenix

Raw Money In The Bank Ladder Match
United States Champion Dolph Ziggler vs Kofi Kingston vs R-Truth vs Drew McIntyre vs Alex Riley vs The Miz vs Evan Bourne vs Jack Swagger

Smackdown Money In The Bank Ladder Match
Intercontinental Champion Ezekiel Jackson vs Ted DiBiase vs Cody Rhodes vs Daniel Bryan vs Sheamus vs Wade Barrett vs Sin Cara vs Kane

WWE Tag Team Championships
Triple Threat Tag Team Match
New Nexus (David Otunga & Michael McGillicutty) © vs The Usos (Jimmy & Jey Uso) vs Justin Gabriel & Heath Slater

World Heavyweight Championship
Last Man Standing Match
Randy Orton © vs Christian

Tables Match
Mark Henry vs The Big Show

WWE Championship Match
Special Guest Referee: Vince McMahon
(Se Cena perde, será despedido)
John Cena © vs CM Punk

Backstory:


Divas Championship Match
Brie Bella (c/ Nikki Bella) © vs Beth Phoenix


No Capitol Punishment, as Bella Twins tinham aparecido mais o convidado especial delas, Keith Stone para falarem sobre como existem divas nos bastidores que são feias e com uma atitude de cabra e que as Bellas simplesmente são o que o nome as descreve (traduzindo o nome delas para inglês, deixando os fãs não muito contentes). Começam a falar mal de Kelly Kelly, até tocarem no nome de Beth Phoenix, o que causa ela a aparecer mais a Kelly, para as expulsarem do ringue (numa pequena nota, Keith Stone foi trazido como uma parte de comédia neste segmento das Bellas).

No Raw a seguir, Kelly Kelly iria ser elegida no “Power To The People” para desafiar Brie Bella pelo Divas Championship (uma desforra do Over The Limit), no qual iria perder de novo. Após o combate, Brie iria falar de como novamente provou que nenhuma das Divas consegue chegar ao nível dela e que Kelly Kelly foi só um pequeno exemplo. Após isto, as Bellas iriam continuar o ataque à Kelly até que Beth Phoenix fez o salvamento… o combate iria ficar marcado para o WWE Money In The Bank neste ponto.

Quando parecia que as Bellas estavam intimidadas pela presença da Beth Phoenix, no Raw Roulette, apesar de sofrerem uma derrota num “Tag Team Match” contra Kelly e Beth (com esta última a fazer o “pinfall” na Divas Champion Brie), as Bellas atacaram as suas inimigas, fazendo uma espécie de “Dividir para conquistar”. Brie e Nikki rapidamente livraram-se de Kelly, para começar o trabalho de equipa sobre Beth Phoenix, acabando por ambas aplicar o seu “finisher” (X-Factor ou Sitout Facebuster) e mostrando que Brie está pronta para tudo o que lhe metam à frente… para acabar, na semana a seguir, depois das Bellas andarem a falar mal de todas as divas de novo, o GM anónimo interrompe e diz que no combate entre Brie e Beth no MITB terá de ser feito sem Brie ter a sua irmã gémea a vigiar, deixando a Brie furiosa com a situação e no final, Beth Phoenix acaba por atacar ambas as gémeas para mandar uma mensagem que o Divas Championship poderá estar brevemente nas suas mãos.

WWE Tag Team Championships
Triple Threat Tag Team Match
New Nexus (David Otunga & Michael McGillicutty) © vs The Usos (Jimmy & Jey Uso) vs Justin Gabriel & Heath Slater


Tanto os Usos como a equipa de Justin Gabriel e Heath Slater começam, antes do Capitol Punishment, a ganhar ímpeto, chegando mesmo ao ponto de ambas as equipas fazerem o “pinfall” sobre os WWE Tag Team Champions. Os Usos iriam ter direito a uma oportunidade de conquistar os títulos no Capitol Punishment depois de terem derrotado Slater e Gabriel numa edição da Smackdown… nesse PPV, quando parecia que os campeões iriam perder os títulos, Slater e Gabriel iriam interferir causando um “No-Contest”, pois esta última equipa iria deixar tanto os campeões como os Usos inconscientes.

Sabendo do historial que os New Nexus têm com Slater e Gabriel e depois de, no Raw a seguir ao Capitol Punishment, terem derrotado a equipa de Santino e Kozlov, eles elogiam o quanto Slater e Gabriel fizeram nos New Nexus e o que demonstraram no dia anterior foi algo muito bom e que por causa disso, merecem ser os pretendentes aos títulos. Fazem referência que será um grande combate e todos sairão felizes nessa noite… os Usos interrompem e dizem que estavam a segundos de perderem os títulos senão fossem os seus ex-companheiros a interferir no combate. Veio uma troca de palavras entre as duas equipas, até que New Nexus começam ao ataque e quando Usos conseguem a vantagem, Slater e Gabriel aparecem, mas só que desta vez ajudam no ataque dos New Nexus, ficando ambas as equipas por cima dos Usos!

Foi anunciado na Smackdown a seguir que os Usos e a equipa de Slater e Gabriel iriam competir numa série de 3 combates para determinar os próximos pretendentes aos WWE Tag Team Championships. Usos iriam ganhar o primeiro combate nesse mesmo Smackdown, Slater e Gabriel iriam conquistar a vitória no segundo combate no Raw a seguir (esta vitória com alguma ajuda dos New Nexus), até que o combate final iria ser na Smackdown, aonde acaba em empate (com Slater e Jey Uso a terem ambos os ombros no chão durante um “Bridging German Suplex” que Jey aplicou em Slater.

Para acabar a situação, no Raw antes do PPV, os New Nexus falaram de como preferiam batalhar Slater e Gabriel do que aos Usos, mas visto que o combate deles na Smackdown acabou em empate, tinham de avançar para novas rotas, até que o GM anónimo interrompe… este mesmo acaba por anunciar um “Triple Threat Tag Team Match” entre Usos, Slater e Gabriel, e os New Nexus pelos WWE Tag Team Championships, aonde mostra-se a frustração na cara dos campeões e depois do anúncio, Usos vêm ao ataque e conseguem deixar os campeões inconscientes. No WWE Superstars, Otunga e Michael falam de como Slater e Gabriel não mostraram lealdade e que hoje vão demonstrar o porquê de serem o grupo mais dominante na WWE no presente… Slater e Gabriel foram os adversários deles e conseguiram a vitória sem os títulos em jogo. Os Usos iriam repetir o mesmo feito na Smackdown antes do PPV, derrotando os campeões novamente sem os títulos em jogo!

Tables Match
Mark Henry vs The Big Show


Depois de Mark Henry ter sido brutalizado por Big Show numa Smackdown duas semanas antes do Capitol Punishment, Henry decidiu aparecer no PPV para destruir Big Show antes do combate deste contra Alberto Del Rio, metendo Show através de uma mesa de comentadores, deixando os fãs em choque com a situação (visto nunca terem visto o Big Show a levar um ataque destes por uma só pessoa). No Raw a seguir (Power To The Poeple), Show não iria aparecer e Henry decidiu continuar o seu ímpeto, enfrentando Kane num “Street Fight” (escolhido pelos fãs como é claro) e depois de Henry ter conseguido o “pinfall” sobre Kane, este último iria receber a mesma tortura que Show recebeu, aonde Henry faz Kane atravessar a mesa, marcando mais um impacto.

Na Smackdown a seguir, depois de Henry perder para Ezekiel Jackson num combate normal, Henry parecia que ia aplicar de novo um “World’s Strongest Slam” através da mesa, Show iria regressar e impedir que isso acontecesse… com esta situação, no Raw Roulette, Henry teria de enfrentar um adversário através da estipulação “Mystery Oponent”, aonde Booker T (o “host” do programa) decidiu mostrar que Henry teria um trabalho muito grande pois iria enfrentar a seguinte pessoa. Aparece Big Show para uma enorme ovação e os dois gigantes começam à pancada, até que vão para a rampa de entrada, onde ao lado havia a mesa de produção e quando começam a dirigir-se para aí, Show consegue ganhar a vantagem e mostra que também tem força e aplica um “Chokeslam” através dessa mesa!

Devido a estes actos, é marcado um Big Show vs Mark Henry no PPV (visto que ninguém ganhou nesse combate) e na Smackdown a seguir, Show tem uma entrevista com Josh, aonde diz que se sente mais aliviado por ter feito o que fez a Henry no Raw anterior e que no MITB, ele irá ver que precisa de mostrar mais se quer derrota-lo. Depois desta situação, Alberto Del Rio tem de enfrentar Big Show no penúltimo Raw antes do PPV, aonde Alberto consegue mais uma vitória surpresa, depois de Henry ter aparecido e ter dado uma cadeirada forte na cabeça de Show, permitindo a Del Rio conseguido atingir um enorme “DDT” para a vitória. Após o combate, Show exige um confronto cara-a-cara com Henry naquele momento e Henry diz que Show terá de esperar e jogar na altura que Henry quiser.

Na penúltima Smackdown antes do PPV, Show está descansado a lanchar, até que Henry ataca pelas costas e desta vez, humilha mais Big Show metendo comida na cara de Show, deixando a mesa de refeições toda suja e prontinha para Henry conseguir aplicar o “World’s Strongest Slam” através dessa mesa… as coisas ficam mais quentes no último Raw antes do PPV, aonde depois de Henry falar que nunca viu ninguém a dominar Big Show como está a fazer de momento, até que o GM anónimo interrompe e anuncia um “Tables Match” entre os dois gigantes. Isto originou mais um confronto entre Show e Henry, e quando parecia que eles iriam à pancada de novo, o GM anónimo manda mais uma mensagem de que não poderá haver confrontos físicos entre os dois.

Para acabar, na última Smackdown, Henry faz uma demonstração trazendo 3 homens com 200 quilos (dos melhores halterofilistas da América), mostrando que Big Show pode ser agarrado com facilidade e que pode atravessar facilmente uma mesa este Domingo. Consegue agarrar um homem de cada vez e no final, depois de mandar 2 desses homens, o outro é atacado por Henry e quando parece que iria para aplicar mais um “World’s Strongest Slam” através da mesa, ouve-se a música de Big Show, aonde Henry larga o homem com muita pressa aflito à procura de um microfone lembrando a Show que não pode haver confrontos físicos entre eles… Show não aparece na rampa, mas aparece através do público, causando a uma fuga de Henry repentina. Big Show agarra no microfone e diz que sabe que o combate pode ir das duas formas, mas que está pronto para o que vier e nisto, ele larga o microfone e aplica um “Chokeslam” ao homem de 200 quilos que lá estava estendido, através da mesa.

Raw Money In The Bank Ladder Match
United States Champion Dolph Ziggler vs Kofi Kingston vs R-Truth vs Drew McIntyre vs Alex Riley vs The Miz vs Evan Bourne vs Jack Swagger


O Capitol Punishment tinha acabado e no Raw a seguir (Power to The People), tivemos 4 combates de qualificação para o Money In The Bank Ladder Match, aonde R-Truth conseguiu uma vitória sobre Rey Mysterio para ser o 1º qualificado… Dolph Ziggler (com uma pequena ajuda de Vickie Guerrero) derrota Chris Masters para ser o 2º qualificado… Kofi Kingston é o 3º qualificado, onde após uma pequena distracção da música de Big Show, derrota Alberto Del Rio, deixando este muito furioso… por fim, o 4º qualificado é Evan Bourne, onde mesmo com a interferência de David Otunga e Michael McGillicutty, consegue derrotar Mason Ryan.

Depois desta situação, no Raw Roulette a seguir, acontecem mais 4 combates de qualificação, onde 3 deles têm um vencedor e um deles aonde nem chega a acontecer. Primeiro, Alex Riley é o 5º qualificado derrotando David Otunga dos New Nexus (mesmo com a interferência de Michael McGillicutty). Depois The Miz consegue uma vitória sobre Vladimir Kozlov para ser o 6º qualificado… Jack Swagger é o 7º qualificado depois de obter uma vitória sobre Santino Marella. E para acabar, quando JTG vai para o ringue, aparece Drew McIntyre que ataca brutalmente o seu adversário e acaba por agarrar na escada (símbolo do combate Money In The Bank) e por aplicar mandar JTG com toda a força contra a escada, ficando o combate em “No-Contest”!

Depois de ver estas situações, Drew McIntyre entra no Money In The Bank e no penúltimo Raw, faz referência que durante meses tem andado escondido em cada Raw e Smackdown, e que ninguém faz nada para lhe dar destaque e assim que veio a primeira oportunidade, ele agarrou-a bem… isto causou uma aparência de Kofi, que lhe faz referências do ano passado aonde tiveram combates pelo Intercontinental Championship e que este ano, Drew irá sofrer mais do mesmo e voltar para o seu lugar merecido. Aparece Dolph Ziggler, que relembra a todos quem foi o homem que conquistou o United States Champion das mãos de Kofi no Capitol Punishment… Riley é o próximo a interromper e faz referência que tem grande ímpeto com a vitória sobre o Miz. Jack Swagger interrompe a seguir e fala do mau azar que vai acabar no MITB tal como aconteceu na Wrestlemania 26! Evan Bourne é o último a aparecer dizendo que Swagger não tem tido mau azar mas sim, pouca habilidade para derrotar alguém como ele… GM anónimo interrompe a conversa toda e marca um “Six-Man Tag Team Match” com os 6 envolvidos.

O combate acaba por não acontecer visto que Miz aparece com uma escada e ataca todos os que lhe aparecem à frente, finalizando com uma “promo” em que diz que é o único lutador invicto neste tipo de combates e que no MITB vai provar mais uma vez o porquê de ser um ex-WWE Champion. No último Raw, Truth é o primeiro a aparecer dizendo que já conseguiu fazer mais que todos os lutadores combinados do MITB (desde derrotar o WWE Champion sem o título envolvido, já lesionou o seu parceiro Morrison) e que mesmo assim existe uma conspiração contra ele. Aparece Miz que quando ia para o ringue a falar, Kofi Kingston ataca-o e gera-se uma enorme guerra com todos os participantes do Money In The Bank envolvidos. Todos acabam por aplicar os seus “finisheres” (quer seja na escada ou no chão), até que Truth fica sozinho e acaba por subir a escada, agarrando na mala, mostrando que a conspiração dele poderá estar a acabar brevemente se ganhar o combate MITB neste Domingo.

Smackdown Money In The Bank Ladder Match
Intercontinental Champion Ezekiel Jackson vs Ted DiBiase vs Cody Rhodes vs Daniel Bryan vs Sheamus vs Wade Barrett vs Sin Cara vs Kane


Tal como no Raw, após o Capitol Punishment, iria acontecer 4 combates de qualificação na Smackdown a seguir ao PPV e na outra Smackdown a seguir. Aqui ficam os resultados:

1ª Smackdown:
- Intercontinental Champion Ezekiel Jackson vence Mark Henry depois de um grande “Running Powerslam”
- Daniel Bryan vence William Regal num combate muito físico em que Daniel mete Regal no “LeBell Lock” para obter a vitória por submissão
- Cody Rhodes vence Yoshi Tatsu num combate curto depois de um “Cross Rhodes” devastador em Yoshi
- Sin Cara vence Tyson Kidd noutro combate curto depois de aplicar um “C-4” da corda superior

Notas neste programa:
- DiBiase e Rhodes falam da vitória deste último e como o Money In The Bank vai ser finalmente a oportunidade dos americanos verem que Rhodes é realmente o modelo desta companhia. As palavras não caem bem em DiBiase!

2ª Smackdown:
- Kane vence The Great Khali depois de uma “Top Rope Clothesline”
- Wade Barrett vence Trent Baretta, onde Barrett aplica o “Wasteland”, depois de alguma ofensa surpreendente do Baretta
- Sheamus vence facilmente Johnny Curtis (este último a ter o seu segundo combate depois da sua estreia) com um “Brogue Kick”
- Ted DiBiase vence Sin Cara num combate muito bom depois de contra-atacar uma “hurricarana” de Cara

Notas neste programa:
- Apesar da interferência de Jinder Mahal, Kane conseguiu aproveitar uma situação em que Mahal e Khali chocam um com o outro, causando o “Top Rope Clothesline” de Kane para a vitória.
- Ted DiBiase exige um combate contra um dos participantes do MITB para provar que merece entrar também nisto. Rhodes (que estava com ele naquele momento), ficou satisfeito e pensa que DiBiase poderá dar-lhe uma fácil vitória para a glória. Nisto, DiBiase consegue combate com Cara e quando Rhodes viu a vitória, ficou mais que satisfeito.

Após esta situação, na penúltima Smackdown antes do PPV, Sheamus iria atacando misteriosamente um por um, os participantes do combate nos bastidores, até que chegou ao ringue e confrontou Ezekiel Jackson no ringue para uma enorme guerra entre os dois, envolvendo escadas, cadeiras e até espadas de kendo. Ficaria marcado um “Street Fight” entre os dois na Smackdown antes do PPV e para aumentar mais a expectativa, Teddy Long (GM da Smackdown) marca um “Six-Man Tag Team Match”, aonde Sin Cara junta-se a Kane e Daniel Bryan para enfrentar Barrett, DiBiase e Rhodes.
Chegada a Smackdown antes do PPV, a “Street Fight” acabou por tornar-se numa autêntica guerra entre os participantes do Money In The Bank, aonde todos aplicaram os seus “finisheres” e no final, Sheamus conseguiu sobreviver, aplicando um devastador “Brogue Kick” contra a escada que Ezekiel Jackson levava à sua frente. Logo a seguir a este combate, o “Six-Man Tag Team Match” iria acabar num “No-Contest” pois a briga iria continuar mais uma vez, só que desta vez, todos os participantes (em pares) estavam em 4 escadas e no final, Sheamus é quem acaba por sair em cima, empurrando Daniel Bryan da escada para baixo e agarra na mala dizendo que é a sua hora mais uma vez.

World Heavyweight Championship
Last Man Standing Match
Randy Orton © vs Christian


Depois de várias tentativas falhadas por Christian (devido a motivos de arbitragem ou de injustiças), Christian pede ao GM da Smackdown mais uma oportunidade visto que mais ninguém lha pode conceber a não ser o próprio World Heavyweight Champion Randy Orton e como Teddy Long recusa dar essa hipótese, Christian teria de fazer algo de especial para atrair a atenção dele e na Smackdown após o PPV, ataca Orton de forma tão brutal que fica inconsciente para uma contagem de 10 (que o próprio Christian conta). Após essa contagem, ainda fala mal de Orton dizendo na cara inconsciente deste último que é um fraco e que só está na WWE por causa de ser o “menino bonito” (juntamente com John Cena) desta companhia, acabando por pousar com o título sobre o corpo inconsciente de Orton.

Na semana a seguir, Teddy Long faz referência que Christian não devia merecer mais nenhuma oportunidade devido aos seus actos da semana anterior. O próprio Christian aparece e fala que mais uma vez está a ser injusto e que se as coisas continuarem, consequências muito graves irão acontecer. Teddy Long diz que se é assim que quer, terá de enfrentar Orton mais tarde e caso Christian ganhe, terá direito a escolher a sua estipulação para o combate no PPV contra Orton… mas caso Orton ganhe, Christian terá de enfrentar com o facto de não poder ter mais uma oportunidade pelo título enquanto Orton segurá-lo. Acabaria por Christian ganhar via “count-out” e quando Orton ia para o atacar, Christian foge até à rampa com um microfone e fala mal da família do seu adversário, inclusive chegando a chamar Orton de um fraco pai que é um mau exemplo tanto para a sua filha como para os seus fãs. Ele acaba por anunciar um “Last Man Standing Match” e faz referência à semana anterior em que aquilo será um pequeno exemplo do quanto Orton mostra ser fraco!

Teddy Long iria afastar os dois de confrontos físicos entre um e outro na penúltima Smackdown antes do PPV, e enquanto Orton fazia a sua “promo” de como irá destruir Christian e que pode-se esperar até lá. Relembra os ataques pessoais de Christian à família dele e isso poderá ser um dos motivos pelo qual Orton quer tanto “matar” o seu adversário com tudo o que lhe aparecer à frente… Christian aparece no ecrã gigante num parque de estacionamento, mostrando o autocarro de Orton e dizendo que está a uns passos de dizer à filha e mulher do Orton o quanto mau pai ele é. Orton vai disparado até ao parque e quando vê o autocarro só com a filha e mulher quase a chorarem, Orton acalma-as dizendo que isto não ficará assim.

Christian aparecia na última Smackdown dizendo que Orton é alguém que os fãs não deveriam apoiar, visto ele mostrar ser um mau exemplo para a família e que no MITB, ele vai tirar os sonhos que Orton tirou a ele há uns meses atrás. Orton acaba por aparecer e eles têm outra troca de palavras, onde fica mais pessoal, quando Orton tem uma arma secreta e mostra no ecrã, dizendo que se não fosse este homem (Edge), que Christian estaria sem emprego garantidamente. Christian iria desaparecer da arena sem nunca mais ouvirmos falar nele. As animosidades continuam a aquecer quando mais tarde, depois de Orton ter tido um combate muito bom contra Tyson Kidd, Christian aparece no ecrã mostrando que está pronto a levar o Universo da WWE a uma volta pela casa de Orton. A mulher de Orton mais a filha estavam por casa, e Christian decidiu deixar Orton muito furioso quando beijou de propósito a mulher de Orton, tornando a rivalidade mais acesa e pessoal. Aqui terminava a construção deste combate pelo World Heavyweight Championship!

WWE Championship Match
Special Guest Referee: Vince McMahon
(Se Cena perde, será despedido)
John Cena © vs CM Punk


Este será o “main-event” do PPV aonde existem grandes expectativas para quem sairá vencedor neste combate e tudo isto já lá vem desde a rivalidade entre eles no Royal Rumble que teve uma paragem por um longo momento. CM Punk iria derrotar Rey Mysterio no Capitol Punishment provando mais uma vez o porquê de ser o próximo pretendente ao WWE Championship, título que ele nunca obteve na vida, e no Raw a seguir (Power To The People), Punk iria derrotar The Miz e Alex Riley num “Triple Threat Falls Count Anywhere Match” (escolhido pelos fãs) para poder enfrentar Cena no Money In The Bank pelo WWE Title. Antes desse combate ter acontecido ou mais propriamente no início do Raw, Punk apareceu e falou muito mal sobre a WWE e como não ajuda a criar novas estrelas e que os fãs andam tão fartos de John Cena (este comentário levando uma grande ovação do público). Para além disso, fala de que existem rapazes como Evan Bourne, Tyson Kidd, Zack Ryder que não tem a devida atenção porque os “meninos bonitos” da WWE são sempre os inocentes!

No Raw Roulette, acontece as mesmas coisas que aconteceram no original, com o combate entre John Cena e Truth sem o título em jogo sendo numa “Street Fight” (escolhido pelos fãs), acabando por Punk interferir e custar o combate a Cena (tal como no original). No final, iríamos assistir àquela “promo” onde Punk iria ter mais liberdade que nunca no microfone e quando ia para falar da campanha “anti-bullying”, cortaram-lhe o microfone (e aqui acabava o Raw como é costume). Era anunciado a suspensão de Punk e a partir daqui, todo o “booking” do combate seria igual, mas com mais uma estipulação de que Vince McMahon seria o árbitro especial no meio disto tudo (anunciado no último Raw antes do PPV), no qual o próprio presidente garantiu a CM Punk que iria arbitrar justo e que o melhor homem do combate ganhe.

A partir da suspensão, aqui ficariam as minhas alterações ao “back story” do combate: Vince McMahon está a depositar a confiança toda em cima de Cena, e como tal, eles iriam ter um confronto cara-a-cara no penúltimo Raw antes do PPV, onde seria anunciado a estipulação que se Punk ganha, Cena seria despedido… Punk iria continuar a mostrar toda a liberdade no microfone, com Vince McMahon a ficar um bocado intimidado com as promessas dele no último Raw antes do PPV. Para acabar, McMahon meteu-lhe no último combate de Punk no Raw antes do PPV (onde poderia ser o último dele na sua carreira na WWE) contra Rey Mysterio numa “Street Fight” (um combate dos melhores que a WWE ofereceu neste ano) e no final, quando Punk estava todo contente, McMahon iria aparecer, anunciando que ele seria o árbitro especial no combate, garantindo que seria um grande combate e que irá ser justo, e que ganhe o melhor homem do combate.


PS: Mandei um e-mail ao Wolve (um dos júris deste concurso) e acho que ele deve ter recebido... espero que gostem
avatar
FaBiNhO
Adepto de Shows

Masculino Número de Mensagens : 101
Idade : 26
Localização : Marinha Grande
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 15/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum