FPW: Fórum de Pro Wrestling



O FPW, Fórum de Pro Wrestling, é uma comunidade com mais de oito anos constituída por centenas de users cujo o assunto que os liga é o wrestling! Temos os últimos shows, PPV's, passatempos, debates, votações, e ainda uma vasta zona multimédia. Para teres acesso a tudo isto, só necessitas de te registar! Junta-te a nós.

[Staffer do Mês de Novembro] Adam "O Cabrão" Puck

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Staffer do Mês de Novembro] Adam "O Cabrão" Puck

Mensagem por Adam Puck em Seg Dez 07 2009, 13:05

Pela primeira vez, Adam Puck é entrevistado para o FPW (sim, porque “aquilo” com o Enigma foi uma treta). O que é que será que este homem pensa de tudo que rodeia este mundo? Estará ele preparado? Chorará de tanta emoção? Não percam os próximos minutos… pois vão ser… os piores da vossa vida. A sério, se tiverem algo que fazer agora, vão. Se não tiverem, vão na mesma. Isto vai ser uma SECA. A sério.

E quem o entrevista é…

* Os tambores tocam e, de repente, entra ADAM PUCK na sala! É Adam Puck o entrevistador! *


Adam Puck (acenando como Abraham Washington): Eh pá, obrigado, a sério. Vocês são os maiores. Bom, hoje temos um convidado especial! Ele inscreveu-se no FPW em Janeiro, começou meio adormecido, depois acordou. Voltou a adormecer, mas acordou maldisposto e tem sido um tsunami desde o seu grande regresso em Agosto. Estão prontos? Então, por favor, dêem as boas-vindas a… ADAM PUCK~!

É então que o entrevistador troca de sítio, sentando-se no lugar do entrevistado.


Adam Puck: Obrigado por me teres aqui, Adam Puck.
Adam Puck: Eu é que agradeço, Adam Puck.
Adam Puck: Não, eu é que agradeço, Adam Puck.
Adam Puck: Mau, mau, Adam Puck. Eu é que agradeço, caralh*! Foda-se!
Adam Puck: Por que é que estás a ser tão mal educado? Foi essa a educação que tiveste, seu cabrão de merd*, estúpido do caralh*?

Gera-se um clima de tensão no ar, mas de repente Adam Puck sorri.

Adam Puck: Bom, continuando. Conta-nos tudo sobre ti, Adam Puck.
Adam Puck: Tenho um certo nome, uma certa idade e uns certos gostos. Para ti chega, idiota.
Adam Puck: Sabias que és lindo?

Adam Puck olha-o “de canto”, numa de “o que é que este gajo quer?”.

Adam Puck: Não, porque é mentira.
Adam Puck: Então diz lá o teu nome e assim.
Adam Puck: Mas tu já sabes.
Adam Puck (sorrindo de “fininho”): Sim, claro, mas eles não.
Adam Puck: Eles quem?
Adam Puck: Eles.
Adam Puck: …
Adam Puck: Vá lá.
Adam Puck: …
Adam Puck: Amo-te muito.
Adam Puck: …
Adam Puck: Anda lá.
Adam Puck: OK. Chamo-me Hugo.
Adam Puck (interrompendo): Tens um nome do caralh*.
Adam Puck: Eu sei. É lindo, não é?
Adam Puck: Por acaso é. O melhor nome do mundo. De longe.
Adam Puck: Quão longe?
Adam Puck: Diz um número.
Adam Puck: 1.
Adam Puck: Tão pouco? Diz lá, a sério.
Adam Puck: P’ra quê?
Adam Puck: Esquece. Vá, continua.
Adam Puck: Continuo a fazer o quê?
Adam Puck: A tua “cena”.
Adam Puck: ?
Adam Puck: Nome, etc.
Adam Puck: Não quero.
Adam Puck: Vá lá.
Adam Puck: ‘Tá bem. Quando é que isto vai para o “ar”?
Adam Puck: Segunda-feira.
Adam Puck: Então estou a 4 dias de fazer 19 anos.
Adam Puck: Estás feliz?
Adam Puck: Muito. Nasci em Barcelos e vivo em Barcelos.
Adam Puck: Alguém te perguntou alguma coisa?
Adam Puck: Então não era suposto…?
Adam Puck (a la Abraham Washington): I’m just playin’ with’ya’, dog.
Adam Puck: Claro.
Adam Puck: E gostos?

Adam Puck: Pouca coisa. Gosto de séries (Bones, Numb3rs, Family Guy, Simpsons, American Dad, The King of Queens, Everybody Loves Raymond, etc.), não gosto muito de cinema e música. Adoro literatura e tudo a ver com escrita. Adoro futebol. Amo wrestling.

Adam Puck (após uns segundos parado, boquiaberto, a la Cena no Survivor Series após o Superkick de Shawn Michaels a Triple H): Foste tão profundo agora…
Adam Puck: Tão profundo que fui mesmo até lá baixo. Sou uma treta, não sou?
Adam Puck: De certo modo sim, mas não foi isso que nos trouxe até aqui.
Adam Puck: Então?
Adam Puck: Então não. Foram outras coisas.

Adam Puck: Dizes que amas wrestling. Como é que tudo começou?

Adam Puck: Pelo início? Bom, seguindo: tudo começou em Fevereiro de 2005. Nesse dia fui até à casa de um primo, e estava a dar o Raw na SIC Radical. Concluo, portanto, que foi a uma sexta-feira. Ele disse-me que havia um gajo que tinha um corpo do caralh* e era fixe.

Adam Puck (interrompendo): Quem era?

Adam Puck: Se não me tivesses interrompido, dizia.
Adam Puck: Desculpa, amor. Keep going.

Adam Puck: Bom, essa pessoa era o Batista. Nessa altura estava em feud com Triple H, se bem se lembram. Foi então que vi, mas fiquei naquela, “meh, não gosto muito”. Até que, uma semana depois, faço eu zapping na televisão e está a dar Raw. Vi um bocado e fiquei fascinado. A partir daí comecei a acompanhar mais, a ver publicidade para saber as horas a que dava, etc.. Tudo começou aí.

Adam Puck: Eu sei que há mais, porque eu e tu somos a mesma pessoa. Não queres contar mais?

Adam Puck: E pronto, comecei a ver e a integrar-me naquilo e nas histórias que via. Tudo era fascinante. Foi a partir daí que a minha vida mudou, basicamente.

Adam Puck: Só acompanhavas Raw?
Adam Puck: Ao início sim, porque só sabia da existência do SmackDown através de publicidade, e mostrava sempre o Undertaker a fazer o Tombstone, pelo que me assustava e dizia que era demasiado perigoso para ver.

Adam Puck: E houve algum momento que tivesses deixado de ver?
Adam Puck: NUNCA. A partir desse dia, e já lá vão quase 5 anos, nunca mais perdi um programa de wrestling – pelo menos de WWE, que foi o que comecei a ver. Nunca me cansei nem nunca “dei” um tempo. Tocou-me mesmo e vai ser preciso o wrestling acabar para deixar de ver.

Adam Puck: Dizes que vês WWE, nunca deixaste de acompanhar, mas alguma vez quiseste? Alguma vez disseste, “eh pá, estou farto deste lixo, vou apanhar ar”?
Adam Puck: Não. Mesmo com os problemas que a WWE tem, e mesmo com as “tretas” que acontecem, nunca fui tão radical a esse ponto. Considero-me sóbrio o suficiente para tal.

Adam Puck: Como assim?
Adam Puck: Quando digo e penso numa coisa, é assim e mais nada. Há pessoas que dizem que WWE é isto e aquilo, mas não vêem outra coisa e só querem WWE. Enfim, juventude.

Adam Puck: Por falar nisso, acompanhas mais alguma coisa?
Adam Puck: Estás a brincar?
Adam Puck: Porquê?
Adam Puck: Sabes bem que a minha vida é o wrestling. Logicamente que não vejo só WWE. Estás parvo?
Adam Puck: Não, porque já o era antes e vou continuar a ser. Não é uma coisa de momento.
Adam Puck: És tão lindo.
Adam Puck: Eu sei. Mas diz lá.
Adam Puck: Como é evidente, não. A minha vida é o wrestling e tem sido desde há quase 5 anos. Comecei a ver TNA em Agosto de 2006. A sério, leia-se, porque já tinha visto umas coisas na Eurosport, mas nunca me tinha chamado muito à atenção. Nunca perdi um programa desde aí. Também vejo regularmente Ring of Honor – comecei a seguir com mais pormenor, detalhe, atenção e dedicação há coisa de um ano e alguns meses, apesar de ter visto algumas coisas antes dessa altura.

Adam Puck: Consideras-te, portanto, um “gajo sem vida social”?
Adam Puck: Sem dúvida.
Adam Puck: E estás contente por causa disso?
Adam Puck: A vida é assim, a minha vida é assim. Quem não gosta – ou seja, todos –, só tem é de dar uma volta, cuspir para o ar e não sair do mesmo sítio para que possa engolir novamente, e ir chatear pretos.

Adam Puck: Ou seja, és uma pessoa isolada do mundo?
Adam Puck: Prefiro não falar sobre isso.

Adam Puck: Falando do panorama do wrestling. Diz-me: quais são, para ti, as coisas boas e coisas más de tudo aquilo que vês?

Adam Puck: Esqueci-me de dizer que também vejo, há coisa de um ano, todos os programas da FCW, território de desenvolvimento da WWE. Mesmo naquela.

Os pontos fortes da WWE são muitos, como é óbvio. Tem MUITA fama e publicidade, tem muitos e muitos anos de existência, tem o maior génio do negócio à frente daquilo. E isso acho que basta, mas também posso dizer que tem muitos fãs, tem muito dinheiro, tem muita exposição internacional, tem dos melhores (não OS melhores) lutadores de sempre. Basicamente foi o passado do wrestling (onde tudo se aglomerou só num) e faz parte do presente e do futuro.
Mas há pontos fracos. Tem políticas muito rígidas e exigentes, em relação aos horários das vidas pessoais dos seus trabalhadores. Mas, claro, só tem a fama que tem porque todos trabalham sem parar constantemente. É como um círculo. Outra coisa má? Por exemplo, as políticas de backstage, onde só quem mais interessa (ou seja, quem mais vende) é que tem oportunidades. Quem se lesiona, volta e está a desafiar por um título mundial (que, apesar de estarem cada vez menos credíveis, estão mais imprevisíveis e mais ligados à realidade, ou seja, MMA). Quer dizer, se fores alguém que é importante, porque se fores do midcard chuchas no dedo e esperas pela tua oportunidade. Enfim, há mais, mas pronto.

Gosto muito de TNA, sempre gostei, sempre a apelidei de “my baby doll”. Tem uma excelente divisão de tag team (que não é melhor que a de Ring of Honor, mas já lá vamos), tem a melhor divisão feminina do mundo, já teve uma divisão de completa espectacularidade – a X Division, que se tornou numa espécie de “lugar para os mais levezinhos” –, e tem dos melhores lutadores do mundo.
No entanto, tem apenas um programa semanal – o que é pouco para uma empresa que se considera a segunda maior do mundo. É preciso mais tempo para desenvolver personagens e tudo mais. Tem um grave problema, chamado Vince Russo, e tem também um grave problema no que diz respeito aos lutadores – a maior parte é ex-WWE –, sendo que tem dificuldade em criar as suas próprias estrelas (salve-se AJ Styles, James Storm, Samoa Joe, Daniels, Robert Roode, Hernandez, MCMG, e até mesmo o Matt Morgan, entre outros). Já teve mais, mas ainda continua a ter muitos “old guys” (leia-se Kevin Nash, Sting, Scott Steiner e Mick Foley). Já foi uma empresa muito melhor, mas não é má, porque ainda se vê muito e bom wrestling (em PPV’s). Criticam as histórias e tudo mais, mas gosto de tudo que vejo – também por não perceber, como muitos, o insight do wrestling, mas prefiro manter-me assim.

Quanto à minha nova “baby doll”, a Ring of Honor: tem o MELHOR wrestling do mundo. Sei que sou o único a pensar assim, mas também só me interessa o que EU acho. Tem tantos bons lutadores, já forneceu vários talentos (CM Punk, Jamie Noble, Homicide, Samoa Joe, Daniels, AJ Styles, Evan Bourne, Bryan Danielson, Nigel McGuinness, entre outros) à TNA e à WWE, e tem um roster novo, brilhante, fresco, cheio de vontade e, principalmente, com TALENTO. São tipos que fazem wrestling perante um número bastante reduzido de pessoas – os principais eventos devem levar pouco mais de mil pessoas –, mas estão mais próximos das mesmas e dão tudo que podem/têm/conseguem para dar um bom produto a quem vê. Gosto imenso de ver Ring of Honor, estou sempre informado e actualizado porque ando (não registado, contudo) no fórum de lá, e posso dizer que já percebo o suficiente de ROH para saber tudo da mesma. Só precisa de mais publicidade.

Adam Puck: Qual é para ti a maior/melhor federação de wrestling?
Adam Puck: Todas têm algo bom. A Ring of Honor tem os melhores e mais jovens lutadores, bem como uma divisão de tag team brilhante. A TNA contribui com certos talentos e uma divisão feminina muito boa. E a WWE contribui com o dinheiro, a fama, e alguns grandes lutadores.

Adam Puck: Quais são os teus lutadores favoritos? Quem gostas mais de ver fazer wrestling?
Adam Puck: Estás preparado?
Adam Puck: Não.
Adam Puck: Então cá vai. O meu maior ídolo, até numa perspectiva pessoal, é o CM Punk. Mas pronto, aqui vai a lista:

CM Punk, Chris Hero, Austin Aries, Colt Cabana, Nigel McGuinness, Motor City Machine Guns, AJ Styles, Edge, Paul Burchill, William Regal, Roderick Strong, Davey Richards, Tyler Black, KENTA, Chris Jericho e Shawn Michaels.

Depois há outros que, mesmo que não sejam dos meus lutadores favoritos, gosto muito de ver. Daniels, Alissa Flash, Samoa Joe, Bryan Danielson, Taylor Wilde, Awesome Kong, Robert Roode, Kurt Angle, El Generico, Kevin Steen, Kenny King, Claudio Castagnoli, John Cena, Christian, Matt Hardy, Dolph Ziggler, Beth Phoenix, Tyson Kidd, Natalya, Randy Orton, Matt Striker e Jim Ross (estes dois nos comentários).

Adam Puck: És mesmo um homem do wrestling.
Adam Puck: That’s what I do.

Adam Puck: Bom, mudando um pouco de conversa. Passemos para o FPW. Fala-nos de tudo.
Adam Puck: Por que é que não fazes perguntas à medida que isto avança?
Adam Puck: Estou cansado. Trabalha tu.
Adam Puck: Enfim.

Eh pá, eu cheguei aqui em Janeiro, mas já tinha sido spammado pelo Fábio no MSN. Nunca vi muito futuro na coisa, pensei que fosse tipos os blogues: mais um. Mas um dia o Diogo spammou-me e disse-me que ia avançar com o WWE Union lá. Fiquei alertado e fui visitando. Vi que podia ensinar muita coisa àquela gente – bem como aprender, claro –, e decidi registar-me. Ao início passava lá para dizer umas coisas, mas depois fui ficando mais tempo.

Entretanto, em Março, tive uns problemas e saí por um mês, aproximadamente. Voltei aos poucos e em força. No entanto, em Junho, quando era moderador, decidi ausentar-me novamente por uma questão de cansaço. Estava cansado de ver certas coisas, fiquei farto, e também estávamos em alturas de exames nacionais. Por isso, não queria ter mais uma coisa com que me chatear, e, para não estragar o ambiente, saí de repente. Nunca mais pus lá os pés, mas depois senti-me com vontade de discutir novamente wrestling, e, quando abri o link do FPW, fiz o log in e voltei a comentar. Foi assim que cheguei de novo a moderador e, mais tarde, a administrador, o que me deixou orgulhoso e bastante satisfeito comigo mesmo.

Adam Puck: E os users?
Adam Puck: Cada um é diferente do outro. Há de tudo: spammers, jovens rebeldes, gajos que não dizem mais que o óbvio, gente que percebe razoavelmente, gente que percebe muito e gente que percebe imenso. Depois há arrogantes, há gajos que não vêem wrestling, há gajos que não escrevem português, enfim, muita gente.

Adam Puck: Como dizes, não vias futuro na coisa. Como é que te sentes, sabendo que estamos a três semanas – menos – de fazer um ano?
Adam Puck: Engoli os pensamentos que tive. Eu e muita gente. Acho que ninguém acreditava nisto, mas aos poucos tornámos o FPW no melhor fórum português de wrestling (único?), e há de tudo. O que também ajudou a tal marca foi a passagem para “Fórum de wrestling com Off-Topic”, o que nos deu a possibilidade de muitos users ficarem, outros regressarem em força, outros fazerem algumas aparições, mas sempre mantendo o fórum de pé, a comentar um pouco por todo o lado. Isso é que faz do FPW um bom sítio para se estar.

Adam Puck: Estamos quase nas 100 mil mensagens.
Adam Puck: É verdade, e isso revela muita coisa. O FPW é, essencialmente, um lugar de ordem e disciplina, apesar da diversão e de ser, claro, um fórum na Internet. Não há spam – pelo menos comigo não, porque ninguém brinca aos rambos aqui. E acho que aos poucos, quem fazia spam foi-se apercebendo disso. Houve quem permanecesse, houve quem saísse. Só interessa quem está.

Adam Puck: Virando um pouco o assunto, mas mantendo-me na Internet. Como é que começaste neste ‘mundo’?

Adam Puck: Do wrestling em si?
Adam Puck: Estamos a falar de quem ou do quê?
Adam Puck: Da minha pessoa e das minhas opiniões e ideias.
Adam Puck: Tens razão.

Adam Puck: Eh pá, tudo começou em Abril de 2006, após mais um ano de wrestling. Decidi ir ao SAPO procurar alguma coisa de wrestling, e descobri o blogue do duplo Impacto. Nessa altura começou também o mundo das ‘fantasy feds’ para mim, e tal. Tive uns contactos e aventurei-me. Até chegar à comunidade em si foi fácil.

Adam Puck: Já passaste por blogues e etc., certo?
Adam Puck: Sim, de vez em quando vou passando pela CWO.
Adam Puck: És tão inteligente.
Adam Puck: ?
Adam Puck: Estava-me a referir a participar em blogues, em seres cronista e etc.
Adam Puck: Ah.
Adam Puck: Como é que vês essa “indústria”?

Adam Puck: Vou dizer isto para mantermos este assunto nesta resposta.

Sim, já estive no XBooker (duas vezes), PTW/SWWE, Wrestling Fever, WNP, Wrestling Alliance e Galáxia Wrestling. Acho que tudo o que acontece de momento está errado. A CWO já não é CWO, por isso, decidi afastar-me, também porque já estava cansado. Há muitos blogues, há muita confusão, há muita falta de interesse, há muitos gajos que não sabem estar aqui, etc.. Muita coisa precisa de ser feita, remodelada e modificada. A continuar assim, dentro em breve não há mais blogues e a comunidade portuguesa de wrestling – que já está tão pequena – acaba de uma vez por todas.

Adam Puck: Estás chateado com alguma coisa, Adam Puck?
Adam Puck: O que é que tens a ver com isso, Adam Puck?
Adam Puck: Não sei, pareces-me tenso, Adam Puck.
Adam Puck: Vai-te encher de moscas, Adam Puck.

Adam Puck: Antes da associação de palavras, porque já estamos a alongar-nos demasiado, diz-nos o que sentes acerca de uma das tuas paixões: o futebol.

Adam Puck: Sim, o futebol é a minha segunda paixão, indeed. “Perco” muito tempo a ver futebol e estudar futebol, a ler e a observar metodologias, etc.. Jogo muito FM, o que me estimula ainda mais e dá-me um cheirinho daquilo que o futebol é.

Adam Puck: És tão profundo. Até me arrepiaste.
Adam Puck: Desculpa, princesa. Também te amo muito.
Adam Puck: Quem é que te disse que te amo?
Adam Puck: Vai p’ró caralh*.
Adam Puck: Não ouvi.
Adam Puck: Vai p’ró caralh*.
Adam Puck: És tão engraçado.
Adam Puck: Alguém te perguntou alguma coisa?

Adam Puck: A mim não, mas tenho uma pergunta para te fazer. Quais são os teus jogadores favoritos, seu poio de merd*?

Adam Puck: Tenho vários: Messi, Xavi, Giggs, Iniesta, Terry e Lampard. Há mais, mas convém pôr limites, seu cabrão.

Adam Puck: Agora vem aquela treta da associação de palavras.
Adam Puck: O que é isso?
Adam Puck: É assim tão difícil de entender?
Adam Puck: Por acaso…
Adam Puck: Por cada palavra (ou duas, depende), tentas dizer o mínimo de palavras possível para as caracterizares.
Adam Puck: Ah.
Adam Puck: Estás pronto?
Adam Puck: Não.
Adam Puck: E agora?
Adam Puck: Ainda não.
Adam Puck: … agora?
Adam Puck: … nem por isso.
Adam Puck: E que tal falarmos de, sei lá, jardinagem?
Adam Puck: Estou pronto!

Adam Puck: Estupidez
Wrestling: Amor
FPW: Bom sítio para se estar
Internet: Uma coisa
ROH: Qualidade/Talento
TNA: Carinho
WWE: Dinheiro
Arroz de frango: Delícia
Iogurtes: Maravilha
Séries: Paixão #2
Futebol: Paixão #1
Inverno: Melhor altura do ano

Adam Puck: Foi isto. Começámos bem, mas a partir daqui foi sempre a correr. Estás feliz, é?
Adam Puck: Feliz não estou, mas a culpa é tua, que és um estúpido.
Adam Puck: Tu é que és!
Adam Puck: Não, tu!
Adam Puck: Não, tu!
Adam Puck: Não senhor. Tu é que és!

Adam Puck: Manda uma última mensagem aos users.
Adam Puck: Não morram, vivam e deixem viver.
Adam Puck: És parvo!
Adam Puck: Tu é que és, idiota!

E a câmara foi-se afastando, lentamente, enquanto Adam Puck ia tendo um ataque de identidade.

Só para avisar que foi a pior entrevista alguma vez feita pela minha pessoa e para o FPW. As minhas desculpas. Para quem leu isto até ao fim: vocês são uns heróis e mereciam um beijo nas bochechas. Para quem não adormeceu: amo-vos. Para quem não achou piada: vocês são inteligentes.
avatar
Adam Puck
Japanese Legend

Masculino Número de Mensagens : 16140
Idade : 26
Localização : Barcelos
Emprego/lazer : Cabrão
Data de inscrição : 03/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Staffer do Mês de Novembro] Adam "O Cabrão" Puck

Mensagem por Dr. Eira em Seg Dez 07 2009, 13:19

Adam Puck: Consideras-te, portanto, um “gajo sem vida social”?
Adam Puck: Sem dúvida.
Adam Puck: E estás contente por causa disso?
Adam Puck: A vida é assim, a minha vida é assim. Quem não gosta – ou seja, todos –, só tem é de dar uma volta, cuspir para o ar e não sair do mesmo sítio para que possa engolir novamente, e ir chatear pretos.

hail hail hail hail hail


Grande entrevista, óptimo português, notou-se sinceridade acima de tudo.

I LOVE U crazybanana
avatar
Dr. Eira
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 32637
Idade : 25
Localização : Barcelos
Emprego/lazer : Otaku
Data de inscrição : 23/12/2008

http://fpwrestling.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Staffer do Mês de Novembro] Adam "O Cabrão" Puck

Mensagem por Chó em Seg Dez 07 2009, 15:01

Adam Puck: Ou seja, és uma pessoa isolada do mundo?
Adam Puck: Prefiro não falar sobre isso.

Não sejas egoísta, revela todos os teus segredos Adam love
avatar
Chó
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 35979
Localização : Eu moro em Portugal
Emprego/lazer : Com a crise é impossível ter emprego --'
Data de inscrição : 24/05/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Staffer do Mês de Novembro] Adam "O Cabrão" Puck

Mensagem por mayer. em Seg Dez 07 2009, 19:03

Foda-se, és um deus pá.
avatar
mayer.
TNA Television Champion

Masculino Número de Mensagens : 4166
Idade : 20
Localização : Braga.
Emprego/lazer : Atleta.
Data de inscrição : 27/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Staffer do Mês de Novembro] Adam "O Cabrão" Puck

Mensagem por Jekod-san em Seg Dez 07 2009, 19:44

é tão grande que nem dá vontade de ler
avatar
Jekod-san
TNA World Champion

Masculino Número de Mensagens : 13122
Idade : 26
Localização : Salão de festas aka DragãoCaixa
Data de inscrição : 15/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Staffer do Mês de Novembro] Adam "O Cabrão" Puck

Mensagem por Ramos em Seg Dez 07 2009, 19:54

.agüero escreveu:Foda-se, és um deus pá.
avatar
Ramos
ROH World Champion

Masculino Número de Mensagens : 2311
Idade : 20
Localização : Diekirch
Emprego/lazer : Ver Wrestling
Data de inscrição : 30/12/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Staffer do Mês de Novembro] Adam "O Cabrão" Puck

Mensagem por Dr. Eira em Seg Dez 07 2009, 20:24

Jekod escreveu:é tão grande que nem dá vontade de ler
Lês isso em 2, 3 minutos
avatar
Dr. Eira
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 32637
Idade : 25
Localização : Barcelos
Emprego/lazer : Otaku
Data de inscrição : 23/12/2008

http://fpwrestling.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Staffer do Mês de Novembro] Adam "O Cabrão" Puck

Mensagem por Chó em Seg Dez 07 2009, 21:20

Menos tempo até com o grande humor do Puck
avatar
Chó
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 35979
Localização : Eu moro em Portugal
Emprego/lazer : Com a crise é impossível ter emprego --'
Data de inscrição : 24/05/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Staffer do Mês de Novembro] Adam "O Cabrão" Puck

Mensagem por Jekod-san em Seg Dez 07 2009, 21:23

Eira escreveu:
Jekod escreveu:é tão grande que nem dá vontade de ler
Lês isso em 2, 3 minutos

És boss entao, deves devorar livros e livros
avatar
Jekod-san
TNA World Champion

Masculino Número de Mensagens : 13122
Idade : 26
Localização : Salão de festas aka DragãoCaixa
Data de inscrição : 15/02/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Staffer do Mês de Novembro] Adam "O Cabrão" Puck

Mensagem por Dr. Eira em Seg Dez 07 2009, 21:25

quando me dá gozo ler uma coisa, nem tenho noção do tempo.

crazybanana
avatar
Dr. Eira
FPW Hall Of Famer
FPW Hall Of Famer

Masculino Número de Mensagens : 32637
Idade : 25
Localização : Barcelos
Emprego/lazer : Otaku
Data de inscrição : 23/12/2008

http://fpwrestling.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Staffer do Mês de Novembro] Adam "O Cabrão" Puck

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum