FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

[FM 2015] Contra os odiadores ganhar, ganhar!

Página 5 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ir em baixo

Re: [FM 2015] Contra os odiadores ganhar, ganhar!

Mensagem por Rafa em Sab Jul 11 2015, 01:32

*erro de edição*


Última edição por Rafa em Sex Ago 07 2015, 23:13, editado 6 vez(es)
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27892
Idade : 24
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2015] Contra os odiadores ganhar, ganhar!

Mensagem por Dr. Eira em Sab Jul 11 2015, 09:21

As derrotas com o Sporting e o Porto aceitam-se e surpreendeste com uma vitória em casa do Braga. Conquistaste 6 preciosos pontos para poderes respirar.

Mas vais descer na mesma
avatar
Dr. Eira
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 33292
Idade : 26
Localização : Barcelos
Emprego/lazer : Otaku
Data de inscrição : 23/12/2008

http://fpwrestling.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2015] Contra os odiadores ganhar, ganhar!

Mensagem por Chó em Sab Jul 11 2015, 12:08

Estás perto do teu objectivo, o Atlético é que já está a complicar as coisas:
avatar
Chó
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 37067
Localização : Eu moro em Portugal
Emprego/lazer : Com a crise é impossível ter emprego --'
Data de inscrição : 24/05/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2015] Contra os odiadores ganhar, ganhar!

Mensagem por Rafa em Sab Ago 01 2015, 16:06


Janeiro de 2016




Abrimos pessimamente o ano de 2016. Contra o Nacional, sofremos logo aos 2 minutos. O resultado só se alterou nos últimos 15 minutos do encontro mas com mais um golo dos insulares que ainda tiveram tempo de fazer o terceiro golo.

Em casa, frente ao Vitória de Setúbal, tínhamos obrigação de vencer mas também perdemos contra estes manos. Não jogamos piço novamente e perdemos 0-1.

Contra o Benfica, fomos completamente esmagados. Levamos três secos porque eles foram amigos. Têm feito o pior campeonato da história mas nós ainda mais coitadinhos somos. Ainda ando com pesadelos com o Lima e com o Gaitán.

Jogo de loucos frente ao Rio Ave. Depois de três derrotas seguidas para o campeonato, enfrentávamos uma das melhores equipas do campeonato. E tudo parecia querer correr mal quando Tobias Figueiredo marca um auto-golo na sequência de um canto. Fizemos uma primeira parte deplorável e lá tive de dar mais um sermão ao intervalo. De nada valeu, o 2-0 acabou por aparecer apesar de rapidamente termos reduzido para 2-1, após um golo de Luís Rocha de livre directo. Fiz alguns ajustes tácticos e a coisa deu-se. Aos 69 minutos, André Senghor fez jus à hora do golo e violou a defesa vila-condense, dando o empate à equipa. Mais tarde, a reviravolta, golo de André Claro. Era a loucura. Mas fodeu rapidamente. Aos 90 minutos, sofremos o 3-3. Dá para tudo, foda-se.

Fizemos uma das exibições mais seguras da época contra o Moreirense. Logo aos 10 minutos, Senghor remata ao poste e Bura, central do nosso adversário, decide concluir a jogada para nos colocarmos em vantagem. Pouco depois, Tobias ganha nas alturas na sequência de um canto e faz o segundo, tudo nosso. Deixamos o jogo morrer um pouco e até concedemos algumas oportunidades ao penúltimo classificado da liga. Aos 89 minutos, Senghor arranca um penalty e Luís Rocha amplia a vantagem. Bom jogo, a partir de agora ninguém nos vai parar, fácil.





Mais um mês fraquinho principalmente pela derrota caseira frente ao Vitória de Setúbal e pela derrota humilhante contra o Nacional. Nos últimos dois jogos, a equipa subiu de rendimento e espero que consigamos manter esse nível nos próximos jogos.

O objectivo de ficar nos 8 primeiros já vai longe. Resta-nos lutar pela melhor classificação possível sem ter sustos no que toca à manutenção.




Ao contrário do que vai acontecendo no campeonato, continuamos a fazer uma campanha muito positiva na Taça de Portugal. Recebemos a Académica e vencemos com relativa tranquilidade. Ao intervalo, já vencíamos por 2-0. No segundo tempo, a equipa baixou a intensidade e ainda sofreu um golo mas nada de preocupante, o jogo foi sempre controlado por nós.

Segue-se o Nacional da Madeira nas meias-finais. Na outra eliminatória, o Sporting enfrenta o outsider Mafra.





Depois de um empate frente ao Paços, mais dois empates com o mesmo número de golos. Contra o Porto, rodamos totalmente a equipa mesmo sendo um jogo contra um grande. Eles também rodaram e o jogo tornou-se equilibrado. O resultado espelha isso mesmo.

No último jogo, precisávamos de ganhar ao Belenenses por 2 golos de diferença e esperar que o Porto vs Paços desse em empate. Nada destas coisas aconteceu até porque voltamos a rodar a equipa. André Senghor, um dos poucos titulares em campo, fez o gosto ao pé mas insuficiente para vencermos o jogo.

Acabamos a fase de grupos em 3º lugar com 3 pontos.


avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27892
Idade : 24
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2015] Contra os odiadores ganhar, ganhar!

Mensagem por Dr. Eira em Dom Ago 02 2015, 01:51

Não deves descer mas acho que não consegues o objetivo mínimo de atingir um 8º lugar.

Na taça de portugal estás bem e tens hipóteses de conseguir a final. Grande Mafra por chegar às meias.

A taça da liga é pouco relevante.
avatar
Dr. Eira
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 33292
Idade : 26
Localização : Barcelos
Emprego/lazer : Otaku
Data de inscrição : 23/12/2008

http://fpwrestling.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2015] Contra os odiadores ganhar, ganhar!

Mensagem por Rafa em Qua Ago 05 2015, 02:48

[quote="Rafa"]

Fevereiro/Março de 2016




Com o calendário que se avizinhava, tínhamos uma oportunidade de ouro para somar pontos e tentar galgar na tabela classificativa.

Iniciamos mal o jogo contra o Olhanense. Os algarvios tiveram as melhores oportunidades no primeiro tempo mas fomos nós os primeiros a marcar. Após um canto contra nós, a nossa defesa ganha a bola, Tobias põe na frente e Senghor correu isolado desde o meio-campo até à baliza para inaugurar o marcador. Pouco depois, Kyle Bartley faz o segundo golo na sequência de um canto. A segunda parte foi repartida com maior pendor para o nosso lado. A vitória nunca esteve posta em causa mas ainda concedemos um golo perto do final do encontro.

Antes do jogo com o Paços de Ferreira, fiquei a saber que o guarda-redes Goicoechea vai rumar ao Panathinaikos no final da época a custo zero. O jogador não queria renovar, preferi ficar com ele esta época em vez de vendê-lo e agora o jogador optou por ir para a Grécia. Um dia depois, sou ainda informado que o jogador se lesionou. Cabrãozeco, fiz dele um dos melhores GR da liga e agora anda aí a forjar lesões. No pasa nada, fé em Rui Sacramento durante mês e meio.

Na recepção ao Paços de Ferreira, fizemos uma primeira parte muito aceitável. André Senghor voltou a fazer o gosto ao pé neste jogo. Fomos para o intervalo em vantagem e sabíamos que o Paços ia entrar forte. Aguentamos os meninos e nos últimos 15 minutos limitámo-nos a defender a vantagem com unhas e dentes, com sucesso. Mais três pontinhos. Vaz Tê lesionou-se neste jogo e irá parar cerca de 2 meses. Era o que estava a precisar depois da lesão do Goicoechea.

Grande exibição contra o Atlético. Entramos fortes e logo aos 7 minutos, Nildo inaugurou o marcador após assistência de David Simão, que fez uma exibição de luxo depois de ter perdido o lugar no 11. A vantagem foi ampliada por Alberto aos 24 minutos e dois minutos depois, David Simão faz uma nova assistência, desta vez para Artur, que só tem de concluir a jogada. Nunca deixamos de procurar o golo mas foi preciso esperar até ao último minuto do encontro para fecharmos o marcador. Kyle Bartley rematou para dentro da baliza após uma defesa incompleta de André Moreira a um livre de Luís Rocha.

Seguia-se um jogo mais exigente contra o Marítimo, 4º classificado do campeonato. O jogo foi repartido durante os noventa minutos e o espectáculo não foi agradável. Não houve grandes oportunidades para cada lado, tirando uma boa defesa de José Sá. Empate a zeros que se justifica.

Não há palavras para descrever o que aconteceu com o Gil Vicente. Logo no início do jogo, Luís Rocha lesionou-se. Ainda o mantive em campo dois minutos, tempo suficiente para cometer um penalty que deixou os gilistas na frente. Senghor empatoou logo a seguir mas vinha aí o desastre. O Gil colocou-se em vantagem antes do intervalo e no segundo tempo era um atrás do outro até chegar o quinto golo. Leram bem, perdemos 1-5. Tomás Dabó, que entrou para o lugar do Luís, ainda conseguiu ser expulso.

Depois do desastre, vem a vontade de fazer as malas e ir embora. Tudo corre mal. Entramos com excelência em Guimarães com dois golos em 15 minutos. Na segunda parte, as coisas mudaram. Tobias comete um penalty, convertido, e vai para a rua. Tentamos ao máximo segurar a vantagem mas não conseguimos. Concedemos o empate e a 5 minutos do final, Barrientos fez o golo que selou mais uma derrota nossa.

Não me apetece comentar mais um jogo ridículo. Levamos 3 na bilha do Estoril com Senghor ainda a marcar o nosso único golo. Diga-se que ainda vai sendo dos poucos a remar contra a maré.





Após seis jogos consecutivos sem conhecer o sabor da derrota, fizemos três exibições constrangedoras que nos levaram a três derrotas. Estamos no 13º lugar e ainda vamos ter jogos bastante complicados até ao final do campeonato (Braga, Porto e Sporting à cabeça). Não prevejo grandes mudanças na tabela pelo que a prioridade agora passa pela Taça de Portugal, assumindo sempre que defraudei as expectativas no campeonato.

Primeira mão das meias-finais, jogávamos em casa contra o Nacional e a vitória era importante para irmos com uma boa margem à Madeira.

Infelizmente, correu tudo mal no início. Logo aos 2 minutos, Luís Aurélio inaugurou o marcador para os insulares e 15 minutos depois, Boubacar ampliou a vantagem. Parecíamos destinados ao fracasso quando David Simão, fora da área, rematou forte para dentro da baliza. Anda numa forma do caralh* este menino. Pena é que se tenha lesionado durante o jogo e vamos perdê-lo durante cerca de um mês. No segundo tempo, só deu Arouca e o suspeito do costume, André Senghor, pegou na bola, passou por Miguel Rodrigues e meteu-a lá dentro. Estava feito o empate. Mas queria mais, a jogar em casa era para ganhar. Nos descontos, Senghor esteve lá perto mas não conseguiu bisar.



Resultado algo negativo, estamos obrigados a ganhar na Choupana. Mas vamos conseguir.

A meio de Fevereiro, recebi uma proposta do Vitória prontamente rejeitada por mim. A equipa vitoriana tem sido a desilusão do campeonato estando até atrás de nós mas não deixa de ser um dos melhores clubes do campeonato.

Seria um projecto aliciante para mim mas só aceitaria caso a proposta tivesse chegado mais tarde. Com a possibilidade de chegar à final da Taça de Portugal, não quis abandonar o Arouca a meio da época.
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27892
Idade : 24
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2015] Contra os odiadores ganhar, ganhar!

Mensagem por Dr. Eira em Qua Ago 05 2015, 11:57

Estavas tão bem até levares 5 do Gil

Já falhaste praticamente o objetivo de conseguir a metade superior da tabela e vais falhar a final da taça. Devias ter aceite a proposta do Vitória
avatar
Dr. Eira
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 33292
Idade : 26
Localização : Barcelos
Emprego/lazer : Otaku
Data de inscrição : 23/12/2008

http://fpwrestling.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2015] Contra os odiadores ganhar, ganhar!

Mensagem por Rafa em Sex Ago 07 2015, 19:22


Abril - Maio de 2016




Este último ciclo de jogos aparentava ser de uma dificuldade bastante elevada. O objectivo passava por não fazer figuras tristes como nos jogos passados e vencer os jogos contra as equipas do "nosso campeonato".

Começamos por receber a Académica e a primeira parte que fizemos foi horrível. Foram os estudantes a criar as melhores oportunidades de golo mas, felizmente, fomos nós a marcar através de grande penalidade. Bruno Amaro não perdoou. O golo deu-nos motivação e conseguimos fazer uma exibição digna apesar de nunca termos dominado o jogo. Pelo menos ganhamos, já só é a única coisa que me vai interessando até acabar a época.

Iniciávamos o ciclo de três jogos contra as equipas que estão na luta pelo título. Em primeiro lugar, recebemos o Sporting. Fizemos uma primeira parte acima das expectativas e estivémos perto do golo várias vezes mas não era o dia de Senghor. Várias oportunidades falhadas e a inspiração de Patrício não deram lugar a surpresas. No segundo tempo, o Sporting viria a crescer e William acabaria por marcar um golo na sequência de um canto. Não desistimos e até podíamos ter marcado o golo do empate nos descontos mas, mais uma vez, Patrício voltou a brilhar.

A seguir, veio mais um jogo com um grande, o FC Porto. Fomos completamente massacrados ao ponto de ter de estacionar o autocarro. Era remate atrás de remate até que chegou o golo aos... 87 minutos. Fiquei todo aziado mas perdemos justamente. Foram 32 remates contra 2, não termos sido goleados já foi bom.

Contra o Braga foi mais do mesmo. Fomos encostados até o golo deles. Fomos para o intervalo a perder por 1 golo, mudei a estratégia para tentarmos produzir mais ofensivamente e resultou. Senghor fez um golo e deu-nos esperança para conseguir um bom resultado. Não passou de fogo de vista. O Braga voltou a ficar por cima do jogo e acabou por marcar mais um golo, conseguindo três pontos fundamentais para continuar a sonhar com o título.

Seguiram-se dois empates em jogos equilibrados contra Belenenses e Nacional. O campeonato terminou em Setúbal com uma excelente exibição da parte dos meus jogadores. Vaz Tê fez a sua melhor exibição da época, bisando no encontro. Zezinho também fez o gosto ao pé.





E termina assim o campeonato, que acabou por ser uma desilusão. Nada que não se esperasse desde a primeira metade da época. Nesta segunda volta, a equipa ainda deu um cheiro daquilo que se esperava mas foi insuficiente.



Não éramos favoritos e depois de um empate com golos em casa, seria difícil chegar à final. A eliminatória complicou-se ainda mais depois de uma péssima entrada no jogo. Aos 11 minutos, o Nacional já vencia e aos 25 dilatou a vantagem. Os insulares continuaram a dominar o encontro até ao intervalo e, apesar de termos acordado no segundo tempo, o resultado não se alterou. Senghor ainda marcou um golo a dez minutos do final mas estava em posição irregular.


Esta modesta exibição tirou-nos da final do Jamor mas não posso deixar de enaltercer o percurso realizado até aqui. Ninguém esperava que chegássemos tão longe, é pena que só tenhamos jogado bem na Taça.



Aqui ficam os dados estatísticos dos meus jogadores. O destaque é óbvio; André Senghor. Fez uma época menos conseguida do que aquela que fez quando cá chegou mas voltou a ser o homem que nos levou às costas nos momentos mais complicados. Notas de destaque também para David Simão, Zezinho, Luís Rocha e Geraldes também fundamentais na equipa.

Tomei a decisão de deixar o clube que me deu a mão para iniciar a carreira. Cheguei cá para os colocar a jogar bom futebol e consegui, pelo menos na primeira época. Nesta, as coisas não me correram também e fiquei desiludido com o campeonato que fizemos. Decidi que chegou a altura de dar o lugar a outro. Quanto a mim, o mais provável é arranjar um tacho noutro clube português se quiser continuar a treinar no primeiro escalão, não tenho currículo para muito mais.
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27892
Idade : 24
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2015] Contra os odiadores ganhar, ganhar!

Mensagem por Dr. Eira em Sex Ago 07 2015, 20:43

Fraco...

Já podias estar no Vitória
avatar
Dr. Eira
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 33292
Idade : 26
Localização : Barcelos
Emprego/lazer : Otaku
Data de inscrição : 23/12/2008

http://fpwrestling.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2015] Contra os odiadores ganhar, ganhar!

Mensagem por Rafa em Sex Ago 07 2015, 23:14

24 de Outubro de 2016:

Não consegui arranjar clube durante o mercado de Verão. Todos os clubes que me queriam eram da 2ª Liga Portuguesa e, como é óbvio, recusei todas as propostas.

No fim de Setembro, começam a surgir oportunidades. O primeiro convite veio de Espanha, da Real Sociedad. O projecto parecia-me interessante e estive perto de ser o treinador deles mas vi alguns clubes com projectos também eles interessantes e decidi adiar a minha resposta. Acabaram por se virar para outro lado.

Mais tarde, recebi convite do Saint-Étienne que acabou por ser recusado quando recebi um convite para uma entrevista para o Lyon. Disse logo à direcção que recusaria qualquer outra entrevista a partir daquele momento. Eis que surge o convite.




Os objectivos iniciais passavam por um lugar na metade superior da tabela. Fui mais além e disse-lhes que conseguia chegar à Liga Europa. Não que acredite muito no que lhes disse (já explico, mais à frente) mas tinha de arranjar um tacho, não é? Também lhes disse que ia apostar muito nas bolas paradas, porque eles acham piada. Tinha de dar graxa, a minha reputação jogava contra mim.



Por falar em reputação... Sou conhecido por ser humilhado pelo Covilhã? Não é por ter chegado às meias-finais da Taça com um clube de uma aldeia? Avecs do crl, dentro de um mês estão a bajular-me.






Ora aqui está o trabalho do antigo treinador, uma maravilha. Não chegou o 9º lugar da época passada e ainda me deixa a equipa em último, esta época. Ainda assim, o objectivo inicial da direcção é perfeitamente alcançável, alcançar um lugar na primeira metade da tabela. Agora ir à Europa é que me parece ser mais complicado. Mas decidi armar-me em campeão, agora vou resolver.



O plantel tem alguns jogadores muito interessantes. À primeira vista, destaco a dupla de centrais, Umtiti e Koné. Guido Pizarro também deverá ser uma pedra basilar no meu meio-campo.

Contudo, também me deparei com logo com várias lacunas. Em primeiro lugar, só tenho laterais mancos. Nenhum me satisfaz e em Janeiro tenho de ir ao mercado ver o que se arranja, nem que seja por empréstimo.

Também me falta alguma criatividade no meio-campo, um 10. O Gourcuff é bom mas anda sempre mal da vida. E conto vendê-lo, é o jogador com o salário mais chorudo do plantel.

Na frente, era uma vez um avançado. Lacazette é a estrela da equipa mas estão a ver aquele rectângulo vermelho a indicar uma lesão? Torceu um tendão do joelho. Tanta gente para se lesionar e tinha logo de ser a estrela da companhia. Preciso, por isso, de um avançado para concorrer com Locadia pela titularidade.

Se vier um extremo para lutar pela titularidade com o Ben Arfa e com o Centurión, também agradeço à minha direcção.

Resta agora mostrar o meu talento e levar o Lyon a um lugar entre os maiores clubes de França.


PS: Em vez de quotar um post para copiar a formatação, editei o post ali de cima, perdeu-se uma actualização
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27892
Idade : 24
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2015] Contra os odiadores ganhar, ganhar!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum