FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

[ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Página 4 de 14 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 9 ... 14  Seguinte

Ir em baixo

Este booking deve:

33% 33% 
[ 1 ]
33% 33% 
[ 1 ]
0% 0% 
[ 0 ]
33% 33% 
[ 1 ]
 
Total dos votos : 3

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Moore em Qui Nov 30 2017, 23:18

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
ECW on MTV #6 - 25 de Maio de 2001

Mike Awesome: Fighting Champion


Resultados Rápidos:
1. A. Paris/AJ Styles/J. Lynn def. E. Skipper/J. Gibson/K. Hayashi
2. Devon Storm vs. Spike Dudley - no contest
3. Full Blodied Italians def. Christian York/Joey Matthews
4. ECW World Championship: Mike Awesome (c) def. Chris Candido

»» O primeiro show pós-Hardcore Heaven teve Mike Awesome, com imenso ‘fanfare’ a vir ao ringue, na qualidade de novo ECW World Champion. Awesome diz nunca ter tido dúvidas quanto à coisa certa a fazer: lutar pelo bem da ECW e representá-la. Até porque, segundo Mike Awesome, este tinha uma dívida para com os fãs da ECW depois de ter trocado a empresa de Philly pela WCW há um ano.
»» O campeão foi, contudo, interrompido. Chris Candido e Simon Diamond, acompanhados por Dawn Marie e Tammy Sytch, acusaram Awesome de ser um traidor, dizendo que a traição a Shane McMahon (com quem Awesome não se alinhou, oficialmente) foi tão ou mais grave que a traição à ECW no ano anterior. E, como foi Shane McMahon a reformar a ECW, também esta é, no fundo, uma traição à ECW.
Como tal, os Diamond Bodies defendem que o título não deveria estar à cintura de Mike Awesome.
»» Awesome aproveita para dizer que é um ‘fighting champion’… “and I’m confident just enough to prove it, tonight, man to man. No skanks allowed!” O desafio foi deixado a Chris Candido: Awesome a lutar pelo orgulho da ECW; Candido a lutar, segundo Awesome, pela família McMahon, que não o deixou brilhar quando este esteve na WWF.

1. Air Paris/AJ Styles/Jerry Lynn vs. Elix Skipper/James Gibson/Kaz Hayashi
O opener foi mais outro cheiro daquilo que a eventual divisão Cruiserweight da ECW poderá oferecer: combates rápidos, com voos constantes e vários focos de ação a toda a hora.
Jerry Lynn, contudo, mostrou-se mais competente, devido à sua experiência, do que qualquer um dos outros intervenientes e conseguiu a vitória para a sua equipa com um Cradle Piledriver em Elix Skipper. Toda a gente terá de ver Lynn como fasquia se se quiser impor na divisão.
- Resultado: Lynn derrotou Skipper – pinfall – 6:43

»» Em vídeo, Chris Kanyon fez-se ouvir. Sem C.W. Anderson e Sean O’Haire, Kanyon garantiu que a derrota para Christian York, Joey Matthews e Kid Kash no Hardcore Heaven foi só um lapso. Segundo este, muito em breve, a ECW vai entender que Kanyon, Anderson e O’Haire são mesmo o seu “Quality Insurance”.

2. Devon Storm vs. Spike Dudley
Os dois cumprimentaram-se antes do combate: dois jovens lutadores ambiciosos queriam apenas competir. Contudo, as palavras de Chris Kanyon cumpriram-se. C.W. Anderson e Sean O’Haire apareceram ao ringside e ficaram a ver por alguns segundos.
Depois, Anderson puxou Devon Storm e aplicou-lhe um Anderson Spinebuster no chão. Spike acabou ainda por sofrer mais. Tentando socorrer o seu adversário, foi abalroado por Sean O’Haire que lhe aplicou um Crucifix Powerbomb no ringue e um O’Health Insurance (F-5) contra o poste.
- Resultado: no-contest – 2:19

»» Steve Corino, também ele esteve presente num vídeo. O “King of Old-School” aplaudiu a essência dos Quality Insurance. Isto porque, mesmo com dois deles sendo ex-WCW, e de criticarem a criação de uma divisão Cruiserweight, apenas querem marcar o seu próprio impacto, sem se preocuparem com guerras interpromocionais.

3. Christian York/Joey Matthews vs. Little Guido/Tony Mamaluke [Full Blooded Italians]
Os F.B.I. não marcaram presença no Hardcore Heaven mas York e Matthews estavam confiantes depois de uma vitória. O combate foi mexido, sendo este também entre quatro cruiserweights. O final foi decidido com um Sunset Flip Pin de Little Guido em Christian York, com um puxão nas tights a ajudar.
- Resultado: Guido def. York – pinfall – 6:21

»» Depois do combate, com aplausos de ironia, vieram ao ringue os recém-coroados campeões de equipas: Justin Credible e Lance Storm. O propósito era simples: já que os Impact Players são campeões, são também necessários candidatos. Como tal, propõem um 3-way entre três equipas da ECW de forma a definir um par de contenders pelo ECW World Tag Team Championship logo na semana seguinte, um dia antes do Hard Hits #1 (8 de Junho).

ECW World Heavyweight Championship
4. Mike Awesome (c) vs. Chris Candido (w/Simon Diamond)

Dawn Marie e Tammy Sytch ficaram de fora, como Mike Awesome quis, porém, este esqueceu-se de Simon Diamond, que ficou no canto do seu companheiro.
O combate começou como um showdown de wrestling, ainda que com alguma agressividade, com ambos cautelosos, já que se tratava de um title match entre dois lutadores capazes dentro de ringue. Notou-se, ainda assim, alguma superioridade do novo campeão que tinha o apoio incondicional dos fãs.
Quando se pediram mesas na arena, Simon Diamond entrou em ação, tentando impedir Mike Awesome de fazer a vontade ao público, colocando-se à sua frente e cuspindo-lhe na cara, para Candido depois socorrer o seu hoje-manager.
O próprio desafiante tirou uma mesa e colocou-a no ringue, fazendo um manguito para os fãs. A partir daí o combate tornou-se ainda mais agressivo e Mike Awesome ganhou controlo e sinalizou o fim ao colocar a mesa no canto do ringue e tentando uma Awesome Bomb. Com um Low Blow, contudo, Diamond travou Awesome e entrou no ringue com uma cadeira.
Fossem quais fossem os seus planos, foram descartados quando The Sandman e Tommy Dreamer, de kendo sticks em punho, correram com Simon Diamond do ringue, tendo este escapado mesmo ileso. Logo depois ameaçaram o próprio Chris Candido, causando uma distração para uma grande cadeirada de Awesome, seguido da tal Awesome Bomb na mesa, para Mike reter o título em sua posse.
- Resultado: Awesome def. Candido (ainda campeão) – pinfall – 13:20

»» Depois do main event, Paul Heyman veio ao ringue com uma novidade para os fãs. Dentro de pouco tempo será, segundo Heyman, cada vez mais regular verem-se defesas de títulos em televisão. Isto porque… o primeiro Hard Hits (9 de Junho) terá um Six-Way Scramble Match [não será com as regras do Scramble da WWE] para reintroduzir o ECW Television Championship – Television’s Fame será o subtítulo do evento. Os seis participantes estão definidos: Rhyno, atual campeão, regressará à ECW para defender o seu título frente aos cinco ex-campeões do plantel: Kid Kash, Mikey Whipwreck, Rob Van Dam, Super Crazy e Yoshihiro Tajiri.

---------

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

---------

ECW Hard Hits #1: Television's Fame - 9 de Junho de 2001 - Combates anunciados:
1. ECW Television Championship - 6-Way Scramble: Rhyno (c) vs. Kid Kash vs. Mikey Whipwreck vs. Rob Van Dam vs. Super Crazy vs. Tajiri
Obrigado pelo feedback.
avatar
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6364
Idade : 20
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por .Aimar em Sex Dez 01 2017, 11:44

Pareceu-me um show sólido, ainda muito à volta do conceito das alianças que estão a ser feitas. Espero que também dês o devido espaço a lutadores a solo.

A divisão de cruiserweight tem qualidade para roubar o show e aos poucos promoveres lutadores a voos mais altos, como o AJ e o Kaz. O Jerry Lynn está à frente de todos os outros atualmente.

Awesome parece-me um bom campeão para arrancares com isto, mas espero ver o cinturão no Candido brevemente.

A ideia do Scramble match parece-me que teria feito mais sentido a longo prazo, eventualmente com um campeão cujo reinado estava por um fio - it works. Será na mesma um bom combate, que penso que utilizarás para arrancar com uma rivalidade entre o Rhyno e o RVD.
avatar
.Aimar
Japanese Legend

Masculino Número de Mensagens : 15755
Idade : 25
Localização : Vila Nova de Gaia, Porto
Emprego/lazer : Jogador profissional de Haxball
Data de inscrição : 10/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Ribeiro em Sex Dez 01 2017, 12:14

Show morno com um bom ME.É aceitável, tendo em conta a intensidade final antes da paragem.
avatar
Ribeiro
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 20687
Idade : 93
Localização : Mordor
Emprego/lazer : Hater
Data de inscrição : 27/12/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Moore em Sab Dez 02 2017, 19:29

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
ECW on MTV #7 - 1 de Junho de 2001

"No skanks allowed, says Paul Heyman!"


Resultados Rápidos:
1. #1 Contendership: Christian York/Joey Matthews def. Full Blodied Italians e Danny Doring/Roadkill
2. Chris Kanyon def. AJ Styles
3. Kid Kash/Mike Awesome/Rob Van Dam def. Mikey Whipwreck/Super Crazy/Yoshihiro Tajiri
4. Simon Diamond def. Tommy Dreamer

»» Mal a emissão começou, tocou a “Enter Sandman” e The Sandman e Tommy Dreamer vieram ao ringue. Estes dizem não descansar enquanto todo o tipo de formatação corporativa que querem impor à ECW não for abolida. E, como tal, não descansarão enquanto os Diamond Bodies não forem postos no seu lugar de vez, como aconteceu na semana passada.
»» Então, surgem Chris Candido e Simon Diamond (bem como, naturalmente, Dawn Marie e Tammy Sytch). Chris Candido, de colar cervical, culpou o duo extremista de lhe ter custado o título da ECW e Simon Diamond criticou-os por ainda quererem ter algo a dizer depois de terem saído por baixo no Hardcore Heaven.
»» Assim sendo, Dreamer e Sandman desafiaram os Diamond Bodies para uma desforra esta noite. Chris Candido recusou prontamente, dado o estado em que se encontrava. Então Tommy mudou o desafio para o Hard Hits #1 e desafiou Simon Diamond para um singles match. Este, surpreendentemente aceitou.

#1 Contendership for the ECW World Tag Team Championship
1. Christian York/Joey Matthews vs. Danny Doring/Roadkill vs. Big Vito/Little Guido [F.B.I.]

No 3-way dance criado pelos Impact Players, as duas equipas que se enfrentaram na semana passada foram presença (ainda que com troca de Mamaluke por Vito, para dar vantagem de tamanho), juntamente com os ex-campeões de Tag Team. A ação foi mexida com tags constantes entre as diferentes equipas e com ‘cheap tactics’ da part dos F.B.I.
Nos primeiros minutos, Danny Doring e Roadkill foram eliminados com um Code of Silence em Doring depois de Guido lhe aplicar um Guillotine na corda.
Voltou-se a um rematch da semana anterior e, após alguns minutos, desta vez foram York e Mathews a pagar a dívida e, depois de um Hangman’s Neckbreaker de Matthews em Vito, York derrotou Guido da mesma forma que este o tinha derrotado: com um Roll Up com ‘tight pull’.
- Resultado: York/Mathews vencem – pinfall – 7:36

»» Pouco ou nada tardou, contudo, até a festa dos novos candidatos ser estragada. Os Impact Players vieram ao ringue, pelas costas dos mais jovens e acabaram a deixar-lhes um violento aviso sob a forma de Deep Impact de Storm em York e That’s Incredible em Matthews. Na próxima semana, há title match.

»» Em vídeo, Spike Dudley mostrou-se revoltado para com os Quality Insurance e a sua maneira de marcar impacto. Corajosamente, este ofereceu-se para, também em vingança pelo ataque que sofreu, enfrentar o grupo de Chris Kanyon, ainda que, admite, em tempos, com alguma mão de Buh Buh e D-Von isso fosse mais acessível.

2. AJ Styles (w/Paris) vs. Chris Kanyon (w/Anderson/O’Haire)
Dois wrestlers competentes mas de diferentes estilos. O vencedor era previsto desde o início, e também previsto era o bullying, ou as provocações de C.W. Anderson e Sean O’Haire no ringside.
Assim foi, e, num momento em que AJ Styles até se estava a bater bem com Kanyon, este não se conteve e voou com um Fosbury Flop, atingindo O’Haire e Air Paris. C.W. Anderson saiu ileso e despachou AJ para dentro do ringue depois de um Anderson Spinebuster no chão de cimento. No ringue, Kanyon teve apenas de aplicar o Flatliner para vencer.
Depois do combate, Kanyon questionou e riu-se da vontade de Spike Dudley em fazer frente ao seu grupo. Porém, se assim é, este propôs que Spike enfrente O’Haire no Hard Hits.
- Resultado: Kanyon def. Styles – pinfall – 4:53

»» Rob Van Dam veio ao ringue com a sua típica atitude cool mas convencida, assumindo-se, respeitosamente, como favorito a levar o título de TV de novo para casa após o 6-Way Scramble no dia 9. Isto por ter a energia necessária, bem como a experiência de ter sido o mais célebre Television Champion da história da ECW.
»» Paul Heyman, contudo, lembrou RVD de que, como ele referiu, há mais cinco participantes nesse combate e quatro deles estão presentes na arena e querem fazer parte da ação, juntamente com… o campeão mundial.

3. Kid Kash/Mike Awesome/Rob Van Dam vs. Mikey Whipwreck/Super Crazy/Yoshihiro Tajiri
Num formato pouco tradicional, foram os próprios lutadores a formar equipas, sendo que Super Crazy se aliou, com um aperto de mão, ao seu ex-rival Tajiri, numa jogada de surpresa.
Provavelmente foi este o melhor combate da noite, com imenso voo e diferentes estilos rápidos a juntar-se, como o puro e a lucha. Os objetos ficaram debaixo do ringue, mas Mike Awesome, naturalmente, parecia ele próprio uma arma, superiorizando-se a qualquer um dos seus oponentes, só sendo neutralizado por triple teams.
Contudo, Super Crazy e Yoshihiro Tajiri entraram mesmo em clima de desentendimento e, depois de uma tag forçada do mexicano, este foi surpreendido por um Spinning Wheel Kick de Van Dam, que fechou o combate com o Five Star Frog Splash.
Mais convencido ainda do que antes, RVD celebrou a vitória. Os seis lutadores cumprimentaram-se no fim do combate – até Tajiri e Super Crazy.
- Resultado: RVD def. Crazy – pinfall – 8:20

»» Ainda com todos no ringue, Steve Corino atirou-se aos leões. Apareceu, subiu ao ringue e posicionou-se no centro. Sem alvo específico, este criticou novamente o rumo ECW vs. WWF da reforma da ECW, questionando se o 6-Way Scramble Match pelo World Television Championship no Hard Hits #1 não se cingirá a uma aliança de cinco homens contra um, sendo esse Rhyno, apenas para tirar de novo o título da WWF?
»» Fartos das palavras de Corino e, em sintonia com Mike Awesome, os cinco challengers saíram do ringue ao mesmo tempo para o campeão mundial da ECW virar Corino com uma Lariat e pulverizá-lo com uma Awesome Bomb.

4. Simon Diamond (w/Dawn/Tammy) vs. Tommy Dreamer
Tommy veio sozinho e Simon Diamond com Dawn Marie e Tammy Sytch. Os dois, nos minutos iniciais, trocaram ofensiva sem grande particularidade, mas não demorou muito até Tommy Dreamer, sempre de olho nas duas valets, tirar um caixote do lixo cheio de artilharia para usar.
Este usou tabuleiros e canadianas em Simon Diamond, mas mal tirou olho das ‘Sunny Dawn’ estas equiparam-se de kendo sticks e interromperam a pose de Tommy com uma “stickada” nas partes baixas e outra na cabeça de Dreamer.
Simon Diamond tomou então controlo do combate, fazendo-se valer de uma cadeira. Contudo, a certa altura, quando este tinha o fim à vista graças a mais uma interferência das duas valets e das kendo sticks, Sandman correu para o ringue, afugentando Dawn e Tammy. Atrás de si, contudo, veio Chris Candido com outra kendo stick, atingindo Sandman na nuca. Tanto este como Dawn Marie e Tammy Sytch imobilizaram Sandman com várias “stickadas”. Dreamer tentou acudir mas outra, certeira, de Chris Candido, permitiu a Simon Diamond conseguir o pin depois do Simonizer.
- Resultado: Diamond def. Dreamer – pinfall – 11:38

»» Paul Heyman surgiu junto da entrada quando os Diamond Bodies estavam perto de sair de cena. Porquê? Para os informar que apesar de a ECW ser a federação mais extrema da televisão norte-americana, este apoia os valores de justiça. “Therefore, I must apply some justice, the extreme way.”
Como tal, Paul Heyman anunciou que durante o combate entre os Diamond Bodies e The Sandman/Tommy Dreamer, no Hard Hits, “there are no skanks allowed, says Paul Heyman!”, impedindo assim as ‘Sunny Dawn’ de estar no ringside.

---------

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

---------

ECW Hard Hits #1: Television's Fame - 9 de Junho de 2001 - Combates anunciados:
1. Sean O'Haire vs. Spike Dudley
2. Dawn/Tammy Banned From Ringside: Chris Candido/Simon Diamond [Diamond Bodies] vs.
The Sandman/Tommy Dreamer
3. ECW Television Championship - 6-Way Scramble: Rhyno (c) vs. Kid Kash vs. Mikey Whipwreck vs.
Rob Van Dam vs. Super Crazy vs. Tajiri
Obrigado pelo feedback.
avatar
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6364
Idade : 20
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Ribeiro em Sab Dez 02 2017, 20:00

Melhorzito, mas com um ME que não me agradou tanto - embora o segmento de inicio do show que levou ao combate seja cool. E também não me oponho ao colocares mais uma vez o duo temporário de Sandman e Dreamer a prederem para a stable com mais heat na ECW actual. Aquilo que menos gostei no combate em si foi a forma como imobilizaram Sandman - ok Candido foi ok, mas duvido muito que Dawn e Tammy fossem grande ajuda, visto que nenhuma delas é propriamente uma Charlotte.

Curti bastante match de AJ Styles, tenho pena de não estar recordado totalmente da direcção que estavas a dar ao Kanyon. Dudley Boyz irão eventualmente ajudar Spike e irão matar a crew de Kanyon.

Boa promo de RVD, bem em relembrar o seu reinado lendário enquanto ECW World Television Champion, embora não o veja a sair daqui como campeão - e é mais algo que RVD não conquista neste regresso da ECW. Quero ver como safarás Awesome no title match - tenho receio que faças uma determinada coisa. Acredito que Taijiri e Super Crazy acabem por tornar-se numa tag team.

Corino é um homem sábio e infelizmente sofre por isso mesmo. Mas realmente, tens uma premissa muito interessante para o 6-Way Scramble.
avatar
Ribeiro
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 20687
Idade : 93
Localização : Mordor
Emprego/lazer : Hater
Data de inscrição : 27/12/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Moore em Sab Dez 02 2017, 20:28

Diabo escreveu:Aquilo que menos gostei no combate em si foi a forma como imobilizaram Sandman - ok Candido foi ok, mas duvido muito que Dawn e Tammy fossem grande ajuda, visto que nenhuma delas é propriamente uma Charlotte.

Curti bastante match de AJ Styles, tenho pena de não estar recordado totalmente da direcção que estavas a dar ao Kanyon.

Quero ver como safarás Awesome no title match - tenho receio que faças uma determinada coisa.

1º parágrafo: foi com kendo sticks, três pessoas a darem stickadas num gajo ao mesmo tempo é harsh.

2º parágrafo: Kanyon criticava a selva da ECW e criou os Quality Insurance para serem o "seguro de qualidade" de uma federação caótica por si só - contudo, meio anti-ECW também por ser ex-WCW, daí opôr-se à divisão Cruiserweight (da qual Spike e Devon podem fazer parte) que era cópia da WCW, supostamente.

3º parágrafo: Awesome não vai estar no 6-Way Scramble, nunca foi TV champ. Só se juntou a este six-man tag match para fazer o angle seguinte com o Corino.

Obrigado pelo feed, bro.
avatar
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6364
Idade : 20
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Moore em Ter Dez 05 2017, 22:23

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
ECW on MTV #8 - 8 de Junho de 2001

War Machine bombs the competition


Resultados Rápidos:
1. Little Guido/Shannon Moore/Tony Mamaluke def. Billy Kidman/Devon Storm/Nova
2. Quality Insurance def. Aerial Assault
3. Steve Corino def. Super Crazy
4. ECW World Tag Team: Impact Players (c) def. Christian York/Joey Matthews

»» Steve Corino veio ao ringue para começar a emissão. O “King of Old School” começou por criticar Mike Awesome, campeão da ECW, por se ter metido em assuntos que eram entre Corino e a “Television title picture”, atacando-o sem razão. Como tal, diz Corino, Awesome deveria ser punido por isso e sugere a Paul Heyman: “maybe a title match: Mike Awesome vs. Steve Corino, and then, maybe ECW would have a worthy two-time champion.”
Paul Heyman lá surgiu ao ringue, mas com uma má notícia, em tom sarcástico: “you know, Steve. I’m afraid to disappoint you but, you know, Mike Awesome isn’t here tonight due to some personal reasons… but I’m sure he’ll get to you when he can. Just… don’t make him too mad, okay?” Para hoje, contudo, Heyman diz que encontrou backstage alguém que, apesar de estar amanhã no main event, gostaria de enfrentar Corino hoje: Super Crazy. Corino ainda questionou a falta de profissionalismo para consigo, mas Heyman virou-lhe costas.

1. Billy Kidman/Devon Storm/Nova vs. Little Guido/Shannon Moore/Tony Mamaluke (w/Vito)
Outro combate de preview da divisão Cruiserweight da ECW. Os F.B.I. demoraram a confiar em Shannon Moore, mas quando este mostrou estar com eles no combate, estes deram o benefício da dúvida, a conselho de Big Vito.
O papel deste foi mesmo vital para o resultado, neutralizando Kidman e Nova com um Corkscrew Body Press que também apanhou Mamaluke, deixando Guido e Storm sozinhos. Guido venceu com o Arrivederci.
- Guido def. Devon – pinfall – 5:55

»» As celebrações foram cortadas porque a câmara teve de ir para os bastidores. Rhyno, o ECW World Television Champion e WWF Hardcore Champion estava na arena envolvido numa brawl num corredor com Kid Kash.
Kid Kash acabou dominado pela besta e foi vítima de um Gore que derrubou a porta de um balneário – o de Mikey Whipwreck e Yoshihiro Tajiri. Whipwreck, sem hipótese foi também vítima de um Gore, batendo com a cabeça num armário. Tajiri tentou surpreender Rhyno com alguns pontapés, mas acabou a sofrer um Spinebuster contra a parede. Sem nada que se fizesse prever, Rhyno enfraqueceu três quintos da sua competição para o Hard Hits #1.

2. Air Paris/AJ Styles [Aerial Assault] vs. C.W. Anderson/Sean O’Haire [Quality Insurance] (w/Kanyon)
AJ Styles continuou a mostrar-se o membro mais forte da sua equipa contra os lacaios de Chris Kanyon. Contudo, isso não foi suficiente, num combate que opôs força a velocidade e voo. Styles acabou neutralizado por um Anderson Spinebuster no apron depois de Kanyon lhe puxar a perna num Springboard. Paris sucumbiu no ringue com um O’Health Insurance.
- O’Haire def. Paris – pinfall – 5:04

»» Depois do combate, Spike Dudley sentiu-se corajoso e veio ao ringue tentar atacar os Quality Insurance. Com o apoio do público e com algumas strikes este parece ter atordoado Sean O’Haire. Kanyon não se envolveu, mas C.W. Anderson deu-lhe uma Lariat de borla. Seguiu-se o O’Health Insurance para fora do ringue, fazendo Spike cair de boca no chão. Kanyon gostou do que viu e avisou que, caso Spike tenha coragem para aparecer amanhã, se repetirá o mesmo.

3. Steve Corino vs. Super Crazy
Um bom combate. Super Crazy mostrou uma garra desmedida contra os truques old-school e as heelish ways de Steve Corino, fazendo-se notar em alguns comebacks apoiados pelo público que faziam sempre Corino sair do ringue. Isso não foi problema e o mexicano louco saltou várias vezes por entre e por cima das cordas, embatendo até nas barreiras de ferro por duas ocasiões.
O público gritou “We want tables!” e, destemido, Super Crazy fez o favor, montando uma mesa no exterior e colocando lá Steve Corino. Não por muito tempo, pois Corino voltou ao ringue e, a partir daí dominou com o seu wrestling caraterístico.
No final, uma réstia de esperança e outro comeback de Super Crazy, que com um Springboard Crossbody voou diretamente… para a bota de Corino que finalizou então com um Old School Kick no meio do ar.
- Corino def. Crazy – pinfall – 7:48

»» Steve Corino no ringue e Super Crazy a voltar para o backstage ajudado por um oficial. Mal este chegou perto da cortina, contudo, foi surpreendido e voou novamente… com um Gore de Rhyno.
Logo a seguir, Rob Van Dam também saiu detrás da cortina e atacou Rhyno para repor alguma ordem. Corino, esse já tinha “dado de frosques”. RVD dominou por uns instantes e colocou Rhyno em cima da mesa montada por Super Crazy. Subiu ao apron e preparava-se para um Springboard Leg Drop, talvez. Contudo, Rhyno levantou-se e deitou a intenção do “Whole F’N Show” por terra com um Low Blow. Seguiu-se um Rhyno Driver do apron para cima da mesa. Rob Van Dam teve de ser ajudado. Rhyno, na noite antes da sua defesa, “eliminou” toda a sua competição.

ECW World Tag Team Championships – 1ª defesa
4. Justin Credible/Lance Storm [Impact Players] (w/Francine) (c) vs. Christian York/Joey Matthews (w/Gertner)

Já há algum tempo que Joel Gertner não acompanhava York e Matthews. Porém, com Francine do lado dos Impact Players e, sendo este um title match, este acompanhou-os para estabelecer igualdade.
O combate surpreendeu, com a flashiness dos mais novos (24 e 21 anos) a apanhar muitas vezes Justin Credible e Lance Storm desprevenidos, sendo que Francine lhes deu várias vezes conselhos. Para os amantes de bom wrestling técnico, fica deste combate a memória das sequências entre Lance Storm e Joey Matthews.
As distrações de Francine, contudo, foram várias e perto do fim, Joel Gertner repôs o favor ao puxar o pé de Storm para York aplicar um Frog Splash. Credible quebrou o pin mas foi atirado para fora do ringue por Matthews.
Os candidatos aí foram ao lado de Francine seduzi-la como esta antes tentou fazer também, ainda que em tom de gozo. Justin Credible surpreendeu-os, atingindo Matthews com um kendo stick. Lance Storm, recuperado, atirou York para o ringue e finalizou-o com um Deep Impact.
Depois do combate, os Impact Players, convincentemente, explicaram que o domínio que aqui foi visto é prova de que são a melhor equipa do mundo: “there’s no better duo in WWF, no better duo in Japan, and there sure as hell ain’t a duo as good as the Impact Players in ECW!”
- Storm def. York – pinfall – 11:27 – ainda campeões

»» Em vídeo, Dawn Marie e Tammy Sytch foram as protagonistas, revoltadas por serem impedidas de estar no ringside durante o combate entre os Diamond Bodies e The Sandman/Tommy Dreamer, bem como pela falta de respeito mostrada por Paul Heyman, ao chamar-lhes “skanks”.
Chris Candido e Simon Diamond, também revoltados, ameaçaram: “let’s make it clear: we REALLY don’t want any ‘skank’ in the ringside during our match, and we’ll take matters into our own hands if that happens.” Presume-se que estivessem a falar de Beulah McGillicutty ou de Lori Fullington. Ambas não aparecem, contudo, na ECW, há algum tempo.

»» A fechar o ECW on MTV, os rivais também apareceram em vídeo. E quase que este pareceu resposta ao vídeo anterior. Isto porque Tommy Dreamer e The Sandman têm alguma dúvida de que as “Sunny Dawn”, ou seja quem for, não irão ajudar os Diamond Bodies no combate de amanhã. Como tal, junto a eles, irá estar, segundo Tommy: “the hardest hit in the history of ECW”.
Eis que Beulah McGillicutty aparece no ecrã e prometeu: “I! Will be there.”

---------

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

---------

ECW Hard Hits #1: Television's Fame - 9 de Junho de 2001 - Combates anunciados:
1. Sean O'Haire vs. Spike Dudley
2. Dawn/Tammy Banned From Ringside: Chris Candido/Simon Diamond [Diamond Bodies] vs.
The Sandman/Tommy Dreamer
3. ECW Television Championship - 6-Way Scramble: Rhyno (c) vs. Kid Kash vs. Mikey Whipwreck vs.
Rob Van Dam vs. Super Crazy vs. Tajiri

+ ECW World Champion Mike Awesome's appearence
+ 2 Cruiserweight 6-Man Showcase Matches
Obrigado pelo feedback.
avatar
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6364
Idade : 20
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Ribeiro em Ter Dez 05 2017, 22:44

Ia a meio e já sabia que era o teu melhor show desde que regressaste com este booking. Não há muito a dizer dos combates, mas aceita-se. Nenhum foi mau, bem escritos - e o tag match entre os Impact Players e York/Joey foi o MOTN. Mas foda-se, promos e segmentos foram muito cool - especialmente a desenvolver storys, só tenho queixas em relação à promo dos Diamond Bodies parece tentativa de picar um pouco à toa - primeiro porque nem sequer tem estado presentes, depois pq Sandman e Lori estavam divorciados (acho) e estes segmentos vão contrariar estipulação - mas pronto, aceita-se porque regressa a Beulah <3.

Tou a sentir story de Corino, enquanto heel chato e que está a tentar expor um lado um pouco podre dos babyfaces. Sinto que isso irá explodir para algo cool, mas parece-me que antes disso Steve Corino irá jobbar para Mike Awesome que é aparenta ser bookado como fighting champion que não se importa de enfrentar qualquer um que ouse desafia-lo.

E foda-se, segmentos de Rhyno a partir a competição toda foram sem dúvida bastante poderoso. Muito bem, [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], curti bastante não imaginaria angles destes mas excelente seguimento a decisão de Heyman e com melhores consequências. E muito fácil de imaginar.

Gostei muito.
avatar
Ribeiro
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 20687
Idade : 93
Localização : Mordor
Emprego/lazer : Hater
Data de inscrição : 27/12/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Ribeiro em Ter Dez 05 2017, 22:56

P.S: Pá, reparei que tens dois campeões muito semelhantes, cuidado com essa merd* - embora o facto de um ser babyface e outro heel diferencia as coisas e as storys, mas cuidado com isso. Claro que é o ideal caso caminho seja bookar Rhyno vs. Awesome - champ vs. champ, mas isso mataria um dos champs, mas seria cool caso booking terminasse aí ( mas ao mesmo tempo seria triste pq tá a começar a rockar).

Não estou a dizer que está algo de errado, até poderá nunca acontecer, simplesmente decidi avisar-te.
avatar
Ribeiro
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 20687
Idade : 93
Localização : Mordor
Emprego/lazer : Hater
Data de inscrição : 27/12/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Moore em Sex Dez 08 2017, 23:37

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
ECW Hard Hits #1 - 9 de Junho de 2001

Parte 1 de 2


Resultados Rápidos:
1. ECW World Heavyweight: Mike Awesome (c) def. Steve Corino
2. James Gibson/Kaz Hayashi/Shannon Moore def. Air Paris/AJ Styles/Devon Moore
3. Billy Kidman/Jerry Lynn/Nova def. Elix Skipper/Little Guido/Tony Mamaluke
4. Sean O'Haire def. Spike Dudley

»» Joey Styles deu as boas vindas aos fãs para as próximas duas horas “e picos” e logo de seguida… Mike Awesome! O campeão da ECW veio ao ringue em ring gear e com um objetivo.
Awesome disse que ontem não estava disponível, mas em casa viu o ECW on MTV e as queixas de Steve Corino sobre a Awesome Bomb de dia 1.
Contudo, Awesome não entende as queixas, uma vez que, afinal de contas, o que Corino defende é que se cause impacto por si só, que foi o que Awesome fez ao atacá-lo. Ainda assim, este diz ser um “fighting champion” e considerou a sugestão de uma title match como castigo. Como tal, o próprio campeão desafiou Steve Corino a vir ao ringue agora mesmo para ter o seu title match.
Assim foi, ainda que de calças de ganga e t-shirt, por não estar a contar com isso. Corino aceitou.

ECW World Heavyweight Championship – 2nd Defense
1. Mike Awesome (c) vs. Steve Corino

Verdade seja mesmo dita: Mike Awesome esteve mais preparado para o combate do que Steve Corino. Ainda assim, a oportunidade dada pelo campeão foi aliciante demais para recusar. Esta falta de preparação, contudo, levou a que o combate não tenha tido todo o seu potencial e a que Corino tenha recorrido ainda mais que o normal a truques mais sujos.
Ao princípio estas manobras punham a vantagem do lado do desafiante, mas a partir do meio a estratégia era apenas gasolina para a chama de Awesome. Corino, frustrado, foi uma vez para o ringside e viu-se atingido com um Suicide Dive, sempre portentoso. No ringue, Awesome montou uma mesa e preparou uma Awesome Bomb. Resiliente, Corino evitou o golpe e os planos de Awesome mudaram. Já com Corino deitado abaixo, Awesome levantou-o para um Superplex. Inteligente e dirty, Corino desferiu um Low Blow.
Então virou-se o jogo com este a tentar um Belly to Back de cima do canto. E de facto… aconteceu. Porém, no ar, Awesome reverteu o impacto, caindo em cima do seu challenger e da mesa ao estilo Crossbody num momento bonito de se ver. Não satisfeito, o campeão da ECW subiu ao canto: Awesome Splash! 1…2…3!
- Awesome def. Corino – ainda campeão – pinfall – 9:26

»» Depois do combate, Paul Heyman veio ao ringue congratular Mike Awesome pela sua vitória e elogiar a coragem do mesmo em defender o seu título sem estar planeado: “this! This is what we value the most here in ECW! Andy you know it, Mike! We value heart! And we sure as hell value some guts too!”
E é com isso em mente que Paul Heyman anunciou que o próximo Hard Hits, a 14 de Julho, será temático, com uma estipulação típica da ECW a regressar, baseada em risco e em desafio: “Ultimate Jeopardy will be back!” Nos combates a envolver essa estipulação, recorda-se, o lutador a sofrer o pin terá um castigo que o mesmo apostará. Caso contrário, quem vencer terá uma recompensa. “And this ain’t even the only announcement I have for the night!”

2. Air Paris/AJ Styles/Devon Storm vs. James Gibson/Kaz Hayashi/Shannon Moore
O primeiro showcase Cruiserweight da noite opôs duas equipas inteiramente ex-WCW. Ainda assim, as mesmas têm sido bem recebidas pelo público, principalmente os babyfaces, sendo que James Gibson e Kaz Hayashi gostam de picar os fãs da ECW, e isso notou-se.
No combate com mais voo dos dois showcases, da parte dos Aerial Assault e de Shannon Moore, sobretudo, foi mesmo Gibson a sair com um sorriso depois de uma sequência com Styles e de um Jumping Reverse Piledriver. Air Paris e Devon Moore, que tinham voado para o outside não chegaram a tempo de travar o pin.
- Gibson def. Styles – pinfall – 6:18

3. Billy Kidman/Jerry Lynn/Nova vs. Elix Skipper/Little Guido/Tony Mamaluke (w/Vito)
O punk, Shannon Moore, conseguiu estranhamente trabalhar com os F.B.I. no dia antes. Por sua vez, Elix Skipper não conseguiu e recusou-se a aceitar ordens do grupo.
O combate, mais preso ao chão, com exceção do trabalho altamente focado em voo de Kidman, terminou, precisamente quando Elix Skipper discutia com Big Vito no exterior, distraindo Guido e Mamaluke. Pensando rapidamente, Billy Kidman voou para cima de Skipper e Vito. Já Jerry Lynn pôs Mamaluke fora de jogo com o Cradle Piledriver. Nova finalizou Guido com um arrepiante Kryptonite Krunch.
- Nova def. Guido – pinfall – 5:43

»» E lá chegou o outro anúncio de Paul Heyman. Este pediu aos seis homens que ficassem no ringue, servindo este pedido para acalmar as desavenças entre Elix Skipper e os Full Blodied Italians. Seguidamente, Heyman anunciou que o torneio para coroar o primeiro ECW Cruiserweight Champion começará na sexta-feira.
O torneio terá 15 ou 16 lutadores: os 12 dos dois Showcase Matches deste Hard Hits e os Cruiserweights presentes hoje no main event que não ganhem o ECW World Television Championship.
Paul Heyman foi interrompido, ainda assim, por… Chris Kanyon. O líder dos Quality Insurance veio confrontar Heyman e disse até que já o devia ter feito há muito tempo acerca deste assunto. Kanyon já abriu fogo à divisão Cruiserweight, mas agora opôs-se também à revival do ECW World Television Championship: “What’s your idea, Heyman? Reviving a belt only to have it pass around the whole locker room on a weekly basis?” Contudo, disse Kanyon, não será isso que vai acontecer, até porque ele próprio fará por tornar o título no mais prestigiado da ECW. Então, Kanyon sugere ao vencedor do main event ser o seu primeiro challenger, na próxima sexta-feira.

4. Sean O’Haire (w/Kanyon/Anderson) vs. Spike Dudley
Spike tinha tudo contra ele: como se o tamanho não fosse suficiente, ainda existia o jogo dos números a ter em conta.
Nos primeiros momentos Spike, com uma cadeira na mão, mostrou muito coração e determinação. Porém, uma Forearm de C.W. Anderson mudou o rumo das coisas. Spike Dudley virou-se a Anderson, mas acabou dominado no ringside por Sean O’Haire que lhe aplicou um Crucifix Powerbomb para o público. Um novo “crowdsurfing moment” parecia prestes a acontecer, mas O’Haire e Anderson, com algum mau feitio e contestação por parte dos fãs, não deixaram.
Ao invés disso, O’Haire levou Spike de volta para o ringside onde lhe aplicou o O’Health Insurance. No ringue: 1…2…3. Sem espaço para surpresas.
- O’Haire def. Spike – pinfall – 5:31

---------

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

---------

ECW Hard Hits #1: Television's Fame - 9 de Junho de 2001 - Cartaz:
Já decorrido
1. ECW World Heavyweight: Mike Awesome (c) def. Steve Corino
2. James Gibson/Kaz Hayashi/Shannon Moore def. Air Paris/AJ Styles/Devon Moore
3. Billy Kidman/Jerry Lynn/Nova def. Elix Skipper/Little Guido/Tony Mamaluke
4. Sean O'Haire def. Spike Dudley

Por decorrer
5. Dawn/Tammy Banned From Ringside: Chris Candido/Simon Diamond [Diamond Bodies] vs.
The Sandman/Tommy Dreamer
6. ECW Television Championship - 6-Way Scramble: Rhyno (c) vs. Kid Kash vs. Mikey Whipwreck vs.
Rob Van Dam vs. Super Crazy vs. Tajiri
Obrigado pelo feedback.
avatar
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6364
Idade : 20
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 14 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 9 ... 14  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum