FPW: Fórum de Pro Wrestling
[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Novo


O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.
[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Arrow_54_512

[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29

Ir em baixo

[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Empty [Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29

Mensagem por Moore em Qua Jul 24 2019, 20:45

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Como introdução: não vejo New Japan há coisa de dois anos (ver só o Wrestle Kingdom não conta), e afastei-me quase por completo do wrestling, vendo apenas umas coisas por outras. Entrei na onda da AEW e como tinha, também, honestamente, pena de nunca mais ter visto NJPW, pensei: “que se lixe, vou ver o G1 Climax”. Claro que a melhor altura para o fazer é ao mesmo tempo que se tem um relatório de estágio de final de licenciatura para o fazer. E assim tem sido.
Logicamente, não vou fazer a review dos combates todos, nem consigo ver sequer o G1 Climax na integra, mas alguns deles estarão aqui. Vamos lá.

Night 1 – Block A
Lance Archer vs. Will Ospreay

Provavelmente não havia melhor pessoa para dar as boas-vindas ao Ospreay na divisão heavyweight. Não via um combate do Archer nem sei há quanto tempo, mas sempre o tinha achado um gajo com potencial e capaz de interagir com o público. Já o Ospreay, é como se tivesse estado habituado a correr com karts e neste match tivesse sido completamente atropelado por um comboio.
Gostei muito da dinâmica do match e, na NJPW, para mim é isto que faz sentido: se há divisões, não faz sentido um junior chegar aos heavyweights e ter a mesma pujança em termos de domínio. O Archer dominou o combate, mesmo que seja um mero midcard da divisão. O Ospreay teve uns falsos comebacks, mas o que gostei mesmo nele neste combate foi o selling, até mesmo o Spanish Fly parecia coisa de desespero. O Iron Claw do Archer é bastante credível para finisher.
Vencedor: Lance Archer
Rating: ****1/2

Night 1 – Block A
KENTA vs. Kota Ibushi

Muito hype para o match: gajos que começaram e dominavam nas respectivas divisões junior, com estilos semelhantes (com o Kota muito mais highflyer e o KENTA mais striker, ainda tenho noção disso, ok?) e com hype para uma big break. Um destes dois vai à final, acho eu, sinceramente.
Na primeira metade do match pensei: “ok, isto pode ser melhor ainda do que eu esperava”. O KENTA é uma máquina de stiffness, mesmo que ainda tenha muita ring rust. As sequências mais stiff com o Ibushi foram ótimas, até porque o Ibushi a tentar fazer-se stiff com gajos que o são muito mais que ele tem sempre a sua piada.
Senti muito a parte de domínio do KENTA na segunda metade, ao contrário da near-fall do Ibushi com Sitout Powerbomb. A partir daí, ora o match tinha pace fixe, ora estava parado para o KENTA descansar. O final foi horrivelmente executado. Viu-se perfeitamente que entre o joelho do KENTA no Go To Sleep e a cara do Ibushi estavam alguns 15cm de braço do Ibushi. Desiludido só por esse pormenor, o resto, foi o que era possível.
Vencedor: KENTA
Rating: ****1/2

Night 1 – Block A
Hiroshi Tanahashi vs. Kazuchika Okada

Pré-match: salvo erro, é o primeiro (possivelmente o único) Tanahashi-Okada fora do Japão. Vi em japonês, não sei. Como acho que é, tenho hype porque acho que são capazes de dar o seu melhor. Não acho que vá ser o melhor match deles, nem perto, mas o melhor mesmo é ver.
Nos primeiros dois minutos fiquei rendido. O Tanahashi pode já não ter metade do pulmão que tinha há quatro anos, mas contra o Okada parece sempre outro. Nas basics, acredito que ainda seja o melhor da NJPW. O Okada, por sua vez, também tem sempre o seu lado provocador mais acentuado contra o Tanahashi, e em certas alturas, o match acabava por revolver em torno do Okada a cair em algumas ratices do experiente Tanahashi e do Okada a recuperar a mão ao combate devido ao desgaste que se ia fazendo sentir no Tana. Simples e inteligente.
Lá mais para a frente, parece que vi vários combates deles num só. Começou com o Okada a ser meio puto estúpido, depois com o Tanahashi a ir-se desgastando, teve de ser subtilmente mais heelish durante uns minutos, como há uns anos e os minutos finais são uma obra prima de storytelling. O Tanahashi contra o Okada parece aquele leão mais velho que nunca se quer deixar abater perante o mais novo e no final era ele a provocá-lo, chapada a chapada já depois de dois Rainmakers, até que ao terceiro teve de acabar. Eu já sabia o resultado e ainda parecia acreditar que o Tanahashi ia ganhar, porque isso era o que eu queria e porque estes dois juntos são mesmo qualquer coisa de especial. Eu posso achar (podia, agora não sei) que o pessoal exagera quando diz mundos e fundos do Okada, mas quando o seu adversário é o Tanahashi eu dou-vos razão. E podem haver combates de seis e de sete estrelas contra outros, mas para mim o melhor do Okada há de se ver sempre com o Tanahashi, e vice-versa.
Não foi o melhor match deles, mas não foi o pior, e foi épico. Se o Tanahashi ganhasse, dava-lhe cinco estrelas.
Vencedor: Kazuchika Okada
Rating: ****3/4

Night 2 – Block B
Jeff Cobb vs. Tomohiro Ishii

Só para terem uma noção também de há quanto tempo eu não via NJPW regularmente: este foi o primeiro (acho) combate do Cobb lá que vi. Falando dele agora no início, o gajo é muito bom, é um powerhouse intenso e tal, mas não o consigo sentir tanto como sinto na PWG ou como sentia antes na Lucha Underground. Provavelmente porque como ele na NJPW há mais e até melhores, como é o caso do Ishii (sem o poder de explosão que o Cobb é capaz de ter).
O match foi bom, intenso e se calhar até gostei mais do Ishii aqui do que no combate com o Moxley (1º combate que vi do G1 este ano), mas estava à espera de um clash de hosses como a NEVER nos habituou há algum tempo. Qualquer finish que tenha o Ishii a ganhar, eu gosto.
Vencedor: Tomohiro Ishii
Rating: ***3/4

Ranking – Night 1-2:
1. Night 1 – Block A: Kazuchika Okada def. Hiroshi Tanahashi - ****3/4
2. Night 1 – Block A: KENTA def. Kota Ibushi - ****1/2
3. Night 1 – Block A: Lance Archer def. Will Ospreay - ****1/2
4. Night 2 – Block B: Tomohiro Ishii def. Jeff Cobb - ***3/4

Pronto, optei por fazer a review aqui. Primeiro, porque pode conter spoiler para alguns, depois, porque sou capaz de usar este espaço futuramente para mais reviews.

Se houver feedback, dou-vos rebuçados.
Moore
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6460
Idade : 21
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Empty Re: [Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29

Mensagem por Moore em Qui Jul 25 2019, 09:36

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Night 3 – Block A
SANADA vs. Will Ospreay

O match começou, portanto, e o meu primeiro pensamento foi direcionado para a opção capilar do SANADA. O segundo pensamento, depois de ver logo o Ospreay a sacar muito saltinho de merd*, sendo que o odeio um bocadinho por isso, foi: “o Ospreay se calhar estava melhor nos Swords of Essex no midcard na PROGRESS do que num G1 Climax.
Ao longo do combate fui-lhe pedindo desculpa. Não senti que tenha sido nada muito fora do normal, mas senti que foi bom. Continuo a esperar que o Ospreay volte à divisão junior a seguir ao torneio, mas não sou propriamente contra a sua presença, para ser sincero. Also, curti ver o SANADA também a praticar um estilo ligeiramente mais flashy do que estava habituado, remetendo mais para as primeiras vezes que me lembro de o ver. Não curti muito de o ver a fazer comédia, tho. O SANADA não é 15x maior que o british, pelo que aceito bem a vitória do Will.
Vencedor: Will Ospreay
Rating: ****

Night 3 – Block A
Kazuchika Okada vs. Zack Sabre Jr.

A química destes dois é qualquer coisa de extraordinário. O ponto fraco do ZSJ é que o seu estilo de wrestling pode facilmente tornar-se stale com o tempo. Por enquanto ainda não aconteceu, até porque tem tido matches mais curtos, como este, um all-out fixe sem parecer secante em parte nenhuma.
Este foi mais ou menos isso, a opor a técnica e as submissões do Sabre ao estilo mais strong do Okada – pelo menos sinto que o Okada está mais bruto que dantes. Aliás, sinto que o Okada já tem algum braço que lhe permita ter no Rainmaker um finisher credível. De resto, mesmo em 12 minutos, conseguiu parecer que o ZSJ era uma ameaça credível ao campeão Heavyweight, até no finish. Ótimo. Os dois já tiveram um (se calhar mais) combates melhores, mas este continua a ser ótimo.
Vencedor: Kazuchika Okada
Rating: ****1/4

Night 3 – Block A
EVIL vs. Kota Ibushi

Quando parei de ver NJPW regularmente e na altura do último G1 que vi, o EVIL era dos meus wrestlers preferidos. Ao ver este combate lembrei-me porquê. O gajo é uma máquina e duvido seriamente que haja um gajo mais “NEVER” (se me faço entender – vocês já sabem que eu era mark da NEVER Openweight division) neste momento na New Japan.
Mesmo assim pensei que era óbvio que o Ibushi ia vencer o combate – afinal, têm de puxar o gatilho no push a sério ao moço em alguma altura e acredito que seja neste G1 (não que eu queira). Enganei-me. O EVIL trabalhou muito bem e o combate teve a sua psicologia simples no que toca à exploração da lesão no joelho do Ibushi, apesar de sentir que o selling do mesmo poderia ter sido mais consistente. Quando o combate se começou a desenrolar já dava para perceber que o EVIL podia ganhar. Principalmente depois de resistir ao Boma Ye, e quando ganhou, já nem foi propriamente surpreendente. Estas vitórias são melhores que vitórias out of nowhere sem parecerem credíveis.
Vencedor: EVIL
Rating: ****1/2

Night 3 – Block A
Hiroshi Tanahashi vs. KENTA

Este foi o primeiro combate do KENTA que vi na NJPW. E ver este isto ou algo do Hideo Itami tem muita diferença. Adorei este combate. Um nadinha abaixo de Tanahashi vs. Okada, mas adorei mesmo.
À primeira não engoli muito bem a cena do Shibata ser recebido com agrado na mesa dos comentários, mas depois o KENTA passar o match todo a ser heelish. Mas depois lembrei-me que o Shibata fazia isso constantemente. Para além disso, estávamos a ver o antigo ace da NJPW contra um dos antigos aces da NOAH e ver o gajo da NOAH que agora está na NJPW a querer impor-se ao ex-ace da NJPW com essas táticas foi muito giro.
O pace do KENTA aqui pareceu-me melhor do que no combate com o Ibushi, apesar de também não haver bocados à intensidade dos desse match, por razões óbvias. Tomates por parte da New Japan ao meter o KENTA a ganhar. Ainda assim, continuo a ficar hyped legitimamente pelos comebacks do Tanahashi. Se o High Fly Flow a seguir ao High Fly Cross Flow tivesse sido finish (KENTA levantou os joelhos e tal), acho que nem me importava.
Vencedor: KENTA
Rating: ****1/2

Night 4 – Block B
Jeff Cobb vs. Jon Moxley

Epá… vi porque achei que podia ser fun, mas para já terem saído os ratings do Meltzer desta noite e este combate nem ter levado classificação, já devia ter previsto. É de longe o pior combate da lista até agora.
Não foi mau, mas amanhã já não me lembro que o vi. Esperava uma brawlzinha intensa, com o Cobb a atirar o Moxley por onde calhasse, e o Moxley a dar-lhe bem também. Mas não. E o combate acabou com um Rope Hung DDT completamente normal, acaba por descredibilizar o Cobb. Ah, o Mox que pare de tentar aquelas Lariat em câmara lenta. Nem o Fale faz isso de forma tão frouxa.
Vencedor: Jon Moxley
Rating: **1/2

Night 4 – Block B
Jay White vs. Tomohiro Ishii

Antes de mais, uma palavra de reconhecimento ao Toni, por ter emprestado ao Gedo o fato de treino de quando treinou o Benfica em 2000/01.
O match começou logo com alusão obrigatória a tudo o que envolveu a traição do Jay White ao CHAOS, óbvio, e teve ali um aditivo mínimo. Não vejo White ao tempo, mas curti bem mais do que vi agora do que curtia do que via antes. Tivémos um combate quase “à Ishii”, a começar pelo facto de ele ter vendido um DDT como um pinheiro. E toda a sell do Ishii a uma dor na clavícula e nuca parece super credível por causa da sua estatura.
O White também esteve porreiro com esse pormenor, explorou a cena de uma forma mais “americanizada” ou ocidental que o costume na NJPW (eu sei, ele é neozelandês), parecia quase o Jericho como cheap heel a fazer esse tipo de coisas. Claro que isso tudo só resulta a 100% se o Ishii carregar no fighting spirit. Aconteceu e como consequência tivemos duas sequências brutais a preparar o final, com o Brainbuster. Nas ditas sequências, só se pede é que o White seja mais stiff e intenso. O resultado não foi mau, e o combate foi awesome, mas o Ishii carregou, praticamente.
Vencedor: Tomohiro Ishii
Rating: ****1/4

Ranking – Night 1-4:
1. Night 1 – Block A: Kazuchika Okada def. Hiroshi Tanahashi - ****3/4
2. Night 3 – Block A: KENTA def. Hiroshi Tanahashi - ****1/2
3. Night 1 – Block A: KENTA def. Kota Ibushi - ****1/2
4. Night 3 – Block A: EVIL def. Kota Ibushi - ****1/2
5. Night 1 – Block A: Lance Archer def. Will Ospreay - ****1/2
6. Night 4 – Block B: Tomohiro Ishii def. Jay White - ****1/4
7. Night 3 – Block A: Kazuchika Okada def. Zack Sabre Jr. - ****1/4
8. Night 3 – Block A: Will Ospreay def. SANADA - ****
9. Night 2 – Block B: Tomohiro Ishii def. Jeff Cobb - ***3/4
10. Night 4 – Block B: Jon Moxley def. Jeff Cobb - **1/2

Pronto, optei por fazer a review aqui. Primeiro, porque pode conter spoiler para alguns, depois, porque sou capaz de usar este espaço futuramente para mais reviews.

Se houver feedback, dou-vos rebuçados.
Moore
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6460
Idade : 21
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Empty Re: [Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29

Mensagem por Moore em Sex Jul 26 2019, 06:27

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Night 5 – Block A
Hiroshi Tanahashi vs. Zack Sabre Jr.

Longe do melhor dos dois. Mas a ideia não era mostrar o melhor dos dois. Outro combate do ZSJ mais para o curto e bem ao seu estilo. Neste caso, gostei particularmente da história do match, com o Tanahashi a contra-atacar todas as traps do Sabre Jr. ao início sem a maior dificuldade, até que o desgaste de algumas holds tomaram conta dele e tudo se tornava mais complicado.
Lá para o meio houve uma sequência costas-com-costas só a lutar por domínio que demorou o triplo do que deveria. No final, o Tanahashi foi com o desespero todo e lá ganhou com um Bridge Pin após o High Fly Flow não ter aterrado. Aceito e apoio. Lembro-me de os dois terem tido um match muito melhor, mas este deu para o que deu.
Vencedor: Hiroshi Tanahashi
Rating: ***1/2

Night 5 – Block A
Kota Ibushi vs. Will Ospreay

Um combate acerca do qual já ouvi dizer tanto bem, que o hype estava elevado. Dois wrestlers capazes de se matarem um ao outro e a si próprios, entende-se. Começou lentinho, de forma a deixar o pessoal à espera de momentos de loucura. A loucura existiu mesmo, mas não como previa.
As coisas estiveram mornas durante algum tempo, na verdade, mas por ser morno não quero dizer que estava a ser mau. Estava a ser tudo executado com calma apenas, mas na perfeição, a preparar, não a “engonhar”. Contrariamente ao que pensei que visse, não vi uma explosão de spots de alto risco e houve mais cuidado em relação ao Ibushi, que não fez um único move propriamente high-risk. Também, a sua perna mal foi alvo de exploração.
O Ospreay, esse está-se a revelar uma surpresa muito, muito boa. O que se viu podia facilmente ter sido algo apresentado onde? Num match pelo NEVER Openweight title, claro. O Ospreay foi stiff, com forearms e cotoveladas doentias, o Ibushi conseguiu ser igual com alguns kicks e o duelo de chapadas com o Ibushi de joelhos e o Ospreay de cabeça para baixo no canto causou um visual muito fixe.
No final, Boma Ye e Kamigoye e o Ospreay mais credível que nunca no meu match preferido dele. Mas de longe.
Vencedor: Kota Ibushi
Rating: ****3/4

Night 6 – Block B
Shingo Takagi vs. Taichi

Já não via o Shingo desde os tempos da Dragon Gate (e nunca vi mais do que cinco ou seis combates da DG na vida). O Taichi, sempre senti que estava meio que a mais nos juniors e que tinha potencial.
Devo dizer, não morri de amores pelos primeiros cinco minutos do match, mas não estava a ser mau, de todo. Demorou foi a arrancar. Quando arrancou, também não foi nenhum clássico, mas foi sólido, a evidenciar que os dois não eram só dois ex-juniors (não sei se o Shingo só está nos Heavyweights para o torneio – e sei que o Taichi já é Heavy há uns dois anos) e que podiam dar coisas giras ali. Gostei particularmente do Taichi, menos heelish do que antes. Claro que ganhou o Shingo.
Vencedor: Shingo Takagi
Rating: ***1/2

Night 6 – Block B
Hirooki Goto vs. Tetsuya Naito

Facto: o Naito é dos meus oponentes preferidos para o Goto. E partilho do problema de muita gente em ver o Goto como um gajo que na NJPW parece super banal mesmo que nós saibamos que ele é bom. E viu-se neste match. Não é difícil ter um bom combate com o Naito, mas isto foi mais que bom.
A exploração da perna do Goto na fase inicial foi smart. Estabelece claramente o Naito como o tipo mais heel do match. Já lá para a segunda metade a sell da perna foi esquecida, mas até fez sentido, já que o trabalho do Naito aí ficou para segundo plano. Isso aceito. De resto, o Goto quando esteve por cima, é a tal cena… nunca pareceu que fosse sequer possível ele ganhar, nem com os Ugi Koroshi, que espelharam a melhor fase dele, se pensou que ainda ia haver o Shouten e ia ganhar. Gostei de no final terem sido precisos dois Destinos. Mas epá, a cena de o Goto ser difícil mas perder sempre para main eventers já é batida.
Vencedor: Tetsuya Naito
Rating: ****

Night 6 – Block B
Jon Moxley vs. Tomohiro Ishii

Provavelmente o combate do G1 com mais feedback positivo até agora. As expectativas estavam muito altas e, aliás, assim que saiu o line-up e reparei que isto ia acontecer, pensei: “ok, vou ver pelo menos este”. E foi o primeiro combate do G1 que vi. Serviu para abrir o apetite, mas o pessoal tem de se conter um bocado.
O combate foi muito bom, é um facto, e ter havido coisas mais hardcore só ajudou, neste caso, tal como a parte strong style, dos dois. Foi como se tivéssemos um showcase de cada um dos estilos que definem os dois wrestlers. A cena é, não senti a intensidade toda que pensei que iria sentir. O Moxley ainda pode e vai, acredito eu ganhar o seu rótulo como peixe do aquário da NJPW, mas ainda não o é. Posto isto tudo, o combate foi ótimo, mas acho que houve algo em falta, sobretudo em comparação com outros clássicos de G1 do Ishii – se entrar no meu top 15 de matches do Ishii em G1 é capaz de ser à rasca. Gostei muito do finish com Lifting DDT, tho.
Vencedor: Jon Moxley
Rating: ****1/4

Ranking – Night 1-6:
1. Night 1 – Block A: Kazuchika Okada def. Hiroshi Tanahashi - ****3/4
2. Night 5 – Block A: Kota Ibushi def. Will Ospreay - ****3/4
3. Night 3 – Block A: KENTA def. Hiroshi Tanahashi - ****1/2
4. Night 1 – Block A: KENTA def. Kota Ibushi - ****1/2
5. Night 3 – Block A: EVIL def. Kota Ibushi - ****1/2
6. Night 1 – Block A: Lance Archer def. Will Ospreay - ****1/2
7. Night 4 – Block B: Tomohiro Ishii def. Jay White - ****1/4
8. Night 6 – Block B: Jon Moxley def. Tomohiro Ishii - ****1/4
9. Night 3 – Block A: Kazuchika Okada def. Zack Sabre Jr. - ****1/4
10. Night 6 – Block B: Tetsuya Naito def. Hirooki Goto - ****
11. Night 3 – Block A: Will Ospreay def. SANADA - ****
12. Night 2 – Block B: Tomohiro Ishii def. Jeff Cobb - ***3/4
13. Night 5 – Block A: Hiroshi Tanahashi def. Zack Sabre Jr. - ***1/2
14. Night 6 – Block B: Shingo Takagi def. Taichi - ***1/2
15. Night 4 – Block B: Jon Moxley def. Jeff Cobb - **1/2

Se houver feedback, dou-vos rebuçados.
Moore
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6460
Idade : 21
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Empty Re: [Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29

Mensagem por Moore em Sab Jul 27 2019, 15:03

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Night 7 – Block A
EVIL vs. KENTA

Match fun. Estava curioso para ver isto, e não me desiludi. A primeira parte foi engraçada, a ter algumas cenas hardcore da parte do EVIL, incluindo um Suplex para cima de um monte de cadeiras. De volta ao ringue, pá, o ring rust do KENTA não desaparece em quatro ou cinco combates, mas há laivos de match onde nos esquecemos disso, felizmente, tipo quando fez aqueles dois Shotgun Dropkicks seguidos à rijo.
A parte final foi gira. O EVIL é credível e, apesar de aqui sabermos que a vitória ia ser para o KENTA, por momentos dá para se sentir o EVIL como ameaça. Só curtia que ali os últimos 40 ou 50 segundos tivessem mais pace. De resto, satisfaz bem.
Vencedor: KENTA
Rating: ****

Night 7 – Block A
Kazuchika Okada vs. Will Ospreay

CHAOS ainda é oficial? Dúvida legítima, mas vou assumir que não. Outro match com premissa base de que Ospreay é mais pequenito e, como tal, acaba a ser moderadamente dominado no início. A cena é: não senti muito isto, o Okada fisicamente pouco mais é que o inglês. Gostei, contudo, de ver o Ospreay a ver se se impunha e quando consegue meter o Okada fora do ringue, chama-o de volta para dentro. O que se passou depois também foi muito giro com o “Rainmaker” a não facilitar e a explorar-lhe o ombro.
Depois viu-se tudo bem mais repartido, mas sempre com o domínio do Okada a ser mais estruturado e o Ospreay a ser mais “out of desperation”. A cena mudou lá fora, com o Oscutter (sell ao ombro bem vendida a seguir, até) e com outro já lá dentro. Aí esqueceu-se da sell e começaram os cinco minutos mais loucos do G1 até agora (opinião pessoal). Tenho, legitimamente, pena, de já saber o resultado antes de ter começado a ver este combate, porque iria acreditar que o Ospreay ganhava, e ficaria feliz com isso para ver uma title shot filler daqui a dois ou três meses.
Não ganhou, mas o roubo do Tombstone e o Rainkick foram pormenores giros. O Will sai daqui credibilizado como nenhum outro oponente do Okada até agora, com quatro Rainmakers (Discus Rainmaker inclusive) a serem precisos para o chutar para canto. Quase perfeito.
Vencedor: Kazuchika Okada
Rating: ****3/4

Night 8 – Block B
Jon Moxley vs. Shingo Takagi

Terceiro match do Moxley que vejo no G1 e o terceiro que acaba por me desiludir. Não estou a dizer que não gostei. Gostei, mas q.b., não é nada que vá voltar a ver. Gostei da forma como começou, intenso, ao fim de contas, estamos a ver dois gajos brutos. E gostei mais ainda de como o combate se desenrolou.
O problema que senti, desta vez, prendeu-se apenas com um interveniente: Jon Moxley. Epá, o melhor dele continua a ser o extra-wrestling e a atitude de gajo fodido. Mas isso na NJPW não tarda até deixar de chegar. Principalmente quando lhe dão um spot hardcore a cada combate – kudos para a não utilização da mesa, a ideia de que uma mesa tem de ser partida sempre que é montada tira realismo. Das Lariat a meio gás já não falo. As Running Knees são cool e comia isso como finisher esporádico. O match acabou com um Cloverleaf, por alma de alguém, e um que parecia uma rest hold. Há aspetos a melhorar.
Vencedor: Jon Moxley
Rating: ***1/4

Night 8 – Block B
Tetsuya Naito vs. Tomohiro Ishii

Ainda não comecei a ver. Aposto que vou dar ****1/2 ou mais.
Estes dois têm uma química brutal. Saudades destes começos de match logo com o público buzzed. Depois, há que reparar numa cena: o Naito não tem match-up possível em que tenha mais direito de ser cocky do que com o Ishii, e este é o match-up em que o confronto “gajo parvo/veterano que lhe vai partir o focinho” resulta melhor.
O tempo passa e a quantidade de bumps com a upper back que o Ishii dá é qualquer coisa de deixar o pessoal parvo. Há que ver que ele está nos seus mid-40s e sinto que o público vai-se apercebendo disso a pouco e pouco em cada combate. No bocado em que ele esteve por cima (altura do Superplex e assim) o apoio do público era qualquer coisa de extraordinário, e se ele não se tivesse safado no primeiro Destino eu ficava lixado. A partir daí senti que o Ishii podia ganhar (não vi results antes) e é nisso que ele ganha a todos os chamados “upper midcarders” e “midcarders” da New Japan – no poder de fazer o pessoal acreditar que pode ganhar a adversários com mais buzz. Não aconteceu e só aceito isso graças àquela espécie de Death Valley Brainbuster que fez set-up para o Destino. Yah, o Naito não ia perder.
Vencedor: Tetsuya Naito
Rating: ****1/2 (tinha razão)

Top 10 – Night 1-8:
1. Night 1 – Block A: Kazuchika Okada def. Hiroshi Tanahashi - ****3/4
2. Night 7 – Block A: Kazuchika Okada def. Will Ospreay - ****3/4
3. Night 5 – Block A: Kota Ibushi def. Will Ospreay - ****3/4
4. Night 3 – Block A: KENTA def. Hiroshi Tanahashi - ****1/2
5. Night 8 – Block B: Tetsuya Naito def. Tomohiro Ishii - ****1/2
6. Night 1 – Block A: KENTA def. Kota Ibushi - ****1/2
7. Night 3 – Block A: EVIL def. Kota Ibushi - ****1/2
8. Night 1 – Block A: Lance Archer def. Will Ospreay - ****1/2
9. Night 4 – Block B: Tomohiro Ishii def. Jay White - ****1/4
10. Night 6 – Block B: Jon Moxley def. Tomohiro Ishii - ****1/4

11. a 19.:
11. Night 3 – Block A: Kazuchika Okada def. Zack Sabre Jr. - ****1/4
12. Night 6 – Block B: Tetsuya Naito def. Hirooki Goto - ****
13. Night 7 – Block A: KENTA def. EVIL - ****
14. Night 3 – Block A: Will Ospreay def. SANADA - ****
15. Night 2 – Block B: Tomohiro Ishii def. Jeff Cobb - ***3/4
16. Night 5 – Block A: Hiroshi Tanahashi def. Zack Sabre Jr. - ***1/2
17. Night 6 – Block B: Shingo Takagi def. Taichi - ***1/2
18. Night 8 – Block B: Jon Moxley def. Shingo Takagi - ***1/4
19. Night 4 – Block B: Jon Moxley def. Jeff Cobb - **1/2

Se houver feedback, dou-vos rebuçados.


Última edição por Moore em Sab Jul 27 2019, 16:41, editado 1 vez(es)
Moore
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6460
Idade : 21
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Empty Re: [Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29

Mensagem por Ribeiro em Sab Jul 27 2019, 16:23

Moore, n coloques mais de 20 matches no Ranking pls.
Ribeiro
Ribeiro
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 21943
Idade : 94
Localização : Mordor
Emprego/lazer : Hater
Data de inscrição : 27/12/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Empty Re: [Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29

Mensagem por Moore em Sab Jul 27 2019, 16:38

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Moore, n coloques mais de 20 matches no Ranking pls.

Vou dividir por estrelas e meter em spoiler do 11º para baixo para facilitar. Mais dois dias de review e está caótico.
Moore
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6460
Idade : 21
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Empty Re: [Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29

Mensagem por Ribeiro em Sab Jul 27 2019, 17:17

por isso msm, deixa apenas um top20 é suficiente para perceber quais os melhores matches e os dudes q estão a ter as melhores perfomances
Ribeiro
Ribeiro
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 21943
Idade : 94
Localização : Mordor
Emprego/lazer : Hater
Data de inscrição : 27/12/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Empty Re: [Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29

Mensagem por Moore em Sab Jul 27 2019, 20:00

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:por isso msm, deixa apenas um top20 é suficiente para perceber quais os melhores matches e os dudes q estão a ter as melhores perfomances

Vai ficar como está.
Moore
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6460
Idade : 21
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Empty Re: [Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29

Mensagem por Moore em Seg Jul 29 2019, 19:34

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Night 9 – Block A
Kota Ibushi vs. Lance Archer

Vi o combate mais pelo Archer, porque me têm dito que está a ter uma run porreira e ainda só tinha visto um match dele. Cedo percebi que não me ia arrepender. O Archer trabalha bem com pessoal mais pequeno e só não saca mais reação porque o público da New Japan já não é tradicional como era: o abuso gratuito aos young lions foi giro, por exemplo.
Tenho também de louvar o Ibushi por ter vendido o botch do Middle Rope Moonsault como lesão na perna esquerda (que tem sido quase sempre trabalhada). O match em si foi o que esperava: Archer a ter domínio inicial e pré-final, sobretudo graças a dois ou três moves bem stiff (aquela Lariat e o Chokeslam, fds) por ser bem maior que o Ibushi, mas no final, o Ibushi mais ágil e mais capaz lá ganha. Kudos pelo no-sell ao primeiro Kamigoye.
Ah, o Ibushi que pare de fazer a pose do Nakamura antes do Boma Ye. Roubar o move chegava. Percebo a lógica, mas vindo do Ibushi parece mais um puto a imitar o ídolo do que outra coisa.
Vencedor: Kota Ibushi
Rating: ****

Night 9 – Block A
EVIL vs. Zack Sabre Jr.

Ainda não vimos o Sabre Jr. no seu melhor neste torneio (acredito que tal honra vá pertencer ao Will Ospreay), mas aqui vimos algo divertido de se ver. Não foi nada de estelar, mas o EVIL está feito um wrestler super útil que consegue dar bom resultado com muita gente.
O booking do ZSJ tem revolvido muito em torno da sua desvantagem física para com toda a gente, praticamente, deixando-o incapaz de sacar submissões incapacitantes cedo. Parte do booking do EVIL também revolve em torno de ele não ser propriamente burro e saber aproveitar as fraquezas do adversário, portanto é fácil entender o porquê de o match ter sido porreiro.
Gostei muito da sequência final, ainda que tenha sido super simples, para acabar num EVIL STO.
Vencedor: EVIL
Rating: ****

Night 9 – Block A
Kazuchika Okada vs. KENTA

Pré-match: se há algum combate para o KENTA brilhar é este. Se a ideia não passar por ser ele a ganhar o block, espero que tenha ganho ao Okada.
Match: tenho estado a gostar do input da personagem do KENTA. Não é nada de deep, pelo contrário, mas é muito agradável vê-lo a provocar e a ser meio porco (“rainmaker pose”, incluída) mas a justificar esse papel no ringue. Quando o ring rust desaparecer e ele se tornar na máquina de pontapés que era antes, será melhor ainda.
A cena é, é o Okada. Não pode ser simplesmente desvalorizado e pronto, mesmo que tenha passado o match todo a comer na boca (ah, aquela série de chapadas na cara...). O final, esse, soube-me muito a nada. A intensidade estava fixe e o momento para acabar foi certo, mas pá, foi nada. Vender o KENTA como um gajo capaz de desafiar o Okada e de o ter na mão o match todo para depois perder com um Rainmaker (só um, quando já vimos o Okada a ganhar algumas vezes com dois e três só no G1), acaba por ser esquisito. Ainda para mais quando o Tombstone pré-Rainmaker fica a uns 20cm do chão.
Da parte do KENTA, é melhorar a intensidade.
Vencedor: Kazuchika Okada
Rating: ****

Night 10 – Block B
Juice Robinson vs. Tomohiro Ishii

Contextualizando uma vez mais: só vi o Juice no seu início na NJPW. Yah, é nesse ponto que me encontro. Mas já ali me tinha surpreendido e sei que agora está melhor ainda. Vamos ao match.
O Juice a querer armar-se em duro e a ser desmanchado à chapada pelo Ishii logo de início foi lindo. Sobretudo porque ele voltou a tentar armar-se em duro logo de seguida. Comédia subtil, e o combate andou mesmo muito à volta disso: Juice a apanhar e a empolgar-se quando finalmente tinha alguma posse, ganhando o apoio completo do público, mostrando um fighting spirit excelente e credível. No final perdeu com o Brainbuster, mas a performance foi óptima.
Como é que a WWE mandou este gajo embora e dava papéis de comédia a gajos como o Mojo Rawley e o Elsworth?
Vencedor: Tomohiro Ishii
Rating: ****1/2

Night 10 – Block B
Jon Moxley vs. Tetsuya Naito

Pre-Match: acredito que este seja o meu match favorito do Moxley no G1. A ver vamos.
Match: início muito porreiro, com a comédia inicial a ser inevitável, dadas as provocações do Naito e todo o character do Moxley. Nada exagerado, porque sabemos sempre que a seguir tudo vai aquecer. Mesmo assim, tivemos sempre alguma comédia inserida, ainda que mais leve (interações com o Red Shoes Unno). Continuo relutante com a cena do Moxley tentar sempre introduzir elementos hardcore, mas epá, neste combate, na boa mesmo. Não foi exagerado e tendo em conta contra quem foi e como estava a ser o match na altura, tranquilo.
De resto, o Moxley se quiser, consegue ser um brawler stiff do caraças, e a NJPW torna-se no seu lugar certo nesses momentos. Até porque o público gosta dele e senti mais apoio para ele do que para o Naito. Esse também ajuda, o selling deve esteve no ponto, especialmente nos head bumps. Adoro ver o Dirty Deeds como setup para a sua lifting version.
Facilmente o match que mais gostei do Moxley até agora. Só o achei meio à toa em certos timings. E naquele Frankensteiner do Naito, não o matou porque não calhou.
Vencedor: Jon Moxley
Rating: ****1/2

Top 10 – Night 1-10:
1. Night 1 – Block A: Kazuchika Okada def. Hiroshi Tanahashi - ****3/4
2. Night 7 – Block A: Kazuchika Okada def. Will Ospreay - ****3/4
3. Night 5 – Block A: Kota Ibushi def. Will Ospreay - ****3/4
4. Night 3 – Block A: KENTA def. Hiroshi Tanahashi - ****1/2
5. Night 10 – Block B: Jon Moxley def. Tetsuya Naito - ****1/2
6. Night 8 – Block B: Tetsuya Naito def. Tomohiro Ishii - ****1/2
7. Night 1 – Block A: KENTA def. Kota Ibushi - ****1/2
8. Night 3 – Block A: EVIL def. Kota Ibushi - ****1/2
9. Night 10 – Block B: Tomohiro Ishii def. Juice Robinson - ****1/2
10. Night 1 – Block A: Lance Archer def. Will Ospreay - ****1/2


11. a 24.:
11. Night 4 – Block B: Tomohiro Ishii def. Jay White - ****1/4
12. Night 6 – Block B: Jon Moxley def. Tomohiro Ishii - ****1/4
13. Night 3 – Block A: Kazuchika Okada def. Zack Sabre Jr. - ****1/4
14. Night 6 – Block B: Tetsuya Naito def. Hirooki Goto - ****
15. Night 9 – Block A: Kazuchika Okada def. KENTA - ****
16. Night 7 – Block A: KENTA def. EVIL - ****
17. Night 3 – Block A: Will Ospreay def. SANADA - ****
18. Night 9 – Block A: Kota Ibushi def. Lance Archer - ****
19. Night 9 – Block A: EVIL def. Zack Sabre Jr. - ****
20. Night 2 – Block B: Tomohiro Ishii def. Jeff Cobb - ***3/4
21. Night 5 – Block A: Hiroshi Tanahashi def. Zack Sabre Jr. - ***1/2
22. Night 6 – Block B: Shingo Takagi def. Taichi - ***1/2
23. Night 8 – Block B: Jon Moxley def. Shingo Takagi - ***1/4
24. Night 4 – Block B: Jon Moxley def. Jeff Cobb - **1/2

Nota: se existir algum combate que eu não tenha analisado e que recomendem, feel free para o fazer.

Se houver feedback, dou-vos rebuçados.
Moore
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6460
Idade : 21
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Empty Re: [Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29

Mensagem por Moore em Dom Ago 04 2019, 14:34

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Night 11 – Block A
Will Ospreay vs. Zack Sabre Jr.

Provavelmente o melhor começo de match do G1. Foi algo sem grande psicologia, com ênfase no lado atleta dos dois, mas não foi nenhum Ospreay/Ricochet. Da parte do ZSJ, não me lixem, a intensidade do gajo em matches com alguém com quem já há background, como é o caso, é sempre maior, o que faz sentido. E isso não quer dizer que nos outros matches, o homem se esteja a marimbar (looking at you, Kenny Omega).
A química dos dois também é brutal e o pace do match na fase inicial foi perfeito, deixando o Ospreay fazer uns flips enquanto o Zack mostrava que ainda podia, mesmo assim, dar mais. O que me levou a crer que os últimos minutos do combate seriam wrestling puro.
E foi algo muito satisfatório de se ver. Sinto que mesmo aqui, o Zack foi tratado como um tipo fisicamente inferior ao seu adversário (e é), o que me leva a crer que as divisões de peso já são mais divisões de wrestling style do que outra coisa. Ainda assim, foi largamente tratado também como o melhor wrestler dos dois (e é). No finish, deu-se atenção a essa ideia e o Ospreay acabou na ratoeira. Bom.
Vencedor: Zack Sabre Jr.
Rating: ****1/2

Night 11 – Block A
Kazuchika Okada vs. Lance Archer

Lance Archer a intimidar bebés é algo que me anima bastante em qualquer momento. Also, os inícios de match do Archer são qualquer coisa. Vê-lo a brutalizar qualquer oponente é algo que parece super natural e credível. Vê-lo a brutalizar young lions é legitimamente engraçado.
O combate foi muito ao estilo Hogan nos anos 80 na WWF: um heel monstro a ter superioridade inicial, um comeback, regresso à superioridade do heel e comeback final com o público a ter influência. Gostei muito, honestamente. Do finish, nem tanto. Tenho imensos problemas em ver um gigante como o Archer a perder com um Rainmaker e meio de um pequenote (em comparação) como o Okada. Mesmo que o Archer o tenha vendido de forma soberba.
Vencedor: Kazuchika Okada
Rating: ****

Night 11 – Block A
EVIL vs. Hiroshi Tanahashi

Saltei KENTA vs. SANADA e não sei se o devia ter feito. Foi só um aparte.
A história de Tanahashi ser um wrestler em decadência resulta muito bem em combates destes, com o EVIL, inteligente e bruto, a mostrar-se como uma forte ameaça e como alguém com quem o Tanahashi tem de dar tudo para provar ainda ser um dos do topo. Ainda para mais com o joelho a ser constantemente alvo de submissões.
O hype dado também ao facto de o EVIL estar a fazer um torneio bom lembra-nos disso mesmo, que poderia ficar esquecido e mantém-nos colados à ideia-base do match do EVIL: precisar de ganhar para acompanhar com o KENTA e o Ibushi. E a pouco e pouco, face à resiliência do Tanahashi, o EVIL foi parecendo ligeiramente mais desorientado.
Não sei se curti o outcome. Acho que preferia uma vitória do EVIL, mas o Tana precisa de umas vitórias frente a pessoal ainda de algum nome para continuar a sua história, portanto, é na boa. O EVIL não sai descredibilizado de modo algum.
Vencedor: Hiroshi Tanahashi
Rating: ****1/2

Night 12 – Block B
Jeff Cobb vs. Shingo Takagi

Tive algum receio que este não chegasse a aquecer, honestamente. A primeira metade foi muito lenta e, pareceu-me, um tanto soft, comparativamente ao que esperava de Cobb e Shingo.
Isso mudou na segunda metade e culminou nuns minutos finais fantásticos, com contra-ataques, com o Shingo a colapsar face ao que o Cobb tinha planeado para ele e com demonstrações de força de parte a parte. Quando o Shingo levantou o Cobb para um delayed Made in Japan então... ui. Aceito muito bem se o meterem na Heavyweight division.
Gostei de a vitória ter sido para o Cobb. Se ao menos tivesse visto este Cobb contra o Moxley...
Vencedor: Jeff Cobb
Rating: ***3/4

Night 12 – Block B
Hirooki Goto vs. Tomohiro Ishii

Minutos iniciais bem diferentes aos do combate que analisei mesmo antes. Bem mais ritmados, bem mais hard-hitting, com o Ishii a ficar com o papel mais heelish, um pouco por estar agora num patamar ligeiramente superior ao Goto. Da parte do Goto, logicamente, tentou-se evidenciar o seu fighting spirit, mostrando que ele não se daria por vencido por alguém que até há uns dois anos era visto no CHAOS e na NJPW como estando abaixo de si mesmo.
O spot das strikes no canto e da troca de forearms no meio do ringue é prova disso... e aí o Ishii riu por último. A meio do combate, o Goto começou-se a superiorizar, a puxar truques do livro do Shibata e a acabar com o meu pensamento antes do match: “vendo bem, o Goto agora já é mais uma versão soft do Ishii do que outra coisa”. Matches como estes provam que não e que há ali qualquer coisa que, na maior parte do tempo, está muito bem escondida. Infelizmente.
Os minutos finais foram excelentes, com o Ishii já esgotado a não dar parte fraca e a ser decapitado com o GTR depois de o Goto mostrar a sua fibra. Btw, tenho a sensação que o Goto poderia recuperar a sua aura pré-expansão da NJPW se fosse um ano ou assim para a NOAH. Anyway, facilmente o meu match preferido do Block B.
Vencedor: Hirooki Goto
Rating: ****3/4

Top 10 – Night 1-12:
1. Night 1 – Block A: Kazuchika Okada def. Hiroshi Tanahashi - ****3/4
2. Night 12 – Block B: Hirooki Goto def. Tomohiro Ishii - ****3/4
3. Night 7 – Block A: Kazuchika Okada def. Will Ospreay - ****3/4
4. Night 5 – Block A: Kota Ibushi def. Will Ospreay - ****3/4
5. Night 3 – Block A: KENTA def. Hiroshi Tanahashi - ****1/2
6. Night 10 – Block B: Jon Moxley def. Tetsuya Naito - ****1/2
7. Night 8 – Block B: Tetsuya Naito def. Tomohiro Ishii - ****1/2
8. Night 1 – Block A: KENTA def. Kota Ibushi - ****1/2
9. Night 11 – Block A: Zack Sabre Jr. def. Will Ospreay - ****1/2
10. Night 3 – Block A: EVIL def. Kota Ibushi - ****1/2

11. a 29.:
11. Night 10 – Block B: Tomohiro Ishii def. Juice Robinson - ****1/2
12. Night 11 – Block A: Hiroshi Tanahashi def. EVIL - ****1/2
13. Night 1 – Block A: Lance Archer def. Will Ospreay - ****1/2
14. Night 4 – Block B: Tomohiro Ishii def. Jay White - ****1/4
15. Night 6 – Block B: Jon Moxley def. Tomohiro Ishii - ****1/4
16. Night 3 – Block A: Kazuchika Okada def. Zack Sabre Jr. - ****1/4
17. Night 6 – Block B: Tetsuya Naito def. Hirooki Goto - ****
18. Night 9 – Block A: Kazuchika Okada def. KENTA - ****
19. Night 7 – Block A: KENTA def. EVIL - ****
20. Night 3 – Block A: Will Ospreay def. SANADA - ****
21. Night 9 – Block A: Kota Ibushi def. Lance Archer - ****
22. Night 11 – Block A: Kazuchika Okada def. Lance Archer - ****
23. Night 9 – Block A: EVIL def. Zack Sabre Jr. - ****
24. Night 12 – Block B: Jeff Cobb def. Shingo Takagi - ***3/4
25. Night 2 – Block B: Tomohiro Ishii def. Jeff Cobb - ***3/4
26. Night 5 – Block A: Hiroshi Tanahashi def. Zack Sabre Jr. - ***1/2
27. Night 6 – Block B: Shingo Takagi def. Taichi - ***1/2
28. Night 8 – Block B: Jon Moxley def. Shingo Takagi - ***1/4
29. Night 4 – Block B: Jon Moxley def. Jeff Cobb - **1/2

Nota: se existir algum combate que eu não tenha analisado e que recomendem, feel free para o fazer.

Se houver feedback, dou-vos rebuçados.
Moore
Moore
NXT Champion

Masculino Número de Mensagens : 6460
Idade : 21
Localização : Montemor-o-Novo
Data de inscrição : 16/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29 Empty Re: [Moore faz reviews] NJPW G1 Climax 29

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum