FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

Mensagem por Arts em Ter Nov 20 2012, 20:00


15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

O maior combate da UPW até à data. Vamos ver se o Kahagas se aguenta, ou se o título acabará nas mãos de outrem. Deixem o Shane orgulhoso, e ponham esta federação no mapa!

(Tecnicamente o Kahagas só ganhará se ninguém promar), (Todos contra todos, promem quanto quiserem, como quiserem, é uma battle royal, que vença o melhor). Boas promos.
avatar
Arts
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 20364
Idade : 872
Localização : Zimbábue de baixo
Data de inscrição : 07/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

Mensagem por gas_martins em Ter Nov 20 2012, 20:10

FPW SHOW escreveu:
… HAVERÁ UM ÚNICO COMBATE …
…TODOS OS LUTADORES DA UPW ESTARÃO NELE…
… 15 PREDILECTOS DA UPW …
... NWA WORLD HEAVYWEIGHT CHAMPION KAHAGAS …
… PELO NWA WORLD TITLE!

Passavam já 20 minutos da onze da noite, estava tudo escuro, somente as luzes que vinham de duas simples velas iluminava o quarto onde, em pé, se encontrava Kurt. Os olhos de Kurt reluziam, não da luz da velas mas sim de um brilho bem maior, um brilho de ouro, um brilho de algo único e com um preço incalculável. Kurt estava em pé na sua sala de troféus, fixando sem piscar os olhos uma única vez, o pedestal que continha a sua medalha de ouro Olímpico protegida com vidro inquebrável. Kurt olhava e olhava, mas as únicas frases que lhe passavam pela mente eram “…TODOS OS LUTADORES DA UPW ESTARÃO NELE…”, “… PELO NWA WORLD TITLE!” … A mente de Kurt estava completamente embebida nas palavras de Shane, nunca lhe teria passado pela cabeça que o primeiro combate fosse logo pelo título, muito menos contra 15 Wrestlers, e ainda menos que fosse para definir não só o NWA WORLD HEAVYWEIGHT CHAMPION, mas sim definir o primeiro NWA CHAMP da industria. Kurt deixa de olhar para a sua medalha e olha um pouco mais para cima, onde se encontra então um expositor com uma placa em ouro a dizer “NWA WORLD TITLE”. Era esse o novo objectivo para Kurt Angle, era a nova fixação, era esse titulo que o iria fazer esquecer todo o passado aterrador, todas as noites mal dormidas, todas as chamadas anónimas com ameaças de morte e principalmente era esse titulo que iria fazer com que aquela trágica noite de Novembro fosse esquecida e que o mundo de Kurt deixasse de ser tão negro. Kurt estava farto dos pensamentos mórbidos, estava farto de estar sozinho no mundo, estava farto de se sentir a mais num mundo que só o julgava e não era capaz de perdoar uma pessoa pelos erros passados, mas ele percebia o porque de a sociedade ser tão sombria com ele, pois o crime cometido por Kurt à 2 anos, era algo impossível de perdoar.

Kurt passa a mão pela cabeça para limpar as poucas gotas de suor que se tinham criado devido à grande emoção que estes pensamentos causavam, deu um beijo na sua medalha de ouro e virou costas à Sala de Trofeus e dirigiu-se para a Sala de Jantar. Da Sala de Trofeus até à Sala de Jantar Kurt teve de percorrer um grande corredor todo ele somente iluminado pela luz que passava através das janelas proveniente da lua, e à medida que Kurt ia passando, ia olhando para todos os posters de antigas vitorias que estavam expostos nesse longo corredor. Cada poster era um boost inacreditável de confiança, algo que já faltava à muitos anos a Kurt Angle. Chegado a Sala de Jantar senta-se na ponta de uma enorme mesa de Jantar, somente com um prato e talheres no seu lugar pois já era normal para Kurt comer sozinho naquela mesa que era capaz de levar umas 30 pessoas. Assim que dá a primeira garfada o Mordomo entra na sala com uma carta na mão. Kurt estranhou imediatamente pois era quase meia noite, e a essa hora ninguém trabalha, quanto mais os correios. “Tocaram a porta e assim que eu abri vi esta carta no chão. Tem o seu nome, por isso suponho que só pode ser para si!” disse o Mordomo. Kurt pega na carta, pega na sua faca e rasga com cuidado o topo do envelope, tira a carta lá de dentro e começa a ler:

“Vai dar um passo em frente na sua vida? Acha que tem tudo pensado ?
Ter tudo pensado é algo bom, mas só isso não chega, e prometo-lhe que
Comigo vai aprender a preparar o seu interior para poder chegar ao topo e
Ao auge da sua carreira. Tenho umas proteínas que lhe metem tudo no
Sitio não só tonificando os músculos como acalmando a sua mente, e tudo
Onde quer que olhe vai ver que vai ficar bem mais definido pois vai mesmo
Tudo melhorar no seu corpo. Vá a proteínas.com, veja e presencie o que
Aconteceu aos nossos utilizadores. Cumprimentos e Bons Combates.”


Kurt leu e releu a carta, inicialmente a única coisa que se deu conta foi que a carta parecia ter sido escrita por um macaco ou um homem com a 4ª classe, e depois pensou para que raio quereria ele comprar proteínas para aumentar a sua potência muscular e intelectual. Kurt não acreditava nesse tipo de medicamentos, muito menos com uma publicidade deste género, por isso pegou na carta e meteu-a em cima da mesa com o envelope meio rasgado em cima. Kurt continuou a comer. No fim da refeição, Kurt levanta-se e com um só olhar sobre a carta, deixa cair a loiça toda no chão e fica perplexo e petrificado. Os olhos de Kurt quase que saltavam das suas orbitas tal era o espanto. Ele não queria acreditar. Kurt dá um passo em direção a mesa e vê que o envelope ao estar em cima da carta só deixava ler as primeiras palavras de cada frase, e foi ai que Kurt leu:


“Vai …
Ter …
Comigo …
Ao …
Sitio …
Onde …
Tudo …
Aconteceu …“


Kurt não queria acreditar. Não queria acreditar pois não queria voltar aquele lugar horrível e sombrio. Não queria ter que reviver todos os pequenos pormenores daquela noite fatídica. Não queria ter de voltar a sentir todos os sentimentos dolorosos que sentiu naquela noite. ……… Mas se calhar era hora. Era hora de enfrentar os seus medos. E não fazia sentido a carta ser de alguém que lhe quisesse fazer mal pois já tinham passado dois anos e nunca ninguém tinha tentado nada físico, muito menos desta forma sublime, pois ninguém mandaria uma mensagem escondida se me quisesse fazer mal. Kurt sentou-se com a carta a sua frente durante duas horas, em que cada segundo foi uma incógnita pois a decisão de ir, era tudo menos fácil, até que se levantou, pegou no seu casaco, e gritou para o seu Mordomo “Venho já!”. O Mordomo meio atarantado veio a correr e perguntou “Vai para onde a estas horas Senhor? Ainda por cima com esta chuva?” ao que Kurt responde “Não te preocupes, mas se por alguma razão eu não voltar, isto tudo fica para ti. Tens sido o meu único e verdadeiro amigo.” e Kurt sai e bate a porta atras dele.

... Umas horas depois …


Estava uma chuva descomunal, e Kurt estava no meio daquele matagal todo cheio de lama da cabeça aos pés simplesmente com um casaco a, supostamente, protege-lo da chuva. Kurt já estava farto de esperar, já ali estava à horas e decide ir-se embora. “Que raio estava eu a espera? Devia ter era ficad…” o monologo é cortado por uma corda que se enrola na perna de Kurt e que os faz ficar virado de cabeça para baixo suspenso pelos tornozelos. Kurt completamente desorientado começa a tentar soltar-se e nem 10 segundos depois começa a ouvir passos a aproximarem-se de todos os lados. Em menos de nada Angle vê-se rodeado de 5 homens encapuçados.

..:: ? ::.. Já ouvimos falar muito de ti sabes? E quando ouvi que te ias juntar à UPW até achei engraçado, a nossa Federação precisa de gajos competitivos e que deem espetáculo. “Até é capaz de ir ter um futuro engraçado” pensei eu para mim “Eu como campeão Mundial e o Kurt como meu discípulo. Eu a reinar a UPW e o Kurt a fazer os Shows nas terras de ninguém e a dar autógrafos aos putos.” Sinceramente parecia-me bem, mas sabes, o que eu não gosto nada é de intrometidos, e realmente tiveste azar, tiveste azar porque logo no teu primeiro combate meteram-te no meu caminho ao Titulo Mundial e as minhas contas complicaram-se. (O Desconhecido com uma mascara e capuz pega na cabeça virada ao contrario de Kurt e olha-o nos olhos) Tu não me vais impedir de chegar ao topo desta federação ouviste? Eu vou garantir que tu nem se quer ponhas os pés dentro daquele ringue. Vou fazer com que no fim do combate de dia 2 de Dezembro estejas numa cadeira de rodas a ver-me erguer pela primeira vez nesta industria o NWA TITLE, e se isso não chegar para te manter afastado do título que é meu por direito, eu próprio vou fazer a tua vida num inferno bem maior do que está neste momento… … … Façam o vosso trabalho rapazes!

O Desconhecido afasta-se, e em menos de nada Kurt começa a levar vergastadas e murros dos outros 4 encapuçados. Depois de 5 minutos de Kurt ter servido de saco de box, cortam a corta que sustinha Angle no ar e Kurt cai de cara no chão e fica imóvel. Fica com a cara dentro de uma poça e mal conseguia respirar devido não só ao espancamento como à imensa agua que se encontrava no chão. Os 5 encapuçados desaparecerem e Kurt ficou 10 minutos estático no chão sem se conseguir mexer a recuperar as poucas forças que ainda podia ter. De repente começa a ver duas fortes luzes a ir em direção a ele. Sem dúvida que eram de um carro. Seria capaz o desconhecido encapuçado atropelar Kurt e mata-lo ali no meio do mato? O carro aproximava-se cada vez mais, até que para a menos de 5 metros dele. Lá de dentro sai um senhor já de idade que chega ao pé de Kurt, vira-o de cabeça para cima e pergunta “Consegue ouvir-me Senhor?!”. Kurt repara que é o seu Mordomo, e com o sentimento de segurança por ver o seu velho amigo desmaia nos braços do seu Mordomo …

avatar
gas_martins
WP Superstar

Masculino Número de Mensagens : 346
Idade : 25
Localização : Lisboa
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 14/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

Mensagem por Cavaco Silva em Ter Nov 20 2012, 21:38

Aparece um vídeo no canal de youtube da UPW, que já conta com milhares de subscritores, o vídeo intitula-se Bobby Roode - A fúria imparável. Nome meio clichê, Roode não gostou.

[CAM ON]

Imagens do combate do show rodam acompanhadas de uma musica lenta composta maioritariamente de sons metálicos industriais, a imagem a distorcer-se e a abanar lentamente enquanto as feições de Roode revelam pura insanidade e raiva.

E ARM TRAP CROSSFACE, NO MEIO DO RINGUE, BRYAN NÃO TEM SÍTIO POR ONDE ESCAPAR. E DESISTE, BRYAN NÃO TEM OUTRA OPÇÃO QUE NÃO DESISTIR. MAS ROODE NÃO LARGA, O ÁRBITRO TENTA SEPARÁ-LOS MAS NÃO CONSEGUE, ROODE QUER SEPARAR A CABEÇA DO CORPO DE BRYAN PELOS VISTOS. BRYAN DESMAIA DE DOR, FICA SEM REACÇÃO. AGORA SIM, ROODE LARGA.


A imagem passa agora para um corredor bastante escuro a camera anda lentamente em frente pelo corredor até chegar perto de Roode que se encontra de cabeça baixa, em pé, ainda com a roupa que usou no combate, mas com uma tshirt negra que lê apenas "It Factor" vestida. Sons de gritos humanos editados no vídeo tocam enquanto sons de metais pesados a bater em paredes ecoam e Roode olha para a camera rindo-se apenas sadisticamente durante uns bons segundos, rindo-se com um sorriso diabólico, os olhos a brilhar de ânsia por violência. Bruscamente parando de se rir olha para o tecto e inspira fundo antes de falar para a frente num tom de voz meio sereno mas também característico de qualquer psicopata.

Roode: Só não decapitei um homem com as minhas próprias mãos -diz erguendo as mãos em forma de copo- porque não me apeteceu. Como viram... -volta-se a rir durante uns segundos- Agressão é aquilo que faço melhor, e pretendo continuar a agredir e assaltar fisicamente até ter aquilo que é meu por direito...

Mais sons de gritos ecoam enquanto ele expira para fora agora com um olhar de fúria nos seus olhos "N..W...A....HEAVYWEIGHT TITLE!".

Roode: Kahagas, espero que entendas que a partir do momento que pisares aquele ringue, estás no meu território, na minha casa de horrores, e a tortura que vais sofrer é monumental, como a que todos os meus adversários têm sofrido até agora. Kahagas...quinze homens, mas apenas um predador nato...eu! Aviso-te a ti, porque és o único que por erro teu não me deves ter visto em acção ainda. Esta Battle Royal...traz o teu titulo, mas não tenhas intenções de o levar de volta...Porque não o conseguirás fazer! E quanto ás outras meninas envolvidas no match...Não tenham ilusões, deixem os autistas loucos viver em ilusões, dignem-se a lidar com a realidade, a realidade negra e crua em que falhados não estão ao meu nível. A realidade em que são carne para canhão, a realidade em que vou brincar, com vocês, repetidamente até me fartar!

Roode vira-se de perfil encostando-se contra a parede e sorrindo mais uma vez.

Roode: Eu não sou um vilão, eu não sou "mau", eu sou um naturalista, sou verdadeiro, sou real, sou a mais pura das realidades a bater na vossa cara. Eu sou o It Factor, e eu sou...a evolução!

Roode volta a virar-se para a camera e grita.

Roode: BATTLE ROYAL....SALTEM TODOS BORDA FORA, PORQUE O TUBARÃO VAI ESTAR DENTRO DO RINGUE!

Ri-se novamente, gradualmente mais alto e mais sadisticamente enquanto a camera se afasta andando em marcha atrás pelo corredor, os sons metálicos regressam e a imagem faz fade out.

[CAM OFF]



Roode entra num bar de aspecto meio elaborado mas confortável juntamente com um amigo seu, Brendan Hayter, o baixista de uma banda com semi-sucesso no Canadá, "Woods of Ypres" banda essa que tinha acabado após o falecimento do vocalista David Gold num acidente de viação, também um bom amigo de Roode. Ambos os homens caminham entre as mesas até encontrarem uma livre e apropriada, algumas pessoas ainda pediram autógrafos a Roode, ele aceitou dar aos primeiros mas os que vieram a seguir foram muito rudemente enviados de volta para os seus lugares pelo It Factor, ele não se importava lá muito com o que os fãs achavam dele.

Empregado: Boa noite, que vão desejar?

Roode: Traz-nos duas imperiais frescas rapaz e vê se não demoras que ainda ganhas uma moeda extra por seres bem comportado.

Brendan: Tão Robert? Como vai lá aquilo da UPW?

Roode: Zona de conforto, é dar porrada todas as semanas, ninguém se safa!

Brendan: Parece-me que andas um bocado alterado ultimamente, vejo-te mais agressivo...

Roode: Isso na minha linha de trabalho é algo positivo Brendan. Tenho mais raiva, mais energia para desancar qualquer um e sair ileso, é assim que funciono e é assim que tenho construído o meu caminho por lá, ou destruído dependendo do ponto de vista.

Brendan acena positivamente com a cabeça enquanto o empregado regressa com as duas imperiais e as pousa á frente de cada um deles.

Roode: Obrigado! Então e tu, que tens feito?

Brendan: Estamos a planear fazer ai uma viagem em homenagem ao David, já passou algum tempo mas achamos que é algo que ele iria gostar, visitarmos ai uns sítios que ele gostaria de ter visitado, podias vir também!

Roode: Sabes que neste momento é me impossivel com a minha carga horária, mal tenho tempo para vir aqui beber uns canecos contigo e com o resto do pessoal, é complicado...

Brendan: Era uma cena nossa, do grupo e acho que até a ti te ia fazer bem, que só vives de andar á porrada!

Roode: Se tivesse um combate qualquer para a semana alinhava mas tendo em conta que é um combate pelo titulo, não posso mesmo, é o tudo ou nada.

Brendan: Se é assim tão importante só te posso dizer para descansares e chegares lá e fazeres aquilo que fazes melhor, dominares a concorrência!

Roode: Mas vou dedicar a minha performance a ele. -diz erguendo o copo-

Ambos brindam e dizem em uníssono "Ao David" Antes de darem longos tragos até limparem os copos. Roode acena ao empregado "Traz mais duas jovem.". E assim ficaram a relaxar e a conversar durante um bom bocado, dando alguma paz de toda a confusão a Robert, algo que ele definitivamente precisava, uns dias sem muita pressão.
avatar
Cavaco Silva
NXT Superstar

Masculino Número de Mensagens : 2603
Idade : 25
Localização : Viagem de "negócios"
Emprego/lazer : El Presi da Estrumeira
Data de inscrição : 16/10/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

Mensagem por Icon em Ter Nov 20 2012, 23:25

Randy Orton caminhava pelos corredores da arena após o combate, fisicamente estava bem, psicologicamente ainda melhor depois desta vitória e lá ia ele pelo corredor fora até ao seu balneário, com um sorriso no rosto a meter-se com todas as gajas que encontrava pelo caminho, principalmente as Divas...Quando chegou ao balneário deparou-se com a sua porta aberta, ele acho estranho, estava tudo ás escuras, Orton com algum receio entrou no balneário, agarrou numa barra de metal que estava junto da porta, acendeu a luz e pumm...em cheio, mesmo na cabeça do seu amigo Edge.

Randy Orton: Seu paneleiro que estás a fazer aqui?

Edge com a mão na cabeça ainda meio atordoado aponta para o fundo do balneário onde estavam alguns amigos de Orton para fazer uma surpresa...

Randy Orton: Então pá...que vem a ser isto?

Edge tenta levantar-se mas volta a cair...Um dos seus amigos de infância Dwayne, foi ter com Orton...

Dwayne: (Olha para Edge) Damnnnnnn... isso está feio sócio...(Olha para Orton) Ei man, isto era uma festa surpresa devido á tua grande vitória e acima de tudo, devido á tua participação no primeiro combate pelo titulo na UPW.

Orton leva as mãos á cabeça e depois ajuda Edge a levantar-se.

Randy Orton: Edge foi sem querer, eu quando cheguei á porta e estava aberta pensei que alguém tivesse assaltado o balneário e quando acendi a luz vi alguém a mexer-se e como lutador que sou, os reflexos falaram mais alto.

Edge: É na boa Orton, apesar deste galo que vai ficar alguns dias, estou bem...mas e que tal levarmos a festa para aquela tua mansão com piscina, PS3, álcool, Pool Dancers e tudo o que temos direito.

Randy Orton: Grande ideia Edge, vou ligar ao meu motorista para trazer a limusina.


A limusina levou todos os seus amigos até casa.

Ao chegar a casa de Orton...

Randy Orton: Bem vindos ao paraíso...

Orton tinha ligado a umas strippers e elas apareceram...

Edge: Orton és o maior...Só falta este ingrediente das mulheres para ser uma festa perfeita.

Randy Orton: Sabes que comigo é tudo á grande.

Edge: Ainda não falamos, mas grande show que vai ser o próximo, um combate, um titulo, 16 wrestlers, um vençedor, muito bom, será sem dúvida algo em grande.

Randy Orton: Sem dúvida que vai ser o maior desafio desde que cheguei, mas também será o desafio mais alucinante, mais fascinante...deixa ver o que rima mais....Elegante...

Edge: És um poeta.

Randy Orton: Isto é uma grande oportunidade para mim, mostrar o meu verdadeiro talento dentro do ringue, a minha verdadeira força, não mostrar misericórdia com ninguém, destruir um por um, ainda por cima todos no mesmo ringue, sem hipótese de fugir ou esconder-se, uma única forma de vençer, atirar o adversário por cima da corda.

Edge: Este será o teu momento, ganhares a primeira Battle Royal da UPW e ao mesmo tempo seres NWA World Heavyweight Champion, tens que dar o litro.

A expressão de Orton fica mais séria...

Randy Orton: Neste momento da carreira, ser campeão é o meu objectivo, eu consigo sempre os meus objectivos, com muito ou pouco esforço tenho o que quero, este não vai ser diferente, tal como aquela rapariga ali junto á piscina também não vai ser diferente, vai acabar na minha cama no fim da noite.

Edge olha para a rapariga e Orton dá um calduço em Edge.

Randy Orton: Tou a falar contigo pá, não me vires as costas...Aquele cinto de campeão só fica bem na minha cintura, alguns dos outros wrestlers são bons campeões...secundários, nunca mundiais, e acredita no que digo, até porque já vi alguns wrestlers a falarem do combate e perçebi que eles são daqueles que quem tudo querem, tudo vão perder ás mãos do Randy Orton.

Orton despede-se de Edge e vai em direcção da piscina ter com a rapariga que tinha determinado conseguir no fim da noite.
avatar
Icon
Campeão Nacional do WP

Masculino Número de Mensagens : 463
Idade : 106
Localização : Miami
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 02/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

Mensagem por gas_martins em Qua Nov 21 2012, 17:31

O Publico aplaudia, o pavilhão estava ao rubro, havia pessoas espantadas e outras maravilhadas enquanto num dos quatro cantos do ringue estava o novo campeão da FPW. Com os pés em cima da segunda corda e com as duas mãos no ar mostrando o NWA Title estava um homem robusto, de estatura média e com um fato com as cores vermelho e azul. A devastação à volta do ringue era clara, de um lado havia homens inconscientes no chão enquanto do outro lado havia paramédicos e macas para socorrer os mais feridos, no chão no ringue via-se manchas de sangue, suor e lágrimas, mas quem tinha triunfado, quem neste momento erguia o título e quem era aplaudido de pé era Kurt Angle. Kurt tinha um sorriso na sua cara, algo que era raro acontecer ao medalhista olímpico nos últimos anos, e acima de tudo notava-se uma grande áurea de confiança a volta de Kurt, algo que só um titulo como o NWA Title consegue provocar. Basta olhar para trás e ver como alguns Wrestlers passaram de simples homens a lendas, estamos a falar de um Ultimate Warrior que na Wrestlemania VII derrotou o até então inderrotável Hulk Hogan ficando com o WWF no ombro, ou de um The Rock que apesar do seu carisma inigualável de nada servia se não tivesse tido à sua cintura por múltiplas vezes o titulo da WWF, ou ainda melhor, o que seria do próprio Hulk Hogan se não tivesse tido os reinados impressionantes que teve? Não estou a ver os milhões de Hulkamaniacs serem fies a um homem que nunca teve o maior título da história do Wrestling à volta da sua cintura, e era assim que Kurt se sentia, no topo do mundo, o Rei do ringue, a FPW era agora a sua casa e ele era quem representava toda uma variada geração de Wrestlers. Kurt fechou os olhos, sentiu o público a cantarem por ele e a adorarem-no, até que tudo ficou calado, tudo ficou mais escuro e tudo ficou frio. Kurt abriu os olhos e continuava no canto do ringue, mas sem título nas mãos e o ringue encontrava-se no meio de uma floresta sombria. Começou a procurar por tudo o que era sitio pelo seu titulo até que no fundo da floresta obscura, viu um brilho forte e dourado. Só podia ser o título, não havia qualquer tipo de outra explicação e é então que Kurt sai do ringue a correr o mais rápido possível mas o brilho não parecia estar mais perto, mas mesmo assim continuou, correu, correu até que inesperadamente de trás de uma árvore sai Daniel Bryan e aplica um clothesline a Angle. Kurt cai estatelado no chão, mas rapidamente se levanta e começa a pancada com Daniel. Murro atras de murro, kick atras de kick até que aplica um Angle Slam deixando Daniel no chão. Kurt olhou para Daniel ainda sem perceber bem o porque e recomeçou a corrida, mas nem 10 metros depois aparece Randy de trás de outra arvore a aplicar outro Clothesline. Angle ficou agarrado à cabeça mas nem queria acreditar no que se estava a passar, o titulo ainda tão longe e só lhe apareciam obstáculos pela frente. Orton ria-se com gargalhadas maléficas, mas não por muito tempo pois Kurt estava empenhado em ter o seu título junto de si outra vez, por isso num rasgar de olhos aplicou outro Angle Slam. Kurt já estava algo cansado, mas as forças pareciam infinitas quando se tratava do NWA Title. Correu, correu e Wreslers atras de Wrestler iam surgindo, cada um aplicando fortes golpes a Kurt mas nada que deixaste o campeão olímpico no chão, até que finalmente se encontra a menos de 10 metros do título, que se encontrava a brilhar mais forte do que nunca, suspenso num pedestal no meio da floresta. Kurt nem queria acreditar, finalmente tinha chegado ao pé do seu título, deu uns últimos passos de corrida e de trás de duas árvores, uma de cada lado de Kurt, aprece Roodes e Cody aplicando um duplo Spear. Kurt contorcia-se de dor no chão enquanto Cody e Roodes se riam sem para, e ali mesmo atras deles o título da NWA. O merecido titulo de Kurt estava a menos de um braço de distancia, mas entre Kurt e o titulo estavam ainda Roode e Cody, mas Kurt não conseguia mais, tinha já deixado para trás quase inconscientes 12 Wrestlers e não tinha nem mais uma ponta de força, era frustrante o sentimento de Kurt, não poder chegar ao titulo enquanto era gozado por Roode e Cody. Até que Roodes se meteu de joelhos, pegou na cara de Kurt, aproximou-a da sua e disse “Acorda para a vida Kurt, nunca terás o título nas tuas mãos, nunca ouviste? Acorda para a vida … ACORDA!”



Kurt acorda todo encharcado em suor! Olha a volta e não vê nada, somente claridade e objetos desfocados, sente alguém a segura-lo pelos ombros e a gritar “ACORDE, ACORDE!”… Os olhos começam-se a adaptar ao ambiente e começa a ver um pouco melhor notando que está no seu quarto, deitado na sua cama. Vê então que quem lhe estava a segurar os ombros era o seu mordomo que se encontrava com uma cara abatida e pálida. “Oh Meu Deus, ainda bem que acordou!” suspirou o Mordomo. Kurt nos segundo seguintes a acordar estava completamente à toa em relação ao porque de estar deitado na cama com o Mordomo ao seu lado naquele estado, mas quando as dores começaram a surgir alguns flashes da noite anterior começaram a surgir.

..:: KURT ::.. Como estás velho amigo? Como me trouxeste para aqui? O que se passou depois de eu ter apagado? Estamos seguro… ahhh … a minha barriga, que dor! … Quando eu souber quem me fez isto vou fazer questão de lhe arrancar os dedos um por um e vou faze-lo engolir os dentes to…
O Mordomo interrompe…

..:: MORDOMO ::.. Tenha calma senhor, isso agora de nada serve, você tem é de recuperar o mais rápido possível. Ainda à bocado pensava que o tinha perdido pois você começou a suar que nem um animal ao mesmo tempo que sussurrava que queria chegar “ao brilho”! Pensei que estivesse a alucinar das altíssimas febres que teve ontem…

..:: KURT ::.. Tive um sonho estranho que misturou aquele sítio horrível com o título da NWA. Senti-me completamente indefeso e frustrado pois não tinha forças para me levantar e agarrar o meu título, foi um sonho muito forte psicologicamente, mas isso não interessa, eu tenho que me levantar daqui, não posso perder nem mais um minuto, tenho que treinar porque um dos 15 que vão estar no ringue foi o que me fez isto!

..:: MORDOMO ::.. Senhor, por favor não faça…

Kurt nem ouviu, levantou-se e quase que empurrou o Mordomo ao chão mas rapidamente percebeu que por alguma razão o Mordomo lhe pedira para não se levantar, pois mal Kurt meteu todo o seu peso sobre o seu corpo, todos os ossos e músculos começaram a doer, parecendo que não havia qualquer osso que faltasse partir, mas Kurt aguentou, cerrou os dentes, e passo a passo, bem devagar, foi saindo do quarto. Desceu a longa escadaria, passou o grande corredor e ao chegar a Sala Principal sentou-se no seu grande cadeirão. Descansou uns 5 minutos pois aquela caminhada mais parecia uma corrida de 50 Km mas foi o único tempo de paz que teve pois o telemóvel começou a tocar. Olhou para o ecrã e o número era desconhecido. Pensou em não atender pois já estava farto de chamadas a ameaçar a sua vida, ou a chamar nomes, ou até mesmo a rugar pragas ou a ameaçar a sua família, mas nada tinha a perder por isso atendeu:

..:: ? ::.. Boa Tarde. O meu nome é Lars Anderson e venho em nome da revista Sports Ilustrated. Ouvi dizer que estrou numa nova federação e tenho uma coluna que fala de novos Wretlers no mercado e queria saber se me podia responder a alguma perguntas?

(Kurt nem queria acreditar, Sports Illustrated? Claro que era uma simples coluna numa pagina, mas não deixava de ser uma das maiores revistas desportivas do mundo.)

..:: KURT ::.. Claro que sim, será um prazer falar consigo e responder-lhe a qualquer
pergunta.

..:: LARS ::.. Optimo, sabia que ia aceitar. Bom vou começar já com a primeira pergunta. Como se sente, agora que finalmente foi aceite numa federação que se começa a impor no mercado?

..:: KURT ::.. Estou sem dúvida muito grato ao Shane e a todas as pessoas na FPW. Como é óbvio ainda não tive tempo para conhecer muitas das pessoas que fazem parte da família FPW mas sem dúvida que não vou ficar desapontado, apesar de já ter um pequeno problema com um do Wrestlers da federação.

..:: LARS ::.. A serio? Quem? E já agora, como se sentiu quando soube que o seu primeiro combate iria ser uma Rumble pelo primeiro título da historia da UPW?

..:: KURT ::.. Bom quando à primeira pergunta, eu sei que a resposta lhe vai parecer que estou a inventar uma mentira esfarrapada mas sinceramente não sei quem foi, fui atacado por trás e deixado inconsciente no meio de uma floresta, mas mais tarde ou mais cedo vai se descobrir quem o fez, é impossível cometer o “crime” perfeito, ainda por cima ouvi-lhe a voz, por isso vai ser fácil perceber quem foi, só preciso de dar uma volta pelo balneário e falar um pouco com todos, mas sinceramente esse assunto neste momento não tem importância nenhuma em relação ao que você falou, em relação ao título NWA. Sabe bem poder começar no topo, sabe bem saber que vou defrontar os melhores dos melhores, sabe bem saber que no final do combate vai haver um que vai levantar bem alto o primeiro título da NWA, ou seja, saber que vai haver alguém que vai começar a liderar e a dar a cara pela UPW. Claro que há lutadores mais experientes e lutadores menos dotados, mas numa Rumble é todos por todos e principalmente quando há um título em jogo, é tudo por tudo. As vezes os fracos juntam-se para derrotar os mais fortes, ou os mais fortes eliminam os mais fracos para no fim se defrontarem uns aos outros, mas a única coisa que importa é que no fim só vou estar de fora daquele ringue se estiver inconsciente e com todos os ossos do meu corpo quebrados. Vou dar tudo o que tenha, trazer o meu “A GAME” para o meio do ringue para no fim não ficar a ver o titulo a ser erguido por outro homem que não eu.

..:: LARS ::.. Foi por isso que o escolhi para esta entrevista, a sua atitude é impressionante. Para finalizar queria-lhe só perguntar, quais são para si, os Wrestlers mais perigosos desta indústria?

..:: KURT ::.. (Um pequeno riso irónico) Como imagina não lhe vou dizer nomes pois se algum desses depois fosse ler a revista iria-se começar a sentir superior e usar isso contra mim no ringue, mas mesmo sem dizer nomes acho que é fácil ver, basta olhar para os últimos ou então só para o ultimo Show da UPW e perceber quem limpa todos os adversários, ver quem vai aos Main Events ou simplesmente olhar para as estatísticas e as habilidades de cada um, e acho que a resposta não vai ter mais de 2 ou 3 nomes, mas para lhe ser sincero, esses tem tanto importância no próximo combate como os mais fracos, porque ter dois dos mais fortes lutadores à minha frente na Rumble é melhor do que ter um fraco atras de mim que a qualquer momento me pode lançar borda fora.

..:: LARS ::.. Um muito obrigado pela sua colaboração, foi optimo falar consigo. Vou contacta-lo num futuro muito próximo e espero que seja para falar do seu novo titulo da UPW. Um grande abraço e Boa Sorte para o seu combate.

Kurt agradeceu e a ligação desligou-se. Terá chegado finalmente a hora em que Angle tinha a distinção que merecia? Sim! E sabia bem … Sabia tão bem que queria mais e só teria mais distinção com uma coisa, o NWA Title! Era cada vez mais indispensável para Kurt a vitoria no dia 2 de Dezembro, e foi com essa motivação que Kurt, apesar de ter dores agressivas, se levantou do seu cadeirão e se moveu até ao seu ginásio que se encontrava na cave da casa. Quando saia da Sala em direção ao ginásio olhou para as escadas que davam para o primeiro andar e viu que o Mordomo estava no topo das escadas, olhou para ele olhos nos olhos e recebeu um aceno de aceitação do seu Mordomo, percebendo que até o Mordomo tinha percebido o quão importante era treinar apesar dos ferimentos e ao mesmo tempo o quão importante era o NWA TITLE para Kurt Angle!
avatar
gas_martins
WP Superstar

Masculino Número de Mensagens : 346
Idade : 25
Localização : Lisboa
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 14/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

Mensagem por Cavaco Silva em Qua Nov 21 2012, 22:04

Que é isto? Que beldade e maravilha é esta? Jim Cornette senta-se em frente ao computador com um jovem na casa dos dezoito anos sentando-se junto a ele.

Cornette: Liga-me lá isto pá, quero falar para as pessoas, as pessoas têm de ouvir o Cornette.

O rapaz mexe nas configurações e abre o programa de gravação de vídeo.

[CAM ON]


Cornette dá uma chapada na nuca do jovem pensando que ainda está tudo desligado, revelando um ar meio irritado.

Cornette: Ainda não? Despacha-te logo com isto!

O rapaz faz então sinal a Cornette de que já está on e este finge-se surpreendido e faz um sorriso bastante falso e forçado.


Cornette: Ora Ora, meus caros cibernautas -vira-se para o lado como procurando sinal de que tinha empregado bem o termo- O meu nome é Jim Cornette, talvez me conheçam por odiar indivíduos como o Vince Russo, talvez me conheçam pelo trabalho que fiz noutras federações, como o manager da raquete de tênis, apaguem tudo isso da vossa cabeça, se conseguirem, porque sei que sou alguém difícil de apagar da memória...Vejam-me como um olheiro do melhor potencial, como alguém que consegue diferenciar sucesso de falhanço ainda antes do produto ser lançado, como alguém profissional que não manda cartuchos secos!

Cornette dá um golo no seu copo de água.

Cornette: E que melhor momento para chegar, na Royal Rumble pelo titulo, talvez já tenham ouvido pela internet que vim acompanhar quem sem dúvida é o melhor dos melhores nesta federação, e entro no momento certo para o ver ganhar o titulo mundial da NWA! Não levem isto como simplesmente egomania por estar do lado dele, não, reconheço o estrelato e potencial dos outros lutadores naquele ringue...como sei lá.

Cornette faz um esforço enorme em tentar encontrar nomes.

Cornette: Cody Rhodes, um jovem cheio de potencial.... -finge-se de desiludido como se se tivesse lembrado de algo importante á ultima da hora- De vir a ser mais uma vitima destruída... Ryder? Bonitas coisas que vi dele, sem duvida, um exemplo para todos, aliás, mais exemplo sera a partir da Rumble, um exemplo de que ninguém entra num ringue com o It Factor e espera ganhar, pelo menos ninguém no seu perfeito raciocínio...

Cornette levanta a mão com dois dedos estendidos e levanta o terceiro como se se tivesse lembrado de um terceiro nome.

Cornette: Shelton Benjamin... -tenta lembrar-se de algo que dizer- ok vou-me calar com isto! Quem são os outros? Exacto! Eis o ponto da questão, apenas há um titulo e um homem destinado a essa glória, Roode! E é por isso que eu mesmo, Jim Cornette decidi entrar nesta federação, para acompanhar os passos de uma verdadeira estrela, a raiva que apenas alguém como ele consegue exprimir! E que orgulho tenho de poder ajudar no desenvolvimento desse percurso excelente que vocês, sedentários em casa estão prestes a assistir! O NWA Title é um titulo com muito prestigio, um titulo com nome, um titulo com história, e eu como o veterano que sou estou disposto a fazer os possíveis para ajudar da melhor maneira o próximo detentor desse titulo. E de certa maneira a ajudar todos os pacóvios a ver-nos desde casa, dando-lhes um campeão digno de ser visto, alguém que faz pessoas mudar de canal só porque sabem que ele é mais importante que qualquer novela mexicana ou até noticiário, porque ele é a noticia! Dar luz a um negócio que tem estado tão escuro ultimamente graças a mentes podres que não sabem como pegar nesta industria e moldá-la no melhor sentido! Na Royal Rumble, a UPW vai ser marcada no mapa, graças a mim e ao meu protegido...Que vejasse de passagem, pouca protecção precisa. Estou aqui para batalhar nos seus melhores interesses e ter a certeza que não é pisado pelo Shane McMahon, que por mais que diga que é diferente, continua a ser um McMahon, e os McMahon são pessoas com quem eu nunca me dei bem, não têm escrúpulos e não sabem ver potencial nem que esteja chapado na cara deles!

Cornette pausa e espreguiça-se meio despreocupadamente.

Cornette: Eu sou o Jim Cornette, e eu vou-vos mostrar o que é ser um bom apreciador de talento, e vou-vos ensinar a desenvolver aquilo de que melhor temos! -sorri e lembra-se de mais uma ideia que queria acrescentar- Angle, vou-te dar o meu número, as olimpíadas ligaram, querem a medalha de volta! Mas vou-me deixar de infantilidades, até pode ser...PODE SER, que encontres a vitória naquela Rumble, como nunca encontraste o teu pescoço na tua vida!

[CAM OFF]


Cornette: Estive bem não estive? Vai-me buscar um café labrego!

O rapaz acena positivamente meio nervoso e sai da sala silenciosamente e apressadamente.
avatar
Cavaco Silva
NXT Superstar

Masculino Número de Mensagens : 2603
Idade : 25
Localização : Viagem de "negócios"
Emprego/lazer : El Presi da Estrumeira
Data de inscrição : 16/10/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

Mensagem por gas_martins em Qui Nov 22 2012, 22:45

As feridas saradas, as dores desaparecidas e a nodoas negras quase invisíveis, era assim que Kurt estava passados alguns dias depois da emboscada de que fora alvo. Os dias no ginásio, medicamentos e mentalidade cerrada na conquista do NWA Title foram também uma grande ajuda na recuperação de Angle, pois era quase um milagre já estar a levantar pesos e a treinar ataques elaborados passado tão pouco tempo depois do espancamento que quase o tinha metido numa cadeira de rodas, mas o corpo precisa de descansar e apesar de Kurt não querer parar nem um minuto os seus treinos era obrigado pelos seus músculos que ardiam depois de horas seguidas de esforço e Kurt já sabia bem o que fazer para não só descansar os seus músculos mas também para desanuviar a sua mente da pressão diária a que era submetida por causa do combate de dia 2, e era ir à sua terra natal Denver no Estado de Colorado. O Mordomo tinha falado já com Kurt dizendo que a cidade tinha tido conhecimento da seu combate e que ia ter uma grande surpresa quando lá chegasse por isso Angle ligou ao seu motorista de viagens longas e combinou partir por volta das 14h da tarde. Almoçou e à hora combinada lá entrou no carro com o seu mordomo e foram os dois em direcção a Denver. Em pouco menos de 1h30 tinham chegado a cidade, pararam uns quarteirões atras da sua antiga casa e quando saíram do carro o Mordomo apontou para um placar que se encontrava ao pé do estádio dos Denver Nuggets…



Espantado Kurt ficou estático a olhar para o placar. Nunca na vida pensara que tinha uma importância tão grande para a população da sua cidade natal. O Mordomo sorria para Kurt pois tinha percebido que campeão olímpico tinha ficado impressionado. Angle tirou uma foto, olhou outra vez para o placar para registar o momento e arrancou em direção à sua antiga casa. No caminho foi abordado por 2 ou 3 pessoas que o reconheceram e que pediram para tirar fotografias e dar autógrafos. Kurt sabia que não era uma estrela ainda mas não só o placar como o algum reconhecimento da população fazia com que o seu ego crescesse a pouco e pouco, mas ainda mais importante que isso, percebeu que se no Domindo ganhasse o titulo da NWA não seria só uma vitoria pessoal, agora já era uma vitoria que ia significar algo para muitas pessoas e Kurt queria, de certa forma, recompensar a sua cidade, a cidade que o viu nascer, mas o sentimento de coração cheio ia desapareceu num ápice, pois Angle ao virar a esquina, olhou para a casa onde ele a sua família tinham vivido e viu a sua infância destruída. A sua casa estava completamente preta, uma parte da fachada tinha desaparecido, os vidros todos partidos e ervas daninhas todas a cobriam as paredes e o quintal. Kurt nem queria acreditar, chegou ao pe do portão já todo enferrujado e um vazio apoderou-se da sua alma.

..:: Cidadão Local ::.. Não fique assim senhor Angle. Não dê razão aos vandalos que fizeram isto para se ficarem a rir pois é só isso que eles querem, é deita-lo a baixo. As pessoas de Denver estão consigo. (Deu uma palmadinha nas costas de Kurt) Coragem e Boa Sorte para o seu combate.

E continuou a andar. Angle estava tão desolado que nem chegou a olhar o homem nos olhos. Mandou um pontapé no portão que foi logo ao chão e lentamente foi-se aproximando da porta principal. A fechadura ainda estava intacta, por isso tirou as chaves do seu bolso. Mal entrou lá dentro nem queria acreditar, o interior da casa onde todas as suas memorias de criança estavam guardadas, tinham sido agora substituídas por carvão e cinzas. Passou o Hall principal, passou pela Sala de Jantar até que chegou as escadas que levavam ao primeiro andar, onde se encontrava o seu quarto.



A imagem de subir aquelas escadas e ver todas as suas recordações despedaçadas deixava-o aterrorizado, mas desligou a sua mente dos seus sentimentos e subiu. A imagem era a esperada. Tudo reduzido a cinzas a porta do seu quarto entreaberta. Olhou lá para dentro, olhou de volta para p Mordomo e disse “Eu quero fazer isto sozinho. Espera-me lá fora.” o Mordomo acenou e saiu. Kurt com passos lentos foi se aproximando do seu quarto, e mesmo antes de chegar olhou para dentro do quarto entre o espaço que a porta deixava e começou a ver tinta vermelha na parede do seu quarto. Algo não batia certo, o seu quarto nunca fora vermelho. Aproximou-se ainda mais e viu que algo estava escrito na parede. Chegou á porta, cerrou os punhos e deu um pontapé na porta, a porta abriu-se, o quarto estava banhado em cinzas e carvão, mas vazio. Kurt olhou de novo para a parede, e escrito ao que parecia sangue estava a frase:
“O MEDO VAI INUNDAR A TUA ALMA! QUANDO ESTIVERES NO TOPO, EU FAREI QUESTÃO DE TE EMPURRAR PARA O FUNDO!”

Os braços de Kurt que estavam a altura do peito pronto para socar quem tivesse dentro do quatro caíram quase inanimados, as pernas enfraqueceram e deixaram Kurt de joelhos e a mente foi automaticamente transportada para aquela terrível noite. A vida de Kurt era isto, num momento felicidade de ter atingido algo mas no segundo logo seguinte alguém a tentar provocar medo ou angustia, e tudo por causa daquela fatídica noite. Por momentos Kurt pensou que era impossível ganhar o titulo da NWA, as forças que tinha ganho até ali tinham ido quase pelo cano a baixo. Arranjou forças, levantou-se e foi até á janela mais próxima para apanhar ar, levantou a cabeça e lá ao fundo viu de novo a placa do anuncio do seu combate. Um boost de novas energia surgiu. Todos os maus pensamentos tinham quase que desaparecido como que se a corrente de ar da janela os tivesse levado, mas um braço no pescoço de Kurt fez com que esse momento de paz interior desaparece-se. Um homem grande tinha Kurt preso pelo pescoço e tentava derruba-lo mas Angle lutou de volta. O homem não o largava mas Angle aplicou um murro no estomago, dois murros, três murros até que os braços do homem aliviaram a pressão e Kurt aproveitou, virou-se cara a cara para ele e qual não foi o espanto quando viu que era a mesma pessoa do capuz da floresta. Com o espanto Kurt ficou alguns segundo imóvel, o que deu tempo para o homem tentar socar Angle mas Angle desviou-se ficando numa posição bem vantajosa e pegou o homem pelas costas e aplicou-lhe um Angle Slam. Kurt estava em pé a olhar para o individuo que se contorcia de dores no chão, quase estático e boquiaberto. Chegou ao pé do homem, ajoelhou-se e tirou-lhe o capuz e de seguida a mascara, e qual não é o seu espanto quando vê que quem estava escondido por detrás da mascara era um rapaz na casa dos seus 20 anos.

..:: KURT ::.. QUEM ÉS? DIZ-ME QUEM TE MANDOU AQUI?

..:: RAPAZ ::.. Não, nunca o direi. Ele matava-me se soubesse… ahh … as minhas costas!!!

..:: KURT ::.. Devias saber com quem te metes quando aceitas fazer estes trabalhinhos. Devias saber que mandar ao chão um campeão olímpico de luta pode não valer a pena o dinheiro que ele te anda a pagar. (Kurt dá um murro no miúdo que o deixa com a cana do nariz a sangrar) Esta pera é uma mensagem pessoal para o gajo que te anda a encomendar estes trabalhinhos sujos, e quando estiveres cara a cara com ele quero que lhe digas que o título é meu, quero que lhe digas que cada emboscada que ele faz é só mais um pau para a lenha que ele esta a criar e que no ringue dia 2 não haverá remorsos nem misericórdia. Diz-lhe que mais tarde ou mais cedo eu vou saber quem é e que isso só vai ser pior para ele pois o espancamento vai ser brutal e não vou ter pena dele, muito menos depois do estado em que fiquei podendo muito bem ter ficado numa cadeira de rodas e ter perdido a minha oportunidade ao título, por isso … (Kurt levanta o miúdo, mete-o ao pé da janela) … diz-lhe que os homens se defrontam no ringue e não mandam os seus súbditos fazerem o trabalho sujo por eles! À e já agora, eu sei que tu eras um daqueles camelos que me espancou na floresta por isso, isto é só uma vinganças Angle Style…

E enfia o pé no esterno do miúdo fazendo com que ele voasse janela fora. Ouviu um estrondo enorme lá fora, chegou ao pé da janela e viu o rapaz a contorcer-se todo no chão do jardim e gritou:

..:: KURT ::.. CONTA-LHE TUDO O QUE TE FIZ, POIS A PARTIR DE AGORA NÃO VAI HAVER MISERICORDIA!

E saio do quarto, desceu as escadas e saiu de casa. Viu o Mordomo lá fora e foi ter com ele. Começaram os dois a andar em direção ao carro e a meio do caminho Kurt ia começar a falar para contar o que tinha acontecido lá em cima, mas o Mordomo interrompeu dizendo “Eu vi. Quando cheguei lá a cima você estava com ele preso pelos colarinhos junto a janela. Voltei para baixo e não vi mais, mas sei que tudo o que você fez lá em cima foi o melhor para si e para o seu combate pelo título, por isso prefiro não saber e confiar em si!”, Kurt olhou para o Mordomo e acenou-lhe com a cabeça com sinal de respeito. Entraram no carro e partiram de volta para casa.
avatar
gas_martins
WP Superstar

Masculino Número de Mensagens : 346
Idade : 25
Localização : Lisboa
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 14/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

Mensagem por Cavaco Silva em Qui Nov 22 2012, 23:59

Roode e Cornette sentavam-se ambos frente a frente separados por uma mesa de mogno, na casa alugada por Bobby para o resto da semana. Jim revendo alguns papeis e Roode bebendo a sua cerveja calmamente olhando pela janela.

Cornette: Robert, o teu contracto não está nem a metade do que devia estar, vão haver exigências que terás de fazer, especialmente tendo em conta o facto de seres o próximo NWA Champion, não podes ser pisado como mais um na empresa, tu es a essência da UPW neste momento.

Roode franze o sobreolho como se estivesse bastante bem na vida.

Roode: Se tu o dizes...

Cornette: Não me pareces muito convencido, isto são coisas importantes jovem...

Roode: Jim -diz pegando numa das folhas com dois dedos e atirando-a para o lado de forma gozona- Eu não sou de papelinhos, eu sou de porrada, confrontos físicos, percebes? Por isso é que te tenho a meu lado, tu tratas das porcarias burocráticas, das reuniões aberrantes e da representação legal, eu trato de continuar a ser a força dominante que sou!

Roode dá mais um golo na garrafa de cerveja e Cornette acena positivamente com a cabeça continuando a ler até que alguém toca ao telefone.

Roode: Vai atender Jim...

Cornette: Tira as botas da mesa e vai tu que eu não sou o teu cão.

Roode: Tens pinta, gosto disso, podes ficar com a língua.

Cornette: Em troca tu podes ficar com a tua carreira...

Roode ri-se sarcasticamente e caminha até ao telefone, encostando-se contra a parede de lado atende.

Roode: Estou?...sim.....Diz...Ok, vou ver o que posso fazer!

Desligando o telefone e voltando-se a sentar.

Cornette: Tão quem era?

Roode: Era a tua mãe, vê lá...O que é que tens a ver com isso?

Cornette: Tem tinto na linguagem rapaz...

Roode: Tão, vais meter-me um processo em tribunal? Estou cheio de medo e receio, caro... -Bobby estica os braços mas é surpreso pela campainha da sua porta a tocar- PORRA PÁ...Não tenho descanso hoje! És tu ai a fazer barulho com a merd* dos papeis, o telefone e a campainha. Vai lá tu fazer algo de útil alguma vez!

Cornette levanta-se e dirige-se á porta só para não o ouvir falar mais, abrindo-a desata a rir, um rapaz tão magro que roçava o esquelético, com olhos de drogado viciado em crack, dentes com falta de cálcio e um sorriso maior que o numero de proteínas no corpo dele. O mais engraçado? Uma camisola com a cara de Bobby Roode imprimida nela.

Cornette: E tu quem vens a ser? Não queremos publicidade!

Jovem: Senhor Cornette, é um prazer, você é uma lenda, o meu nome é Tino, sempre fui um grande fã do trabalho do Bobby Roode e reparei que ele veio morar para aqui! Tão perto da minha casa, sei toda a sua carreira.

Cornette: Vai morrer longe oh zarolho...

Jovem: Senhor Cornette, deixe-me só dizer olá ao senhor Roode -vendo Bobby aproximar-se da porta começa aos saltos e a berrar- SENHOR ROODE, SOU UM GRANDE FÃ SEU...TINO! UM AUTOGRAFO, POR FAVOR!

Roode fica a olhar para ele com um olhar de quem não sabe se rir será a melhor escolha.

Roode: Queres um autografo? Só se me fizeres um favor?

Jovem: TUDO! Fiz um CAW do senhor no WWE 13!

Roode: Sim? Boa, ok, olha, o meu vizinho é uma pessoa que me perturba muito, por isso quero que lá vás, tocas á campainha, esperas que ele abra e saltas-lhe em cima, mas sem pensar duas vezes, qualquer coisa eu estou aqui para ajudar!

Cornette olha para Roode com um olhar desconfiado...

Jovem: Tipo Tag Team? Porreiro!

Roode: Sim, podemos ser os Milk Money se quiseres, vá, vai lá!

O jovem revelando zero de medo aproxima-se da porta, bate violentamente, abre-a um homem na casa dos trinta, com um corpo bem constituído, de raça negra e com olhos de poucos amigos. O jovem ignora maior parte destes aspectos e salta para cima dele tentando bater-lhe. O homem cansando-se de brincadeiras enfia um soco no rapaz que o deixa a sangrar do nariz e continua a pontapeá-lo no chão até este não se mexer muito mais. Irritado ainda exprimiu com violência antes de fechar a porta "Voltas a fazer isso rebento-te com a esfincter ao pontapé!". Tino de olhar vazio esticava a mão para Roode como se quisesse fazer tag team.

Roode: Estas muito longe do canto, mas boa tentativa! -entrando em casa com Cornette e fechando a porta-

Cornette: O rapaz devia ter problemas da cabeça...

Roode: E eu com isso...Tens fome?

Cornette: Sabes cozinhar?

Roode: Omeletes...

Cornette: Nada mau!
avatar
Cavaco Silva
NXT Superstar

Masculino Número de Mensagens : 2603
Idade : 25
Localização : Viagem de "negócios"
Emprego/lazer : El Presi da Estrumeira
Data de inscrição : 16/10/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

Mensagem por Icon em Sab Nov 24 2012, 00:16

Randy Orton estava em casa do seu amigo Christian, mais propriamente no seu estúdio no ultimo andar da casa, onde ele realizava The Peep Show que transmitia todas as semanas na internet, era um show bastante visto pelos fans de wrestling e lá estava Randy Orton para ser entrevistado, usava um fato bastante caro, e estava pronto para começar.

Christian: Sejam bem-vindos ao Peep Show, que conta já com 20 programas lançados para vocês meus fans, neste programa eu faço as perguntas e os convidados respondem. Eu pergunto o que todos os Peep´s querem saber e uma coisa é certa sou bastante controverso. Neste programa vai estar cá nada mais nada menos do que....(aumentando o tom de voz) Raaaannnnddddyyyy OOOOORTOOOOONNNN...

Orton apareçe junto de Christian e cumprimenta o amigo, tira os óculos de sol e lança um olhar de matador para a câmara.

Christian: Randy bem-vindo ao programa mais visto na internet sobre wrestling.

Randy Orton: Sim...Esqueçes-te de mencionar que perante ti está a estrela máxima da UPW, isso iria sem dúvida subir o número de espectadores, mas vá lá começa isto que eu tenho um encontro depois.

Christian: Então pá, mas isto é assim, chegas aqui e pensas que mandas? Eu é que mando aqui.

Orton levanta-se e vai embora mas quando chega a meio da sala, Christian manda um berro.

Christian: Orton, estava á brincar...

Randy Orton: Mais uma dessas e eu vou embora ouvis-te?

Orton lança um olhar ameaçador a Christian.

Christian: Então conta lá o que achas-te do grande combate do último show, onde enfrentas-te o Swagger?

Randy Orton: Ora bem, foi um combate brutal. Não, brutal é demasiado básico...Foi de outro planeta, eu levei a melhor claro, nada fora do normal...
Enfrentei 2 vezes o Swagger All american American, numa semana e vençi as duas sem margem para dúvidas, que mais tenho a dizer.

Christian: Consideras-te alguma vez o Swagger como ameaça? E quanto ao resto dos wrestlers alguém será uma ameaça para ti, sei lá o Kurt Angle ou o Roode?

Randy Orton: Primeiro o Swagger nunca será nem nunca foi uma ameaça para mim, eu desde o inicio soube que iria vençer o combate facilmente, quanto ao resto, toda a gente sabe que eu sou o melhor da UPW, tu sabes, o Swagger sabe, o Kurt sabe, e todos os fans sabem... Se algum deles é ameaça? Primeiro tem de aprender que existe 2 patamares na federação, o Topo onde está o Randy Orton sozinho, e o resto, onde ficam esses tais nomes que mencionas-te, o titulo máximo da federação pelo que ouvi dizer já foi mandado gravar o meu nome nele, e se alguém pensa em entrar nessa equação vai sair mais rápido do que entrou, e isto serve para todos.
Mas christian fora disto conta lá como era a Trish Stratus na cama?

Christian: Bem...eu sei que gostavas de experimentar mas não tens esse nível.

Randy Orton: Sem dúvida que gostava de experimentar mas ela levou muito caro quando lá foste? Para mim deve fazer um desconto para Wrestlers de topo ao contrário de outros não é Christian?

Christian: Tu és um grande desesperado, só se mete com prostitutas que já andaram enroladas com meio mundo. Mas eu não sou assim, conquistei o coração da Trish...

Orton interrompe...

Randy Orton: Já perçebi que ela foi barata, não digas mais nada, por acaso era das que tenho na lista ainda por marcar com um certo depois de lhes fazer a rodagem.

Christian: Impressionante voltas-te aos velhos tempos tu...Continuando, depois do próximo show finalmente veremos um novo campeão na federação, uma nova era vai começar...

Orton interrompe de novo...

Randy Orton: Exactamente, vai começar uma nova era, não será a Attitude Era, nem a Kid´s Era mas sim a Orton Era, eu a andar pelos pavilhões á volta do mundo com o titulo na minha cintura, mulheres por todo o lado, no ringue, nos corredores, no meu balneário, ops...isso já lá estão... Champanhe...comida...Ah e claro já me esqueçia, limousines á minha espera...

Christian: Mau...mau...mas isto vai ser sempre assim, não me deixas acabar as frases...Pareçe que entrou um wrestler agora, como é que se chama...Kurt...Kurt...Kurt Coba...Kurt Angle exactamente, e pareçe que vai participar, o que achas disso?

Randy Orton: Acho mal claro, ele deve estar enrolado com o Shane só pode, o presidente deixa cair o sabonete e ele vai logo apanhá-lo no chuveiro, que outra explicação tem para entrar na federação e ter logo um combate pelo titulo? Eu tive de provar semana após semana que merecia e ele chega e consegue logo isso? Isso deixa-me enojado, mas o que se vai fazer, eu pessoalmente vou certificar-me que ele não chega inteiro ao fim do combate. Bem mas já está na hora, tenho que ir ter com uma mulher casada por isso vejo-te depois quando tiver o titulo á volta da minha cintura.

Orton vai embora e Christian fica a olhar para ele feito parvo, enquanto que Randy tira um perfume do bolso e coloca um bocado.

avatar
Icon
Campeão Nacional do WP

Masculino Número de Mensagens : 463
Idade : 106
Localização : Miami
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 02/03/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

Mensagem por gas_martins em Dom Nov 25 2012, 18:24

..:: KURT ::.. Não, eu debrucei-me sobre a janela e ele estava a contorcer-se de dores, por isso era impossível ele estar morto, para alem do mais foi só do primeiro andar e eu conheço aquela casa como as palmas das minhas mãos, sei que a altura nem era assim tanta, e para te ser sincero ainda bem que ele não morreu porque para alem de ser um peso na minha consciência assim quem o mandou atacar-me vai receber uma mensagem bem directa e espero que perceba com quem se esta a tentar meter…

(Uma voz forte e grossa, do outro lado da sala responde a Kurt)

..:: DESCONHECIDO ::.. Sim, nisso concordo contigo, apesar de achar que te arriscaste a ter outro crime violento sobre os teus ombros, e isso é algo que nós não queremos, não podemos cometer mais estupidezes dessas, a nossa vida já está num inferno, não precisamos de mais merdas para nos enterrar-mos ainda mais. (Kurt acenou-lhe com a cabeça admitindo que tinha cometido uma estupidez) Mas deixa, não penses mais nisso, agora concentra-te é no combate do próximo domingo, ainda para mais depois da vitoria de hoje, como te sentiste?

..:: KURT ::.. Nem me digas nada, sinto que podia levar o mundo todo as costas, sinto que conseguia derrubar qualquer um daquele roster. Sinceramente, no fim do combate parte de mim já se sentia como NWA Champion, quando fechei os olhos e ouvi o publico a gritar e a minha musica a tocar, por momentos imaginei-me Pennsylvania a erguer o titulo de campeão do Mundo. A maneira como derrotei Austin Aries foi algo que nem eu estava a espera, quando entrei dentro de ringue toda a raiva misturada com vingança destes últimos dois anos explodiram em forma de força bruta, apliquei moves atras de moves que tenho vindo a perfeiçoar nas ultimas semanas que nunca pensei que saíssem tão bem, acho que posso dizer que foi sem duvida um grande boost para o meu combate de dia 2. Claro que nem tudo são rosas, porque de certeza que não sou o único nesta posição, basta olharmos para o Randy Orton que ganhou o seu combate de forma eximia o Slater, e para não falar de Roodes que derrotou Sandow e o Daniel numa Triple Threat. Mas neste momento só tenho de me focar em mim próprio porque sei que o titulo da NWA só estará à volta desta cintura se der tudo o que tenho a dar.

..:: DESCONHECIDO ::.. Já não te via tão confiante à muito tempo, gosto de te ver assim, gosto de ver essa atitude que já nos levou a grandes sítios no passado, sítios esses que só as lendas de hoje em dia alguma vez alcançaram. Basta olhares para o teu peito, pois sabes do que estou a falar. Sabes que esse ouro olímpico só chegou ao teu pescoço através de duas coisas, trabalho e confiança, e a única coisa que tens de fazer para ganhares novamente o ouro é aplicares a essa fórmula que tão bem conheces. Mas sabes, nem sempre os melhores ganham …

..:: KURT ::.. O que? O que é que disseste?

..:: DESCONHECIDO ::.. Disse que nem sempre os melhores ganham, e que apesar de tu estares assim tão confiante, eu sei que não vais ganhar … Não tens os tomates, não tens a garra de antigamente, não tens nem metade da força de quando foste campeão olímpico. Esquece, desiste, és um fraco, um triste, uma piada para a industria do wrestling …

..:: KURT ::.. CALA-TE! ORDENO QUE TE CALES !!!

..:: DESCONHECIDO ::.. Não vale a pena, sabes que não me consegues calar! Desiste, volta para o teu covil onde te escondeste estes anos todos, volta a cair na sombra e na solidão, o NWA nunca vai ser teu…

..:: KURT ::.. JÁ TE DISSE PARA TE CALARES!

Kurt irritadíssimo dá um murro no espelho que se encontrava à frente dele

O espelho estava agora feito em cacos, metade estilhaçado e metade no chão. A metade que ainda se aguentava na parede estava agora coberta de sangue, assim como a mão de Kurt. Angle olhou outra vez para o espelho e do outro lado viu o seu reflexo estilhaçado falando com ele.

..:: DESCONHECIDO ::.. Sabes que não me consegues derrubar, nem aleijar e muito menos calar. Faço parte de ti. O espelho é só uma forma de me representar, porque no fundo vivo na tua cabeça. Faço parte de ti desde aquela fatídica noite, sou a parte de ti que nasceu quando te tornaste um monstro e por muito que tentes oculta-la com um titulo sabes que é impossível. Não passas de um coitadinho nojen…

..:: KURT ::.. CHEGA! VOU-TE PROVAR A TI E A TODOS QUEM SOU E O QUE CONSIGO ALCANÇAR! Vou-te mostrar que o meu passado não reflete o meu presente, vou-te mostrar que tenho tudo o qeu é preciso para vingar, para chegar alto, para bater os recordes que nunca ninguém bateu, dominar o que nunca foi dominado, vou-te mostrar que tenho forças para me derrotar até a mim próprio, para te derrotar a ti, para acabar contigo e com estas vozes que me atormentam. Já fui campeão olímpico sozinho, e por muito que me tentes deitar a baixo sei que sou forte o suficiente para me sobrepor a ti. Não sou o Kurt que conhecias, não sou a pessoa com a mesma mente de quando tu apareceste, recuso-me a proteger na sombra e no vazio, agora vou mostrar-me ao mundo levantando o NWA Title bem alto e reduzir-te a cinzas.
Kurt rasgou um bocado da camisola que tinha vestido com um vidro, enrolou a volta da mão ferida para estancar a ferida e virou as costas ao espelho. Começou a andar em direção à porta do quarto e ouviu:

..:: VOZ ::.. Sei que no fim te vais refugiar outra vez em mim, nunca me vais conseguir apagar…

Kurt olhou sobre o seu ombro em direção ao espelho e disse:

SÓ É LUTADOR QUEM SABE LUTAR CONSIGO MESMO!
avatar
gas_martins
WP Superstar

Masculino Número de Mensagens : 346
Idade : 25
Localização : Lisboa
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 14/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15 + 1 Man Battle Royal for the NWA World Heavyweight Title

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum