FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

Dream Card Company – It's Still Real To Me Dammit!

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Re: Dream Card Company – It's Still Real To Me Dammit!

Mensagem por Vaginite em Qui Ago 31 2017, 00:28

Gostei de como conseguiste criar uma backstory do primeiro show, para a segunda edição da DCC. Especialmente essa será muito pela tua mão, porque tenho uma paragem importante antes de lá chegar.

Estou interessado em ver o que fazes, dado que ainda não temos títulos nem nada que se pareça, portanto será mesmo um combate pela dignidade e respeito, como vendeste na entrevista do WALTER. Admito que não conheço o europeu, por isso é da maneira que me vendes o gajo, e se te focares noutra rivalidade para a frente até pego nele.

Para já está bem vendida a ideia do respeito, e estou curioso mesmo. A estrela da AJPW contra um gajo em crescimento e com muito a provar, dado que na sua stable todos o já fizeram.

Good one! <3
avatar
Vaginite
Campeão Nacional da APW

Masculino Número de Mensagens : 256
Idade : 24
Localização : Porto
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 11/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dream Card Company – It's Still Real To Me Dammit!

Mensagem por Ribeiro em Qui Ago 31 2017, 00:40

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Gostei de como conseguiste criar uma backstory do primeiro show, para a segunda edição da DCC. Especialmente essa será muito pela tua mão, porque tenho uma paragem importante antes de lá chegar.

Estou interessado em ver o que fazes, dado que ainda não temos títulos nem nada que se pareça, portanto será mesmo um combate pela dignidade e respeito, como vendeste na entrevista do WALTER. Admito que não conheço o europeu, por isso é da maneira que me vendes o gajo, e se te focares noutra rivalidade para a frente até pego nele.

Para já está bem vendida a ideia do respeito, e estou curioso mesmo. A estrela da AJPW contra um gajo em crescimento e com muito a provar, dado que na sua stable todos o já fizeram.

Good one! <3

Tudo bem, sem problema, trata só de dizer em que cidade dos USA queres fazer o segundo show. ( se calhar nem querias fazer em nos EUA e eu acabei por lixar isso).
avatar
Ribeiro
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 21119
Idade : 93
Localização : Mordor
Emprego/lazer : Hater
Data de inscrição : 27/12/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dream Card Company – It's Still Real To Me Dammit!

Mensagem por Vaginite em Qui Ago 31 2017, 01:24

Mithrandir escreveu:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Gostei de como conseguiste criar uma backstory do primeiro show, para a segunda edição da DCC. Especialmente essa será muito pela tua mão, porque tenho uma paragem importante antes de lá chegar.

Estou interessado em ver o que fazes, dado que ainda não temos títulos nem nada que se pareça, portanto será mesmo um combate pela dignidade e respeito, como vendeste na entrevista do WALTER. Admito que não conheço o europeu, por isso é da maneira que me vendes o gajo, e se te focares noutra rivalidade para a frente até pego nele.

Para já está bem vendida a ideia do respeito, e estou curioso mesmo. A estrela da AJPW contra um gajo em crescimento e com muito a provar, dado que na sua stable todos o já fizeram.

Good one! <3

Tudo bem, sem problema, trata só de dizer em que cidade dos USA queres fazer o segundo show. ( se calhar nem querias fazer em nos EUA e eu acabei por lixar isso).

É igual. Um gajo adapta-se. Escolhe onde quiseres. É o Mark Cuban a mandar nesta merd*. Dinheiro não falta
avatar
Vaginite
Campeão Nacional da APW

Masculino Número de Mensagens : 256
Idade : 24
Localização : Porto
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 11/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dream Card Company – It's Still Real To Me Dammit!

Mensagem por Vaginite em Sex Set 01 2017, 03:54

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

SATOSHI KOJIMA PROIBIDO DE ENTRAR
NOS ESTADOS UNIDOS DURANTE 6 MESES

A estreia da Dream Card Company causou alguns problemas mediáticos relativamente ao rasgar da bandeira americana no evento principal da sua estreia. Satoshi Kojima derrotou Jake Hagger, e no decorrer do combate, lacerou o símbolo norte-americano como forma de jogo psicológico para distrair o seu oponente. A lei norte-americana expressa que tal acto é crime punível com cadeia, mas a equipa de advogados da empresa conseguiu um acordo com a procuradoria de Oklahoma, dado se tratar de um momento de entretenimento como tantos outros na televisão.

Jake Hagger falou directamente para a TMZ sobre o assunto:

«Eu entendo as palavras de entretenimento proferidas por Mark Cuban, mas eu sempre fui patriota e não estava ciente nem certamente estaria de acordo com a decisão. Mais do que chateado com a empresa, estou horrorizado pela rápida aceitação da ideia por parte de Kojima. Uma lenda viva da nossa arte não deveria utilizar truques tão baixos para garantir uma vitória e mais um cheque.»

Relativamente à suspensão e ao futuro, o "All American American" deixou em aberto um segundo confronto com Satoshi Kojima:

«Se Maomé não vem à montanha. A montanha vai a Maomé.»

Não é desconhecida a parceria que a DCC tem com as promotoras japonesas de wrestling profissional. Em primeiro a New Japan que procura todos os meios para entrar no mercado norte-americano, e recentemente com a AJPW graças ao embate entre WALTER e Kento Miyahara na sua segunda edição já em Outubro. As duas empresas japonesas não se importam de dividir os holofotes, aceitando que o acordo beneficiaria acima de tudo o produto nipónico.

Satoshi Kojima pronunciou-se no Twitter com um ditado japonês:
@KojimaSatoshi: 虎穴に入らずんば虎子を得ず。
If you do not enter the tiger's cave, you will not catch its cub.
avatar
Vaginite
Campeão Nacional da APW

Masculino Número de Mensagens : 256
Idade : 24
Localização : Porto
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 11/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dream Card Company – It's Still Real To Me Dammit!

Mensagem por Vaginite em Sab Set 02 2017, 04:17

New Japan Pro-Wrestling Presents:

KINGS OF PRO-WRESTLING 2017




[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O panorama do wrestling japonês sofreu uma sísmica mudança quando Satoshi Kojima derrotou Kenny Omega pelo IWGP United States Championship após o mediático acontecimento na estreia da Dream Card Company. O banimento do Cozy dos Estados Unidos da América causa um grande problema para o título, que se se mantiver na sua pose, não será defendido no país que representa durante seis meses.

O embate entre Omega e Kojima foi anunciado alguns dias depois da decisão ter chegado a público,
com Kojima a utilizar o seu estatuto para forçar o campeão a defender. Kenny Omega não conseguiu aguentar um quarto de hora com o seu título, quando foi apanhado de surpresa pela traição dos seus companheiros da ELITE, os Young Bucks. Matt e Nick Jackson atacaram Cody quando o mesmo apoiava na lateral do ringue o seu companheiro de stable. Omega ficou perplexo e sem compreender o ataque, o que o deixou vulnerável a um LARIAT na nuca e à consequente vitória de Satoshi Kojima.

Na conferência de imprensa o japonês estava todo sorridente com o seu novo título pousado na mesa quando foi interrompido pela chegada de Jake Hagger.

O "All American American" e rival de Kojima na DCC cumpriu a sua promessa de o encontrar e fazê-lo pagar pelas suas acções. Acompanhado por segurança do evento, Hagger lançou o desafio a Satoshi Kojima para defender o IWGP United States Championship contra ele no Wrestle Kingdom XII.

Satoshi Kojima, confiante perante a sua terra-natal aceitou: «I'll show my people what I do to americans!»

******

Em relação ao segundo evento da Dream Card Company que acontecerá uma semana após o Kings of Pro-Wrestling foi anunciado por Tommy Dreamer no seu Twitter oficial que Jake Hagger iria estar em acção contra Shelton Benjamin:

DCC #2 - 15 DE OUTUBRO DE 2017
Main Event: WALTER v. Kento Miyahara
Singles Match: Jake Hagger vs. Shelton Benjamin


Última edição por Vaginite em Dom Set 03 2017, 05:19, editado 1 vez(es)
avatar
Vaginite
Campeão Nacional da APW

Masculino Número de Mensagens : 256
Idade : 24
Localização : Porto
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 11/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dream Card Company – It's Still Real To Me Dammit!

Mensagem por Vaginite em Dom Set 03 2017, 02:12

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

SHELTON BENJAMIN RESPEITA JAKE HAGGER
E DESEJA-LHE SORTE PARA O WRESTLE KINGDOM XII

A estreia da Dream Card Company tem sido um dos tópicos favoritos de discussão por parte dos fãs de wrestling. No squaredcircle/r, na plataforma Reddit, foi criado um tópico para discussão geral do segundo evento onde muitos comparam Jake Hagger a Shelton Benjamin, principalmente agradados com o facto de ambos serem mestres do wrestling amador. Tommy Dreamer atento a estas conversações organizou um AMA (Ask Me Anything) com Shelton Benjamin.

O "Gold Standard" do wrestling profissional falou abertamente sobre o acontecimento com Satoshi Kojima e o que o seu combate com Jake Hagger poderá significar para a sua carreira:

«Esperava mais do Kojima. Já o enfrentei e sei o quão duro ele é naquele ringue, portanto não necessitava de um truque tão baixo para mais uma vitória»

«Jake Hagger é um antigo Campeão Mundial da WWE, algo que eu nunca fui. É um atleta nato e um amigo, e espero que consiga derrotá-lo apesar de saber que vem extra-motivado.»

«O meu plano de jogo não é segredo - vou tentar cansá-lo e utilizar a sua própria força contra ele mesmo. Esta vitória poderá significar muito na minha carreira dentro da DCC.»

«Falei com Mark Cuban uma vez ao telefone. Ele tem boas ideias. Fiquem à espera de mais novidades, porque uma promoção sem um título e um campeão é uma raridade. Espero que o Jake possa trazer o Título dos Estados Unidos da IWGP para cá. Adoraria uma oportunidade.»
avatar
Vaginite
Campeão Nacional da APW

Masculino Número de Mensagens : 256
Idade : 24
Localização : Porto
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 11/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dream Card Company – It's Still Real To Me Dammit!

Mensagem por Vaginite em Dom Set 03 2017, 04:37

Dream Card Company Presents:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

JAKE HAGGER VS. SHELTON BENJAMIN


O público estava ruidoso para o segundo evento da Dream Card Company, desta feita em Minneapolis, Minnesota com Jake Hagger e Shelton Benjamin a serem recebidos com vários aplausos. As duas antigas estrelas da WWE demonstraram grande respeito um pelo outro no seu frente a frente dando um cumprimento antes do combate.

Shelton Benjamin manteve-se afastado do "All American American" durante o inicio do combate, aproveitando para avançar para a troca de murros onde a sua altura lhe dava alguma vantagem. Quando Jake Hagger tentou avançar para o double leg takedown, Benjamin mostrou que não era favas contadas ao saltar por cima do oponente, enrolando-o para uma posição de contagem. Hagger evidentemente conseguiu levantar os ombros, mas não deixou de ficar surpreendido pela estratégia imposta por Benjamin.

O erro crasso do "Gold Standard" foi desvalorizar a tenacidade de Jake Hagger, que eventualmente o conseguiu prender para um primeiro german suplex. Benjamin ficou abalado com o choque no tapete e mudou para uma estratégia mais highflyer, utilizando as suas longas pernas como arma, com uma bela joelhada em pleno ar a tirar os sentidos a Hagger momentaneamente.

Ao final de vinte minutos onde o impeto mudou constantemente, com ambos os oponentes a parecer conhecer bem o outro, eis que Shelton Benjamin viu uma reversão se tornar o seu final.

Shelton avançou para múltiplas cotoveladas em corrida (com extra-força dada pelas cordas) no esterno, e quando Hagger parecia estar sem vento, tentou aplicar o seu golpe final – "Paydirt" – mas Hagger, segurou-o e lançou-o para os seus ombros para aplicar o "Swagger Bomb" e assim vencer o combate.

Após o combate o "All American American" sorria vitorioso e ofereceu um cumprimento a Shelton Benjamin que aceitou e levantou ainda o braço do seu oponente. Um fã lançaria para o ringue uma bandeira dos Estados Unidos e os dois fechavam o segmento segurando um em cada lado a bandeira do seu país com Shelton Benjamin a oferecer desejos de boa sorte ao oponente para a sua luta no Wrestle Kingdom XII contra Satoshi Kojima.
avatar
Vaginite
Campeão Nacional da APW

Masculino Número de Mensagens : 256
Idade : 24
Localização : Porto
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 11/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dream Card Company – It's Still Real To Me Dammit!

Mensagem por Ribeiro em Dom Set 03 2017, 04:54

Desenvolvimentos a partir do rasgar da bandeira foram bem interessantes, mas pouco realistas não só devido ao crime de Kojima, mas também na parte da NJPW - visto que a fed não abdicaria do reinado de um dos gajos mais over da companhia, para desenvolver uma feud numa companhia recente. Tendo em conta o booking da NJPW, a própria traição dos Bucks foi algo um pouco estranho - mas suponho que isso leve a algo.

Não esperava que WALTER vs. Miyahara fosse ME, ty.

Swagger vs. Shelton foi cool, sem ser extraordinário - mas pós-combate foi muito giro.
avatar
Ribeiro
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 21119
Idade : 93
Localização : Mordor
Emprego/lazer : Hater
Data de inscrição : 27/12/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dream Card Company – It's Still Real To Me Dammit!

Mensagem por Vaginite em Dom Set 03 2017, 05:31

O crime do Kojima é de facto algo grave, mas já aconteceu em cenas de entretenimento por isso ele não está mesmo banido do país. É kayfabe, com um senso de realidade. E envolver a TMZ, imagina que foi native advertising pago pelo Mark Cuban para promover o evento.

Quanto à New Japan, é justo, não aconteceria provavelmente a troca de título, por isso tive de criar algo mais interessante que era o break up dos Bullet Club. No WK 12 está marcado um Cody & Kenny Omega vs. The Young Bucks, o objectivo é teres o Kenny e o Cody que não confiam propriamente um no outro, e os Bucks que fizeram o swerve que ninguém esperava. Depois disso, o Kenny pode enfrentar o Okada, desta vez sozinho e ter o 4º match e ganhar o World Title, enquanto que a New Japan confia na história patrocinada pelo Cuban para ganhar olhos ao título norte-americano.

Mas é giro inventar estas histórias e vender como algo real, porque parece muito aquilo que a própria New Japan faz. Até este dia, eu não sei mesmo, se o Shibata está realmente todo fodido ou se é algo kayfabe. 90% diz que é real, mas há 10% que nao sei. O gajo parecia alright e curiosamente se regressar vai ser o fdp mais over do roster.
avatar
Vaginite
Campeão Nacional da APW

Masculino Número de Mensagens : 256
Idade : 24
Localização : Porto
Emprego/lazer : Estudante
Data de inscrição : 11/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dream Card Company – It's Still Real To Me Dammit!

Mensagem por Ribeiro em Ter Set 05 2017, 17:00

Dream Card Company Presents:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

WALTER w/Timothy Thatcher[Ringkampf] vs. Kento Miyahara w/Jun Akiyama




Quer WALTER, quer Miyahara trouxeram companhia pesada - mas bem cedo se percebeu que nem Thatcher nem Akiyama tinham qualquer intenção em manipular  o desfecho do combate. Muito pelo contrário, percebeu-se que existia respeito mutuo entre os quatro atletas e até uma certa admiração por Akiyama da parte de Thatcher e WALTER.
A lenda japonesa e  antigo EVOLVE Champion estavam ali apenas para dar apoio moral e ajudar os seus companheiros com as suas estratégias.

O combate começou com uma troca de olhares intensa bem no centro do ringue, que reforçou a vantagem física de WALTER e o quão intimidante consegue ser o austríaco. E os momentos seguintes deram seguimento a essa imagem do lutador dos Ringkampf, pois Kento Miyahara não conseguia lidar com a força do europeu acabando por ser várias vezes atirado ao tapete ou encostado ao canto. Quando não estava a cair, Miyahara era dominado pela técnica surpreendente de WALTER.
Ainda assim, as várias tentativas de pinfall sugeriam que Kento seria duro de roer e não perderia facilmente.

Cansado de ser dominado pela força e técnica de WALTER, Miyahara decidiu disparar com uma série de forearms em cheio na cara de WALTER - o que acabou por revelar ter sido um erro, pois WALTER acabou com responder com um dos seus golpes mais simples, mas com um tremendo poder de destruição: as suas chops. Tal como no match anterior, WALTER parecia invencível - especialmente quando demonstrou a facilidade com que executava German Suplexes, Butterfly Suplexes e Gutwrench Suplexes. WALTER demonstrava no ringue, aquilo que prometera anteriormente - que daria o seu máximo e iria vencer, mas quando se preparava para terminar o combate com a sua Powerbomb, foi surpreendido com a força de vontade de Kento. O Triple Crown Heavyweight Champion conseguira não só impedir o golpe, como usar o momentum de WALTER contra ele mesmo - tirando o máximo de efeito possível do seu improvisado Blackout.  

O jovem campeão tentou um German Suplex em WALTER; mas percebeu que não iria a lado nenhum tão facilmente mesmo com o austríaco atordoado. Atirou-o ao canto, e seguiu-se uma Running Corner High Knee. O japonês foi ganancioso, procurando tirar partido desta fase - tentando uma novamente um Running Corner High Knee. Deu-se mal, WALTER desviou-se e o joelho do japonês acabou por chocar com o canto.


Obviamente que WALTER tirou partido disso, quer usando várias submissões que abrandaram Miyahara quer atirando várias vezes a perna do seu oponente ao tapete ou simplesmente com pisadelas. WALTER procurava agora terminar o combate com o seu Ankle Lock, mas Miyahara conseguia mais uma vez resistir , chegando às cordas - mas era claro que a sua perna não estava a 100%. WALTER anunciava novamente a sua powerbomb, e mais uma vez caia no Blackout de Miyahara. Mas notou-se que este teve bem menos impacto que o primeiro, devido à lesão no joelho. Mais uma vez, Miyahara tentou o Shutdown German Suplex Hold mas teve ainda mais dificuldades. Optou por sacrificar ainda mais a perna - massacrando WALTER com múltiplas joelhadas.  Mas mesmo quando WALTER parecia estar KO - este desafiou Miyahara a fazer melhor. O japonês correu o melhor que conseguiu para entregar um poderoso Blackout na nuca de WALTER. WALTER escapou à contagem ao um.

WALTER mostrava-se igualmente resistente, mas era um gigante a cambalear e Miyahara mais uma vez tentou o Shutdown German Suplex  - e surpreendentemente, foi bem sucedido. Infelizmente, a sua perna impediu-o de manter a ponte, parando a assim a ponte. O jovem japonês tentou recuperar o mais depressa, anunciando de seguida um novo Blackout - mas quando corria em direcção ao crânio de WALTER, foi surpreendido por uma impiedosa Lariat do mesmo. Seguiu-se uma Powerbomb, mas mesmo assim os braços de WALTER prenderam o pescoço de um Miyahara quase inconsciente. O arbitro decidiu parar o monstruoso Headlock de WALTER e atribuir-lhe a vitória após quase 30 minutos de guerra.




[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Após o combate, WALTER permanecia invicto na DCC - mas aproveitou também para agradecer a presença dos fãs, a oportunidade que lhe foi dada de estar mais uma vez num Main Event nos Estados Unidos da América e agradeceu a Miyahara pela dura batalha, enquanto o japonês era carregado por Akiyama e Thatcher.

Quando o austríaco preparava-se para abandonar o ringue, Low Ki - que venceu facilmente o seu oponente, aproveitou para vir até ao ringue dar os parabéns ao vencedor e à DCC. Mas o primeiro ROH World Champion quer também desafiar WALTER para um combate no próximo show da DCC e promete terminar com a invencibilidade do europeu. WALTER aceita e aperta a mão a Low Ki, desejando-lhe boa sorte. Contudo Low Ki tinha outras intenções, surpreendendo WALTER com vários pontapés e com um Diving Double Foot Stomp .

O antigo ROH World Champion acabou mesmo por ser entrevistado mais tarde. Low Ki, confessou ter tido um combate fácil e previsível, mas não vê o motivo para estar na primeira metade do card. Segundo o próprio, o seu nome é grande o suficiente para estar sempre no Main Event.

Low Ki chegou mesmo a ser acusado de ser alguém egocêntrico, que procura estar constantemente no topo - mesmo que isso signifique prejudicar outros, como já aconteceu com Kevin Steen, Claudio Castagnoli e agora com WALTER na DCC. O World Warrior negou tudo, e disse que aquilo que fez hoje serviu apenas para ensinar uma lição de humildade ao WALTER e evitar ilusões de grandeza. Low Ki chegou mesmo a dizer que o próprio WALTER devia-lhe agradecer.

Por fim, Low Ki despede-se desafiando Conor McGregor e Brock Lesnar para um combate, mas sabe que nenhum deles irá aceitar pois não seriam capazes de durar 10 segundos com ele.
avatar
Ribeiro
WWE Tag Team Champion

Masculino Número de Mensagens : 21119
Idade : 93
Localização : Mordor
Emprego/lazer : Hater
Data de inscrição : 27/12/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dream Card Company – It's Still Real To Me Dammit!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum