FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

Associação Portuguesa de Wrestling

Página 15 de 17 Anterior  1 ... 9 ... 14, 15, 16, 17  Seguinte

Ir em baixo

Re: Associação Portuguesa de Wrestling

Mensagem por PoD em Qua Set 12, 2018 12:26 am



Próximo Show: 23 de Setembro / 18h00.

SANTOS VS JAMES MATHEWS - Campeão contra Campeão.
avatar
PoD
NJPW Superstar

Masculino Número de Mensagens : 2926
Idade : 31
Localização : nest
Emprego/lazer : Irónico
Data de inscrição : 09/05/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Portuguesa de Wrestling

Mensagem por Renato em Qua Set 12, 2018 10:21 am

Há uma linha ténue entre a genialidade e a loucura, não sei bem de que lado é que esta história cai.
avatar
Renato
Administrador
Administrador

Masculino Número de Mensagens : 28348
Idade : 23
Localização : Somewhere over the rainbow
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Portuguesa de Wrestling

Mensagem por PoD em Qua Set 12, 2018 12:39 pm



Última edição por PoD em Sex Set 14, 2018 9:38 am, editado 1 vez(es)
avatar
PoD
NJPW Superstar

Masculino Número de Mensagens : 2926
Idade : 31
Localização : nest
Emprego/lazer : Irónico
Data de inscrição : 09/05/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Portuguesa de Wrestling

Mensagem por Renato em Qui Set 13, 2018 10:19 pm



O sistema de pontuações e assim é igual ao ano passado, só muda que o vencedor do torneio pode escolher a estipulação para o combate pelo título.
avatar
Renato
Administrador
Administrador

Masculino Número de Mensagens : 28348
Idade : 23
Localização : Somewhere over the rainbow
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Portuguesa de Wrestling

Mensagem por Renato em Sab Set 22, 2018 10:23 pm

Amanhã há show em Portimão, pelos vistos Santos vs. Mathews é o único combate anunciado.
avatar
Renato
Administrador
Administrador

Masculino Número de Mensagens : 28348
Idade : 23
Localização : Somewhere over the rainbow
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Portuguesa de Wrestling

Mensagem por CChris em Dom Set 23, 2018 12:03 am

Vou lá estar presente. Vai ser o meu primeiro show de wrestling, im excited for it.
avatar
CChris
TNA X Division Champion

Masculino Número de Mensagens : 5483
Idade : 22
Localização : Monte Gordo, Algarve
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 30/06/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Portuguesa de Wrestling

Mensagem por Renato em Dom Set 23, 2018 8:28 pm

E o vencedor do combate pelo(s) título(s) foi... ninguém, já que o main-event acabou por ser transformado num Santos e Mathews vs Renegados, que os campeões venceram.
avatar
Renato
Administrador
Administrador

Masculino Número de Mensagens : 28348
Idade : 23
Localização : Somewhere over the rainbow
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Portuguesa de Wrestling

Mensagem por Renato em Seg Set 24, 2018 2:42 pm

Que tal o show @CChris, conta coisas à malta!
avatar
Renato
Administrador
Administrador

Masculino Número de Mensagens : 28348
Idade : 23
Localização : Somewhere over the rainbow
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Portuguesa de Wrestling

Mensagem por CChris em Seg Set 24, 2018 7:02 pm

Bem, eu decidi levantar o cu do sofá e ir ver o show a Portimão, como estou a viver em Faro, apanhando um comboio e uma hora e meia de viagem, tou lá metido. Devo dizer, antes de mais nada, que esta foi a primeira vez que vi um show de wrestling o vivo, seja ele nacional ou internacional, foi o primeiro show de wrestling a que foi e, muito sinceramente, o facto de ter sido algo nacional foi ainda melhor.

O show começou (com quinze minutos de atraso, mas isso é já tradição na tuga) com um segmento de assinatura do contrato para o combate do Main Event de campeão contra campeão, com o Basílio a servir de representante da direção da APW. O Santos é o puto babyface super talentoso e atlético que tem o publico do seu lado mas que tem o seu lado de arrogante e convencido e o James é o veterano adorado por todos, que ao fim de tanto tempo conseguiu conquistar o titulo e que ajudou a construir a companhia. Foi interessante, os dois lutadores mostraram-se determinados, mas não foi nada por ai além. Ambos têm uma boa presença e cumpriram bem o papel, hypando assim o main event pro show que, de notar, é o unico combate anunciado para todo o evento (vou falar disto mais à frente, no final).

O primeiro combate da noite que vimos foi o Stefan Stu contra o Seth (que veio com uma mascara de Kaneki do Tokyo Ghoul, já recebe pontos por isso), com o Stu a fazer de babyface underdog e Seth um heel experiente com tendências vampiricas, ou isso ou o Darth Vader convenceu-o a juntar-se ao lado negro da força. Agora a sério, o Seth tava com um visual muito cool, com lentes pretas e vermelhas, uma gear em que as tights eram todas pretas, knee e kick pads, com uma espécie de singlet preto com detalhes vermelhos, com a mascara do Kaneki ficou um visual brutal. São estas pequenas cenas que fazem a diferença. 

O combate, no entanto, podia ter corrido melhor. Não que tenha corrido mal, o combate correu bem, mas houve ali algumas falhas de comunicação e em alguns momentos, notou-se claramente aquela situação do "então, vou eu ou vens tu?". O Stu ainda está muito verde, apesar de se notar claramente um enorme potencial no miúdo, e a sua verdura notou-se num momento de storytelling que acabou por sair demasiado forçado, em que o rapaz, in-kayfabe, está algo traumatizado em fazer highrisk moves, e então ele tentou fazer um suicide dive mas hesitou, voltou a tentar fazer e voltou a hesitar, mas o seth tava lá fora claramente à espera dele e visualmente não ficou fixe. Mas lá está, isto são coisas que se vão melhorando. 
O combate acabou por ir aumentado de intensidade e o final parecia ter chegado quando o Seth acertou com um spanish fly da terceira corda, mas o final acabou por vir um pouco mais tarde, do nada, com um rollup mais elaborado. O final apanhou o publico de surpresa, o que foi muito bom, visto que já estavamos um pouco "okay, vamos lá ver qual é que vai ser a maluqueira que eles vão fazer para acabar este combate", porque eles já tinham feito mesmo bue cenas. Foi inteligente.
Pá, no geral fiquei satisfeito com o combate. Não foi nada por ai além e ele esticou-se demasiado, durou cerca de vinte cinco minutos quando se tivessem ficado ali nos 18 tinha sido excelente. No final eles já estavam completamente cansados e isso notou-se bem. Lá está, houve uns momentos sloppys, principalmente ao inicio, e houve momentos em que apanhou-se os lutadores a fazer as calls, mas nada de grave. Foi um bom combate para iniciar o show e o publico reagiu bem, tanto que nas entrevistas pós combate o Seth não conseguiu acabar a entrevista dele porque o publico abafava-o completamente com os apupos. O Stu é um puto com muito potencial, mas tem que trabalhar mais.
Nota: lembrei-me disto já quando estava no final da review, houve uma cena neste combate que deixou-me algo "incomodado". O Seth fez um excelente trabalho durante a primeira metade do combate ao fazer target ao ombro do jovem Stu, sendo que o atacou imenso e o Stephan também fez um bom trabalho de o vender, sendo que até houve um pin feito pelo Stu em que ele não prendeu a perna por causa do ombro e o Seth consegue sair aos dois, são esses detalhes que fazem a diferença. Mas depois, houve um spot durante o comeback do rapaz que ele decide sacar de um buckle bomb seguido de uma sit out powerbomb. Ora, o Seth não é muito grande, mas a verdade é que o Stu consegue ser mais pequeno que ele e é ainda mais magro. Ou seja, sendo que o Seth andou a destruir aquele ombro durante uns dez minutos, não me é credivel nem me faz sentido que logo depois o miudo tenha capacidade de fazer duas powermoves sem qualquer tipo de dificuldade. Lá está, são os detalhes. 

A seguir vimos o Insanidade, que é uma personagem misteriosa das trevas, contra um senhor americano que já andou no CTW, o Duke Warflied. Isto foi um combate entre dois gajos grandes que gostam de andar à porrada e, tbh, não passou muito disso. Foi um brawlzinho que acabou com um doublecount out que, mesmo assim, foi meio manhoso porque o arbitro não estava nos seus melhores dias. O Insanidade cumpre bem no seu papel de personagem de tapa buracos e enche chouriços, a pessoa que a interpreta consegue ser convincente, muito pela estrutura corporal mais avultada que gera um ar meio "vader" à cena. É cool. O Duke não é nada demais mas é credível, é talvez dos gajos mais credíveis do evento, além de ter uma apresentação e presença um pouco acima do que se costuma ver na tuga, o que só ai ganha imensos pontos.

O ultimo combate da primeira parte foi o melhor combate do show até agora. Um embate de ex-campeões em que Adonis enfrenta Vitor Amaro. Adónis é um gajo grande e talvez um dos que mais "ar de wrestler" tem na tuga, o Vitor é um tipo bem disposto e que procura sempre trazer algo novo para o publico se divertir. Desta vez o Amaro veio com um fato de Deadpool e um papel colado às costas a dizer "Kick Me" a condizer. Foi um bom momento de comedy relief e necessário, visto que o publico começava a ficar cansado. E visto isso, este combate foi excelente. Foi curto e com ação bue condensada, a um ritmo alto e com o Amaro a brilhar, apesar de ter saido derrotado. Nunca tinha visto nada dele, mas quem olha para ele, à primeira vista, não pensa que ele consegue fazer muitas das coisas que faz naquele ringue e com a fluidez que faz. Foi uma outra cena boa disto é que foi o combate mais fluido do show até agora. Boa ação, boa história com ambos a quererem ganhar o combate e a darem tudo, mas com o Adónis a sair por cima no final e com uma demonstração de respeito mutua no after match a mandar o publico contente para um intervalo muito necessário. Aquele primeiro combate cansou mesmo o publico que, até agora, até se tem portado bem, mas nada demais. Este combate do Amaro e do Adónis merecia mais reação do que aquela que teve. 

Uma coisa que esquecime de dizer, o Basilio, no inicio do show, anunciou duas cenas: 
-A primeira era que este show é um show especial. Todos os combates de show vão ser de singles porque os vencedores dos combates, tirando o do main event, vão avançar para um combate no proximo show que vai servir para determinar o proximo candidato principal ao titulo nacional da APW. Visto que o Seth e o Adónis venceram os seus combates, eles avançam assim para esse tal combate. Do combate do Duke e do Insanidade não vai avançar ninguém porque acabou em count-out.
- A segunda (por acaso não tenho a certeza se foi no inicio do show ou foi depois do intervalo, mas fuck it) é que está de volta a Liga Carlos Rocha e os combates deste show contam já para essa liga. Ou seja, os combates de hoje, não só vão contar para o tal combate de qualificação do proximo show, como também vão contar para a Liga Carlos Rocha que, assumo eu, vai ter o mesmo sistema de pontuação do ano passado (o @PoD é que pode esclarecer esta parte). 

A segunda parte começou com aquele que, na minha opinião, foi o melhor combate do show: o veterano Artgore contra o jovem Michael Stu. Este Stu, juntamente com o seu primo Stephan Stu (que lutou contra o Seth no primeiro combate), fazem a tag team Veri Stu. 
Pá, para ser honesto, se o Stephan tem muito potencial, o Michael tem ainda mais. O miúdo fez um excelente combate, acertou com os tempos praticamente todos, vendeu muito bem a cena do David contra o Golias que era a história do combate e a verdade é que ter um veterano como o Artgore a guiar o combate ajuda imenso. Não tenho noção de quanto tempo o combate durou, mas foi o certo para voltar a trazer o publico ao de cima que, diga-se de passagem, voltaram animados do intervalo. É muito facil gostar-se do Michael e o publico esteve por trás do rapaz o tempo todo. O Artgore é excelente a fazer o publico sacar a reação que ele quer, além de ter umas expressões faciais bem boas. 
O combate foi básicamente o Stu a adoptar uma estratégia de "hit and run", porque sabia que se o Art o apanha-se, tava fodido. Houve um momento a meio do combate em que, depois de um chokeslam e em que todos achavam que o combate estava já perdido para o Stu, o rapaz consegue sair do pin ao dois e saca de um manguito pro Artgore que o publico reagiu muito bem. 
O combate acabou por acabar com a vitória do Artgore, mas o Stu teve uma prestação incrível, parabéns ao puto e que continue a trabalhar que pode chegar a algum lado.

Depois veio o main event e man, que viagem. 
Bem, em primeiro lugar, o match entre o Santos e o James começou, com o Santos a estar demasiado cooky e o James claramente a não curtir disso. Por momentos o Santos não estava a apertar a mão ao Matthews e gerou-se ali um momento de pequena tenção, mas lá apertou e o combate começou. 
Eles lá andaram ali a medir forças, sempre com algum respeito à mistura. Depois, ainda antes do combate atingir os cinco minutos, os Renegados, Luis Mira e David Mota (acho que é esse o nome dele), intreferem e fazem o combate acabar em no contest.

Eles foram espertos em dar aqueles cinco minutinhos ao Santos e ao Matthews para a malta respirar depois do ultimo combate, assim o publico estava pronto pro que vinha ai.

Num segmento bastante bem conseguido, em que o sôr Basílio fica todo fodido da vida e começa a gritar com os renegados, este propõe uma mudança no Main Event, isto porque os renegados clamam ter ganho uma opurtunidade ao titulo nacional da APW por terem ganho a taça tarzan taborda. Por isso, o que o Basílio sugere é, o novo main event deste evento: Os Renegados, Mira e Mota, contra o campeão nacional da APW, James Mathews, e... o campeão nacional da APW, Santos, num tag team match em que, se os Renegados ganharem, ganham o direito de enfrentar o vencedor do Santos vs Matthews que vai acontecer no proximo show, logo a seguir a esse combate, num 3-way match. Dois lutadores frescos contra o homem que sair vencedor do combate pelo titulo.

Ora, isto gera alguma discordia nos renegados. O Mota não quer aceitar a proposta porque diz que eles é que fazem os seus termos, mas o Mira, num impulso, acaba por aceitar o combate em nome da tag team, o que cria ali um pequeno momento de desentendimento e discussão. 

De salientar um momento neste segmento, quando o Mira se vira para um membro da audiência, depois de um comentário deste que, sinceramente, não apanhei, e diz-lhe algo como "A tua mãe é que é de plástico". Não é necessário dizer que isto levou o publico a um momento de "OH SHIT!" 

O Main Event, man, foi lindo. Pode não ter sido o melhor combate do show "dentro do ringue", mas foi, de longe, aquele que conseguiu mais reação. O SANTOS está over como tudo, o Matthews desempenhou bem o papel de babyface que apanha porrada durante o combate de tag team, e os heels estiveram muuuito bem a meter nojo. Tecnicamente não tenho nada a dizer, o combate foi bue simples mas entregou como tudo e o publico adorou. Na strech final, quando o Santos finalmente entra e faz o comeback para a equipa, caga, o puto partiu tudo. O publico adora-o e o facto de ele fazer a cena do Ronaldo do "SIIIIIM" antes do Penalty Kick é muito cool e bem pensado. 
Depois do combate, os Renegados voltaram a ter problemas, sendo que ambos culparam o outro por terem perdido. 

Nota: o Santos, com uma chop, rebentou o peito ao Mota. Podem ir à página do Fontes ver a foto que ele meteu lá do peito do rapaz, até a mim, que estava na primeira fila, me doeu.

Com isto, a retirar deste show para o proximo:
-Vamos ter assim uma 3-way entre Adónis, Artgore e Seth para determinar o proximo candidato principal ao titulo, além de termos o SANTOS vs Matthews pelo mesmo. 

- Quero ver onde vai dar a cena do Duke com o Insanidade, se vão continuar esse angle;

-Os Stu andam, ao que parece, numa pequena série de derrotas e quero ver a direção que dão aos primos;

-Os problemas dentro dos Renegados parecem ser uma premonição de um turn e da eventual separação da equipa.


Agora mais a titulo pessoal, este foi o primeiro show de wrestling que vi ao vivo e man, adorei. Fui muita bem recebido por toda a gente e ver ao vivo é uma experiência completamente diferente. Ficas muito mais envolvido no espetaculo porque sabes que aquilo está a ser feito para ti, até porque tu proprio fazes parte do espetáculo, seja atraves de canticos ou mesmo a interação com os lutadores. Foi uma experiencia incrivel e sem duvida que é para repetir.
avatar
CChris
TNA X Division Champion

Masculino Número de Mensagens : 5483
Idade : 22
Localização : Monte Gordo, Algarve
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 30/06/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Portuguesa de Wrestling

Mensagem por Renato em Seg Set 24, 2018 7:20 pm

@CChris escreveu:
- A segunda (por acaso não tenho a certeza se foi no inicio do show ou foi depois do intervalo, mas fuck it) é que está de volta a Liga Carlos Rocha e os combates deste show contam já para essa liga. Ou seja, os combates de hoje, não só vão contar para o tal combate de qualificação do proximo show, como também vão contar para a Liga Carlos Rocha que, assumo eu, vai ter o mesmo sistema de pontuação do ano passado (o @PoD é que pode esclarecer esta parte). 
Não sou o PoD mas sim, é o mesmo sistema do ano passado, já tinha postado aqui no tópico e tudo.

Excelente review, ainda bem que valeu a pena
avatar
Renato
Administrador
Administrador

Masculino Número de Mensagens : 28348
Idade : 23
Localização : Somewhere over the rainbow
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 28/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Associação Portuguesa de Wrestling

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 15 de 17 Anterior  1 ... 9 ... 14, 15, 16, 17  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum