FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

[Resposta] Bookar o WWE Special Show (The Death of PG Era) - FaBiNhO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Resposta] Bookar o WWE Special Show (The Death of PG Era) - FaBiNhO

Mensagem por FaBiNhO em Seg Ago 15 2011, 21:58


WWE Special Show: The Death of PG Era
(Ocorrido no dia 11/8/2011)


Show:

1. Jim Ross, Michael Cole e Jerry “The King” Lawler iniciam o programa especial de 3 horas, por dizer que já há muito que os fãs queriam ver este dia chegar e que hoje será a grande altura de mudar a WWE por completo, pois a era do sangue e das coisas malucas estão de volta. Fazem menção que neste especial de 3 horas, iremos ver os dois WWE Champions em acção no ringue de forma a terem um pequeno aquecimento para o combate importante que têm no SummerSlam.

2. United States Champion Dolph Ziggler (c/ Vickie Guerrero) vs Smackdown Money in the Bank Winner Daniel Bryan num combate de atracção. Michael Cole faz menção que estes dois já colidiram no passado num trio de combates muito bons e no qual Dolph Ziggler nunca teve a oportunidade de prevalecer, e para além disso, foi este combate que ficou empatado na votação do WWE.com no “Top 25 Best Matches of The Year”. Daniel Bryan começou o combate em fogo, chegando a atingir um “Suicide Dive” brilhante, mas foi parado por Dolph Ziggler, que com a distracção de Vickie, pegou no título dele e deu com ele em cima da cabeça de Bryan, fazendo um corte na cabeça de Bryan e por conseguinte, ficando a sangrar. Obviamente que os fãs ficaram em pulgas com o combate e nunca deixaram de apoiar Daniel Bryan durante o combate e quando este último regressou ao combate, vimos uma troca enorme de “nearfalls” entre os dois, chegando ao ponto de ambos conseguirem os seus golpes finais (“Zig Zag” de Dolph e “LeBell Lock” de Daniel). O combate teve uma grande duração (rondando os 22 minutos com uma pausa para publicidade) e o final viu Daniel Bryan a conseguir uma espécie de “Guillotine Choke” e quando Dolph estava para desistir, Vickie Guerrero interferiu de novo (onde Dolph aproveitou para desistir) e quando Daniel Bryan ficou distraído, Ziggler acertou de novo com o título na cabeça de Bryan e aplicou o seu “Sleeper Hold”, no qual o árbitro teve de parar o combate, visto que Bryan estava completamente inconsciente.

3. Após o combate e de Ziggler estar a comemorar, Alex Riley aparece para uma grande ovação e novamente volta a lembrar a Dolph Ziggler que mais uma vez consegue uma vitória usando a Vickie Guerrero. Adiciona um bocado de humor à coisa, dizendo que Vickie deve ter comido muito feijão para andar a cheirar mal tanto da boca como do cu. Para além disto, vem confirmar que no SummerSlam vai haver um combate pelo United States Championship entre eles os dois e se Dolph quer ser realmente respeitado, terá de mostrar que consegue uma vitória sozinho e que afinal é a Vickie que anda a impedi-lo de chegar onde ele já esteve dantes. Isto deixa Vickie e Dolph com algumas tensões, mostrando que estará para breve uma separação dos dois! De novo para intervalo.

4. Estamos de volta e os comentadores falam como Triple H mudou o rumo todo desta companhia e que no SummerSlam, história vai ser feita entre John Cena e CM Punk quando descobrirem quem é realmente o novo WWE Undisputed Champion. A música de Triple H interrompe os comentadores e aparece o novo COO da WWE, que vai até ao ringue falar sobre o seu novo cargo nesta empresa. Fala que nestas últimas semanas verificou que é um trabalho muito complicado de se fazer e que por isso respeitava o próprio Vince McMahon pelo que fazia (ouve-se alguns cânticos de “Thank you Vince!” e outros a apuparem isto), mas que estava na altura de mudar isto tudo de uma vez por todas (levando uma enorme ovação do público). Já não pode haver asneiras censuradas, o sangue vai existir e não haverá impedimentos no combate por causa disso e acima de tudo, podem esperar o inesperado. Nisto anuncia que para um combate de tamanha importância como CM Punk vs John Cena, tem de haver alguém que saiba manter ordem naquilo tudo e Triple H é a pessoa indicada para ser o árbitro especial deste “main-event” no SummerSlam (levando uma grande reacção de novo pelo público). Triple H fala como não se quer meter neste assunto entre ambos e que vai arbitrar o combate de forma equilibrada sem jogos sujos. Por fim, anuncia que haverá um contrato de assinatura oficial entre ambos os lutadores e que já a seguir, John Cena estará em acção contra uma pessoa que diz haver conspiração na WWE, R-Truth.

5. WWE Champion John Cena vs R-Truth. Na entrada de Cena, este não mostra a habitual felicidade que tem quando entra numa arena e fica um bocado curioso sobre Triple H ser árbitro e antes do combate começar, eles falam um com o outro sem microfones, no qual Triple H desculpa-se que se é um combate de tamanha importância, tem de haver alguém a arbitrar. Depois disto, Triple H abandona e com Cena distraído, Truth aparece de surpresa no ringue a atacar por trás Cena para dar início ao combate. Durante o combate, Truth mostra-se frustrado por não conseguir ganhar no combate e quando Truth procurava o “Scissors Kick”, Cena desviou-se e começou o típico “comeback” que o público não gosta nada (tirando as mulheres e as crianças). No final houve uma série de contra-ataques de ambos muito bem-feitas, até que Truth caiu no “STF” para desistir, mostrando que Cena está pronto para o SummerSlam!

6. Depois da vitória, Josh Mathews apanha CM Punk nos bastidores para dar uma entrevista muito rápida. Josh pergunta se Punk viu o que se passou nestes últimos 20 minutos, e Punk falou que mais uma vez, alguém tinha de se meter nos problemas dele e se já não bastou Vince McMahon e o “Yes Man” dele, John Laurainatis terem aparecido no último PPV para tentarem lixar-lhe, agora tem de lidar com um Triple H que nunca conseguiu controlar o seu grande ego que tem desde o dia em que se casou com a filha do patrão. Diz também que isso não lhe afecta e neste momento, tudo o que lhe interessa é chegar ao ringue no SummerSlam e provar que é realmente o “Best In The World”. E vamos para intervalo de novo!

7. Divas Champion Kelly Kelly & Eve Torres vs Beth Phoenix & Natalya. Michael Cole gosta muito da nova atitude que Beth e Natalya têm mostrado e relembra o que aconteceu na semana passada tanto no Raw como na Smackdown, e que a partir de hoje, Beth e Natalya querem ficar conhecidas como Divas of Doom. Um combate de interessante qualidade a rondar os 7 minutos, onde Kelly Kelly mostrou à Beth que consegue estar no ringue contra as lutadoras mais difíceis, até que quando Eve Torres fez o “Tag” e Natalya distraiu o árbitro, Beth agarra Eve pelo cabelo, dando a hipótese de Natalya aplicar um “Discus Clothesline”. Depois disto, Eve foi controlada o tempo todo, até que foi feito o “hot tag” a Kelly, que mostrou conseguir derrubar as duas maiores divas da WWE. Kelly foi interrompida por Beth quando aplicou um “Diving Crossbody” a Natalya, originando um “Spear” de Eve em Beth, dando a hipótese de Kelly aplicar o “K2” para a grande vitória.

8. Quando o combate acabou, no exterior viu-se Beth a mandar devastadores murros em Eve Torres e depois disto atirou a Eve com muita força contra a barreira de segurança. Kelly Kelly não percebeu o que se estava a passar e quando reparou, Natalya conseguiu agarrar as pernas de Kelly para Beth Phoenix passar ao ataque… Beth exigiu a Natalya para trazer uma cadeira, deixando os fãs em pulgas para o que se iria passar! Enquanto isso, Beth tinha aplicado o “Glam Slam” e quando Natalya trouxe a cadeira num dos momentos mais interessantes da divisão feminina, Kelly levou com uma enorme cadeirada nas costas. Para além disso, Beth iria acabar com o ataque metendo a cadeira em posição para aplicar um enorme “Glam Slam” através dessa mesma arma. Os fãs deram uma enorme reacção a isto e Beth pegou novamente num microfone, para dizer que finalmente alguém está aqui na WWE para por fim à era da censura e que finalmente as divas podem mostrar o quanto agressivas conseguem ser… avisa Kelly que se ainda estiver a ouvir, que no SummerSlam o fim está próximo para as beldades e que as Divas of Doom estão aqui para ficar. Acaba o ataque mandando o microfone contra o corpo inconsciente de Kelly, deixando os comentadores (principalmente Jerry Lawler) num estado de mau conforto… vamos para intervalo de novo!

9. Voltando ao programa, os comentadores dão-nos uma actualização de Kelly Kelly e parece que ela não tem nada de grave e que irá defender o título no SummerSlam. Falam como o ataque foi horrível (até o Michael Cole não gostou nada da situação) e ao falar nisto, começam a discutir sobre o que se tem passado na rivalidade entre Christian e Randy Orton, e no final mostram um “vídeo package” sobre esta rivalidade.

10. Após o vídeo acabar, Randy Orton aparece para uma grande ovação do público. Este fala como uma nova era está para começar na WWE e que está orgulhoso de fazer parte dela, pois ele representa o que os fãs querem ver e nem todos os problemas que tem com os seus rivais se devem aos seus problemas mentais. Aquilo que ele fez no WWE Money In The Bank, foi algo que ele já queria fazer há muito tempo… mesmo que tenha perdido o título, ele queria ter uma desforra justa e sem homens da lei por trás que lhe digam o que deve ou não fazer (relembrando o que Christian fez para conquistar o World Heavyweight Title de novo). Fala que Christian levou esta situação para um sítio demasiado pessoal, inclusive falando na sua família e agora no SummerSlam, toda esta história irá acabar. Triple H aparece para outra grande ovação e diz que como COO da WWE tem o dever de mostrar aos fãs que estamos numa completa nova era, e visto que iremos ver um “No Holds Barred Match” no SummerSlam, acho que deveremos ver tanto Orton como Christian a competir contra uns adversários escolhidos por ele nesse tipo de combate. Orton aceitou a proposta e Triple H anuncia que o combate dele é já a seguir, deixando Orton ainda mais ansioso e com vontade de dar cabo de alguém!

11. Randy Orton vs The Miz num “No Holds Barred Match”. Um combate com duração de 15 minutos, direito a intervalo, no qual vimos Orton a usar espadas de kendo bem como degraus de aço, enquanto que Miz recorria às cadeiras e a uma mesa. Viu-se grandes “spots” como um “Snap Powerslam” de Orton para cima dos degraus de aço, um “Inverted Backbreaker” de Miz através da cadeira e até um bonito “Spinebuster” de Orton através da mesa. O final viu-se Christian a chegar ao pé do ringue, mas nunca querendo entrar porque Orton sabia que ele estava lá e Christian ficava cheio de medo… a distracção permitiu ao Miz atirar Orton para fora do ringue, mas quando estava distraído à procura de uma arma qualquer, Orton aproveitou-se e aplicou um pontapé na barriga de Miz seguido de um “Snap DDT” no exterior. Orton iria dar cabo da mesa de comentadores e o público delirava com isto, e depois com Christian a olhar cheio de medo, Orton pegou em Miz e aplicou um “RKO” através da mesa de comentadores deixando Christian sem palavras. E com isto, Orton arrastou Miz até ao ringue e fez o “pinfall” para a vitória, mostrando que está mais que pronto para este Domingo!

12. Nos bastidores, John Cena aparece para uma entrevista com Josh Mathews que pergunta sobre a situação de Triple H ser o árbitro especial no combate dele contra Punk no SummerSlam. Basicamente viu-se Cena a dizer que nunca foi muito adepto do Triple H, mas que respeita a decisão, visto que em combates de tamanha importância como este, é preciso alguém a arbitrar que nos deixe com liberdade para andarem à pancada no ringue. Fala que Punk disse que Triple H tem um ego muito grande, mas ele ainda gostava de saber se o ego do Punk consegue ser o maior de todos, porque ao contrário dele, Cena trabalhou a vida inteira para chegar ao topo nunca mandando bocas à WWE por estar a fazer mal assim. Cena diz que no SummerSlam, teremos de descobrir se realmente o Punk é só conversa ou se realmente consegue superar todas as expectativas.

13. WWE Champion CM Punk vs John Morrison. Ambos os lutadores entram e os comentadores fazem menção que John Morrison por muitas vezes já conseguiu derrotar Punk sem o título estar em jogo e se conseguisse derrubar Punk aqui, seria uma grande surpresa e provavelmente mostraria que Punk é só garganta. Combate com grande qualidade a rondar os 15 minutos, em que Morrison teve tempo de lançar-se no ar para o exterior com um “Corkscrew Plancha” e até conseguiu mandar Punk contra a barreira de segurança. Punk iria parar o ímpeto utilizando um “Back Suplex” com o pescoço de Morrison a cair na barreira de segurança (lembrando que o pescoço de Morrison não está 100 por cento recuperado). A partir daí, Punk dominou até que Morrison conseguiu ter uma abertura através do “Running Knee Strike”. O final viu muitos contra-ataques mostrando que se conhecem muito bem no ringue, até que Punk apanha Morrison num “Springboard” e aplica um enorme “GTS” para a vitória, provando que também está pronto para competir no SummerSlam. Os comentadores fazem menção que no final deste programa, Punk e Cena irão assinar o contrato para o combate deles no SummerSlam!

14. R-Truth faz outra aparência atacando Morrison (que estava em pé) com o seu golpe final, que é o “What’s Up” (tipo “Paydirt” do Shelton Benjamin). Truth pega numa cadeira, num microfone e numa espada de kendo e vai para dentro do ringue, metendo a cadeira em cima do corpo de Morrison e sentando-se nela. Diz que os dias dos Little Jimmys acabaram e que no SummerSlam, já tem agenda marcada com Morrison, num “Falls Count Anywhere Match” e faz menção que Morrison não deveria ter regressado tão depressa à WWE. Fala que nunca ninguém viu Truth descontrolado e que a conspiração irá continuar se não lhe derem o devido respeito e se não lhe derem oportunidades pelo título… diz ainda que está na altura de ver uma pequena previsão do que Truth irá fazer no SummerSlam, e com isto Truth dá várias pancadas com a espada de kendo nas costas de Morrison e acaba a situação com um “Facebuster Suplex” para cima da cadeira. Os comentadores acham que ele anda louco da cabeça e que no “Falls Count Anywhere Match” não haverá ataques por trás nem jogos sujos e assim vamos para intervalo!

15. Entrevista de Josh Mathews a Rey Mysterio… Josh avisa que Rey tem um combate marcado para o SummerSlam com Miz e que daqui a nada estará a enfrentar Christian num “No Holds Barred Match”. Mysterio diz que há umas semanas estava no topo do mundo e todos os fãs dele estavam loucos com esta vitória e que agora não tem nada, tudo por causa de ter lutado na mesma noite em dois combates longos… mas a vida continua e hoje tem a hipótese de mostrar ao Miz que consegue realmente chegar a um lado agressivo como nunca vimos, porque se o Miz quer reclamar sobre como a vitória no torneio foi por sorte, então no SummerSlam irá provar o contrário no ringue.

16. David Otunga & Michael McGillicutty © vs The Usos pelos WWE Tag Team Championships. Os campeões aparecem e falam que nesta nova era, os futuros campeões mundiais estão aqui e que hoje é só o início de um reinado para nunca mais esquecer de Otunga e McGillicutty. Um combate simples, básico e bom a rondar os 7 minutos, em que os Usos controlaram os primeiros minutos do combate, com ambos a arrancarem “Suicide Dives” para cima dos campeões. Depois Otunga e Michael conseguiram a distracção necessária para dominar o resto do combate, até que o “hot tag” foi feito a um dos Usos e depois do outro Uso expulsar Michael do ringue, os Usos aplicar um “Alley-Us Samoan Drop” para se tornarem nos novos campeões de equipas. Com esta vitória, ouve-se a música do Rikishi (da altura dos Too Cool) para uma enorme ovação do público e este mesmo abraça orgulhosamente os seus filhos que são os novos campeões.

17. Christian aparece num segmento a falar ao telefone com alguém que desconhecemos e essa mesma pessoa confirma que vai estar presente no SummerSlam, deixando o Christian muito contente e este diz que finalmente vai haver justiça na WWE. Até que é interrompido por Josh Mathews que pergunta se está com muito medo do que lhe possa acontecer no SummerSlam… ele refere que recebeu uma chamada a confirmar que uma pessoa muito especial estará presente no canto dele no combate contra Orton e agora vai em direcção àquele ringue mostrar às pessoas que ele também tem alguma agressividade no ringue e que sabe dar cabo de uma pessoa num instante.

18. Os comentadores mostram todo o card do SummerSlam e acabam por dar muito destaque à rivalidade entre CM Punk e John Cena para determinar o novo Undisputed WWE Champion, e nisto mostram um “vídeo package” desta rivalidade. Após isto, fazem menção que daqui por nada iremos ver o contrato de assinatura oficial deste combate e mostram Triple H nos bastidores mais John Laurainatis a discutirem o contrato.

19. World Heavyweight Champion Christian vs Rey Mysterio num “No Holds Barred Match”. Um combate de enorme qualidade, com o público sempre a gritar pelo seu favorito… viu-se Mysterio a conseguir a vantagem mais cedo, arrancando de alguns “high-flying moves” (inclusive um “Seated Senton” de Mysterio para o exterior, bem como um “Slingshot Hurricarana” no exterior de Mysterio). Depois Christian iria equilibrar a situação, dando com o título na cabeça de Rey e a partir daqui, Christian iria continuar a atacar com várias armas como um caixote do lixo, uma mesa e algumas cadeiras, chegando a conseguir um “Flapjack” através da mesa… um “Spinebuster” no caixote do lixo e até uma pancada na cabeça de Mysterio com a cadeira. O final teve séries de grandes “spots” (com Christian a atingir um “Killswitch” através da cadeira e Mysterio com um “619” através da cadeira) e de contra-ataques, até que Christian mandou Mysterio contra a barreira de segurança e no ringue, com Mysterio inconsciente, Christian aplicou um “Con-chair-to” para conseguir a vitória mostrando que está pronto para o SummerSlam.

20. Após o combate, Christian não ficou satisfeito e quando ia para aplicar outro “Con-chair-to”, ouve-se a música de Orton para uma enorme ovação e ele apareceu para ir confrontar Christian, só que os dois jogaram ao jogo do gato e do rato em que um perseguia o outro através do público. Isto deu a oportunidade de Miz aparecer e atacar Rey Mysterio (quando este estava para se levantar), aplicando um “Skull Crushing Finale” para mandar uma mensagem que Mysterio estará em perigo de perder no SummerSlam.

21. Antes do contrato de assinatura oficial, é mostrado Alberto Del Rio juntamente com Ricardo Rodriguez, onde Del Rio parece que está a negociar algo com alguém pelo telefone em espanhol, sem que a gente perceba. Depois do telefonema, Del Rio diz a Ricardo que no SummerSlam, o Triple H diz bem que tudo vai mudar e que ninguém se vai esquecer quem é Alberto Del Rio… faz menção que nestas últimas semanas, Kofi Kingston tem arruinado a vida dele e que no SummerSlam, tudo vai mudar e faz menção que vai ser o destino dele, dar cabo de Kofi Kingston e de iniciar uma nova era na WWE.

22. Contrato de assinatura oficial entre CM Punk e John Cena, apresentado por Triple H, que está acompanhado pelo John Laurinaitis. Ambos os lutadores têm uma troca acesa de “promos”, onde Punk diz respeitar tudo o que Cena fez na carreira, mas que está na altura dos fãs ficarem mais interessados e de quererem voltar a ver wrestling de novo. Cena fala de que nunca irão vê-lo a ser um homem mau capaz de desrespeitar todos e mais alguns como o Punk faz (nisto o público dá uma boa ovação) e que sim, ele pode ter os “5 Moves of Doom”, mas ninguém consegue trabalhar tanto quanto ele trabalhou na sua carreira. Triple H interfere e fala que Cena tem razão e que nunca viu ninguém a desrespeitar a WWE tanto quanto ele o fez… isto trás a discussão dos despedimentos mais recentes que Punk faz menção de quase todos eles. Basicamente é o mesmo segmento que vimos no Monday Night Raw, até que acontece um frente-a-frente entre Punk e Cena. John Laurinaitis tenta interromper que haja alguma guerra física entre eles e nisto quando John mete Cena para trás, leva com um “Roundhouse Kick” na nuca, originando a Triple H ter que interceptar para quebrar esta guerra, mas leva um duplo murro de Cena e Punk. Sem ninguém para impedir, Punk e Cena começam à guerra deixando o público ao rubro com o que se está a passar, até que os árbitros vieram impedir isto e agarrar neles para pararem. Eles não obedecem e o público age muito bem com cânticos “Let them fight”, até que o programa acaba com os comentadores a dizerem que esta guerra está longe de acabar e no SummerSlam, só um poderá ser o novo Undisputed WWE Champion.
avatar
FaBiNhO
Adepto de Shows

Masculino Número de Mensagens : 102
Idade : 26
Localização : Marinha Grande
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 15/05/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum