FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

[FM 2016] Quebrar o jejum

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

[FM 2016] Quebrar o jejum

Mensagem por Rafa em Ter Maio 17 2016, 01:55


Comecei um save há uns valentes tempos mas depois larguei o FM e agora o bichinho voltou. Como não podia deixar de ser, e como só assim me dá pica para jogar, criei aqui mais um diário. O objectivo passa pelo que está no título, quebrar o jejum de campeonatos do Sporting. Depois, logo se verá.

Já estou na 2ª época. Na primeira época, contratei apenas o Andrija Zivkovic e vendi o Carrillo, que não queria jogar por nós, o Tanaka, o André Martins e o Labyad.

Fiquei-me pela conquista da Taça de Portugal, onde venci o Benfica por uns esmagadores 4-1. No campeonato, os acontecimentos foram parecidos com a realidade. Fizemos um campeonatos muito bom, conseguimos bater os 85 pontos mas o Benfica também foi imparável e foi campeão com 88 pontos. O Porto desiludiu, também como na realidade, e ficou a cerca de 20 pontos dos clubes de Lisboa. Na Taça da Liga, não passamos da fase de grupos. Na Supertaça, perdemos.

Na Europa, cumprimos os mínimos. Chegamos à fase de grupos da Champions e fomos repescados para a Liga Europa. Num grupo com Atlético e Bayern, não esperava muito mais. Na Europa, acabamos por ser logo eliminados pelo Celtic.

Acabou por ser uma época positiva, apesar de não termos chegado ao título. Coloquei a equipa noutro patamar competitivo e isso era o mais importante

Esta época, mexi bem mais no plantel.



Mexi imenso na defesa, que era o sector mais fraco do plantel. Zeca para o lado esquerdo e Trippier e Manquillo para a direita e Chiriches e Rodrigo Caio para o eixo da defesa. Apesar de ter perdido Paulo Oliveira, o sector está bem composto.

Contratei o Allione para ser o nosso extremo mais desequilibrador e ainda o Milik para ser a nossa referência de ataque. Para finalizar, fui buscar o Rajkovic para lutar com o Patrício pela titularidade. Tem tudo para se tornar um enorme guarda-redes.

Para além do Paulo Oliveira, acabei por vender o Zivkovic, entre jogadores preponderantes no plantel. Também encaixei algum dinheiro com o Jefferson, Esgaio, Geraldes e Wallyson.

Ora, resumindo, o meu plantel para atacar esta época é o seguinte:

Guarda-redes | Rui Patrício, Predrag Rajkovic, Azbe Jug
Laterais | Javi Manquillo, Kieran Trippier; Zeca, Jonathan Silva
Centrais | Vlad Chiriches, Rodrigo Caio, Ewerton, Naldo
Médios | William Carvalho, Bruno Paulista, Slavchev, João Mário, Adrien, Aquilani, Bryan Ruiz
Extremos | Iuri Medeiros, Carlos Mané, Agustin Allione, Gelson Martins, Ryan Gauld
Avançados | Arkadiusz Milik, Fredy Montero, Islam Slimani, Teo Gutiérrez

Era para ter vendido o Aquilani mas acabou por ficar no plantel. Também pensei vender o Fredy Montero mas o Teo partiu a perna e assim fico com três avançados, enquanto ele não volta. Talvez os venda em Janeiro, conforme o desenrolar dos acontecimentos.

Meanwhile, já comecei a época:


Voltei a perder a Supertaça, desta vez nos penalties. No campeonato, início muito complicado. Empatei com o Benfica, ganhei tranquilamente no Bessa apesar de ter sofrido um golo já nos últimos minutos e venci o Porto num jogo que foi sempre controlado por nós, mesmo após a expulsão do Jonathan Silva, a mais de meia-hora do fim. Início prometedor.

Na Champions, a tarefa vai voltar a ser hercúlea com Manchester United, Real Madrid e RB Salzburg no meu grupo.


Última edição por Rafa em Ter Maio 17 2016, 02:06, editado 1 vez(es)
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27892
Idade : 24
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2016] Quebrar o jejum

Mensagem por Chó em Ter Maio 17 2016, 01:56

Milik é deus crl, put* máquina comigo quando andava no Ajax.
avatar
Chó
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 37067
Localização : Eu moro em Portugal
Emprego/lazer : Com a crise é impossível ter emprego --'
Data de inscrição : 24/05/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2016] Quebrar o jejum

Mensagem por Rafa em Qua Maio 18 2016, 03:02


Setembro/Outubro de 2016:




Estávamos confiançudos para o jogo com o Marítimo, depois da vitória frente ao nosso rival do Norte. Importante era não ter a cabeça no jogo contra o United, para a Champions. Mas estes meninos sabem sempre ao que vão. Primeiro lance do jogo e o Mané marca logo um golo. Continuamos no massacre e aos 31, o mesmo Mané voltou a marcar para, três minutos depois, Bryan Ruiz fazer o 3-0. Não desligamos a máquina e no segundo tempo, Mané viria a fazer um hat-trick, na sequência de uma grande penalidade. Ryan Gauld fechou as contas. Cinco batatas, rolo compressor. Ótimos indicadores.

Contra o Arouca, desiludimos completamente. Fomos uma equipa sem ideias e não conseguimos criar muitas oportunidades. Aliás, o jogo foi bastante dividido. Empate sem golos num pobre espectáculo.

Em Vila do Conde, frente ao Rio Ave, espalhámo-nos ao comprido. Não jogamos uma ponta e eles é que pareciam os candidatos ao título. Sofremos dois golos na primeira meia hora e nunca conseguimos responder.

Mais um fracasso, fora de portas. Desta vez, perdemos com o Feirense. Mais um jogo fraco e mais um jogo sem marcarmos qualquer golo. O Feirense acabaria por vencer com um penalty no segundo tempo.

Jogássemos metade fora de casa como jogamos em Alvalade e a vida estava a correr-nos bem melhor. Contra o Vitória de Setúbal, o jogo teve um só sentido. Mané marcou logo no primeiro lance do encontro tal como aconteceu frente ao Marítimo. Milik viria a aumentar a vantagem, naquele que foi apenas o seu primeiro golo no campeonato. No segundo tempo, mais do mesmo, só deu Sporting e o puto Iuri fez o terceiro da contagem.

De seguida, recebemos o Braga e voltamos a marcar no primeiro lance do encontro. Aos três minutos, já vencíamos por 2-0 e aos seis, o Braga ficou reduzido a 10 unidades. Baixamos o ritmo bastante cedo mas ainda houve tempo para um terceiro golo, por Milik, na sequência de uma grande penalidade.



Se continuarmos a parecer uma equipa dos distritais fora de portas, bem que podemos esquecer o título. Fantásticos em casa mas isso não é suficiente e a posição que ocupamos na tabela reflecte bem isso.



Jogo sem grande história frente ao Pombal. Dei oportunidade aos menos utilizados e o resultado foi de 0-8.




Mantive os meus ideiais contra o Manchester United. Jogávamos em casa e somos o Sporting Clube de Portugal, somos maiores do que qualquer equipa. As coisas resultaram, Milik fez o seu primeiro golo ao serviço do Sporting, aos 22 minutos. O United começou a pressionar, ainda baixamos as linhas mas Rooney viria a empatar, 10 minutos depois. Na segunda parte, voltamos a ser ligeiramente superiores mas a tendência recaía no empate. Aos 86 minutos, Allione fez um cruzamento para a cabeça de Milik, que fez o segundo golo do jogo e levou Alvalade à loucura. A partir daí, foi montar o autocarro e esperar pelo final.

A história com o Real Madrid podia ter sido diferente. Depois de aguentarmos muito bem a carga durante a primeira parte, acabamos por sofrer um golo de Isco, aos 51 minutos. Respondemos bem e no minuto seguinte, tivemos um penalty a nosso favor. Mas o Adrien falhou. Íamos silenciando o Bernabéu. O jogo continuou a ser dominado pelo Real e o Ronaldo decidiu ser Judas e marcar já perto do final, na sequência de um livre directo.

Contra o Salzburg, um empate que nos coloca numa boa posição para garantir, pelo menos, a Liga Europa, mas fica um sabor amargo pela forma como dominamos o jogo. Criamos imensas oportunidades mas nunca conseguimos concretizar e o nulo manteve-se até ao final.



Para já, estamos fazer um percurso bastante aceitável. Derrotamos o Manchester United e conseguimos empatar na Áustria. Só por azelhice, podemos deixar escapar, pelo menos, o lugar na Liga Europa. Ficar nos dois primeiros lugares, tendo em conta o grupo que nos calhou na rifa, parece-me algo utópico.
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27892
Idade : 24
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2016] Quebrar o jejum

Mensagem por Dr. Eira em Sab Maio 21 2016, 11:03

Que estratégia usas para os jogos fora de casa? Está muito mal isso.

Vê se te aguentas até ao Natal
avatar
Dr. Eira
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 33292
Idade : 26
Localização : Barcelos
Emprego/lazer : Otaku
Data de inscrição : 23/12/2008

http://fpwrestling.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2016] Quebrar o jejum

Mensagem por Rafa em Qui Jul 21 2016, 21:54


Resumo da época 2016/2017:


Depois de um início tremido, a equipa arrancou para um excelente campeonato. A derrota pesada na Choupana foi compensada com fantásticas vitórias na Luz e no Dragão e nunca mais perdemos. A equipa apenas se começou a ressentir na recta final da temporada com alguns empates mas foi o suficiente para vencermos um título que nos escapava há 15 anos. Estivemos a 8 pontos do Benfica mas no fim, conseguimos ter sucesso.


Campeões nacionais! Tinha de ser. Depois do fantástico campeonato que fizemos na época passada em que só não fomos campeões porque houve um super Benfica, merecíamos isto.


Tivemos um grupo difícilimo na Liga dos Campeões mas conseguimos dar uma excelente réplica. Apenas perdemos um jogo no Santiago Bernabéu e conseguimos, inclusive, derrotar o Manchester United, em Alvalade. Contudo, os 9 pontos alcançados não foram suficientes para passar e caímos para a Liga Europa.


Depois de uma eliminatória tremida frente ao Copenhaga, conseguimos eliminar os nossos velhos conhecidos russos com relativa facilidade. Frente ao Arsenal, tivemos um comportamento fantástico mas não foi suficiente para contrariar o favoritismo, a experiência e a qualidade individual que os londrinos tinham ao dispor.




Nas taças, desiludimos na Taça de Portugal ao perder nos penalties contra o Feirense. Já na Taça da Liga, após eliminarmos o nosso grande rival nas meias-finais, vencemos facilmente o Estoril.


E aqui ficam os dados do plantel. Consegui dar bastante tempo de jogo a quase toda a gente, à exceção dos avançados. Slimani e Teo tiveram lesões e não puderam dar o seu contributo durante grande parte da época e Milik não deu qualquer hipótese ao outro concorrente ao lugar, Fredy Montero.

Iuri foi a grande surpresa da época. Partia atrás por um lugar no início e a chegada de Lincoln (craque) em Janeiro, ainda podiam empurrá-lo mais mas foi enorme.
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27892
Idade : 24
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2016] Quebrar o jejum

Mensagem por Rafa em Sex Jul 22 2016, 22:34


Mercado de Verão 2017/2018:


Em equipa que ganha, não se mexe e, por essa razão, não queria fazer grandes alterações no plantel e muito menos perder jogadores influentes. Ainda assim, acabei por ficar sem dois jogadores habitualmente titulares. William Carvalho foi vendido ao Arsenal pela cláusula de rescisão e Javi Manquillo saiu para o Liverpool por uma quantia que me pareceu generosa. Destaco também a venda de Jonathan Silva por 20 milhões de euros.

De resto, apenas deixei sair excedentários. Ewerton, Teo e Montero não faziam parte das contas do plantel e já na época passada não tiveram tantas oportunidades para jogar e, por isso, deixei-os ir à vida deles. Bryan Ruiz acabou também por sair, já que iria perder espaço esta época.

Só contratei, praticamente, para colmatar algumas lacunas que ficaram no plantel com as saídas. Obi Mikel e Julián Fernández foram contratados para a mesma posição para lutar pela posição 6, que fica vaga após a saída de William Carvalho. Bruno Paulista lesionou-se gravemente ainda no final da época passada e, por isso, não tinha qualquer jogador para a posição. Também para o meio-campo, trouxe David Barbona, jogador com muito potencial, que lutará pelo lugar no 11 com Adrien, na função de box-to-box.

O grande reforço de Verão é Gabriel Barbosa. Precisava de um avançado para lutar ou, pelo menos, cobrir um possível mau momento de Milik (Slimani não me convence totalmente no meu estilo de jogo) e não fiz por menos. Contratei logo um dos jogadores com mais potencial do Brasil. Mais tarde, acabei por perceber que posso encaixar os dois no 11 com o brasileiro a jogar na ala direita.

Para finalizar, trouxe Mario para substituir Javi Manquillo. Trouxe-o por metade do valor pelo qual vendi Manquillo mas o novo lateral espanhol parece ser ainda superior.

Fica, então, o meu plantel:
GR | Rui Patrício, Predrag Rajkovic
DD | Mario, Kieran Trippier
DE | Zeca, Pedro Empis
DC | Sokratis Papastathopoulos , Rodrigo Caio, Vlad Chiriches, Tobias Figueiredo
MDef | John Obi Mikel, Julián Fernandez, Bruno Paulista
MC | Adrien, David Barbona, João Mário, Ryan Gauld
Ext | Carlos Mané, Iuri Medeiros, Lincoln, Agustín Allione, Gabriel Barbosa
PL | Arkadiusz Milik, Islam Slimani

Tenho um plantel semelhante ao da época passada, a nível qualitativo. Diria que perdi um pouco com a saída de William Carvalho, apesar da contratação de dois jogadores com qualidade e ainda ter Bruno Paulista que, dos três, é aquele que tem mais potencial para agarrar a titularidade, dependendo de como corre a sua recuperação.

Contudo, ganhei um craque - Gabriel Barbosa. Podendo jogar a avançado interior ou a ponta-de-lança, tem tudo para ser uma das grandes estrelas da equipa, juntamente com Milik e Lincoln. Ainda tenho Mané e Iuri. Muita qualidade lá na frente. O próprio Allione foi muito útil na época passada, nos jogos contra os grandes, apesar de ter flopado, no global da época.

A venda de Jonathan Silva pode ter-me prejudicado, já que não consegui trazer um lateral esquerdo para lutar pelo lugar com Zeca. Vamos lá ver se o Empis dá conta do recado.
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27892
Idade : 24
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2016] Quebrar o jejum

Mensagem por Rafa em Ter Jul 26 2016, 19:16

[quote="Rafa"]

Primeira metade da época 2017/2018:


Começamos a época em grande, com um troféu conquistado. O nosso favoritismo não foi beliscado e acabamos por golear o Feirense. Início promissor.


Começamos o campeonato em grande com uma goleada imposta ao Marítimo. Gabriel Barbosa fez o seu primeiro jogo para o campeonato em grande, assinando um hat-trick. Depois de vencermos também o Nacional, perdemos pontos pela primeira vez contra o Arouca, apesar de termos jogado bem, faltando apenas eficácia, que voltou a estar presente em Setúbal.

No Dragão, perdemos e perdemos bem e começou um momento preocupante. Depois de termos derrotado a Académica pela margem mínima, empatamos três jogos seguidos e caímos na tabela.

As coisas pareciam perto de correr mal também em Vila do Conde, depois de termos estado a perder com o Rio Ave por 3-1. Conseguimos fazer uma remontada épica, que nos lançou para mais um bom momento de forma. A estrondosa vitória na Luz e a vitória expressiva frente ao Belenenses confirmaram isso. Seguiram-se mais quatro vitórias.

Contudo, terminamos mal a primeira volta. Jogamos mal frente ao Estoril e acabamos por sofrer a segunda derrota para o campeonato.


Apesar da derrota no último jogo, beneficiamos de um empate do Porto e continuamos na liderança. O Benfica parte mais atrás mas, para já, ainda é uma equipa a ter em conta, dada a sua qualidade. Tudo que não seja vencer o título será considerado, por mim, um enorme falhanço.


Tivemos um grupo difícilimo na Liga dos Campeões mas conseguimos dar uma excelente réplica. Apenas perdemos um jogo no Santiago Bernabéu e conseguimos, inclusive, derrotar o Manchester United, em Alvalade. Contudo, os 9 pontos alcançados não foram suficientes para passar e caímos para a Liga Europa.


Depois da boa prestação da época passada não ter sido suficiente para seguirmos em frente na Liga dos Campeões, tínhamos de conseguir chegar aos oitavos-de-final esta época. A verdade é que, mesmo com o Arsenal no grupo, não perdemos qualquer jogo. É certo que tivemos alguma sorte como um empate nos descontos no Emirates ou mesmo o empate aos 86 minutos contra o Shakhtar, num jogo atípico onde foram expulsos quatro jogadores (dois de cada equipa) e dois penalties assinalados (um para cada equipa, sendo que o nosso foi falhado). Já apurados para os oitavos-de-final, ainda conseguimos vencer o Arsenal em casa, mais uma vez com um golo tardio.

Ficamos em 2º lugar no grupo e segue-se o Chelsea. Será uma tarefa muito difícil mas termos chegado aos oitavos-de-final já foi satisfatório. O que vier agora é bónus.




Para já, o percurso na Taça de Portugal tem sido relativamente acessível e tem sido possível rodar a equipa. Sem mais nenhum grande em prova, segue-se o Gil Vicente nas meias-finais e sinto a obrigação de vencer a competição.

Já na Taça da Liga, perdemos o primeiro jogo da fase de grupos. Não estou muito incomodado com esta competição.

Relativamente ao plantel, estou satisfeito. Contratei o Afonso Figueiredo neste mercado de Inverno, colmatando a lacuna que já tinha apontado no início da época.

Individualmente, Milik tem sido a estrela da equipa com Gabriel Barbosa, Lincoln e João Mário a serem, também, grandes referências da equipa.

Infelizmente, temos tido algumas lesões graves. Iuri Medeiros voltou apenas agora, Allione lesionou-se quando começava a marcar a diferença e Adrien é outro jogador que tem estado de baixa.
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27892
Idade : 24
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2016] Quebrar o jejum

Mensagem por Rafa em Qua Ago 17 2016, 17:44


Segunda metade da época 2017/2018:

No mercado de Inverno, contratei apenas o Afonso Figueiredo para colmatar a lacuna que tínhamos no plantel, no que toca a laterais.


Alguns jogos abaixo daquilo que podíamos fazer, somando três derrotas mas, no geral, cumprimos bem. De destacar a vitória obtida frente ao Porto, em Alvalade, que nos deu um enorme balanço para o título.


Aqui está a classificação. O bi-campeonato estava no papo.


Na Liga dos Campeões, acabamos por ser eliminados com alguma naturalidade por um super Chelsea, que domina internamente em Inglaterra. Para o ano há mais.


Também com naturalidade, foi alcançada a nossa vitória na Taça de Portugal. Sem grandes em prova, acabamos por cumprir com as nossas obrigações apesar de termos dificultado a tarefa na final, só vencendo o jogo no prolongamento.

Na Taça da Liga, fomos eliminados na fase de grupos.

Uma boa época. Vencemos as duas provas nacionais mais importantes e conseguimos, finalmente, passar da fase de grupos da Champions.

Individualmente, Gabriel Barbosa, Milik e Lincoln foram as estrelas da equipa. Que futuro que estes meninos têm.

Já vou em 2019/2020, portanto, logo postarei a época 2018/2019, na íntegra.
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27892
Idade : 24
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2016] Quebrar o jejum

Mensagem por Dr. Eira em Qui Ago 18 2016, 13:35

Um bom percurso até agora. Na Champions só mesmo com alguma sorte no sorteio é que se consegue chegar mais longe.

avatar
Dr. Eira
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 33292
Idade : 26
Localização : Barcelos
Emprego/lazer : Otaku
Data de inscrição : 23/12/2008

http://fpwrestling.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2016] Quebrar o jejum

Mensagem por Rafa em Qui Ago 18 2016, 15:38


Mercado de Verão e primeira metade da época 2018/2019:


Três épocas depois, com um bi-campeonato feito e com as finanças estabilizadas, queria tentar colocar o Sporting entre as grandes equipas da Europa. Para tal, precisei de investir. Mas, por muito que as finanças estivessem estáveis, precisava de vender. E assim foi. Milik foi o primeiro a sair pela cláusula de rescisão. Carlos Mané, David Barbona, Ryan Gauld foram outros jogadores vendidos por enormes valores. No total, fizemos 226M em vendas.

Já pus aqui também o Rodrigo Caio, que foi vendido em Janeiro. Enganei-me no print, fica o spoiler.

Tínhamos dinheiro e, desta vez, era para gastar. Luciano Vietto chegou para substituir o avançado polaco e Paulo Oliveira voltou ao Sporting, por 50 milhões de euros, a contratação mais cara da história do clube. Allan chegou por 37 milhões. Michael Keane, Bentancur e Gustavo Bou chegaram por valores menores com Willian e Van der Wiel a chegarem a "custo zero". Este era o plantel.

GR | Rui Patrício, Predrag Rajkovic
DD | Van der Wiel, Mario
DE | Zeca, Afonso Figueiredo
DC | Paulo Oliveira, Sokratis, Michael Keane, Rodrigo Caio (ficou Tobias em Janeiro)
MD | Allan, Bruno Paulista
MC & MO | Rodrigo Bentancur, Adrien, João Mário, Willian
Ext | Lincoln, Gabriel Barbosa, Iuri Medeiros, Matheus Pereira
PL | Luciano Vietto, Gustavo Bou

Apesar do investimento, a época não começou como queríamos. Enfrentamos o Boavista para a Supertaça e fizemos uma exibição completamente banal. Acabamos por perder nas grandes penalidades.



No campeonato, a história foi outra. Entramos em grande, com uma vitória avassaladora e diria que histórica, para os tempos modernos. Foram 11 golos contra o Penafiel com Vietto a mostrar que era perfeitamente capaz de fazer esquecer Milik Seguiram-se mais algumas vitórias confortáveis até ao empate em Coimbra, que nos fez acordar um pouco para a realidade.

Voltamos às vitórias frente ao Marítimo para depois não passarmos de dois empates, sendo que um deles até foi encarado com alguma naturalidade, tendo em conta que foi na casa de um dos nossos rivais.

Até ao fim da primeira volta, ganhamos todas as partidas com enorme tranquilidade até irmos à Luz. Num jogo amorfo, o jogo não teve golos.

Ao final da primeira volta, ganhamos uma certa distância para os nossos rivais. O Benfica era 2º classificado e já estava a 10 pontos de nós.




Na Champions, cumprimos com as nossas obrigações. Entramos de uma forma fantástica com uma vitória esclarecedora frente ao Manchester United, em Alvalade.

De seguida, um empate na Turquia e uma vitória em Bilbao colocavam-nos praticamente nos oitavos.

A segunda volta não foi tão forte. Acabaríamos por perder em Old Trafford e empatar os outros dois jogos mas os 9 pontos foram mais do que suficientes para seguir em frente.

Nos oitavos-de-final, enfrentaríamos o Real Madrid.
Mais logo, o final da época 2018/2019. Sorry por estar a avançar rápido mas quero chegar à fase atual do meu save.
avatar
Rafa
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 27892
Idade : 24
Localização : Viana do Castelo
Emprego/lazer : Stunned!
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FM 2016] Quebrar o jejum

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum