FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

Dias is That Damn Good #171 - "Um Booking com Erros Gritantes"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dias is That Damn Good #171 - "Um Booking com Erros Gritantes"

Mensagem por Dias Ferreira em Sab Out 22 2011, 06:13



Boas Pessoal!



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Sejam bem vindos a mais um "Dias is That Damn Good", um dos espaços com maior história na nossa CWO





Depois de tudo o que aconteceu na passada semana, seria incontornável não falar da TNA no artigo que agora vos apresento. Com o maior ppv da companhia a realizar-se no último domingo e um iMPACT de quinta-feira que muitas mudanças trouxeram para o rumo que as storylines têm vindo a percorrer dentro da empresa, é óbvio que ela teria de se tornar no grande foco de todas as atenções.





Deste modo, com todos os holofotes centrados em si, a equipa criativa da TNA tinha uma óptima oportunidade para brilhar e mostrar que sabe tomar decisões de uma forma coerente e consequente, por outro lado, a margem de manobra para cometer erros era bastante reduzida. Infelizmente, e não surpreendendo ninguém (acredito eu), a equipa criativa da companhia de Orlando voltou a desiludir...e pior que isso, consegui no espaço de uma semana somar um incrível número de erros gravíssimos e que vêm provar, mais uma vez, a sua incapacidade e falta de qualidade na forma como produzem e fazem a gestão da TNA.





Não percam, portanto, as próximas linhas, onde explicarei pormenorizadamente os erros a que me refiro...





[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Comecemos, então, pelo Bound For Glory 2011. Nunca será demais repetir que o build up de algumas rivalidades e combates presentes no card do PPV não foi suficientemente bem explorado e trabalhado, sobretudo, se tivermos em conta que estávamos perante a "Wrestlemania" da TNA. Mas a este facto, podemos ainda acrescentar uma incrível falta de bom senso na "convocação" dos wrestlers para este evento. Será normal que ainda tenham coragem de dar destaque aos Ink Inc, quando eles já demonstraram por diversas ocasiões valer menos que zero?! Será aceitável que o TNA Television Chanpionship não fosse defendido?! Compreende-se que grandes nomes da companhia como James Storm e Abyss não tivessem oportunidade de entrar no card do evento?! E, depois, ainda temos mais uma excelente amostra da falta de inteligência dos responsáveis da empresa de Orlando, quando decidem trocar um combate pelos TNA Tag Teams Championsip (que aconteceu como um dark-match), por uma confrontação entre o Jeff Jarrett e o Jeff Hardy. Mas podemos, também, falar do combate pelo Knockout's Championship, que se revelou numa desgraça total, ainda que pré-anunciada pelas estipulações do match, pela total ausência de uma verdadeira rivalidade entre as lutadoras que participaram dele e pelo envolvimento da Karen Jarrett como special referee. Mas se as coisas já estavam a correr mal (no que há coerência do booking e suas decisões diz respeito), pior ficaram, quando no final do embate entre o AJ Styles e o Daniels, o último atacou o ex-World Champion. Os "I Quit Matches" apenas se marcam para que se dê um ponto final na feud/rivalidade entre os wrestlers envolvidos, logo, apenas se compreendia que após este combate a contenda entre ambos continuasse, se a companhia decidisse leva-los para um "Loser Leaves Match", o que não irá certamente acontecer. Depois, ainda podemos realçar o facto de tirem sido marcados vários combates que obrigavam a que se praticasse um estilo bastante similar (agressivo, brutal e violento)...e essa situação foi de tal forma mal pensada, que obrigou a que na maior parte dos combates houvesse uma enorme contenção do bleeding, para que este tivesse mais impacto na altura em que o Hogan sangrasse.





Por último, no que a este PPV diz respeito, chegamos ao main event. A um main event que iria opor um super bem pushado Robert Roode a um Kurt Angle lesionado e bastante diminuído. Volto a repetir que não considero o Bobby Roode um wrestler capaz o suficiente para ser main eventer...falta-lhe carisma, mic skills e mais alguns itens essenciais para que um lutador seja a cara de uma promotora da modalidade (não é à toa que as queixas quanto à timidez, frieza e distância do Roode nas secções de autógrafos se sucedem). Mas uma vez que a escolha, apesar de mal feita, já tinha acontecido e o Roode estava bastante bem pushado, só restava à TNA entregar-lhe o título no maior dos seus PPVs, por forma a evitar que tanto trabalho (bem feito) fosse deitado por água abaixo. Até podiam retirar o título ao Roode passado pouco tempo, e deixar que ele tivesse sido um campeão de transição, mas nunca fazer o que fizeram e deitar todo um trabalho de alguns meses porta fora. E esta decisão ainda se torna mais incompreensível, se tivermos em conta que o Kurt Angle estava lesionado e que se sabia, de ante mão, que caso saísse do PPV como campeão, iria ter de ceder o título no iMPACT seguinte.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Mas se julgávamos que depois de tantos erros cometidos numa só noite, seria impossível igualar tal feito, pelo menos em tão curto espaço de tempo, estávamos bastante enganados, foi apenas necessário esperar pelo iMPACT seguinte. E assim que o iMPACT começou, começaram também as más decisões e a falta de inteligência dos bookers a vir ao de cima...a Dixie Carter decide entregar a liderança da TNA ao Sting, numa história que me parece bastante semelhante à que se tem assistido na WWE (falta de originalidade), mas pior que isso, é não conseguir compreender que o perfil do Sting não se adequa minimamente ao papel de autoridade condutora de um programa de wrestling, já para não dizer que o Sting em 5 dias deixou de ser um "palhaço" (ao estilo Joker), para ser a maior autoridade da iMPACT Zone (o que é super coerente). Mas o pior ainda estava para vir...cientes de que o Angle condicionado pela sua lesão não poderia reter o título, os responsáveis da TNA podiam ter corrigido o tremendo erro que cometeram no Bound For Glory e num rematch pelo TNA World Heavyweight Championship, entregar o título ao Bobby Roode. Mas não, ao invés de seguir um caminho lógico, coerente e consequente, a equipa criativa decide inventar à última da hora uma cláusula idiota que impede o Roode de enfrentar o Angle, e decide que deve ser James Storm o homem a enfrentar e a derrotar o campeão. E eu pergunto-me, que bookers são estes?! Que booking é este?! Como é possível não entregar o título a alguém que foi pushado durante vários meses, mas fazê-lo a um wrestler não que teve qualquer push, que não estava envolvido em qualquer rivalidade e que, ainda por cima, não vencia um combate de singles há bastante tempo?! Sei que o objectivo passa por criar uma rivalidade entre o James Storm e o Robert Roode, mas ele poderia ter acontecido de qualquer forma se o Roode fosse campeão e não era necessário dar tantos pontapés na lógica e na coerência. Entretanto, nessa noite, houve também espaço para o regresso da Gail Kim, no entanto, a equipa criativa conseguiu voltar a fazer merd*! Quando alguém marcante volta à companhia (e a Gail Kim foi a primeira Knocout Champion da TNA) fá-lo sempre como face, porque os fãs tiveram saudades dessa pessoa e vão querer estar ao lado dela em qualquer situação. Ora, ao fazê-la regressar como heel, estão apenas a criar um problema, porque a Gail Kim ao invés de heat, vai receber mais pops que alguns babyfaces (e isto vem provar que não aprendem com os erros, pois há bem pouco tempo tinha acontecido uma situação semelhante com o Mr. Anderson).




Spoiler:

Mas regressando à disputa pelo TNA World Heavyweight Championship, sabemos também que num próximo iMPACT Wrestling, irá haver lugar a uma disputa pelo 1º Contender ao título de James Storm entre o Robert Roode e o Samoa Joe. E neste ponto, se a escolha de Roode me parece acertada e lógica, pergunto-me porque raio o Samoa Joe terá sido chamado para disputar uma presença no main event da companhia?! Ele que tem sofrido derrota atrás de derrota e que tem saído de todas as rivalidades em que está envolvido como o elo mais fraco. Será que para aquela gente faz mesmo sentido colocar no topo um lutador que tem uma extensa losing streak?! Sinceramente, e com muita pena minha, quando me falam no booking da TNA já vou acreditando em tudo...mas menos mal, pelo menos o Roode saiu vencedor desse combate.






E vocês, o que têm a dizer da frequência com que o booking da TNA apresenta uma enorme falta de sentido e coerência?!




Bem, foi mais um "Dias is That Damn Good" que espero tenham gostado e comentem!
Um Abraço, Dias Ferreira!




PS: Saibam mais em [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Dias Ferreira
Campeão Nacional da APW

Masculino Número de Mensagens : 246
Idade : 29
Localização : Nisa - Portalegre
Emprego/lazer : Licenciado em Relações Internacionais e Pós-Graduado em Gestão de Recursos Humanos
Data de inscrição : 22/03/2009

http://wrestlingspam.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dias is That Damn Good #171 - "Um Booking com Erros Gritantes"

Mensagem por rDmT93 em Sab Out 22 2011, 10:34

Isso do Storm não ter tido qualquer push não é verdade. Ele foi um dos quarto finalistas do BFG Series e nos últimos dois combates que teve antes de conquistar o título (vs. Angle/Roode) perdeu mas não duma forma categórica. Portanto, acabou por ter um mínimo de sentido ele ter depois sido "seleccionado" para vingar a trapaceira feita ao Roode no BFG.

Também não vejo aonde está a falta de originalidade e de sentido em colocar o Sting como "GM" da TNA. Sendo que a Dixie tomou novamente o controlo da TNA, era necessário alguém que a representasse como authority figure e esse alguém só poderia ser o Sting, pois foi este quem lhe foi sempre fiel e lhe devolveu a a companhia de volta para às mãos. E diga-se também que o Sting já tem vindo a perder os tiques a la Joker, se é que já não os perdeu de todo.

De resto, concordo em certo modo com o que referiste.

E uma coisa, eu sei que para ti os spoilers são como manteiga no pão, mas há quem ainda goste de ver os shows sem ir previamente ao professor chibanga

E mais outra coisa, eu sei que quando se está à procura dum assunto para escrever um artigo/crónica sobre TNA, o que vem de imediato à cabeça é o "trashar a TNA", pois para isso existe muito pano para mangas. Contudo, torna-se demasiado saturante e enjoativo ver sempre o mesmo bater na mesma tecla, isto independentemente se tens razão ou não. Existem mil e um assuntos a envolver TNA que podes abordar e explorar sem ser o fácil mandar-abaixo. Não leves a mal, tu escreves o que quiseres e sobre o que quiseres, é só um pequeno reparo meu que vale o que vale.
avatar
rDmT93
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 20834
Idade : 23
Localização : Almada
Emprego/lazer : Greve
Data de inscrição : 17/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dias is That Damn Good #171 - "Um Booking com Erros Gritantes"

Mensagem por Dias Ferreira em Sab Out 22 2011, 18:56

Se reparares que durante o Bounf For Glory Series, muitos dos concorrentes foram desaparecendo por lesão e que nem assim o James Storm conseguiu chegar à final, percebes que esse argumento já não é assim tão válido. Por outro lado, e independentemente disso, a verdade é que o Storm já não tem uma história só sua há muito tempo, ele tem desempenhado um papel secundaríssimo na rivalidade entre o Roode e o Angle e não tem tido combates que o pushem para o topo. No meio de tudo isto, poder escolher entre ele e o Roode (que foi trabalhado à exaustão) qual o novo campeão e ir pelo caminho menos lógico e coerente, só demonstram a falta de qualidade de que tenho falado.

Quanto ao Sting como GM, é fácil compreender que houve falta de originalidade, porque a Dixie podia continua à frente da companhia e conduzir ela os destinos do iMPACT, mas não, tiveram de pegar numa ideia semelhante à que tantas vezes a WWE desenvolveu com os seus General Managers e Commissioners. Por outro lado, se o Hogan fez o face turn, porque razão não permitiram que ele continuasse à frente dos destinos da TNA?! No futuro, essa situação até podia ajudar na construção de outras histórias, por exemplo, um novo heel turn do Hogan onde este afirmasse que apenas se fingiu de bom para poder voltar a ter a TNA nas suas mãos.

No que respeita aos spoilers peço desculpa, estava tão entusiasmado a escrever que acabei por não ter em conta essa parte.

Por outro lado, no que diz respeito à quantidade de vezes que se fala na TNA e no seu péssimo booking, devo confessar-te que não escrevo sobre a companhia de Orlando desde o dia 19 de Março de 2011, pelo que não compreendo os teus anseios =P
avatar
Dias Ferreira
Campeão Nacional da APW

Masculino Número de Mensagens : 246
Idade : 29
Localização : Nisa - Portalegre
Emprego/lazer : Licenciado em Relações Internacionais e Pós-Graduado em Gestão de Recursos Humanos
Data de inscrição : 22/03/2009

http://wrestlingspam.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dias is That Damn Good #171 - "Um Booking com Erros Gritantes"

Mensagem por rDmT93 em Sab Out 22 2011, 20:08

Se reparares que durante o Bounf For Glory Series, muitos dos concorrentes foram desaparecendo por lesão e que nem assim o James Storm conseguiu chegar à final, percebes que esse argumento já não é assim tão válido. Por outro lado, e independentemente disso, a verdade é que o Storm já não tem uma história só sua há muito tempo, ele tem desempenhado um papel secundaríssimo na rivalidade entre o Roode e o Angle e não tem tido combates que o pushem para o topo. No meio de tudo isto, poder escolher entre ele e o Roode (que foi trabalhado à exaustão) qual o novo campeão e ir pelo caminho menos lógico e coerente, só demonstram a falta de qualidade de que tenho falado.

Isso de três ou quatro se terem lesionado é irrelevante. Eram os 12 top guys da cena e ele acabou entre os quatro últimos, ponto. Não digo que isso lhe dê uma credibilidade imensa, mas faz com que ele não seja um qualquer.

Secundaríssimo? Não de todo. Secundaríssimo diria o Kaz e os restantes membros dos Fortune. O Storm não. O Storm foi sempre utilizado pelo Angle como arma psicológica frente ao Roode e esteve quase sempre metido ali no meio da feud.
Mas é lógico que o mais correcto teria sido libertar o título para o Roode e não para o Storm, não estou a dizer o contrário. Contudo, até não vejo isto com maus olhos caso venha a proporcionar uma rivalidade Roode vs. Storm à luz da Richards vs. Edwards com depois a assumir contornos Orton vs. Christian, ou seja, com o Roode a heel (que lhe encaixa MUITO melhor) e o Storm a face.

a Dixie podia continua à frente da companhia e conduzir ela os destinos do iMPACT

Não por duas razões simples. A primeira, kayfabe wise e se calhar nem tão kayfabe wise quanto isso, a Dixie é uma businesswoman presidente da TNA e supostamente o seu trabalho é administrar os assuntos internos da companhia off-screen, não o de marcar Jesse Neal's. vs. Anarquia's, se é que me faço entender. Não que não o possa fazer pontualmente, mas supostamente ela já tem as mãos bem cheias com outros assuntos do foro interno. A segunda razão, e principal razão, é o facto da mulher pura e simplesmente não ter jeito pa coisa. De todas as intervenções dela on-screen até à data, são raras as que não roçaram o deprimentemente sofrível.

Por outro lado, se o Hogan fez o face turn, porque razão não permitiram que ele continuasse à frente dos destinos da TNA?! No futuro, essa situação até podia ajudar na construção de outras histórias, por exemplo, um novo heel turn do Hogan onde este afirmasse que apenas se fingiu de bom para poder voltar a ter a TNA nas suas mãos.

Bem, sendo tu alguém que preza tanto a coerência e a lógica, isto deixou-me chocado

Então quer dizer, o Hogan roubou-lhe a empresa e andou a fazer a vida dela num inferno durante um ano e agora - só porque há uns dias o Hogan redimiu-se do que fez no passado -, ela já lhe deve perdoar e confiar novamente nele ao ponto de lhe deixar novamente a tomar as rédeas da companhia? Não faz sentido, pois.




No que toca ao assunto "malhar na TNA", pah, não me estou a referir à frequência com que escreves sobre TNA, mas sim à frequência com que assapas na TNA quando escreves sobre TNA. Já toda a gente sabe que o booking da TNA é uma merd* e muito dificilmente irá mudar, pelo que escreve sobre outra coisa pá
avatar
rDmT93
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 20834
Idade : 23
Localização : Almada
Emprego/lazer : Greve
Data de inscrição : 17/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dias is That Damn Good #171 - "Um Booking com Erros Gritantes"

Mensagem por Dias Ferreira em Sab Out 22 2011, 23:09

Temos opiniões diferentes, mas apesar de não concordar com a tua aceito-a

Continuo a acreditar que o Storm não foi pushado o suficiente para estar ao nível do main event e que apostar nele para campeão quando tinham estado a pushar o Roode durante tanto tempo é um erro clamoroso. E volto a repetir que o facto de ter o Roode como campeão não seria, nunca, um impedimento para avançar como uma rivalidade entre ele e o Storm, muito pelo contrário!

Depois, concordo quando dizes que a Dixie não tem jeito para assumir um papel activo nas storylines e enquanto figura de autoridade, mas não acho que ela deva estar assim tão afastada do iMPACT...apesar de tudo ela é a presidente e, pelo menos, de vez enquando deve aparecer e ter uma palavra a dizer no modo como as coisas se desenrolam.

Quanto à situação do Hogan, não é um problema de incoerência...foi o Hogan que, com o seu face turn, permitiu que a companhia realmente regressasse para as mãos da Dixie Carter e impediu o beatdown do Sting às mãos dos Immortal. Confiar nele enquanto General Manager é muito diferente de lhe entregar a gestão da empresa...enquanto GM ele terá, sempre, de responder perante a Dixie Carter e está sujeito a ser despedido pela mesma.

Quanto à matéria sobre a qual me costumo basear para escrever os meus artigos, convenhamos que ainda sou livre para escolher aquilo de que pretendo falar ou não! Para além disso, se lêres mais atentamente as minhas colunas "Dias is That Damn Good", compreenderás, facilmente, que não tenho uma postura crítica apenas com a TNA...geralmente até "bato" muito mais na WWE, porque também me debruço muito mais em assuntos relacionados com a mesma.

Se critico algo, e faço-o sempre com argumentos, não é por não gostar de uma companhia ou de outra, é porque acredito que ambas têm um enorme potencial para fazer muito mais e muito melhor, e eu tenho pena que não aproveitarem todas as oportunidades que têm para nos oferecer um produto mais interessante e com maior qualidade.
avatar
Dias Ferreira
Campeão Nacional da APW

Masculino Número de Mensagens : 246
Idade : 29
Localização : Nisa - Portalegre
Emprego/lazer : Licenciado em Relações Internacionais e Pós-Graduado em Gestão de Recursos Humanos
Data de inscrição : 22/03/2009

http://wrestlingspam.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dias is That Damn Good #171 - "Um Booking com Erros Gritantes"

Mensagem por rDmT93 em Dom Out 23 2011, 00:19

Sim, para o Roode e o Storm feudarem um com o outro não era necessário o Storm ganhar o título, no entanto, para que exista uma rivalidade em que o Roode é o heel e o Storm é o face, o caminho mais eficaz é o que foi concretizado.

Quanto ao outro assunto, antes de mais, não foi com o face turn do Hogan que a companhia voltou para as mãos da Dixie Carter, foi com a derrota deste perante o Sting. Depois, mesmo que ele tenha salvo o Sting e se tenha voltado contra os Immortal, isso não é suficiente para que lhe seja depositada qualquer tipo de confiança para o cargo de GM, ainda que o mesmo possua um certo poder limitado. Imagina que és dono de um café e um dos teus empregados rouba-te e foge. Um ano depois voltava, devolvia-te o dinheiro e pedia-te para que lhe desses novamente emprego. Darias? Precisley.


Again, não estou a dizer que só falas mal da TNA porque és um hater etc etc. Simplesmente quando te debruças sobre a TNA tendes quase sempre a criticar o booking da mesma, ainda que por mais válidos que sejam os teus argumentos, pois isso não está em causa. O mesmo não fazes com a WWE (podes na mesma criticar o booking, criticar o modo como esta está a user x wrestler, mas és sempre mais dinâmico na escolha dos temas). Isso é facto, estava apenas a constatá-lo e a sugerir que não o fizesses tanto. Como é óbvio e como já disse, não te vou enfiar minhocas nos lençóis da cama por não fazeres o que te estou a dizer, tu é que sabes o que escreves e o que queres escrever, não tenho nada a ver com isso.
avatar
rDmT93
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 20834
Idade : 23
Localização : Almada
Emprego/lazer : Greve
Data de inscrição : 17/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dias is That Damn Good #171 - "Um Booking com Erros Gritantes"

Mensagem por Dias Ferreira em Dom Out 23 2011, 00:35

A WWE dá-nos mais que falar do que a TNA =P

Tens de compreender que é mais fácil falar de algo que compreendemos, mesmo não concordando, do que de algo que não conseguimos perceber...e muitas vezes eu não sei o que os responsáveis da TNA querem, que objectivos têm e para onde caminham!

O problema é que a TNA não tem uma estratégia ou plano traçados e delineados, para que possa percorrer o seu caminho e atingir os seus objectivos, a ideia que passa é a de que se vão tomando decisões ao sabor da maré e consoante os ventos sopram...é complicado debruçarmo-nos sobre aquilo que fazem, sem saber o que eles realmente querem, pensam e as indicações que nos dão.

Logo, quando nos debruçamos sobre a TNA, tendemos a falar do que conhecemos, do que já aconteceu...e, nesse ponto, como facilmente concordarás, temos sempre de cascar no péssimo booking da companhia.
avatar
Dias Ferreira
Campeão Nacional da APW

Masculino Número de Mensagens : 246
Idade : 29
Localização : Nisa - Portalegre
Emprego/lazer : Licenciado em Relações Internacionais e Pós-Graduado em Gestão de Recursos Humanos
Data de inscrição : 22/03/2009

http://wrestlingspam.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dias is That Damn Good #171 - "Um Booking com Erros Gritantes"

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum