FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

[ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Página 8 de 14 Anterior  1 ... 5 ... 7, 8, 9 ... 14  Seguinte

Ir em baixo

Este booking deve:

33% 33% 
[ 1 ]
33% 33% 
[ 1 ]
0% 0% 
[ 0 ]
33% 33% 
[ 1 ]
 
Total dos votos : 3

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Moore em Sab Jan 13 2018, 17:51

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
ECW on MTV #15 - 27 de Julho de 2001 - Syracuse, NY

“I’m going to cane the cause of my misery”


Resultados Rápidos:
1. Air Paris/Kaz Hayashi/Kid Kash/Super Crazy def. James Gibson/Little Guido/Shannon Moore/Tony Mamaluke
2. ECW World Television Championship: Christopher Daniels (c) def. Trent Acid
3. Billy Kidman def. Rob Van Dam
4. Diamond Bodies def. Bad Street Boyz

»» Ao contrário do que é normal, não foi Joey Styles a abrir a emissão de go-home antes do Heat Wave. Isto porque no backstage, Spike Dudley estava a ser vítima de um ataque por parte de… dos Quality Insurance.
Sendo totalmente dominado, Spike sofreu um Spinebuster de C.W. Anderson contra a parede, seguindo-se um Flatliner de Chris Kanyon numa mesa. Entre os dois finishers, Nova tentou socorrer Spike Dudley, mas acabou por ser levantado por Sean O’Haire e atingido com um O’Health Insurance no chão.
Kanyon depois lançou o desafio a Spike: “At Heat Wave, it is you and the three of us. You can come alone, or you can bring whoever you damn want!”

1. Air Paris/Kaz Hayashi/Kid Kash/Super Crazy vs. James Gibson/Little Guido/Shannon Moore/Tony Mamaluke (w/Vito)
Um showcase de oito cruiserweights (quatro dos quais no title match de amanhã) teve lugar no opener. A equipa dos babyfaces acabou por funcionar sem problemas, a passo que os heels tiveram disfunções causadas por James Gibson, que se recusou em trabalhar com Shannon Moore.
Inclusivamente, no final do combate rápido, Gibson custou mesmo o combate à sua equipa, chamando punk a Moore quando este tentou fazer o tag-in e abandonando-o à mercê do Money Maker de Kid Kash.
- Kash def. Moore – pinfall – 6:26

»» Depois da contenda, os três membros do Full Blodied Italians desinteressaram-se e abandonaram o local enquanto Kaz Hayashi e James Gibson guerrearam entre si no ringside. Então, Shannon Moore levantou-se, dorido, mas ainda assim saltou com um Springboard Crossbody para cima do japonês e do redneck que lhe custou o combate.
Também Air Paris se quis mostrar com uma Sommersault Plancha assim que os três se levantaram. Por fim, Kid Kash e Super Crazy aproveitaram a embalagem e voaram simultaneamente com um par de Asai Moonsaults. Ficou indicado que no Heat Wave, a disputa seria novamente entre os dois.

»» No backstage, os Diamond Bodies fizeram-se acompanhar das suas valets. Então, gabaram-se do ataque aos Impact Players no final do último episódio. Em seguida, claro, Simon Diamond abordou o tema “Johnny Swinger”: “It was me who didn’t give a fuck about Johnny and traded him for a superior partner in Chris Candido!” Diamond fez ainda questão de lançar outra farpa a Credible e a Storm: “by the way, didn’t Dawn Marie used to be your valet? Now she’s the ‘Queen of Diamonds’”.

ECW World Television Championship – 4th Defense
2. Christopher Daniels (w/Punk/Minister) vs. Trent Acid

Outro challenger para Christopher Daniels vindo da CZW. Trent Acid fez questão de garantir durante o combate que tinha um estilo de vida pouco straight edge e C.M. Punk confrontou-o quanto a isso, cuspindo-lhe na cara quando Daniels o tinha controlado.
Em termos de wrestling, a contenda foi boa, com Acid a mostrar-se como um lutador tecnicamente acima da média. Ainda assim, Daniels serviu-se novamente do prego de Punk e acabou com o Angel’s Wings.
- Daniels def. Acid – pinfall – ainda campeão – 6:45

»» Depois do combate, Christopher Daniels falou acerca dos pecados de Trent Acid, referindo-se ao consumo de drogas do mesmo como algo inaceitável. Trent, meio atordoado, teve ainda a coragem de responder: “yeah, I’m such a bad influence, even my name is Acid, for fuck’s sake!”, a passo que C.M. Punk se sentiu ultrajado, atingindo-o com o prego uma vez mais.
Sinister Minister deu ordem ao sacrifício de Trent Acid. Contudo, uma vez mais, Mikey Whipwreck e Yoshihiro Tajiri apareceram, causando a distração necessária para que o sacrifício fosse cancelado e C.M. Punk atingido por uma Arched Big Boot por parte de Trent, que se juntou a Mikey e Tajiri.
Então, Sinister Minister garantiu: “Mikey, Yoshi… you won’t ruin a praising of the Archangel once again… tomorrow at Heat Wave the Archangel wants you two. However, without any sacrifice. Think about it… it is too tempting for you not to enter the ring with the Angels!” Mikey e Tajiri acenaram com as cabeças.

»» Tal como na semana passada, Rob Van Dam, no backstage, desafiou qualquer membro do roster da ECW para um combate já em seguida, no ringue. “Rob Van Dam is leaving, man. This is Mr. Pay Per View’s last match by now on ECW television. Who would want to miss that?”

3. Billy Kidman vs. Rob Van Dam
Como seria de esperar, tivémos um combate tão mexido como o da semana passada, em que RVD enfrentou AJ Styles, um dos maiores prodígios do wrestling mundial. Desta vez, Kidman apresentou-se como uma estrela estabelecida mas que, ainda assim, tentava brilhar na ECW após três meses esquecíveis.
A questão é: que melhor maneira de o fazer do que derrotando Rob Van Dam? De qualquer forma, o público estava claramente do lado do “Whole F’N Show” e quando este controlou Kidman, indo para o Five Star Frog Splash, um coro de assobios foi criado assim que Kidman se desviou. Seguiu-se a BK Bomb e um Shooting Star Press e, surpreendentemente, RVD foi derrotado no seu penúltimo combate.
O público só acalmou quando Kidman tomou a iniciativa de cumprimentar RVD e fazer-lhe uma vénia.
- Kidman def. RVD – pinfall – 8:49

»» Mikey Whipwreck estava com Trent Acid a cuidar da ferida causada pelo prego na cabeça do mesmo. Acid agradece até que Whipwreck diz ir ver de Tajiri. Yoshihiro Tajiri estava na casa de banho, sozinho. Contudo, Mikey ouve Tajiri a falar para o espelho, em japonês. Este abre a porta e questiona: “Tajiri, man, Trent gave you some acids already, didn’t he?”
Tajiri responde: “The archangel! On the mirror! Something about… not resisting desire!” Mikey e Tajiri foram de novo para junto de Trent Acid, mas com Mikey particularmente confuso com o que aconteceu.

»» Em vídeo, tanto Masato Tanaka como o campeão da ECW, Mike Awesome, tiveram a oportunidade de falar do combate de ambos no Heat Wave.
Masato Tanaka foi o primeiro, garantindo que lhe parece que a competitividade entre os dois nunca se encerrará e, no Heat Wave, se escreverá apenas mais um capítulo.
Mike Awesome relembra o combate dos dois no Heat Wave 1998 (provavelmente o melhor da saga) e prevê “a hell of a fight, once again. We’ll kill each other once again over this belt! It’s just how much the ECW World Championship means!”

4. Chris Candido/Simon Diamond [Diamond Bodies] (w/Dawn/Tammy) vs. Christian York/Joey Matthews [Bad Street Boyz] (w/Gertner)
O main event opôs os candidatos principais aos títulos de equipas e os primeiros candidatos. Uma vez mais, York e Matthews tiveram guts e mostraram vontade de vencer, partindo agressivos e querendo marcar a sua presença. Quer como wrestlers, quer como “playboys”, tendo tentado por uma ocasião fazerem-se a Dawn Marie e a Tammy Sytch.
Foi má ideia e, depois de dominados os seus oponentes, Candido e Diamond socorreram-se das suas cadeiras personalizadas para despacharem Joey Matthews com um Con-Chair-To. Em seguida, um Body Play Powerbomb em Christian York acabou com o combate.
- Candido def. York – pinfall – 7:22

»» Contudo, nem para a celebração deu. Francine, com uma cana, e Johnny Swinger colocaram-se à frente das Sunny Dawn. Já Justin Credible e Lance Storm apareceram por trás dos Diamond Bodies. Credible atingiu Diamond com a sua própria singapore cane e Storm atacou Candido, imobilizando-o com o Calgary Crab, ajudado por outra cana.
Credible então gritou: “Here, if you to bite, you get bitten back, motherfuckers!” recebendo uma grande ovação do público. Porém, quando Storm pediu a Johnny Swinger para atacar os Diamond Bodies, este recusou por Simon Diamond ser o seu antigo parceiro. Francine, irritada, deu uma chapada em Swinger e este saiu de cena, com os Impact Players chateados com a sua ação.

»» O segmento final, contudo, veio da casa de The Sandman. Este, sentado no sofá e a beber uma cerveja, com várias latas já vazias em cima da mesa, falou para Tommy Dreamer.
Sandman garantiu que o seu ex-melhor amigo não entendeu totalmente a sua intenção no Singapore Caning Match. “It’s not only you who I want to hit, Tommy. Oh no! We lost our match because of your love… for Beulah.” Como tal, ficou subentendido que também Beulah McGillicutty está na mira de Sandman. “I swear, Tommy. Tomorrow I’m going to cane the cause of my misery… both of them. And I will assure that you don’t take away the only thing I have left!”

---------

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

---------

ECW Heat Wave - 28 de Julho de 2001 - Combates anunciados:
1. ECW Cruiserweight Championship - 4-Way Dance: Kid Kash (c) vs. James Gibson vs. Kaz Hayashi vs. Super Crazy
2. Christopher Daniels/C.M. Punk [Unholy Angels] vs. Mikey Whipwreck/Yoshihiro Tajiri
3. ECW World Tag Team Championships: Justin Credible/Lance Storm [Impact Players] (c) vs. Chris Candido/Simon Diamond [Diamond Bodies]
4. RVD's Last ECW Match: Rob Van Dam vs. ???
5. Chris Kanyon/C.W. Anderson/Sean O'Haire [Quality Insurance] vs. Spike Dudley
6. ECW World Heavyweight Championship: Mike Awesome (c) vs. Masato Tanaka
7. Dreamer's Caning vs. Sandman's Career Match: The Sandman vs. Tommy Dreamer

Obrigado pelo feedback.
avatar
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6364
Idade : 20
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Diabo em Sab Jan 13 2018, 22:35

E-C-DUB!

Abertura do show é boa. Quality Insurance a vingarem-se de Spike Dudley foi cool. Pá, acho que eventualmente Dudleys irão socorrer a determinada altura Spike - apesar de não ver esse como o desfecho definitivo da feud. Seria boa altura no Heat Wave - mas vamos ser sinceros, já tivemos doce grande com Raven do main roster a descer à ECW - e Heat Wave está tão pesado, que não há necessidade. Um 3 vs. 1 também é minimamente interessante.

Match dos Cruiserweight foi decente. Mas wtv foi esse segmento após o match. Pá, é girinho imaginar aquilo tudo mas acho bizarro fechares match de Cruiserweight no Heat Wave dessa forma.

Curto cena de Daniels terminar agora match com prego - mas não percebo porque abandonaste cena da bengala. Sabia que Trent Acid seria escolhido para ter um match com Daniels.
Segmento seguinte: ri com falta de noção de Acid perante o perigo, contente e à espera desse tag match - com Taijiri claramente paranóico. Outro segmento também cool - fiquei com a ideia que há risco de Taijiri trair Mikey.

Fuck Billy Kidman.Curioso para o último oponente de RVD. Prevejo Jerry Lynn - mas não me importava nada que fosse uma surpresa.

SIGA PARA TANAKA VS. AWESOME!


Ok, nunca pensei que Impact Players vs. Diamond Bodies estivesse a funcionar tão bem. E parte disso, deve-se ao facto da dinâmica que Swinger tem com ambas as tags. Veremos se Swinger não consegue apenas atacar Simon ou se é algo mais.

Feud Dreamer vs. Sandman tá pesada - e não esperava que ficasse ainda mais - mas faz todo o sentido, fizeste bem em revelar isto mesmo apenas a fechar a cena. Ambiente da cena - com Sandman completamente perdido no álcool, com risco de saber que pode perder tudo o que lhe importa depois de ter desperdiçado tudo também cool. Muito bom. Até vou apostar num vitória do Sandman.
avatar
Diabo
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 20676
Idade : 93
Localização : Mordor
Emprego/lazer : Hater
Data de inscrição : 27/12/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Taichi em Dom Jan 14 2018, 00:28

Bom show. O Heat Wave promete bastante.

Concordo com o Ribeiro, a cena do Sandman perdido no álcool antes do combate que valerá sua carreira é bem cool. Beulah é o (um dos) centro das atenções agora, provavelmente ela fará algo de importante.

Billy Kidman é...ok, I guess. RVD x Sabu poderia ser uma opção para a última match dele.

Não acho que o Tanaka tenha alguma chance de ganhar, sério. Sei que ele tem um hype e tal, mas é tipo o Elgin ganhar o título do Naito no meu booking agora (se me permite esta propaganda ksajjsa). Gostaria de uma defesa com sucesso do Awesome e, talvez, uma three way com Sandman e Dreamer em um dos próximos grandes shows poderia ser uma bela jogada.

Hayashi próximo Cruiserweight Champion. 
avatar
Taichi
ROH Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 1627
Idade : 18
Localização : Brasil
Emprego/lazer : NJPW fag
Data de inscrição : 24/01/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Moore em Seg Jan 15 2018, 15:11

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
ECW Heat Wave - 28 de Julho de 2001 - Cleveland, OH

Parte 1 de 4


Resultados Rápidos:
1. ECW Cruiserweight Championship: Super Crazy def.
Kid Kash (c), James Gibson e Kaz Hayashi
2. Unholy Angels def. Mikey Whipwreck/Yoshihiro Tajiri

ECW Cruiserweight Championship – 1st Defense – 4-Way Dance Rules
1. Kid Kash ©️ vs. James Gibson vs. Kaz Hayashi vs. Super Crazy

Mal o pay-per-view teve início e Paul Heyman deu as boas vindas, mal começou a ação a um ritmo frenético, com os quatro cruiserweights a dividirem-se logo de início. Kid Kash e Super Crazy ficaram com o ringue por sua conta enquanto trocavam algumas manobras de alto impacto.
O ringside ficou entregue a James Gibson e Kaz Hayashi, que protagonizaram um estilo mais violento e agressivo, mas com a técnica como toque principal. Entre cadeiradas e kicks, Gibson atirou Hayashi para o outro lado da barreira de ferro, para junto do público. O redneck tentou um Suplex, mas Kaz escapou-se, atingiu-o com um high kick e tentou um Springboard (na barreira). Acabou a ir de cara ao ferro quando Gibson o empurrou. Em seguida, a primeira eliminação consumou-se de forma vil: com um Reverse DDT na barreira, causando um impacto doentio em Kaz, que não conseguiu continuar em combate.
- Hayashi eliminado – KO – 3:31
Então o combate continuou, com James Gibson a gabar-se da eliminação do seu ex-parceiro, algo que não caiu bem na consideração de Kid Kash e Super Crazy, principalmente pela natureza da mesma. De certa forma, ao início do agora 3-Way, os dois uniram-se e colocaram James Gibson temporariamente de fora, com um Asai Moonsault de Super Crazy em cima de uma mesa.
Então, o mexicano e Kid Kash, dentro do ringue, bateram-se em voo novamente por uns minutos até James Gibson interromper com a tentativa de uma manobra de cima do canto por parte de Super Crazy, empurrando-o para fora do ringue com este a cair de forma aparatosa.
Após alguns strikes de parte a parte, Gibson levou a melhor do campeão, surpreendendo-o ele próprio com um Superplex depois de lhe atirar uma cadeira, que ambos usaram, quando este estava em cima do canto. Eis que Super Crazy chegou e tratou de fazer Gibson pagar pelo empurrão descuidado, deixando-o estendido do canto depois de um Dropkick com uma cadeira.
Em seguida, um Corkscrew Moonsault apanhou Kid Kash, que tinha acabado de se levantar e, depois, Crazy com um Sunset Flip Pin… [flash pin, à semelhança do que deu a vitória a Kid Kash há duas semanas] eliminou o campeão.
- Kash eliminado – pinfall – 8:30
O choque e a desilusão de Kid Kash era visível, mas este cumprimentou Super Crazy antes de ir embora. Mal o ex-campeão saiu de ringue, James Gibson partiu com tudo para cima do mexicano. Contudo, não foi tarefa fácil dominá-lo, já que Super Crazy se servia das duas cadeiras que estavam no ringue ‘lucha libre style’.
O ponto de viragem foi, somente, quando Gibson, ajoelhado numa cadeira, se desviou de um Moonsault. Aí, pareceu claro que o americano iria ganhar o título, principalmente quando acabou de destruir a cadeira com um German Suplex depois de atingir deliberadamente o árbitro com um Running Dropkick surpresa. Porém…
Kaz Hayashi, dorido na nuca, correu para o ringue e trocou socos e kicks com o seu rival, terminando a superiorizar-se com um Dragon Suplex em cima de uma cadeira. O público ficou eufórico e Super Crazy aproveitou com a sua Trifecta. A tempo, o oficial recuperou. 1…2…3! O novo campeão Cruiserweight fala espanhol.
- Crazy def. Gibson – pinfall – 13:48

2. Christopher Daniels/C.M. Punk [Unholy Angels] (w/Minister) vs. Mikey Whipwreck/Yoshihiro Tajiri
Como segundo combate da noite tivémos um grudge match no verdadeiro sentido da palavra. Desta vez, Yoshihiro Tajiri mostrou-se confiante, não distraído, provavelmente por estar de olhos postos nos Unholy Angels. Pelo contrário, Mikey Whipwreck parecia continuar a pensar nas visões do seu companheiro, ontem ao espelho.
Ao contrário do que é habitual, Sinister Minister não esteve muito envolvido no combate, não tendo provocado ou ameaçado Mikey e Tajiri, ou sequer falado no “Archangel”, algo que pareceu bizarro e enigmático. Mas assim sendo, pudemos ter um combate inteiramente técnico, com Tajiri a ser o workhorse da sua equipa e a levar a melhor de C.M. Punk com kicks numa disputa fast-paced. Já Daniels, mais tecnicista, continuou a mostrar ser um worker de excelência, particularmente com Mikey Whipwreck que, por duas vezes, se viu grego para se escapar a pins.
Também estranhamente, os Unholy Angels não usaram objetos até à parte final. Aí, Tajiri, ilegal, salvou Mikey de outra pin attempt e sem medo levou a melhor sobre Christopher Daniels e C.M. Punk. Contudo, quando ia para o Buzzsaw Kick, Sinister Minister subiu ao apron e colocou-lhe a mão no ombro. Tajiri virou-se e foi recebido com as palavras: “we know what you want. You can have it, Yoshi. Think about it…”, porém, Tajiri não cedeu a tentações e cuspiu o seu green mist na cara de Minister, cegando-o o deixando-o cair no chão de cimento.
C.M. Punk, o “Twisted Angel” [referência à rebeldia de Punk e à Pepsi Twist, lançada em Junho de 2001] do grupo, tirou a bengala de Minister e, depois de atirar o seu prego a Christopher Daniels, atingiu Tajiri com a bengala, colocando-o fora de jogo. Em seguida, Daniels fez mossa em Whipwreck com o prego e acabou com o Angel’s Wings.
- Daniels def. Mikey – pinfall – 8:46

»» Depois do combate, Christopher Daniels e C.M. Punk foram confrontados por Sinister Minister, que garantiu não querer que se usasse o prego e a sua bengala no combate. Contudo, estes mantiveram-se unidos como um grupo, enquanto Yoshihiro Tajiri ajudava o seu parceiro ensanguentado a sair de cena.
Contudo, Sinister Minister interrompeu-o, com outra proposta para Tajiri: “Yoshi, I am sorry. The Archangel himself is sorry. We didn’t mean to hurt you or Mikey! We can make emend, Yoshi! A tempting challenge! You vs. The Fallen Angel, next Friday, for the Television Championship!” Yoshihiro Tajiri, de olhos cerrados e de rosto trancado, aceitou o desafio.

---------

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

---------

ECW Heat Wave - 28 de Julho de 2001 - Cartaz:
1. ECW Cruiserweight Championship - 4-Way Dance: Kid Kash (c) vs. James Gibson vs. Kaz Hayashi vs. Super Crazy
2. Christopher Daniels/C.M. Punk [Unholy Angels] vs. Mikey Whipwreck/Yoshihiro Tajiri
3. ECW World Tag Team Championships: Justin Credible/Lance Storm [Impact Players] (c) vs. Chris Candido/Simon Diamond [Diamond Bodies]
4. RVD's Last ECW Match: Rob Van Dam vs. ???
5. Chris Kanyon/C.W. Anderson/Sean O'Haire [Quality Insurance] vs. Spike Dudley
6. ECW World Heavyweight Championship: Mike Awesome (c) vs. Masato Tanaka
7. Dreamer's Caning vs. Sandman's Career Match: The Sandman vs. Tommy Dreamer

Obrigado pelo feedback.
avatar
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6364
Idade : 20
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Taichi em Seg Jan 15 2018, 15:35

Não esperava ver o Super Crazy como campeão, de verdade. Não sei foi a escolha mais correta para já, mas confio que você conseguirá desenrolar isto no decorrer dos shows.

Tajiri vs. Daniels é um combate que chama a atenção. Acredito que a história do Daniels ganhar os combates com o lance da bengala e o prego terá seu fim agora, não que necessariamente o japonês vencerá, mas não vejo isto acontecer por enquanto
avatar
Taichi
ROH Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 1627
Idade : 18
Localização : Brasil
Emprego/lazer : NJPW fag
Data de inscrição : 24/01/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Diabo em Seg Jan 15 2018, 16:07

Percebe-se o porquê de ser o match dos Cruiserweight a iniciar o show. É match a toda a velocidade - com o pouco drama a ser devido à feud entre Gibson e Hayashi e à forma como Kid Kash vence o match e agora perde. Também surpreendido por ver Kash a perder já, mas também para ser sincero prefiro Crazy como champ - embora ainda estou a apalpar o que realmente pretendes fazer com esta divisão. Não percebi o porquê de Gibson atacar intencionalmente o arbitro se de seguida o que vai fazer é legal e poderia dar-lhe bem a vitória... Percebo que rednecks sejam retardos, mas não a este ponto. Mas cool, sementes que ficam para o futuro são mais positivas do que negativas.

Alcunha de Punk na stable é muito cool - até achei lame dares justificação. Esperava match mais violento - mas percebo que queiras guardar isso para outros matches, para todo o show não ser com o volume no máximo. Certas decisões aqui foram bizarras e misteriosas - mas penso que foram intencionais. Falo de:

- Sinister ficar descontente com "desobediência" de Daniels e Punk"
- Promo seguinte de Sinister wtf. Sim, faz sentido haver match, mas é bizarro isso partir de Unholy Angels - mas o que me choca mais é aquilo que Sinister diz antes. Parece-me uma armadilha, mas não sei bem o que esperar.

Unholy Angels continuam a ser a minha stable preferida do booking.

Muito hype para os próximos matches.
avatar
Diabo
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 20676
Idade : 93
Localização : Mordor
Emprego/lazer : Hater
Data de inscrição : 27/12/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Moore em Qua Jan 24 2018, 19:54

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
ECW Heat Wave - 28 de Julho de 2001 - Cleveland, OH

Parte 2 de 4


Resultados Rápidos:
1. ECW Cruiserweight Championship: Super Crazy def. Kid Kash (c), James Gibson e Kaz Hayashi
2. Unholy Angels def. Mikey Whipwreck/Yoshihiro Tajiri
3. ECW World Tag Team Championships: Diamond Bodies def. Impact Players (c)
4. RVD's Last F'N Show: Jerry Lynn def. Rob Van Dam

ECW World Tag Team Championships – 2nd Defense
3. Justin Credible/Lance Storm [Impact Players] (w/Francine/Swinger) {c} vs. Chris Candido/Simon Diamond [Diamond Bodies] (w/Dawn/Tammy)

Se há meras semanas era impensável que as duas equipas mais egocêntricas da ECW tivessem uma rivalidade alimentada a sangue, no Heat Wave, essa rivalidade teve um capítulo importante a ser escrito.
O início foi logo fulgurante, com os Diamond Bodies a recusarem-se a largar as suas cadeiras e a forçarem os Impact Players a, também eles, usarem as suas kendo sticks numa batalha inicial que terminou com Candido a sangrar do nariz e Justin Credible de cabeça aberta.
Os campeões de equipas levaram a vantagem para regozijo de Francine, que foi a primeira valet a provocar verdadeiramente. Impôs-se então alguma ordem no combate, com Storm e Diamond legais a proporcionar bom wrestling de ringue… durante uns três minutos, já que Dawn Marie, ex-Impact Playmate, travou o canadiano com uma cadeirada nas costas. O combate voltou a descambar com Credible a entrar em ação para atirar Diamond para fora do ringue e contra as barreiras, deixando cair uma ao colo da primeira fila do público. Por sua vez, Chris Candido subiu ao canto e lançou-se com um Crossbody para cima de Credible. Nisto, Lance Storm preparou-se para sair do ringue, mas foi impedido pelas Sunny Dawn, com um duplo Low Blow. Hora de Francine intervir, com Swinger a ficar a olhar. Francine muniu-se e atingiu Dawn com um kendo stick, prosseguindo depois para a “CATFIGHT! CATFIGHT!!!” (palavras de Joey Styles) com Tammy Sytch, que acabou com as duas a rebolar para fora do ringue e a cair de forma aparatosa.
Nisto, as duas equipas voltaram à carga no ringside, com os Impact Players novamente a controlar e Credible a montar uma mesa destinada a Diamond e Storm a montar uma destinada a Candido, em lados opostos. Contudo, os desafiantes reverteram o ímpeto e Candido ia para um Diving Leg Drop em Storm na mesa. Este desviou-se, contudo e entrou dentro do ringue onde os dois trocaram galhardetes, com Candido ilegal.
No apron no lado oposto, Justin Credible e Simon Diamond guerreavam, com Credible a tentar um Suplex para cima do objeto imóvel de madeira destinado originalmente a ser palco de harmoniosas refeições familiares. Diamond prendeu-se bem, porém, e Credible pediu ajuda… a Johnny Swinger. Swinger subiu ao apron em altura simultânea com um Vertical Suplex de Candido em Storm. Este ia para ajudar Diamond, mas não foi a tempo… porquê? Não foi preciso. Sem que nada o fizesse prever, Johnny Swinger surpreendeu Credible com um Jumping Neckbreaker para cima da mesa, colocando-o fora de jogo. Logo em seguida, Francine, levantada, confrontou Johnny Swinger, no chão, dando-lhe uma chapada. Simon Diamond retribuiu o favor e calou Francine com um Gem Cutter fora do ringue.
De volta dentro do ringue, os Diamond Bodies focaram-se em Lance Storm, ainda com Candido confuso, e bastou o Body Play Powerbomb, depois de uma cadeirada de cada um, para Diamond fazer o pin que lhes garantiu os títulos de equipas.
Logo depois de receberem os títulos, os Diamond Bodies abandonaram cena, com as suas valets e com Diamond e Swinger, ex-parceiros, em clima de entendimento, com Candido feliz por ter os títulos, mas sem perceber muito bem o que se tinha passado.
- Diamond def. Storm – pinfall – novos campeões – 9:51

»» Ao ringue veio Rob Van Dam. Recebido por um coro e por cânticos do seu próprio nome, o “Whole F’N Show”, que rumará à WWF depois deste show, prometeu: “[I’ll] take the flag of E… C… W to a bigger stage. All of RVD’s accolades in the WWF are going to be dedicated to this place that I call home.” Rob Van Dam garantiu ainda que todos os fãs da ECW, bem como todos os lutadores e trabalhadores que deram o seu esforço para que a ECW fosse reconhecida como a casa do wrestling hardcore americano, estão presentes no seu coração.
Rob Van Dam, já com duas ou três lágrimas no rosto: “It is time, right? I will come back. I know I will, but by now… it’s time for Rob… Van… Dam to have his last match in an ECW ring. Who’s going to send RVD packing?”
Ouvem-se os Fear Factory e o público explode enquanto RVD sorri, com Jerry Lynn a caminhar para o ringue. Chegado, também este pede um microfone e procede a falar: “Rob, man, if you’re heading out of ECW, your final match it’s going to be against me! You damn know that no one tore the house down quite like us. You know we’ve faced 31 times total in singles action. 30 in ECW alone. And in 30 bouts, I defeated you… once. One bout ended in no-contest, Rob. You beat me 28 times. And this fans still want to see Rob and Jerry tearing the house down one more time. Let’s do it?”
RVD respondeu: “Ring the damn bell”, antes de cumprimentar Jerry Lynn e ambos assumirem diferentes posições no ringue.

Rob Van Dam’s Last F’N Show
4. Jerry Lynn vs. Rob Van Dam

Muita era a química entre Lynn e RVD e isso era sabido por parte de toda a gente. Contudo, com a possibilidade de este ser o último combate de sempre entre os dois, Jerry Lynn, que só havia ganho uma vez, mostrou-se mais cauteloso, pelo menos na fase inicial que se destinou aos jogos estratégicos de parte a parte.
Durante três ou quatro minutos, pouco mais houve do que pontapés ou tentativas de pontapés, scouting e duas sequências típicas num combate entre ambos quase seguidas. Sem objetos no ringue, sem grande interesse em desfazer-se o plano de combate. Still, Rob Van Dam queria proporcionar aos fãs um enorme show na sua despedida, então partiu para cima de Jerry Lynn, mais agressivo, encostando-o ao canto e dizimando-o com pontapés rápidos. Quando preparou um Monkey Flip, Lynn aterrou de pé e percebeu que tinha também ele de atacar. Seguiram-se momentos frenéticos com contra-ataques mais intensos, a terminar com o “Dynamic” a esquivar-se de um German Suplex e aplicar um de conta própria, enviando RVD de seguida para fora do ringue com um Springboard Triangle Dropkick.
No outside, o “Whole F’N Show” tirou duas cadeiras e de volta ao ringue, passou uma a Jerry Lynn para uma batalha à espadachim. RVD levou a melhor a depois de um Side Kick espalmou a cara do seu oponente com um Spinning Leg Drop na cadeira. 1…2… mas Lynn não se deixaria vencer tão cedo.
Assim que recuperou, Jerry Lynn focou-se em ser mais eficiente, aproveitando a recente lesão de RVD, na zona cervical, e focando-se nessa área para o seu ataque. Mal conseguiu colocar o seu oponente em cima do canto, Lynn aplicou-lhe um Sunset Flip Powerbomb, apanhando a cadeira como alvo. 1…2… nova near fall.
Mas o ataque de Jerry Lynn não estava para acabar. E com Rob Van Dam refugiado no apron, Lynn pensou em aproveitar a mesa montada por Lance Storm no combate anterior para outro Sunset Flip Powerbomb. Contudo, RVD segurou-se com mãos de ferro às cordas. Pensando que estava seguro, este não esperou que o seu oponente, ágil como um gato, saltasse para o apron e o atingisse com um Side Kick, seguindo-se depois o spot da noite até então: Tornado DDT do apron para a mesa! Lynn demorou a ir para o cover: 1…2… e foi suficiente para Van Dam se escapar.
De novo no ringue, RVD conseguiu mudar o ímpeto do combate e, mesmo com este queixoso da espinha dorsal, com o recurso à cadeira que atirou a Lynn ao estilo de Sabu, levou de melhor uma outra sequência estelar. Seguiu-se um Spining Wheel Kick com a cadeira e um Rolling Thunder com a mesma cadeira colocada no peito de Jerry Lynn. No topo do canto, polegares levantados: “Rob! Van! Dam!” FIVE! STAR! FROG! SPLASH! 1…2… nada! Jerry Lynn tinha a garra como nunca antes e o empenho necessário para derrotar Van Dam (será?) e o tempo gasto por RVD permitiu-lhe safar-se deste pin.
Então, Lynn refugiou-se no canto do ringue. Mal esperou ele o típico Chair Surf Dropkick do seu rival que o apanhou em cheio e colocou a sangrar do nariz. Mas ainda nada estava acabado. Rob Van Dam colocou a cadeira à frente de Jerry Lynn e preparou o seu golpe mais letal, no canto oposto. Van Termin… não. Tirando uma página do livro de RVD, Jerry Lynn, qual flecha, levantou-se e aplicou-lhe ele mesmo um Chair Surf Dropkick com o “Whole F’N Show” a meio do ar! A execução foi difícil e não foi a melhor, naturalmente, mas o impacto foi doentio. Rob Van Dam, quase apagado, não teve alternativa senão receber o Cradle Piledriver que lhe esperava. 1…2…3! Jerry Lynn venceu Rob Van Dam, fazendo o 29-1-2 no historial dos dois.
- Lynn def. RVD – pinfall – 18:43

»» Depois do combate, Jerry Lynn abraçou Rob Van Dam enquanto os fãs aplaudiam e gritaram por RVD. Finalmente, Lynn apenas agradeceu por tudo o que RVD adicionou quer à sua carreira, quer à ECW e à sua história. Abandonou o ringue, e de seguida, em lágrimas, Van Dam tomou o microfone.
“(…) ECW will forever be in my heart! And I guarantee you this was not my last damn show in this company (...)” Contudo, a meio do discurso, com a futura estrela da WWF virada para o lado oposto, vindo pela cortina vem… Rhyno! No ringue, este apenas teve de esperar que RVD se virasse, avisado pelo público. GORE! O impacto foi gigante e um coro de apupos gerou-se na arena. Rhyno, roubando o microfone de Rob Van Dam, disse apenas: “Rob! We will continue this… on a bigger stage!” Então Rhyno saiu da arena, como alvo de assobios e de copos de plástico. A despedida de RVD ficou arruinada.

---------

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

---------

ECW Heat Wave - 28 de Julho de 2001 - Cartaz:
1. ECW Cruiserweight Championship - 4-Way Dance: Kid Kash (c) vs. James Gibson vs. Kaz Hayashi vs. Super Crazy
2. Christopher Daniels/C.M. Punk [Unholy Angels] vs. Mikey Whipwreck/Yoshihiro Tajiri
3. ECW World Tag Team Championships: Justin Credible/Lance Storm [Impact Players] (c) vs. Chris Candido/Simon Diamond [Diamond Bodies]
4. RVD's Last F'N Show: Rob Van Dam vs. ???
5. Chris Kanyon/C.W. Anderson/Sean O'Haire [Quality Insurance] vs. Spike Dudley
6. ECW World Heavyweight Championship: Mike Awesome (c) vs. Masato Tanaka
7. Dreamer's Caning vs. Sandman's Career Match: The Sandman vs. Tommy Dreamer

Obrigado pelo feedback.
avatar
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6364
Idade : 20
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Taichi em Qua Jan 24 2018, 21:15

Confesso que não tenho muito interesse na cena dos tag titles mas o twist me chamou a atenção. Combate brutal, adorei a forma como contou o que se passou, e imaginei o Candido "feliz mas confuso" 

Sei que tem algum investimento nos Diamond Bodies e nos Impact Players, mas gostaria de ver outro time a desafiar o mais logo possível. Não sei se encaixaria muito bem isto, mas a rematch dos Impact parece que será uma no-interference stipulation.

RVD vs. Lynn é amorzinho. Mostraste um cenário completamente emocional, com os dois lados tendo algo pra provar e com o talento mais do que necessário para isso. Fez bem em dar esta vitória para o Lynn, ele precisava de uma importante vitória depois de deitar pro Kash.

Rhyno é p*to. Fico curioso se vai trazer alguém de renome para cobrir a saída do RVD pra WWF.

Enfim, dois excelentes combates. Espero que Dreamer vs. Sandman tenha uma pegada emocional igual a RVD vs. Lynn.
avatar
Taichi
ROH Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 1627
Idade : 18
Localização : Brasil
Emprego/lazer : NJPW fag
Data de inscrição : 24/01/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Diabo em Sex Jan 26 2018, 15:14

Diamond Bodies vs. Impact Players: Isto é heel vs. heel - mas resultou bem, build up foi cool. Match correspondeu às expectativas geradas, entre as duas teams mais hot do teu booking. Muito caótico. Reacção de Candido foi doce, sim. Desenvolvimento de Swinger foi previsível para nós espectadores - mas não deixa de ser um choque para os Impact Players.

RVD vs. Lynn: Pá, sim - era quase obrigatório, mas não queria muito. Isto porque Lynn têm tido sempre um push muito manhoso e inconstante desde o inicio. Sai do torneio de Heavyweight bem cedo, saiu de do Torneio Jr. Heavyweight quando era o favorito. Agora têm a sua maior vitória - mas poderia saber a mais não tivesse RVD sido derrotado por um Kidman sem momentum nenhum.

Promo inicial super cool, match também. Era o esperado de um match entre ambos, mas houve prendas como referências a Sabu. Parte cool do match é que se sente que deram tudo - especialmente RVD que saca todos os coelhos da cartola para tentar vencer um Lynn super determinado. Final é sick, optimo conta-ataque.

Post-match - parte entre Lynn e RVD é cool e o que tinha de ser. Parte de Rhyno, é o que te disse, pura preguiça. Rhyno poderia na mesma ter feito uma promo curta - mas poderia mostrar que quer obter vingança perante um RVD que o destronou enquanto ECW Heavyweight Champion, fazendo callback à feud entre a ECW e a Federation - prometendo fazer a vida num inferno a um RVD que sobe finalmente à WWF. Acho que teria muito mais impacto, não seria tão genérico. Mas pronto - como não irás desenvolver isso, porque não faz parte da ECW acaba por se perceber essa preguiça.
avatar
Diabo
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 20676
Idade : 93
Localização : Mordor
Emprego/lazer : Hater
Data de inscrição : 27/12/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Moore em Sab Jan 27 2018, 12:05

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
ECW Heat Wave - 28 de Julho de 2001 - Cleveland, OH

Parte 3 de 4


Resultados Rápidos:
1. ECW Cruiserweight Championship: Super Crazy def. Kid Kash (c), James Gibson e Kaz Hayashi
2. Unholy Angels def. Mikey Whipwreck/Yoshihiro Tajiri
3. ECW World Tag Team Championships: Diamond Bodies def. Impact Players (c)
4. RVD's Last F'N Show: Jerry Lynn def. Rob Van Dam
5. Quality Insurance def. Spike Dudley/Blue World Order
6. ECW World Heavyweight Championship: Mike Awesome def. Masato Tanaka

»» O combate seguinte opunha Spike Dudley aos Quality Insurance no que se esperava ser uma completa aniquilação do pequeno Spike. Já no ringue, os Quality Insurance esperavam pelo mais novo dos Dudleyz, quais leões a antecipar a presença de uma gazela. Spike não parecia muito contente, e estava com cara de quem preferia estar num concerto dos ‘N Sync a estar no ringue. Porém, este subiu ao ringue.
Assim que Chris Kanyon mandou soar a campainha, contudo, um rock instrumental fez-se ouvir, com os fãs da ECW a reconhecê-lo como o tema… dos Blue World Order. À medida que Hollywood Nova saiu da cortina, este ia falando: “Oooh, let me tell you something, duuude! After yesterday’s attack on Spike and on my non-Hollywood brother [o próprio Nova], I couldn’t let this chance pass, duuude! So, Spike, you’re not alone tonight, duuude! Neither am I!”
Então, o tema voltou a tocar e Blue Meanie saiu pela cortina, fazendo a sua melhor imitação de Scott Hall: “Say hellô! To the Blue Guyyy!” Os dois seguiram caminho para o ringue, onde Meanie atirou o osso de galinha que tinha na boca a Kanyon para começar o combate.

5. Blue Meanie/Hollywood Nova/Spike Dudley vs. Chris Kanyon/C.W. Anderson/Sean O’Haire [Quality Insurance]
O combate iniciou-se com toda a garra, com Spike e os bWo a partirem para cima dos Q.I. e ao início, a conseguirem ter vantagem, enviando os Quality Insurance para fora do ringue num momento que pediu um ‘too sweet’.
Ainda assim, mais cedo do que tarde, os Quality Insurance tomaram conta do combate e eles mesmo enviaram os oponentes para o ringside. Aí, Spike muniu-se com um caixote do lixo que logo lhe foi roubado por Kanyon que o atingiu sem piedade na cabeça, tal como a Blue Meanie. A presa escolhida por C.W. Anderson e Sean O’Haire foi Hollywood Nova, o mais capaz dos três. Nova foi então posto offside com um Double A Spinebuster de Anderson e um O’Health Insurance de Sean O’Haire, contra o poste.
Os Q.I. enviaram os restantes para o ringue, ficando dois underdogs contra três wrestlers mais que legítimos.
Um Dropkick rápido de Spike em Anderson permitiu que este fosse buscar uma cadeira e o atingisse de novo, no ringside, antes de este ir salvar Meanie com essa mesma cadeira e com o caixote. Cadeirada após cadeirada, caixotada após caixotada, o caminho ficou aberto para um Meaniesault em Kanyon com o caixote no meio do impacto. Queria acreditar Spike. O líder dos Q.I. desviou-se e Spike ficou sozinho na luta. Este então tentou apanhar Kanyon desprevenido com o Dudley Dog. Infelizmente para o underdog, Kanyon estava atento e carregou-o, metendo-o aos ombros de O’Haire que partiu Spike ao meio com um O’Health Insurance no caixote. Seguiu-se o Flatliner de Kanyon. Vitória para os Quality Insurance.
- Kanyon def. Spike – pinfall – 5:36

ECW World Heavyweight Championship – 4th Defense
6. Mike Awesome {c} vs. Masato Tanaka

“The reigning, defending ECW World Heavyweight Champion: Mike! Awesome!” mal estas palavras se ouviram e Awesome subiu ao canto levantando os braços, Masato Tanaka correu para ele e atingiu-o com o Thunder Fire Powerbomb, de surpresa. Este foi logo para o pin, entusiasmado, mas a campainha ainda nem tinha soado, então mandou soá-la. “For good measure”, aplicou-lhe mais um antes de voltar a tentar a cover. 1… e logo Mike Awesome garantiu que não estava para brincadeiras. E com um início destes, o combate prometia.
Então, com Mike Awesome levantado, os dois entraram numa verdadeira guerra sem fogo e sem espada. Com Tanaka a ter a embalagem inicial, este despachou Awesome com duas Lariats para fora do ringue e aí atirou-o às barreiras. Quando tirou uma cadeira, contudo, Awesome surpreendeu-o com uma Running Elbow Strike com a cadeira no meio. Então o campeão não baixou a intensidade e atacou o japonês com a dita cadeira, com uma mesa, com o poste e com barreiras. Os impact moves começaram a surgir da sua parte e, ainda no ringside, depois de um Gutwrench Suplex no apron, Awesome preparou a mesa e deitou Tanaka para um Awesome Splash. O challenger levantou-se a tempo e obrigou Awesome a mudar os planos.
O combate voltou ao ringue, com Tanaka a levar a cadeira mas a ser dominado, inicialmente. Isso mudou, novamente, com um counter a uma chair shot, já que Tanaka fez uso do seu Big Boot para enviar a cadeira à cara do campeão. Mais três cadeiradas, a última delas enorme, seguiram-se e Awesome já sangrava. Tanaka sinalizou então outra Thunder Fire Powerbomb, mas para a mesa montada no exterior. A corrida fez-se, a release não. Awesome escapou-se pelas costas de Tanaka e rapidamente agarrou a cadeira para uma chair shot potente. E do nada, o campeão concretizou o que o desafiante não conseguiu, aplicando-lhe uma Awesome Bomb gigante para a mesa no ringside. Ainda houve fôlego para um Suicide Dive, com Tanaka no chão. 1…2… mas o japonês, milagrosamente, levantou a mão. Awesome olhava para o vazio, desesperado, enquanto os fãs iam à loucura.
Então, procedeu a montar de novo uma mesa, mas no ringue, e levou Tanaka com o intuito de o deitar. Este não deixou e uma troca de strikes, mais lenta, teve início. Awesome levou a melhor, acabando com um German Suplex. Mal se levantou, já o japonês estava de pé… e pronto a surpreendê-lo com um de conta própria, seguindo-se um Belly to Back Suplex. Ainda assim, também Awesome se colocou de pé mais cedo que o japonês pensava.
Lariat após Lariat, de parte a parte, Awesome levou a melhor com uma Chokebomb e colocou finalmente Tanaka em cima da mesa para o Awesome Splash. Uma vez mais, não deu em nada. O “Dangan” levantou-se e foi para um Superplex. Ainda levantou os pés de Awesome a uns quinze centímetros da turnbuckle, mas este não se deixou abater. Com uma Elbow Smash, Awesome conseguiu ter a vantagem e, para Masato Tanaka, foi pior a emenda que o soneto… “Oh my god!” e “Holy shit!” ouviram-se na arena, da parte de Joey Styles e dos fãs, quando Mike Awesome levantou Tanaka e o enviou mesa dentro com um Super Awesome Bomb. 1…2… mas o próprio Mike Awesome levantou Tanaka do pin, mesmo que este provavelmente não se escapasse. Para quê? Para aproveitar a mesa já partida com mais uma Awesome Bomb. 1…2…3! Agora sim, Mike Awesome reteve o seu título em mais um grande combate com o seu rival.
- Awesome def. Tanaka – pinfall – ainda campeão – 12:36

»» Depois do combate, os dois lutadores continuavam deitados no ringue, exaustos e com mazelas. Tudo o que se ouvia era o barulho do público, eufórico por ter presenciado um combate destes. Então, surge Steve Corino. O “King of Old School” veio ao ringue perante pergunta de Joey Styles: “what’s he doing out here?”
Então, Steve Corino pegou numa cadeira e num microfone: “this is your championship material? These guys? What have they done to deserve it?” Mike Awesome ganha alguma força e levanta-se disparado para cima de Steve Corino, que o recebe com uma cadeirada. Com este já no chão, desfere-lhe mais três e empurra-o para o ringside.
What has Awesome done for ECW? Your boggling minds can’t already remember? For Christ’s sake! No wonder this promotion folded the first time, with management that gives no shit about who fucks with it or not!”
Com Masato Tanaka, a história foi diferente. O japonês levantou-se sem Corino estar à espera e logo pegou numa cadeira. O que tivémos foi então um duelo chair-to-chair. Tanaka ganhou o duelo, deixando a cadeira de Corino cair, e logo lhe desferiu um golpe duro com a cadeira, fazendo Corino cair. O regressado então rebolou para fora do ringue, com uma mão na cabeça, enquanto Tanaka marcava posição no ringue. Steve Corino acabou a abandonar a cena, mas a prometer estar presente no ECW on MTV de sexta-feira.

---------

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

---------

ECW Heat Wave - 28 de Julho de 2001 - Cartaz:
1. ECW Cruiserweight Championship - 4-Way Dance: Kid Kash (c) vs. James Gibson vs. Kaz Hayashi vs. Super Crazy
2. Christopher Daniels/C.M. Punk [Unholy Angels] vs. Mikey Whipwreck/Yoshihiro Tajiri
3. ECW World Tag Team Championships: Justin Credible/Lance Storm [Impact Players] (c) vs. Chris Candido/Simon Diamond [Diamond Bodies]
4. RVD's Last F'N Show: Rob Van Dam vs. ???
5. Chris Kanyon/C.W. Anderson/Sean O'Haire [Quality Insurance] vs. Spike Dudley
6. ECW World Heavyweight Championship: Mike Awesome (c) vs. Masato Tanaka
7. Dreamer's Caning vs. Sandman's Career Match: The Sandman vs. Tommy Dreamer

Obrigado pelo feedback.
avatar
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6364
Idade : 20
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ECW 2001] The Missy Hyatt Effect (Anarchy Rulz - 22/09/01 - 4/4)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 8 de 14 Anterior  1 ... 5 ... 7, 8, 9 ... 14  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum