FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de sete anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

República da Irlanda

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

República da Irlanda

Mensagem por Rafa em Ter Maio 08 2012, 19:13


Melhor desempenho no EURO: fase final 1988
Seleccionador: Giovanni Trapattoni
Melhor marcador: de sempre – Robbie Keane (53); actual – Robbie Keane (53)
Mais internacionalizações: de sempre – Shay Given (120); actual – Shay Given (120)
Fundação da federação: 1921
Alcunha: The Boys in Green (Os rapazes de verde)

Quando Giovanni Trapattoni assumiu o comando, no Verão de 2008, tomou conta de uma selecção que há duas décadas não marcava presença na fase final de um Campeonato da Europa. Com apenas quatro triunfos nos 12 jogos da qualificação para o UEFA EURO 2008 – incluindo duas vitórias sobre San Marino –, a República da Irlanda terminou bem longe de República Checa e Alemanha, pelo que a chegada do treinador teve impacto imediato. O italiano colocou os irlandeses no limiar do apuramento para o Campeonato do Mundo de 2010, antes de um golo apontado por William Gallas, no prolongamento, ter qualificado a França. Depois de ter terminado atrás da Rússia, um triunfo, por 4-0, na primeira mão do "play-of" na Estónia garantiu que, desta feita, não haveria desilusão.

Qualificação para o UEFA EURO 2012
Grupo B:
Segundo classificado
"Play-off": Estónia 0-4, 1-1 República da Irlanda (1-5, no total)
Melhor marcador: Robbie Keane (7)
Totalistas: Glenn Whelan, Aiden McGeady (12)

A República da Irlanda sofreu apenas uma derrota – por 3-2, no terceiro jogo de apuramento, para a formação russa, que haveria de ganhar o grupo –, e teve um desempenho consistente com Trapattoni no banco, incluindo uma vitória, por 2-0, sobre o país de nascimento do seleccionador, a Itália, em desafio particular
disputado em Junho. Shay Given e Robbie Keane protagonizaram uma campanha memorável. O primeiro, recordista de internacionalizações da República da Irlanda, chegou aos 120 jogos com a camisola da selecção no duelo da segunda mão do play-off com a Estónia, enquanto os dois golos de Keane na partida da primeira mão, disputada em Talin, permitiu-lhe chegar aos 53 tentos pelo seu país. O ponta-de-lança tinha chegado aos 50 a 4 de Junho, dia em que também bisou frente à Antiga República Jugoslava da Macedónia.

A equipa de Trapattoni também estabeleceu um novo máximo nacional de jogos sem sofrer golos, ao manter as redes invioláveis desde a derrota, por 3-2, no particular ante o Uruguai, disputado em Março, até ao triunfo, por 2-1, sobre a Arménia, no derradeiro encontro da fase de grupos. Os irlandeses estiveram oito jogos sem ir buscar a bola ao fundo da baliza e 11 consecutivos sem perder. "A Irlanda contratou [esta equipa técnica] para obter resultados e, agora, demos-lhe a resposta certa: E os jogadores também", sublinhou Trapattoni, que apenas sofreu duas derrotas desde a chegada ao comando, em Maio de 2008.

Historial no EURO
A única presença anterior da República da Irlanda na fase final de um Campeonato da Europa aconteceu em 1988, estreando-se na competição com uma memorável vitória sobre a Inglaterra, por 1-0, graças a um cabeceamento certeiro de Ray Houghton, nos primeiros minutos de jogo. Apenas a Holanda, que haveria de sagrar-se campeã da Europa, impediu o conjunto orientando por Jack Charlton de marcar presença nas meias-finais do torneio da República Federal da Alemanha.

Posteriormente, a República da Irlanda falhou por muito pouco o apuramento para as meias-finais das edições de 1992, 1996 e 2000, perdendo no "play-of" ante a Holanda e a Turquia, respectivamente, nas duas últimas campanhas. Contudo, ss trajectos mais recentes foram menos produtivos, com os irlandeses terceiros classificados nos grupos de qualificação para as edições de 2004 e 2008, encerrando esta última campanha a 12 pontos da República Checa, selecção vencedora do grupo, e a 10 da Alemanha.

Retirado de: pt.uefa.com


Convocados provisórios da República da Irlanda
Guarda-redes:
Shay Given (Aston Villa FC), Keiren Westwood (Sunderland AFC), David Forde (Millwall FC).

Defesas: John O'Shea (Sunderland AFC), Richard Dunne (Aston Villa FC), Stephen Ward (Wolverhampton Wanderers FC), Sean St Ledger (Leicester City FC), Darren O'Dea (Celtic FC), Stephen Kelly (Fulham FC), Kevin Foley (Wolverhampton Wanderers FC).

Médios: Glenn Whelan (Stoke City FC), Keith Andrews (West Bromwich Albion FC), Aiden McGeady (FC Spartak Moskva), Darron Gibson (Everton FC), Keith Fahey (Birmingham City FC), Damien Duff (Fulham FC), Stephen Hunt (Wolverhampton Wanderers FC), James McClean (Sunderland AFC).

Avançados: Robbie Keane (LA Galaxy), Kevin Doyle (Wolverhampton Wanderers FC), Shane Long (West Bromwich Albion FC), Jonathan Walters (Stoke City FC), Simon Cox (West Bromwich Albion FC).

De prevenção: Darren Randolph (Motherwell FC), Paul McShane (Hull City AFC), Paul Green (unattached), Seamus Coleman (Everton FC), Andy Keogh (Millwall FC).
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27240
Idade : 23
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: República da Irlanda

Mensagem por Rafa em Sab Maio 26 2012, 21:59

Irlanda vence Bósnia

Shane Long marcou o golo decisivo, a 12 minutos do fim, permitindo à República da Irlanda bater a Bósnia e Herzegovina na Dublin Arena e aumentar para 13 o número de jogos sem perder.

Os visitantes bósnios desempenharam o seu papel num jogo interessante, e pareceram inclusive a melhor equipa nos primeiros 30 minutos, antes de o empreendedorismo da Irlanda ter-se revelado decisivo. A entrada de Aiden McGeady após o intervalo ajudou os anfitriões a aumentaram a ameaça junto à baliza contrária, e foi através de um cruzamento seu que Long marcou de cabeça, com a Irlanda a parecer praticamente irreconhecível em relação à formação batalhadora que conseguiu o apuramento.

No entanto, por todo o jogo ofensivo criado nos flancos, este parecia um jogo de quase-golos. James McClean obrigou Asmir Begović a uma defesa atenta, com uma só mão, junto ao primeiro poste, enquanto Damien Duff incomodou o guarda-redes bósnio com um remate rasteiro que passou muito perto do alvo. Já McGeady, em recarga a um cabeceamento de Kevin Doyle interceptado, acertou no poste.

Os ferros da baliza também negaram o golo a Jonathan Walters, aos 74 minutos, quando este tentou aproveitar da melhor forma um cruzamento preciso de McGeady na direita. Com tantas oportunidades desperdiçadas, o jogo parecia destinado a um nulo. No entanto, quatro minutos depois, chegou finalmente o golo da vitória, com o extremo do FC Spartak Moskva a arrancar pela direita e a assistir Long, que marcou com um cabeceamento brilhante.

Dessa forma, pouco havia a fazer para os visitantes evitarem o desaire. De facto, têm a agradecer a Begović o resultado não ter sido mais dilatado, já que o guardião efectuou duas defesas soberbas: uma com os pés, a remate de Walters, e outra numa estirada para deter um remate de Long. Os pupilos de Safet Sušić também tiveram ocasiões para marcar – principalmente por intermédio de Zvjezdan Misimović e Mehmed Alispahić – mas não tiveram a sorte do seu lado.

Fonte: pt.uefa.com
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27240
Idade : 23
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: República da Irlanda

Mensagem por Rafa em Dom Maio 27 2012, 22:02

Trappatoni quer mostrar que ainda pode ser útil
O italiano Giovanni Trapattoni, que vai estar no Euro-2012 na qualidade de selecionador da República da Irlanda, quer mostrar que, apesar dos 73 anos, ainda tem uma palavra a dizer no futebol moderno.

«Estive em muitas fases finais como jogador mas isso faz parte do passado. Quero mostrar que ainda posso ser útil porque o futebol mudou e é importante que eu mude com o futebol. Existem equipas que ganham e outras, como o Bayern, que jogaram melhor que o Chelsea, mas perdem a final da Liga dos Campeões. O futebol agora é assim e eu acompanho-o, este novo futebol», disse o treinador em declarações à BBC.

«Sempre disse que existe o espetáculo e existe o resultado. Pode conseguir-se um bom espetáculo e um mau resultado... Passados três dias, o resultado fica e o espetáculo já foi esquecido», analisou.

Fonte: abola.pt
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27240
Idade : 23
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: República da Irlanda

Mensagem por Jekod-san em Dom Maio 27 2012, 22:15

Fodass 73 anos
avatar
Jekod-san
TNA World Champion

Masculino Número de Mensagens : 13122
Idade : 25
Localização : Salão de festas aka DragãoCaixa
Data de inscrição : 15/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: República da Irlanda

Mensagem por Rafa em Ter Maio 29 2012, 13:48

McShane substitui Foley na Irlanda

Giovanni Trapattoni fez uma alteração de última hora nos convocados da República da Irlanda para o UEFA EURO 2012 ao chamar o defesa Paul McShane para o lugar de Kevin Foley.

O versátil Foley, a contas com uma lesão, esteve no estágio de Montecatini, em Itália, mas Trapattoni decidiu substituir o jogador do Wolverhampton Wanderers FC por McShane, defesa do Hull City AFC que estava na lista de reservas.

"Apesar de estar a recuperar bem, tive de tomar a difícil decisão de deixar o Kevin de fora depois dos testes físicos efectuados a John O'Shea e Paul McShane esta manhã", disse Trapattoni. "Falei com ele e compreendo quão difícil é tudo isto, tendo-lhe dito que podia ficar com a equipa se quisesse." Esta alteração é a segunda na Irlanda em três dias, depois de Paul Green ter substituído Keith Fahey no fim-de-semana devido a um problema numa virilha.

Convocados da Irlanda
Guarda-redes:
Shay Given (Aston Villa FC), Keiren Westwood (Sunderland AFC), David Forde (Millwall FC).

Defesas: John O'Shea (Sunderland AFC), Richard Dunne (Aston Villa FC), Stephen Ward (Wolverhampton Wanderers FC), Sean St Ledger (Leicester City FC), Darren O'Dea (Celtic FC), Stephen Kelly (Fulham FC), Paul McShane (Hull City AFC).

Médios: Glenn Whelan (Stoke City FC), Keith Andrews (West Bromwich Albion FC), Aiden McGeady (FC Spartak Moskva), Darron Gibson (Everton FC), Paul Green (unattached), Damien Duff (Fulham FC), Stephen Hunt (Wolverhampton Wanderers FC), James McClean (Sunderland AFC).

Avançados: Robbie Keane (LA Galaxy), Kevin Doyle (Wolverhampton Wanderers FC), Shane Long (West Bromwich Albion FC), Jonathan Walters (Stoke City FC), Simon Cox (West Bromwich Albion FC).

Fonte: pt.uefa.com
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27240
Idade : 23
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: República da Irlanda

Mensagem por Rafa em Seg Jun 04 2012, 22:22

Empate com Hungria no último ensaio
A República da Irlanda empatou esta noite sem golos com a Hungria, naquele que foi o último ensaio da seleção comandada por Giovani Trapattoni antes do Europeu.

A formação irlandesa, inserida no Grupo C, tem estreia marcada para dia 10, diante da Croácia. Espanha e Itália são os outros dois adversários.

Fonte: abola.pt
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27240
Idade : 23
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: República da Irlanda

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum